Your SlideShare is downloading. ×

Redes Sociais: Marcas e Pessoas

816

Published on

A internet ofereceu a possibilidade de um marketing mais direto e rápido, apresentando constante crescimento e um impacto drástico tanto nos consumidores quanto nas empresas, conquistando cada dia …

A internet ofereceu a possibilidade de um marketing mais direto e rápido, apresentando constante crescimento e um impacto drástico tanto nos consumidores quanto nas empresas, conquistando cada dia mais um grande número de transações comerciais que são realizados através da internet.

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
816
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Redes Sociais: Marcas e Pessoas Palestra de Plínio Medeiros na II Mostra UCL
  • 2. Contatos:• Site:• http://tecnocratadigital.com.br• Facebook: http://facebook.com/plinio.medeiros• Twitter:• http://twitter.com/pliniomkt• LinkedIn:• http://br.linkedin.com/in/pliniomedeiros
  • 3. Para compreender o posicionamento das marcas é necessário compreender as pessoas
  • 4. Vivemos tendências
  • 5. Vivemos tendências
  • 6. Vivemos tendências
  • 7. Vivemos tendências
  • 8. O que atualmente é Marketing?
  • 9. Compradores e vendedores• O marketing e suas metodologias são tão dinâmicos quanto o mercado em si. Pode-se analisar o mercado como um conjunto de compradores e vendedores que efetuam transações de produtos e serviços.
  • 10. Compradores e vendedores na Internet• Porém esses compradores e componentes não estão mais em uma loja, mercado ou prédio, muitos estão em suas casas fazendo negócios pela internet, pesquisando várias opções de produtos e inclusive opiniões de compradores.
  • 11. Um mercado mais dinâmico• A internet ofereceu a possibilidade de um marketing mais direto e rápido, apresentando constante crescimento e um impacto drástico tanto nos consumidores quanto nas empresas, conquistando cada dia mais um grande número de transações comerciais que são realizados através da internet.
  • 12. Um mercado totalmente novo• Mais do que isso a internet possibilitou aos profissionais de marketing agregarem valor aos produtos e serviços de forma diferenciada, nova e gerando uma sinergia entre consumidores e empresas. Além de ter mudado a concepção do consumidor sobre privacidade, velocidade, preço, serviço e informações.
  • 13. Sociedade e tecnologia• A tecnologia está cada vez mais avançada e o mercado acompanha essa evolução. A tecnologia possibilitou à sociedade mudar o modo de consumo, o possibilitou ter acesso a informações em diversos locais na internet antes de efetuar uma compra, também possibilitou a opinar e recomendar.
  • 14. Tecnologia favorecendo o consumidor• E essa mudança foi tão significativa que as empresas atualmente não estão conectadas apenas para venderem seus produtos, mas sim para se relacionarem com o público, levando informações que agreguem em suas vidas.
  • 15. Tecnologia favorecendo o Marketing• Porém isso somente não beneficia os consumidores, possibilitou a publicidade mais efetiva, o boca-a-boca, estar mais acessível ao consumidor, como também saber o que o consumidor deseja sem precisar de grandes investimentos em pesquisa de marketing.
  • 16. Como posicionar uma marca na internet
  • 17. Relacionamento com o público• É fundamental para a marca estar perto dos consumidores e que empresas que possuem culturas fortes buscam permanecer próximas a eles. Apenas ao dar atenção ao cliente, possibilitando que esse se expresse são benéficos, pois possibilitam discussões em grupos, pois lá os consumidores se expressam verdadeiramente.
  • 18. Atento às opiniões• Por isso é vital para empresa não somente estar conectada, mas sim buscando ouvir seus clientes, criando ambientes abertos e propícios para estas discussões.
  • 19. Atento aos formadores de opiniões• Estes ambientes abertos possibilitam figuras chaves para a visibilidade da empresa, os formadores de opinião. Este possui a função de influenciar outros consumidores apresentando discussões e soluções a problemas comuns. Eles também oferecem a comunicação boca-a-boca de forma transparente e confiável.
