Projeto de gdd

290 views
231 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
290
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto de gdd

  1. 1. Resumo A finalidade é criar um game com objetivo educativo e de conscientização sobre a proibição da Farra do Boi, estabelecida em Lei.
  2. 2. Descrição e Mecânica do jogo Jogador assume o personagem do boi. Instruções: objetivo é espantar os farristas e proteger a comunidade, as crianças, ativistas e policiais. Perda de pontos se atingir agentes protetores.
  3. 3. • Cenário em mundo aberto. • Jogo em terceira pessoa. • O personagem Boi movimenta-se dentro de todo o cenário. • O Jogo começa com 5 vidas. • O Boi muge, rodopia, fica mais forte (musculoso), pula, dá galhadas e também emite mugidos irônicos contra o farrista.
  4. 4. • O Boi pode correr em direção as pessoas e acertar uma chifrada jogando o oponente para cima. • Quando o Boi acerta um farrista ganha pontos. • Quando o Boi acerta um pacifista perde pontos. • Quando um farrista acerta o Boi, o boi perde energias. • Quando o Boi recebe carinho dos pacifistas aumenta sua energia, para conseguir isto, basta ficar perto dos pacifistas. • Ao atingir uma pontuação exigida, o jogo mudará de cenário. • O game será criado para plataformas de tecnologia para pc, tablet e smartphone / gráficos vetoriais / 2D.
  5. 5. Cenário Vila de pescadores seria o cenário da primeira fase. Interação da comunidade; As demais fases, em ambientes como praia, vila. Diferenciais das fases: sons das pessoas, chuva, neblina...
  6. 6. Personagens O Boi – Personagem principal (jogador/3ª pessoa) Farrista – agente passivo/alvo Pessoas da comunidade – agente/protegido Ativistas – agente/protegido Polícia – agente/protegido
  7. 7. Usuário Login, senha, avatar; Desafios e estratégias; Obstáculos, premiações (vidas para o boi, força para lutar) Interação social. Possível jogar em rede.
  8. 8. Dificuldades do jogo Conseguir apanhar os brindes, dispostos em determinados locais, dentro do cenário sem atingir pessoas da comunidade. Velocidade maior no avanço de fases.
  9. 9. Produto potencial para o Governo do Estado ou Ministério Público, que fomente a conscientização; Organizações não governamentais que defendam os direitos dos animais, a exemplo de games oferecidos pelo Greenpeace.
  10. 10. Eventos Anteriores Apelo geográfico (cultura açoriana de SC) e fator psicográfico (valores e orientação para a mudança de postura).
  11. 11. Estrutura Narrativa A medida que o usuário passa as fases, vai aprendendo sobre a história cultural desta prática; Descrição sobre os objetivos e comandos.
  12. 12. Inteligência Artificial O boi emite sons para assustar os farristas. Farristas armados com pedaços de madeira, emitem sons também.
  13. 13. Fluxo do game Level design A mudança de fases é marcada pelos cenários diferentes; A passagens das fases são caracterizadas pela velocidade e número de personagens;
  14. 14. Quests Controles Pontuar o máximo possível no tempo determinado para passagem de fase; O boi perde pontos caso tente ameaçar sobre a comunidade, ativistas e polícia. Teclado: Setas para fazer o boi se movimentar. Espaço para mugir. Tecla 1 para dar chifrada. Tecla 2 para golpes especiais.
  15. 15. Descrição Game Play O Boi movimenta-se dentro de todo o cenário; 0 Boi muge, rodopia, fica forte (musculoso), pula, dá galhadas e também emite mugidos irônicos contra o farrista.
  16. 16. Giffting
  17. 17. Daiana Machado Daniele Sisnandes Kelly Zeferino Rafael Zadra Ricardo Duarte

×