P p apres..
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

P p apres..

on

  • 504 views

 

Statistics

Views

Total Views
504
Views on SlideShare
504
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    P p apres.. P p apres.. Presentation Transcript

    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Clique na opção desejada ! Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Acidente É a ocorrência inesperada que interrompe um processo normal de trabalho, resultando em lesão pessoal, dano material e/ou perda de tempo. Incidente Também conhecido como “Quase Acidente”. É a ocorrência inesperada que interrompe um processo normal de trabalho, que, embora não tenha resultado em lesão pessoal, dano material e/ou perda de tempo, tinha potencial para causar tais resultados. Exemplo : Trabalhador que realizava atividades sobre andaime, acidentalmente deixa cair um martelo, que atinge um outro trabalhador que passava logo abaixo, causando-lhe escoriações no ombro esquerdo. Exemplo : Trabalhador que realizava atividades sobre andaime, acidentalmente deixa cair um martelo, que quase atinge um outro trabalhador que passava logo abaixo. Atenção ! Não apenas os acidentes, mas também os incidentes devem ser objeto das investigações. 01/01
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Todo e qualquer acidente ocorrido ( incluídos os incidentes ), independentemente de sua natureza e gravidade, deve ser investigado, com o intuito de se apurar as causas diretas e indiretas, bem como os fatores contributivos, que colaboraram para a ocorrência do acidente. O reconhecimento das causas e fatores de um acidente, tem como principal objetivo, evitar que acidentes similares ocorram, através da adoção de medidas corretivas e/ou preventivas que eliminem essas causas e/ou fatores ou inibam a sua reincidência. As investigações de acidentes devem ser realizadas pelos responsáveis pela execução da atividade que era desenvolvida no momento do acidente, em conjunto com o responsável pelo Contrato, testemunhas (quando for o caso) e com o Profissional em Segurança do Trabalho, quando houver, e deverá obedecer Procedimento específico adotado pela Empresa. 01/01 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental A Árvore de Causas é um método eficaz e relativamente simples de ser aplicado, e deve ser elaborada de acordo com as informações obtidas através de entrevistas com testemunhas e inspeções no local de trabalho em que ocorreu o acidente ou incidente. 01/06 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental A Árvore de Causas é um método eficaz e relativamente simples de ser aplicado, e deve ser elaborada de acordo com as informações obtidas através de entrevistas com testemunhas e inspeções no local de trabalho em que ocorreu o acidente. 02/06 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Este é o produto do acidente, ou seja, o resultado final. Aqui será identificada a lesão pessoal, dano material ou perda de tempo resultante da ocorrência. mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental A Árvore de Causas é um método eficaz e relativamente simples de ser aplicado, e deve ser elaborada de acordo com as informações obtidas através de entrevistas com testemunhas e inspeções no local de trabalho em que ocorreu o acidente. 04/06 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Este campo corresponde à uma das causas diretas do acidente, que, no caso deste exemplo, encontra origem em dois outros fatores ou eventos. mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental A Árvore de Causas é um método eficaz e relativamente simples de ser aplicado, e deve ser elaborada de acordo com as informações obtidas através de entrevistas com testemunhas e inspeções no local de trabalho em que ocorreu o acidente. 05/06 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Um mesmo evento ou fator, pode ser a causa de dois ou mais eventos ou fatores, conforme as informações que forem obtidas durante uma investigação. mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental A Árvore de Causas é um método eficaz e relativamente simples de ser aplicado, e deve ser elaborada de acordo com as informações obtidas através de entrevistas com testemunhas e inspeções no local de trabalho em que ocorreu o acidente. 06/06 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Devem ser incluídos tantos eventos quantas forem as causas ou fatores apurados através da investigação, de modo que todas as causas, quer diretas ou indiretas, possam ser sanadas. A apuração das causas obterá bons resultados, de maneira prática e eficaz, se para cada evento forem respondidas as perguntas POR QUE ? e COMO ? Após a conclusão da Árvore de Causas, deverá ser feita a divulgação à todos os Colaboradores, juntamente como as medidas que deverão ser tomadas.
