Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos

on

  • 6,546 views

Adaptado do original ...

Adaptado do original
“Leadership Lessons from Ernest Shackleton: Leading Through Adversity and The Characteristics of Self- Differentiated Leadership”

Autor: Colon Brown, membro da United Methodist Church
cbrown277@comcast.net

Traduzido por
Carolina Hamdan – telecom@saletto.com.br
Ítalo Coutinho – engenharia@saletto.com.br

Statistics

Views

Total Views
6,546
Views on SlideShare
6,530
Embed Views
16

Actions

Likes
0
Downloads
315
Comments
0

3 Embeds 16

http://www.slideshare.net 10
http://politicacomunicacaoeleicoes.blogspot.com 4
http://politicacomunicacaoeleicoes.blogspot.pt 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos Shackleton Exemplo de Liderança em Momentos Críticos nos Projetos Presentation Transcript

    • SHACKLETON: exemplo de liderança em momentos críticos nos projetos Ernest Shackleton: A Expedição do Endurance, 1914-1916
    • Adaptado do original produzido por: Traduzido por: Carolina Hamdan – telecom@saletto.com.br Ítalo Coutinho – engenharia@saletto.com.brr “ Leadership Lessons from Ernest Shackleton: Leading Through Adversity and The Characteristics of Self- Differentiated Leadership” Autor: Colon Brown, membro da United Methodist Church [email_address]
    • Sobre a Saletto Engenharia de Serviços
      • No mercado desde 2003, tem por lema:
      • “ somar resultados ao negócio de seus clientes” Resume a nossa vontade em gerar satisfação e lucro aos clientes, por meio de atividades de treinamento, consultoria e assessoria.
      • Principais serviços prestados:
      • Consultoria em Planejamento e Gestão de Projetos
      • Criação de Escritório de Projetos
      • Engenharia de Serviços (Plano de Negócios, Planejamento Estratégico)
      • Cursos e Treinamentos nas áreas afins da empresa
    • Participe você também: A Saletto Engenharia de Serviços apóia a lista de discussão na Internet: PLANEJADORESMG Para participar acesse www.yahoo.com.br , escolha GRUPOS e procure por “planejadoresmg”. A Saletto mantém na Internet o site PMKB, reunindo informações sobre Gerenciamento de Projetos.
    • Ítalo de Azeredo Coutinho, 31 anos [breve biografia] O ano era1994, aluno do Colégio Tiradentes, conduziu em sua cidade natal, Bom Despacho / MG, seu primeiro projeto, gerenciou e desenvolveu uma solução de segurança para residências, sendo destaque na Feira de Ciências daquele mesmo ano na Universidade Federal de Viçosa. Daí em diante nunca mais parou de fazer projetos. Veio para Belo Horizonte onde se tornou Engenheiro Mecânico e Especialista em Gestão de Projetos, Mestrando em Administração de Empresas. Filiado ao PMI – Project Management Institute #785081 e a Sociedade Mineira de Engenheiros. Instrutor e Coordenador de Cursos de Gestão de Projetos para Engenheiros. Professor substituto da Disciplina Planejamento e Projetos nas instituições FUMEC e CEFET-MG. Experiência como engenheiro e coordenador de projetos nas empresas Cummins, Tecnometal, Manchester, Cascadura, MSOL e Unisys. Atualmente trabalhando pela PROGEN nos projetos de expansão das mineradoras CSN e MBR. Consultor em GP para empresas de diversos ramos (Saletto Engenharia de Serviços, CDTN, Escritório de Projetos no CETEC e na Faculdade de Medicina da UFMG, BRANDT, Rádio Itatiaia, CENTRASA, dentre outras). Estudioso em gestão de projetos, autor do artigo “Nada resolve planejar se não controlar” e mantenedor do website PMKB – Project Management Knowledge Base ( www.pmkb.com.br ), que tem por objetivo disseminar a cultura do profissionalismo em gestão de projetos. Atualmente tem feito uso dos ensinamentos de Sir Ernst Schackleton para melhorar a condução e desempenho de seus projetos. Engenheiro Industrial Mecânico Pós-graduado em Gestão de Projetos, CREA-MG 81123 Filiado à SME Sociedade Mineira de Engenheiros, matrícula 10641 Filiado ao PMI Project Management Institute, #785081 Telefone: (31) 8832-4742 [email_address] Palestrante
