KFW Deg - André Aguilar - Novas estratégias de financiamento para o setor de Energias Renováveis.

  • 557 views
Uploaded on

Apresentação realizada na PE Business Conference - Recife-PE …

Apresentação realizada na PE Business Conference - Recife-PE

Saiba mais em: www.pebusinessconference.com ou www.facebook.com/PeBusiness

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
557
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
27
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Parceiros de Longo prazo paraPaíses em DesenvolvimentoDEG Mercosul DEG – Deutsche Investitions- und Entwicklungsgesellschaft mbH
  • 2. Perfil da DEGDEG HighlightsFundação 1962Matriz Köln (Colônia)Patrimônio Líquido* EUR 1,7 billionPortfolio Administrado* EUR 5,7 billionEmpregados* 457Estrutura Acionária 100% KfW, Frankfurt am MainForma legal GmbH (Empresa Limitada)* Números de 2011KfW (Kreditanstalt für Wiederaufbau) Composição Acionária: República Federal Alemã (80%) Estados (20%) Rating AAA/Aaa, 4º maior banco da Alemanha Financiamentos Nacionais Financiamentos Internacionais Promoção de PMEs e Crédito imobiliário, social, Promoção na Europa, Exportação e Project Promoção em países em start-ups, proteção ao para educação e para os municípios e finance Internacional desenvolvimento ambiente e clima infraestrutura infraestrutura IPEX-Bank Bankengruppe Entwicklungsbank 2
  • 3. A missão da DEG é Contribuir ao desenvolvimento› Financiamos a longo prazo investimentos de empresas do setorprivado.› Atuamos em países em desenvolvimento na América Latina,Ásia, África, na Europa Central e no Leste Europeu.› Nós nos consideramos como parceiros para vida inteira doprojeto, dando apoio e consulta ao nosso cliente ("parceiro emtempos bons e ruins").› Atuamos naqueles mercados onde bancos comerciais nãooferecem instrumentos financeiros com os prazos adequados parainvestimentos em ativos fixos.› Os investimentos devem ser em projetos rentáveis, quevislumbrem o desenvolvimento sustentável e que gerembenefícios à Governança Corporativa da empresa, bem comomelhorias ecológicas e sociais à sociedade conforme normasinternacionais. 3
  • 4. DEG Portfolio MercosulPortfolio do Mercosul Manufatura &EUR Mio. Financeiro Serviços Agribusiness Infraestrutura Total BrasilArgentina - 16 73 14 103 EUR 239Brasil 85 129 1 23 239 ParaguaiParaguai 12 2 - - 14 EUR 14Uruguai 0 11 13 5 29Total 96 158 87 42 386 Manufatura & % Financeiro Serviços Agribusiness Infraestrutura Total ArgentinaArgentina - 10% 85% 33% 27% EUR 103Brasil 88% 81% - 56% 62% Uruguai EUR 29Paraguai 12% 1% - - 4%Uruguai - 7% 15% 12% 8%Total 100% 100% 100% 100% 100%Números de Dez. 2012 4
  • 5. O que a DEG pode oferecer? Empréstimo Mezzanino com garantias Dívida Subordinada limitadasEmpréstimo Participação conjunta com Participação Participação Acionista com opção de Estrangeiro saída Empréstimo Senior Participação Plena Participação de Risco da DEG 5
  • 6. Instrumentos Financeiros Empréstimos Mezzanino Participação ● Financiamento de longo prazo, ● Financiamento a longo prazo ● Private Equity (empresas preferencialmente ativo fixo; em combinando elementos de um maduras, indústrias e serviços da menor parte ativo circulante ou empréstimo com os elementos de economia tradicional) refinanciamento da dívida existente uma participação no capital próprio ● Participação de 5-25% no capital ● Valores a partir de EUR 5 MM ● Valores: até EUR15 MM social, EUR 5 –15 MM, caminho (moeda EUR ou USD) em geral através de aumento de ● Subordinação aos senior lenders capital ●Taxa de Juros: fixa ou variável ● Prazo 4 - 10 anos ● Participação no conselho e ●Prazo 4 - 15 anos, carência de proteção de direitos minoritários 1 a 3 anos (*) ● Garantias de 2° grau ● Prazo 4 – 8 anos; estratégia ● Garantias: ativo fixo, em alguns ● Opção de conversão definida de saída da DEG (venda casos circulante também para terceiros, oferta pública, put ● Retorno adequado ao risco (cash option com acionista majoritário ● Limites de participação: até 35% interest, equity-kicker, warrants) etc.) em empresas/ projetos novos e até 100% em existentes ● Alinhamento dos interesses com os proprietários e a gerência (*) prazos mais longos principalmente para infraestrutura ● Foco: expansão, LBOobs: critérios específicos para cada tipo de projeto 6
