Buscando Agilidade sem Rótulos

998 views
808 views

Published on

A apresentação mostra uma reflexão de como buscar a agilidade focando no processo de inspeção e adaptação, tendo os princípios e valores do manifesto ágil como norte nesse processo de transição. E no final não necessariamente você terá um modelo ágil conhecido rodando, mas terá uma cultura de inspeção e adaptação forte em um processo contínuo de melhoria.

Buscando Agilidade sem Rótulos

  1. 1. Buscando Agilidade sem Rótulos Paulo Igor @pigodinho piagodinho@gmail.com
  2. 2. Falar de mim! Trabalho a pelo menos 6 anos com metodologias ágeis auxiliando na adoção de práticas ágeis. Atuei como Scrum Master em alguns projetos e nos últimos projetos trabalhando com várias customizações nos modelos, priorizando a inspeção, adaptação e melhoria contínua.
  3. 3. Por que ser ágil!?
  4. 4. Eu preciso ser ágil!
  5. 5. Chaos Manifesto 2012
  6. 6. Eu queria tanto ser ágil assim!
  7. 7. EU SOU ÁGIIIIIL!!!!
  8. 8. Adotar alguma técnica ou metodologia ágil não é garantia de agilidade!
  9. 9. adaptar é necessário
  10. 10. Existe um mapa para a Agilidade!?
  11. 11. Princípios do Manifesto Ágil
  12. 12. Princípios do Manifesto Ágil 12 Princípios
  13. 13. O Manifesto é seu Norte
  14. 14. Agilidade é um exercício diário
  15. 15. “…entrega adiantada e contínua de software de valor.”
  16. 16. “…para que o cliente possa tirar vantagens competitivas.” “entregar software com frequencia…com preferência aos períodos mais curtos.”
  17. 17. Cliente satisfação vantagem competitiva entrega adiantada, frequente e contínua
  18. 18. “Pessoas relacionadas à negócios e desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e diariamente, ...” “Construir projetos ao redor de indivíduos motivados, …e confiar que farão o seu trabalho.” “O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações… é através de uma conversa cara a cara.”
  19. 19. FOCA NAS PESSOAS
  20. 20. Cliente Pessoas satisfação vantagem competitiva entrega contínua trabalho colaborativo motivação eficiência na comunicação
  21. 21. FOCA NA QUALIDADE
  22. 22. Cliente Pessoas Qualidade satisfação vantagem competitiva entrega contínua software funcional ambiente sustentável excelência técnica simplicidade times auto-organizáveis trabalho colaborativo motivação eficiência na comunicação
  23. 23. “Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo...”
  24. 24. Por onde começar!?
  25. 25. Inspeção e Adaptação
  26. 26. Ciclo PDCA
  27. 27. Ciclo PDSA STUDY
  28. 28. Inspeção
  29. 29. Happiness Metric Jeff Sutherland • 4 questões: o Quão feliz você está com o <tópico>? (1-5) o O que você sente que está melhor agora? o O que você sente que está pior agora? o O que poderia aumentar o grau de felicidade?
  30. 30.    … Tópico 1 Tópico 2 …
  31. 31.    … Tópico 1 Tópico 2 …
  32. 32.    … Frequência das Entregas Eficiência na Comunicação Software Funcional
  33. 33.    … Frequência das Entregas Eficiência na Comunicação Software Funcional XX XXX XXXX X XXXX X
  34. 34.    … Frequência das Entregas Eficiência na Comunicação Software Funcional XX XXX XXXX X XXXX X
  35. 35.    … Frequência das Entregas Eficiência na Comunicação Software Funcional XX XXX XXXX X XXXX X
  36. 36. Pillar Spiderweb Retrospective Brian Marick
  37. 37. Pillar Spiderweb Retrospective Brian Marick
  38. 38. Pillar Spiderweb Retrospective Brian Marick
  39. 39. Pillar Spiderweb Retrospective Brian Marick Participante 1 Participante 2 Participante 3 Participante 4 Visão do Time Uma visão individual e uma visão compilada de todo o Time em relação aos tópicos avaliados.
  40. 40. 4 L’s Retrospective Mary Gorman e Ellen Gottesdiener Liked Learned Lacked Long For O que foi bom? O que foi aprendido? O que pode ser melhor? O que é desejado?
  41. 41. Startfish Retrospective Patrick Kua Keep Doing More of Less of Stop Doing Start Doing
  42. 42. Open the Box Retrospective Paulo Caroli
  43. 43. No final da inspeção é necessário definir quais ações serão tomadas Ação 1 Ação 2 Ação 3
  44. 44. Adaptação
  45. 45. Ciclo PDCA
  46. 46. Dicas: 1. Um ambiente de experimentação é primordial. 2. Identifique pontos que possam ser medidos para ajudar na avaliação. 3. A cada ciclo eleger melhorias alcançáveis. 4. A avaliação não deve ser negligenciada. 5. Procure atacar primeiro os pontos que trarão mais benefícios para o modelo. 6. Faça a isso frequentemente!
  47. 47. Continuous Retrospective
  48. 48. Evolução ao invéz de Transição
  49. 49. Evolução Transição Windows 7 Windows 8
  50. 50. Mudanças pequenas são mais fáceis de serem absorvidas Pequenas mudanças grandes transformações
  51. 51. Baby Steps
  52. 52. Small Acts Manifesto
  53. 53. Avalie as restrições de acordo com a evolução
  54. 54. O Manifesto é seu Norte
  55. 55. Cliente Pessoas Qualidade satisfação vantagem competitiva entrega contínua software funcional ambiente sustentável excelência técnica simplicidade times auto-organizáveis trabalho colaborativo motivação eficiência na comunicação
  56. 56. Cliente Pessoas Qualidade satisfação vantagem competitiva entrega contínua software funcional ambiente sustentável excelência técnica simplicidade times auto-organizáveis trabalho colaborativo motivação eficiência na comunicação Inspeção e Adaptação
  57. 57. FOCA NA INSPEÇÃO E ADAPTAÇÃO
  58. 58. Obrigado! Paulo Igor @pigodinho piagodinho@gmail.com

×