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental 01/01 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Medidas Corretivas Árvore de Causas Descrição do Acidente Durante a realização de desbaste em tubulação sobre a bancada, com o auxílio de uma lixadeira manual, esta “esbarrou” em flange de outro tubo também depositado sobre a mesma bancada, provocando o rebotamento da lixadeira em direção ao corpo do Colaborador, que ao solta-la repentinamente, foi atingido pelo disco em movimento, causando-lhe lesão na parte superior da mão esquerda.
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental 01/01 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Medidas Corretivas Descrição do Acidente Durante a realização de desbaste em tubulação sobre a bancada, com o auxílio de uma lixadeira manual, esta “esbarrou” em flange de outro tubo também depositado sobre a mesma bancada, provocando o rebotamento da lixadeira em direção ao corpo do Colaborador, que ao solta-la repentinamente, foi atingido pelo disco em movimento, causando-lhe lesão na parte superior da mão esquerda. Árvore de Causas Lesão Batido Por Disco em movimento Lixadeira arremessada contra Colaborador Lixadeira esbarra em Flange de outro tubo Depósito irregular de peças prontas sobre bancada Atitude indevida do Colaborador Desatenção ao Risco Falta de orientação e conscientização quanto à ordem Falta de treinamento específico para a atividade Desorganização do posto de trabalho Espaço físico insuficiente para depósito de peças prontas
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental 01/03 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Descrição do Acidente Durante a realização de desbaste em tubulação sobre a bancada, com o auxílio de uma lixadeira manual, esta “esbarrou” em flange de outro tubo também depositado sobre a mesma bancada, provocando o rebotamento da lixadeira em direção ao corpo do Colaborador, que ao solta-la repentinamente, foi atingido pelo disco em movimento, causando-lhe lesão na parte superior da mão esquerda. Árvore de Causas Medidas Corretivas Lesão Batido Por Disco em movimento Lixadeira arremessada contra Colaborador Lixadeira esbarra em Flange de outro tubo Depósito irregular de peças prontas sobre bancada Atitude indevida do Colaborador Desatenção ao Risco Falta de orientação e conscientização quanto à ordem Falta de treinamento específico para a atividade Desorganização do posto de trabalho Espaço físico insuficiente para depósito de peças prontas MEDIDA CORRETIVA ( 1 ) Realizar treinamento/campanha de conscientização quanto à ordem nos locais de trabalho. mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental 02/03 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Descrição do Acidente Durante a realização de desbaste em tubulação sobre a bancada, com o auxílio de uma lixadeira manual, esta “esbarrou” em flange de outro tubo também depositado sobre a mesma bancada, provocando o rebotamento da lixadeira em direção ao corpo do Colaborador, que ao solta-la repentinamente, foi atingido pelo disco em movimento, causando-lhe lesão na parte superior da mão esquerda. Árvore de Causas Medidas Corretivas Lesão Batido Por Disco em movimento Lixadeira arremessada contra Colaborador Lixadeira esbarra em Flange de outro tubo Depósito irregular de peças prontas sobre bancada Atitude indevida do Colaborador Desatenção ao Risco Falta de orientação e conscientização quanto à ordem Falta de treinamento específico para a atividade Desorganização do posto de trabalho Espaço físico insuficiente para depósito de peças prontas MEDIDA CORRETIVA ( 2 ) Redimensionar o “Lay-Out” do posto de trabalho, de forma a criar local específico para depósito de peças prontas. mais informações
    • Gerência de Engenharia de Segurança, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental Gestão de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Preservação Ambiental 03/03 Exemplo ÁRVORE DE CAUSAS Árvore de Causas Investigação de Acidentes Definições Descrição do Acidente Durante a realização de desbaste em tubulação sobre a bancada, com o auxílio de uma lixadeira manual, esta “esbarrou” em flange de outro tubo também depositado sobre a mesma bancada, provocando o rebotamento da lixadeira em direção ao corpo do Colaborador, que ao solta-la repentinamente, foi atingido pelo disco em movimento, causando-lhe lesão na parte superior da mão esquerda. Árvore de Causas Medidas Corretivas Lesão Batido Por Disco em movimento Lixadeira arremessada contra Colaborador Lixadeira esbarra em Flange de outro tubo Depósito irregular de peças prontas sobre bancada Atitude indevida do Colaborador Desatenção ao Risco Falta de orientação e conscientização quanto à ordem Falta de treinamento específico para a atividade Desorganização do posto de trabalho Espaço físico insuficiente para depósito de peças prontas MEDIDA CORRETIVA ( 3 ) Realizar treinamento sobre utilização Segura de Lixadeira, com a participação de todos os Colaboradores envolvidos com este tipo de atividade. mais informações