Your SlideShare is downloading. ×
A Gestão da Informação nas Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local de Confecção de Vestuário de Pernambuco
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Gestão da Informação nas Micro e Pequenas Empresas do Arranjo Produtivo Local de Confecção de Vestuário de Pernambuco

943
views

Published on

Apresentação do meu Trabalho de Conclusão do Curso de Biblioteconomia na Universidade Federal de Pernambuco

Apresentação do meu Trabalho de Conclusão do Curso de Biblioteconomia na Universidade Federal de Pernambuco

Published in: Business

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
943
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Este modelo pode ser usado como arquivo de partida para apresentar materiais de treinamento em um cenário em grupo.

    Seções
    Clique com o botão direito em um slide para adicionar seções. Seções podem ajudar a organizar slides ou a facilitar a colaboração entre vários autores.

    Anotações
    Use a seção Anotações para anotações da apresentação ou para fornecer detalhes adicionais ao público. Exiba essas anotações no Modo de Exibição de Apresentação durante a sua apresentação.
    Considere o tamanho da fonte (importante para acessibilidade, visibilidade, gravação em vídeo e produção online)

    Cores coordenadas
    Preste atenção especial aos gráficos, tabelas e caixas de texto.
    Leve em consideração que os participantes irão imprimir em preto-e-branco ou escala de cinza. Execute uma impressão de teste para ter certeza de que as suas cores irão funcionar quando forem impressas em preto-e-branco puros e escala de cinza.

    Elementos gráficos, tabelas e gráficos
    Mantenha a simplicidade: se possível, use estilos e cores consistentes e não confusos.
    Rotule todos os gráficos e tabelas.


  • Forneça uma breve visão geral da apresentação. Descreva o foco principal da apresentação e por que ela é importante.
    Introduza cada um dos principais tópicos.
    Para fornecer um roteiro para o público, você pode repita este slide de Visão Geral por toda a apresentação, realçando o tópico específico que você discutirá em seguida.
  • Esta é outra opção para um slide de Visão Geral usando transições.
  • Confidencial da Microsoft
  • Use um cabeçalho de seção para cada um dos tópicos, para que a transição seja evidente ao público.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Adicione slides a cada seção de tópico conforme necessário, incluindo slides com tabelas, gráficos e imagens.
    Consulte a próxima seção para obter um exemplo tabela, gráfico, imagem e layouts de vídeo.
  • Confidencial da Microsoft
  • Transcript