    • Em 1914 um navegador inglês, Sir Ernst Shackleton, levantou velas em Plymouth com a certeza do retorno, porém / no entanto, mal sabia ele das intempéries que iria enfrentar e o quão forte ele e sua equipe voltariam daquela aventura. O seu projeto era ir até o continente antártico, atravessá-lo a pé e finalmente retornar à Inglaterra com os resultados obtidos. Chegando lá a sua embarcação, o Endurance , ficou presa no gelo e foi despedaçada pela força do congelamento das águas. Desespero geral, nenhuma esperança. O resultado dessa empolgante história é que todos retornaram sãos e salvos em 3 de setembro de 1916,sem seqüelas para contar quiçá a maior jornada das vidas do navegador e de sua tripulação. Vamos falar de uma aventura verdadeira ?
    • As lições aprendidas com Shackleton: Liderança, Gestão de Riscos, Planejamento, Espírito de Equipe, Método, precisam ser trazidas à atualidade e incorporadas ao nosso trabalho de gerenciar projetos e grandes empreendimentos. Mais que uma história real, um legado para homens e mulheres que desejam empreender em suas vidas. O objetivo da palestra é contar a história de Sir Ernst Shackleton, com imagens e vídeos, fazendo um paralelo com as atividades profissionais de Gestão de Projetos consagradas pelo PMI – Project Management Institute- e a história do navegador inglês. Vamos falar de uma aventura verdadeira ?
    • Vamos falar de uma aventura verdadeira ?
    • Vamos falar de uma aventura verdadeira ?
    • A Expedição
      • A Primeira Cruzada
      • Trans-Continental.
    • Linha do Tempo 1914 January 1 Sir Ernest Shackleton announces the "Imperial Trans-Antarctic Expedition." June The Endurance arrives at Millwall Dock, London. Sir James Caird gives Shackleton £24,000 towards the cost of the expedition. August 4 World War I breaks out. Shackleton offers the services of the Endurance and his crew to the Admiralty. The First Lord Winston Churchill gives word that he should proceed. August 8 The Endurance sails from Plymouth, England for South America. October 26 Freshly painted and well stocked, the Endurance sets sail from Buenos Aires, Argentina, to South Georgia Island. December 5 The Endurance sails from South Georgia through Weddell Sea bound for Vahsel Bay, Antarctica. December 7 The ship enters pack ice but continues to proceed toward the continent.
    • Linha do Tempo 1915 January 19 One day's sail from the continent, the Endurance becomes trapped in pack ice. February 22 Ice floes carry the beset Endurance to the 77th parallel (the farthest south the expedition will travel). April - October Bouts of shifting ice pressure shake and throw the Endurance, sometimes causing it to roll to its side. October 24 Heavy activity on the pressure ridges on the ice floes wrench and twist the ship's sternpost, causing dangerous leaks. October 27 Shackleton orders the crew to abandon ship and they establish "Ocean Camp." Early November (7th or 8th) Frank Hurley returns to the wrecked Endurance and retrieves his negatives from four feet of icy, slushy water. November 21 The Endurance sinks. December 23-29 The crew hauls the three lifeboats (James Caird, Dudley Docker, and Stancomb Wills) westward over the ice, but are able to go only a short distance.
    • Linha do Tempo 1916 January Shackleton and crew abandon "Ocean Camp" and establish "Patience Camp." January 26 "Patience Camp" drifts north of the Antarctic Circle. April 9-15 A lead opens in the ice and the crew journeys to Elephant Island in the three open lifeboats. April 15 The group lands on Elephant Island, the first dry land they have touched in 16 months. April 15-23 The crew prepares the James Caird for the voyage to South Georgia Island, and sets up camp for the 22 men staying behind. April 24-May 10 Shackleton, Worsley, Crean, McNish, McCarthy, and Vincent set sail in the James Caird for South Georgia Island, 800 miles away. May 10 The six men land safely at Cape Rosa, South Georgia Island. May 11-18 Shackleton and his band set camp and plan their route over mountains to the whaling stations on the other side of the island.