  • 20. Formadores de opiniões e a marca• Os líderes ou formadores de opinião atuam como embaixadores da marca entre o público. Conquista-los é um grande passo na tática de posicionamento, são eles que possibilitam a divulgação boca a boca, disseminando a cultura, ações, características do produto ou outras informações relevantes para o público.
  • 21. Relacionamento informal• Esse relacionamento não deve ser formal da mesma forma das campanhas institucionais antigas. O relacionamento deve ser informal, aberto, franco, ativo e contínuo para o consumidor esteja cada vez mais disposto a opinar.
  • 22. Aprender a ouvir o público• As opiniões são valiosas para a empresa utilizar em suas estratégias mercadológicas. Mas para isso ela precisa desenvolver um processo interno de receber, analisar, reconhecer e agir sobre essas informações.
  • 23. Promoção• Promoções são ferramentas de vendas de impacto ou estratégias que visem resultados de curto prazo. Porém não usá-las de forma estratégica provavelmente causará na diminuição do valor. É necessário desenvolver promoções que contribuam diretamente nas estratégias de branding da empresa.
  • 24. Promoções agregando valores• As associações mais fortes são aquelas que podem envolver de tal forma o consumidor que se misturam à sua vida. Por isso a importância das empresas estarem sempre mantendo certa proximidade com o público.
  • 25. Planejamento Estratégico• Posicionar uma marca não é algo simples. Deve contar com um bom planejamento para ter conhecimento da direção a ser tomada. O planejamento deve identificar as oportunidades de negócios e definir como penetrar, conquistar e manter posições no mercado.
  • 26. Informações do consumidor• Os próprios dados dos consumidores são de extrema importância para identificar oportunidades e podem ser usados para este posicionamento. Muitas informações são públicas e podem ser consultadas através dos perfis dos consumidores. Coletar, analisar e rastrear estas informações é considerado ponto-chave do posicionamento.
  • 27. Rotina do planejamento• No planejamento tem de conter :
  • 28. Identidade da marca• Para desenvolver uma marca de sucesso é necessário para gerar identidade com o público, posicionando a marca para que reconheçam sua identidade e tenham acessos a informações importantes da mesma e apresentar valores de acordo com as necessidades do consumidor.
  • 29. Marcas com personalidade• Para posicionar estrategicamente uma marca é necessário trabalhar com os elementos de associação e diferenciação. Para David Aaker, a personalidade possibilita vínculos emocionais e de auto expressão com os consumidores. Também favorece com o relacionamento e a diferenciação da marca, envolvendo dimensões exclusivas da mesma.
  • 30. Críticas a marca
  • 31. Críticas a Marca
  • 32. Críticas a Marca
  • 33. Críticas a Marca
  • 34. Obrigado por não dormirem!
  • 35. Bibliografia• Philip Kotler e Kevin Lane Keller, • Terry G. Vavra, “Marketing de “Administração de Marketing” 12ª Ed, Relacionamento”, 1ª Ed, 1992. 2006. • Philip Kotler e Gary Armstrong,• American Marketing Association, 2004. “Princípios de Marketing”, 12ª Ed, 2009.• Peter Drucker, “Management: tasks, • E. Jerome McCarthy e William D. responsibilities, practices.”, Nova York: Perreault Jr., “Marketing Essencial”, 1ª Harper and Row, 1973. Ed. 1997.• Marcos Cobra, “Marketing Básico” 4ª Ed, • David A. Aaker, “Marcas, Brand Equity”, 1997, p. 28-31. 1ª Ed, 1998.• Naomi Klein, “Sem Logo”, 2ª Ed, 2002. • Merlin Stone e Neil Woodcock, “Marketing• Jay Conrad Levinson, “Marketing de de Relacionamento”, 3ª Ed, 2001. Guerrilha”, 6ª Ed, 1989. • John Westwoood, “Como preparar um• David A. Aaker, “Criando e administrando plano de Marketing”, 1996. Marcas de Sucesso”, 3ª Ed, 2001. • Faith Popcorn, “O Relatório Popconrn”, 12ª Ed, 1999.

×