  • 7. Proteção ao Clima como nosso principal objetivo• Como uma instituição financeira de desenvolvimento, o DEG está comprometido com as políticas de proteção ao clima e está sempre buscando projetos que vão nos ajudar a atingir esse objetivo tais como:  Energias Renováveis (eólico, água, solar, geotérmica)  Materias Primas Renováveis (etanol, biomassa, etc.)  Investimentos em eficiência energéticaNovos negócios direcionados para a proteção do clima:• 2007: EUR 89 Milhões• 2008: EUR 96 Milhões• 2009: EUR 161 Milhões• 2010: EUR 229 Milhões• 2011: EUR 193 Milhões 7
  • 8. Know-how em Energia Renovável› Profunda expertise setorial construída com um grande número de projetos› Comprometimento de longo prazo em mercados desafiadores› Robustez financeira, pertencente a um dos maiores grupos bancários alemão› Envolvimento é considerado como uma aprovação criteriosa› Produtos específicos para cada necessidade do projeto› Boa reputação internacional› DEG pode mobilizar recursos adicionais com parceiros de cooperação 8
  • 9. Segmentos da Energia RenovávelSetores chave da DEG 9
  • 10. Track Record in Renewable Energy Selected Transactions Energia Renovável na América Latina DEG Portfolio 42 projetos de Energia Renovável e Efidiência Energética na América Latina: 74 MW - Eólico: 23 12 MW Biomass Eurus 15 MW + 10 MW(Wood Chips) Power Plant 250 MW Wind Park Hydro Power Plants Geothermal - Hidro: 14 Power Plants Uruguay 2008 Mexico 2009 Peru 2002/2006 Portfolio em 02/2013: Nicaragua 2011 - EUR 318 milhão 5 maiores países: - México EUR 86 milhão - Panamá EUR 59 milhão - Peru EUR 42 milhão 94 MW Hydro Equity Participation 40MW Co-generation - Nicaragua EUR 33 milhão Renewable Energy Arkenux Power Plant (Bagasse) Power Plant 90 MW Wind Farm - Uruguai EUR 24 milhão Project Developer Uruguay 2012 Guatemala 2007 Brazil 2007 Guatemala 2008 10
  • 11. Investimento em Energias Renováveis: ERSA – Energias Renováveis S.A., Brasil Ideia do Projeto: DEG: foi investidor´-fundador. Papel: Investidor Âncora, ajudou com a instalação de um Desenvolvimento & sistema de gestão social e ambiental, governança corporativaConstrução de projetos de geração de energias KfW Banco de Desenvolvimento: refinanciamento de grande porte ao BNDES para renováveis por financiamento de PCHs e parques eólicosPCHs, parques eólicos e KfW Fundo de Carbono: assessorou no registro dos créditos de carbono e compra os UTEs certificados a preço do mercado Investimento: Investidor: DEG (Participação 23,2 mi EUR)
  • 12. O KfW Banco de Desenvolvimento no Brasil
  • 13. Principais parceiros do KfW no Brasil 13
  • 14. Projetos do KfW no setor da energiaEletrobrás › Construção de PCH em Santa Catarina (64 mi de EUR)Eletrosul › Programa Energías Renovaveís e Efficiência EnergéticaEletrobrás (100 milhões de EUR) › Linha de Crédito para parques éolicos (135 milhões de BNDES EUR) e Linha de Crédito para PCH (65 milhões de EUR) CEMIG › Projeto “Mineirão Solar” (10 milhões de EUR) CEMIG › Repotenciação de PCHs (120 milhões de EUR) CAIXA › Programa de Efficiência Energética (100 milhões de EUR) CHESF › Projeto Piloto CSP (75 - 150 milhões de EUR) 14
  • 15. Fale conosco! André Aguilar – Investment Manager DEG do Brasil Representações Ltda. Grupo de Bancos KFW Rua Verbo Divino, 1488, 3º andar CEP 04719-904 São Paulo/Brasil fone: (55)(11) 5187-5170 fax: (55)(11) 5180-4575 e-mail: andre.aguilar@deginvest.de internet: www.deginvest.de 15
  • 16. Cogeração Cogeração de Energia a partir de Biomassa: Bioener - Uruguai de Energia a partir de Biomassa:Idéia de Projeto: • Implantação de unidade de• Integração Vertical para cogeração de energia elétrica otimizar investimentos em utilizando biomassa (origem florestas sustentáveis florestal)• Co-geração de energia de • Conceito totalmente aplicável fontes renováveis em país ao Brasil (e.g. açúcar e etanol, com matriz energética dependente de fontes não- siderurgia, papel e celulose) renováveis • Energia elétrica gerada vendida à UTE (órgão gestor da rede elétrica no Uruguai) por Licitação Pública (off-take agreement) • Brasil: venda de excedentes de BIOENER S.A. cogeração é mais flexível que no (Uruguay) Uruguai, mas sempre em moeda local (BRL) LT Senior Loan USD 9,875 million 16