    • Linha do Tempo 1916 May 19-20 Shackleton, Worsley, and Crean cross snowfields, glaciers, and mountains, covering 22 miles in 36 hours. May 20 The three arrive in Stromness Station. Worsley leads a rescue party for the men left in King Haakon Bay. Shackleton makes plans to rescue the crew on Elephant Island. May 23-30 Dense pack ice thwarts Shackleton's first rescue attempt. June 10 Shackleton's second rescue attempt aboard Uruguayan trawler Instituto de Pesca No. 1 fails to penetrate the ice. July 12 Shackleton's third rescue attempt - aboard schooner Emma - fails. August 25 With help from the Chilean government, Shackleton sets sail on trawler Yelcho for his fourth attempt. August 30 The Yelcho penetrates the pack ice and rescues the 22 crewmembers left on Elephant Island, hoping for their leader's return. September 3 Shackleton and crew arrive at Punta Arenas, Chile. All 28 men had survived the twenty-two-month odyssey
    •  
    • Aviso: Homens que desejam jornadas Perigosas. Salário baixo Extremamente frio. Muitos meses de completa escuridão. Perigo constante. Retorno seguro duvidável. Honra e reconhecimento em caso de sucesso. Falar com Ernst Shackleton.
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Um Novo Dia para a Liderança
      • Os líderes atuais possuem caráter acima das expectativas, persistência para reparos, visão futurista em questões de gerência, e uma fidelidade que excede o cinismo ?
    • “ Para ser determinado, otimista, visionário, e ainda manter a sagacidade, é necessário reorientar sua união, família, organização, sociedade ou civilização.” Edwin Friedman
    • Questões para Refletir.
      • Identificar as características sobre sua liderança e o que os outros possam falar: “Ele(a) é decidido(a), visionário(a), e calmo(a) até mesmo na pior tempestade”.
      • Em quais outros lugares onde este tipo de liderança é mostrado?
    • Uma Visão Geral da Liderança de Shackleton.
    • Forneça sentido para o grupo seguindo uma rotina .
    •  
    • Entenda e avalie sua Presença perante o resto do grupo .
    • Permanecer Otimista apesar das circunstâncias perigosas .
    • Não perder o juízo quando todos estão enlouquecendo .
    • Preferir o risco e a aventura à comodidade e o conforto .
    • Demonstrar Persistência e Garra .
    • Ter senso de Respeito e Maravilha .
    • Ele Serviu o Grupo .
    • SHACKLETON: Exemplo da liderança em projetos críticos Características
      • Mesmo se você for um herói, não pode deixar seus afazeres. Construa seu sucesso ao invés de estagnar.
      • 2. Não tenha medo de nomear o projeto você mesmo.
      • Arrisque ir até onde ninguém mais foi.
      • Recrute colegas de trabalho que não são apenas habilidosos, mas ‘poem a mão na massa’.
      • 5. Não tenha medo de criar problemas.
      • 6.     A crise surge em qualquer campo.
      • 7.     Depois de um tempo de trabalho, sirva chocolate.
      • 8. Quando seu barco afundar, bóie no gelo por um tempo. E esteja preparado para fazer ajustes no plano original. A natureza é sua amiga.
      • 9. Lembre-se “você é responsável”.
      • 10. Quando você pensar que não pode ir além, vá além.
      • 11. Quando uma onda fria e molhada bater-lhe na face, lembre-se: “É um grande dia!”.
      • 12. Você nunca está sozinho.
      • 13. Rotina pode ser chata, mas também pode lutar contra a “chatisse”.
      • 14.   De cara com a dúvida, leia o manual do navio.
    • Implicações para os Líderes Escolhidos
      • As opções e soluções estão disponíveis apesar das circunstâncias gritantes.
      • Permanecer conectado a outros estabelece presença.
      • Sempre que possível, disconecte a ansiedade emocional do grupo.
      • Saber quem pode e quem não pode continuar no trabalho.
      • Manter uma cabeça clara e vazia e saber o seu papel na situação.
      • Continuar trabalhando em uma capacidade pessoal e espiritual.
    • A jornada não é feita sempre com base na nossa Primeira Escolha.
    • Preso no Gelo
    • Rotina
    • Decisão de partir
    • Jornada Perigosa
    • Uma Brava Tentativa
    • Destino
    • Resgate
    • Debate Em que os atuais engenheiros podem aprender com Shackleton ? Hoje em dia temos mais gerentes ou mais líderes ? O que pensar para a gestão do futuro ?
    • Obrigado !