    • 1. A GESTÃO DA INFORMAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DE CONFECÇÃO DE VESTUÁRIO DE PERNAMBUCO Pietro Santiago Orientadora: Prof. Msc. Edilene Silva Recife 2011
    • 2. Contextualização: Sociedade Globalizada; Crescimento econômico do Brasil; Investimentos em Pernambuco; Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais(APL);
    • 3. Problemática: Considerando suas especificidades, como funciona a Gestão da Informação (GI) nas Micro e Pequenas Empresas (MPEs) de Caruaru, no Arranjo Produtivo Local de Confecção de Vestuário de Pernambuco?
    • 4. Objetivos:Geral: Investigar o processo de gerenciamento das informações nas MPEs de Caruaru no Arranjo Produtivo Local (APL) de Confecções de Vestuário de Pernambuco. Específicos: 1. Descrever o processo de GI nas MPEs do setor de Vestuário de Pernambuco. 2. Confrontar os processos de GI com os processos empíricos praticados pelas MPEs. 3. Descobrir quais as fontes e tecnologias utilizadas na busca das informações estratégicas para tomada de decisão.
    • 5. Quadro Teórico:  As MPEs e suas especificidades;  Indústria de Confecção e o APL de Pernambuc  A informação;  A Gestão da Informação;
    • 6. Quadro Teórico:  Modelos:  Davenport (1998)  Choo (2006)  Sordi (2008)  Davenport e Marchand (2004)  McGee e Prusak (1994)  Moraes e Escrivão Filho
    • 7. Quadro Teórico:
    • 8. Procedimentos Metodológicos:  Quanto aos Fins: Exploratória e Descritiva  Quanto aos meios: Bibliográfica, de campo e estudo de caso
    • 9. Análise dos Dados
    • 10. Bloco 1 Identificação da Empresa: Funcionários: C-01 e C-03 de 20 a 50 C-02 e C-04 de 50 a 99 C-05 (empreendedor individual) Faturamento Anual: C-01, C-02, C-03, C-04 superior a 1 milhão de reais. C-05 até cem mil reais. Todas são empreendimentos familiares.
    • 11. Bloco 1 Percepções Idade x Estrutura Feira da Sulanca
    • 12. Bloco 2 Identificação do Gestor Quatro empresas são geridas por homens e apenas uma por mulher. Todos, com exceção da C-05, tem curso superior nas áreas de administração e economia. A personalidade dos gestores interfere diretamente nos seus modelos de gestão.
    • 13. Bloco 2 Percepções Escolaridade dos Funcionários “[...] a questão da escolaridade influencia [mas] não muito, a maioria [dos funcionários] tem um nível de escolaridade baixo, mas são pessoas extremamente educadas, [contudo] não tem conhecimento. Eles são máquinas que operam coisas[...].” (ENTREVISTA X)
    • 14. Bloco 3 Determinação das Necessidades de Informação Informações Tecnológicas Informações sobre mercado e moda são essenciais. Monitoramento do ambiente externo/interno pessoalmente.
    • 15. Bloco 3 Percepções Crença na Tecnologia como solução para todos os problemas.
    • 16. Bloco 4 Obtenção da Informação Os clientes são a fonte de informação mais utilizada, seguido pelos fornecedores, contadores e o SEBRAE. Escolaridade x Busca Profissional da informação -> não importante.
    • 17. Bloco 4 Percepções Tecnologia X Imediatismo (e-commerce). Grande volume de informações Inexistência de estudos reais sobre o APL. Todos apontam fragilidade nas informações que obtém.
    • 18. Bloco 5 Processamento, Armazenamento e Classificação das Informações Seleção para tomada de decisão de maneira Intuitiva , não estruturada. Informação registrada é armazenada segundo as especificidades de cada uma. Sistemas básicos. Dificuldade nos processos.
    • 19. Bloco 5 Percepções Apenas os documentos legais são tratados. Estruturação x Formalidade na guarda. Todas, menos a C-05, utilizam o sistema de gestão da produção automatizado para recuperação.
    • 20. Bloco 6 Utilização das Informações Tomada de Decisão intuitiva. Utilizam as informações não estruturadas dispersas pelos setores e sistemas. Feed-back direto com clientes. Ausência de formalidade na distribuição das informações operacionais
    • 21. Bloco 6 Percepções Apesar de não reconhecer a importância do processo de recuperação da informação todos apontam que o uso da INFORMAÇÃO é necessária em todos os momentos da gerencia.
    • 22. Bloco 7 Comentários Finais dos Gestores C-01: “ a empresa só esta funcionando por causa do gerenciamento das informações” C-02: “a empresa que não se adequar as Tecnologias da Informação não sobreviverá ao mercado” C-03: “Com informação conquista-se conhecimento” C-04: “a informação tem que antecipar os problemas e evitar prejuízos” C-05: “a falta de informações dificulta o desenvolvimento das organizações”
    • 23. Considerações Finais
    • 24.  A cultura local é fator determinante no gerenciamento das MPEs;  Arranjo Produtivo local apenas de confecção e não de criação de moda;  Na visão dos gestores as dificuldades de sobrevivência geram necessidades mais urgentes do que a GI.  Apenas alguns processos da GI vistos nos modelos encontram-se estruturados, grande parte são realizados de forma empírica.  Quanto mais estruturada a organização maior a geração de informações e menos controle.
    • 25. OBRIGADO! pietrosantiago1@gmail.com

    ×