Diário cruzado de joão e joana ppt

12,229 views
11,984 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
12,229
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
87
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Diário cruzado de joão e joana ppt

  1. 1. “Diário Cruzado de <br /> João e Joana”<br />Trabalho realizado por:<br />Daniel Azevedo, nº11<br />João Barbosa, nº17<br />José Vilas Boas, nº 18<br />Língua Portuguesa –8º Ano <br />
  2. 2. Resumo<br />Este livro conta as aventuras de João e Joana, que são amigos desde a infância.<br /> Pela primeira vez, João e Joana separam-se nas férias grandes e decidem manter a conversa através de cartas. <br />João foi para um centro de turismo com os pais, que ficava perto de uma aldeia em “cascos de rolha”.<br />A Joana igualmente tinha ido com os pais e ficou num aldeamento em “Olival do Caçador”, perto de uma praia.<br />Na primeira carta de João, ele conta que tinha sido espectador de um acidente entre uma camioneta e um carro. Contou-lhe que salvara uma mulher e uma criança, ainda que conhecera um rapaz no café chamado Domingos.<br />Na primeira carta de Joana, ela pergunta ao João como vai a Teresa (ex-namorada dele) e se ainda pensa nela.<br />
  3. 3. Resumo (continuação)<br />Seguidamente, ele decidiu ir a um rio que ficava lá próximo.<br />Conheceu o Jerónimo (um velho ) e descobriu que já estivera preso trinta anos, visto que foi responsável por um homicídio e era cúmplice de um homem que tinha três filhos, a Laura, a Cacilda e o Paulo Joaquim. <br />Joana manda-lhe uma carta a dizer que ela estava a gostar das aventuras que João estava a viver e para ele escrever sempre. João ao ler esta carta apercebe-se que Joana estava bastante triste, contudo, respeita a decisão dela.<br />Desta vez João conhece um mulher a Amélia, que no passado foi cantora lírica e viveu em Itália. <br />Mais tarde o Jerónimo vai para o hospital quase a morrer, aí Laura e Cacilda aparecem e acabam por dizer que quem disparou o tiro foi o pai delas. Jerónimo tinha dito em tribunal que tinha sido ele só para proteger a Laura ,ou seja, o Jerónimo tinha pensado que foi ela que disparou.<br />
  4. 4. Resumo (continuação)<br />Numa das últimas cartas de Joana, ela conta porque está triste. Percebeu que o pai tinha uma amante, mas, além disso, a mãe também tinha um caso com um homem e só para não a fazer sofrer não foi nado revelado. <br />Joana, ao saber disto, deixou um bilhete aos pais e foi de comboio até a casa dos tios, que tinham três filhas, a Mafalda , a Rita e a Maria, que souberam das cartas entre Joana e o seu amigo João, e também começaram a participar na conversa.<br />
  5. 5. Apresentação do Livro <br />
  6. 6.
  7. 7. Elementos paratextuais: capa<br />CAPA<br />Título: “Diário Cruzado de João e Joana”<br />Autores:Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada <br />Editor: Caminho<br />Coleção: «Livros do Dia e da Noite»<br />Texto icónico:personagens principais e o espaço onde se encontram <br />
  8. 8. Elementos paratextuais: Contracapa<br />CONTRACAPA<br />Título: “Diário Cruzado de João e Joana”<br />Sinopse: sinopse e excertos das cartas<br />Sobre as autoras: livros das autoras <br />Fotos das autoras: Fotos de José Frade <br />
  9. 9. Elementos paratextuais: lombada <br />LOMBADA<br />Título: “Diário Cruzado de João e Joana”<br />Autores:Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada <br />Editor: Caminho<br />
  10. 10. Sinopse e Excertos<br />João e Joana conhecem-se desde sempre, têm uma relação muito profunda e o hábito de contarem tudo um com o outro. Nas férias grandes, separaram-se, mas mantiveram a conversa à distância. E a conversa tornou-se especialíssima, porque ambos viveram experiências fortes.<br /> «O grande êxito da noite foi o lançamento de uma música que tem todas as condições para se tornar indispensável nas festa de aldeia e não só. O refrão é assim: Ó cobra surucucu / pica em todo o lado / menos no surucucu. Toda a gente se pôs a dar ao rabo, a rir e a cantar em coro. Sabes o que eu fiz? [...]» João (carta nº10)<br /> «Só não te contei antes porque me foi difícil enfrentar o problema. Tentei iludir-me, pensei que eram fantasias, mas o caso agravou-se e já não é possível ignorá-lo. Preciso imenso de desabafar, vou direita ao assunto [...].» Joana (carta nº 12)<br />Diário cruzado de João e Joana, contra-capa<br />
  11. 11. Biografia das autoras<br />
  12. 12. Ana Maria Magalhães<br />Ana Maria Magalhães nasceu em Lisboa no dia 14 de Abril de 1946. Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. <br />É professora de Português e História no Ensino Preparatório desde 1969. Técnica de Gabinete do Fundo de Apoio aos Organismos Juvenis (FAOJ) durante dois anos. Professora destacada no Serviço de Ensino Básico e Secundário de Português no estrangeiro durante dois anos. Formadora de professores de História. Professora destacada no Instituto de Educação Educacional para realizar um estudo sobre os hábitos de leitura das crianças e jovens portugueses. É co-autora de várias colecções e livros didácticos.<br />
  13. 13.  Maria Isabel Girão de <br />Melo Veiga Vilar <br />Isabel Alçada é o nome profissional deMaria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar nasceu em Lisboa no dia 29 de Maio de 1950. Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. Fez o Mestrado em Ciências da Educação pela Universidade de Boston. Professora destacada no Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério da Educação. Orientadora de História durante três anos. Técnica do Ministério da Educação para a Reforma do Ensino Secundário. Professora convidada pelo Instituto de Inovação Educacional para realizar um estudo sobre os hábitos de leitura para crianças e jovens portugueses. É co-autora de várias colecções e livros didácticos.<br />Actualmente é Ministra da educação.<br />
  14. 14. FIM DA APRESENTAÇÃO <br />

×