132375824 aula 211-11-9_ibpj_-_bolbos

588 views
308 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
588
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
123
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

132375824 aula 211-11-9_ibpj_-_bolbos

  1. 1. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS PADRE JOÃO COELHO CABANITA Como plantar bolbos (09/11/2011) Disciplina: IBPJ (Ano Lectivo 2011/2012) Turma: CEF- J Jardineiro 1ºAno
  2. 2. BOLBOS Um bolbo ou bulbo é um tipo de órgão vegetal de algumas plantas perenes que inclui uma parte correspondente ao caule, geralmente de forma discoidal, da qual partem raízes e folhas modificadas escamiformes que servem como órgão de armazenamento de nutrientes que servirão a planta durante a época desfavorável, em que perdem a parte aérea, perdendo, portanto, a capacidade de realizar a fotossíntese.
  3. 3. BOLBOS As plantas com bolbos verdadeiros são sempre monocotiledôneas e incluem, por exemplo:  O alho  A cebola  Todas as Alliaceae  Lírios  Tulipas  Outras Liliaceae.  Amaryllis,  Hippeastrum,  Narciso  E outras Amaryllidaceae.
  4. 4. BOLBOS - ALHO
  5. 5. BOLBOS - CEBOLA
  6. 6. BOLBOS - ALLIACEAE Alliaceae é uma família de plantas da ordem Asparagales composta por 795 espécies distribuídas em 20 gêneros
  7. 7. BOLBOS – LÍRIOS
  8. 8. BOLBOS – LILIACEAE
  9. 9. BOLBOS – AMARYLLIS
  10. 10. BOLBOS – HIPPEASTRUM Hippeastrum é um género botânico pertencente à família Amaryllidaceae com cerca de 70 a 75 espécies e mais de 600 quimeras. São herbáceas bulbosas, com folhagem ornamental, bastante difíceis de ser cultivadas. As suas flores, destacam-se pela sua beleza extravagante e grande dimensão.
  11. 11. BOLBOS - NARCISO
  12. 12. BOLBOS - AMARYLLIDACEAE Amaryllidaceae é uma família de asparagales que inclui mais de 800 espécies distribuídas em 66 géneros, e muitas dessas espécies de plantas são ornamentais e cultivadas nos jardins do mundo inteiro
  13. 13. DESCRIÇÃO BOLBOS TULIPAS Tulipa Família: Liliaceae Nome comum: Tulipa Outras variedades: Existem muitas variedades. Descrição: Existem inúmeras espécies de Tulipas, de cores e feitios para todos os gostos. Muitas delas são variedades cultivadas em laboratório a partir de exemplares simples. As Tulipas são bolbos que duram vários anos quando tratados adequadamente e cada bolbo produz em regra uma única flor no início da Primavera. As flores têm a forma de um sino invertido e possuem regra geral sete pétalas, mas podem existir Tulipas com pétalas dobradas, em forma de estrela ou com riscas de mais de uma cor.
  14. 14. BOLBOS TULIPAS Origem: As espécies originais são provenientes da Europa e da Ásia, sobretudo das regiões de clima temperado. Dão-se bem em zonas com Invernos frios e Verões secos, e desenvolvem-se bem em solos pouco ricos. Cultura: O cultivo das Tulipas é um pouco mais difícil do que os outros bolbos de Primavera. Não suportam a concorrência de outras plantas no mesmo canteiro. Se o solo for excessivamente acido, deve ser neutralizado com cal. Não deve plantar-se Tulipas no mesmo local por mais de 2 ou 3 anos seguidos, para não esgotar o solo.
  15. 15. BOLBOS TULIPAS Luz: Apreciam o sol intenso e desenvolvem-se melhor quando orientadas para sul. Contudo, nas zonas 7 a 10, devem proteger-se com alguma sombra ou pelo menos com sombra a meio do dia, quando o sol está mais forte. Humidade: O solo deve ser bem drenado mas com capacidade para reter alguma humidade nos períodos mais secos de crescimento na Primavera. Se for necessário regar não molhe as folhas. Mantenha os bolbos secos durante os meses de Verão e Inverno. Resistência: Gosta de frio e dá-se bem nas zonas 4 - 10. Propagação: É necessário plantar os bolbos de Tulipas no fim do Outono, para que possam florir na Primavera seguinte. Não devem ser colocados no solo muito cedo porque o calor incita-os ao desenvolvimento precoce e os bolbos necessitam de um período de frio para desabrocharem convenientemente. Se pelo contrário forem plantados muito tarde não terão tempo para desenvolver adequadamente o sistema de raízes. O fim do Outono é o período ideal.
  16. 16. BOLBOS TULIPAS Aplicações:  Plantar em vasos, em canteiros e floreiras ou no jardim no meio da relva.  As Tulipas sobressaem se forem plantadas em grandes quantidades (20 ou 30 bolbos ), nunca isoladas pois assim não se distinguem, e irão florir na Primavera.  São das primeiras plantas a florir no ano e por essa razão constituem o primeiro sinal da Primavera. Duram até fins de Maio.
  17. 17. FIM

×