Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Música & SFX para Games - Aula 02
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Música & SFX para Games - Aula 02

  • 420 views
Published

Aula #02 do curso de Música & SFX para Games da Pós-Graduação em Programação e Desenvolvimento de Games do Senac-SP

Aula #02 do curso de Música & SFX para Games da Pós-Graduação em Programação e Desenvolvimento de Games do Senac-SP

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
420
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Música & Sensações Teoria Musical para aplicar na práticaProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 2. Introdução• “O segredo da vida é ajustar a trilha sonora corretamente” – Gustavo Tanaka, Empresário e Personal Coach• "É possível expor os fatos que os sentimentos íntimos provocam, defini-los, descrevê-los. Mas os sentimentos, esses se conservam inexplicados. A música pode provocar sentimentos diferentes em cada pessoa porque as mesmas causas geram efeitos contrários. – Gioachino Rossini, Maestro e Compositor italiano (1792 – 1868) Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 3. Introdução• As sensações que uma música gera estão diretamente associadas ao contexto• A beleza de uma composição não está na complexidade, mas na capacidade de alcançar o efeito desejado com os recursos existentes• “Fazer música é simples: você tem uma quantidade determinada de notas musicais, e você faz o melhor que pode com elas” – Lenny KravitzProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 4. Parte I – Conceitos Base Hello musicProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 5. Conceito Básico• Música é uma linguagem que se expressa através dos sons• Sons são um fenômeno natural resultante das vibrações das moléculas de ar• Sons• RuídosProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 6. Propriedades do Som• ALTURA: Grave, Médio, Agudo• DURAÇÃO: Longo, Curto (ligada ao Andamento)• INTENSIDADE: Fraco, Forte• TIMBRE: relacionado à fonte geradora do som. Piano != Guitarra != BumboProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 7. Parte Rítmica• BPM: Batidas Por Minuto• Bater o pé no chão / dedo na mesahttp://www.metronomeonline.com/• É o Andamento da música• O tempo real de duração de uma nota (em segundos) depende do andamento da músicaProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 8. As Notas Musicais CLÁSSICO OCIDENTAL Dó C Ré D Mi E Fá F Sol G Lá A Si BProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 9. Ciclo Notas: Tom / Semitom• Distância de ALTURA entre duas notas 1 Tom• Dó ============= Ré ½ Tom ½ Tom• Dó=== Dó #/ Ré b ==== RéProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 10. Ciclo Notas: Tom / Semitom• MI -> FÁ SEMITOM SI -> DÓ SEMITOM DEMAIS INTERVALOS TOM INTEIROProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 11. Ciclo das Notas B C A#/Bb C#/Db T A D G#/Ab D#/Eb ST G E F#/Gb FProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 12. Ciclo das Notas - Intervalos 7M 1J 7m 2m 6M T 2M 6m 3m ST 5J 3M Ciclo das 5dim 4J NotasProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 13. Ciclo de Notas 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom C C C#                       D   Db D D#                   E       Eb E                 F           F F#             G             Gb G G#         A                 Ab A A#     B                     Bb B  Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011 C                         C
  • 14. Notas no PianoProf. Paulo Luis Santos – Senac SP – 2011
  • 15. Parte II – Escala Maior Entendendo o que soa bem ou malProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 16. Escala Maior• A Escala Maior é a mais básica da música• Maioria das músicas ficam só nela• Combinações simples que soam bem• Sem riscos, sem erros• Quando está “no tom”, está dentro da escala maior. “Fora do tom” ou “atonal” está fora da Escala MaiorProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 17. Escala Maior• Tônica (+ Tom) Nota – 2M (+ Tom) Nota – 3M (+ Meio Tom) Nota – 4J (+ Tom) Nota – 5J (+ Tom) Nota – 6M (+ Tom) Nota – 7M Ciclo das (+ Meio Tom) Tônica NotasProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 18. Escala Maior• Tônica - C (+ Tom) D (+ Tom) E (+ Meio Tom) F (+ Tom) G (+ Tom) A (+ Tom) B (+ Meio Tom) CProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 19. Escala Maior• Tônica - E (+ Tom) F# (+ Tom) G# (+ Meio Tom) A (+ Tom) B (+ Tom) C# (+ Tom) D# (+ Meio Tom) CProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 20. Escala Maior• Tônica - G (+ Tom) A (+ Tom) B (+ Meio Tom) C (+ Tom) D (+ Tom) E (+ Tom) F# (+ Meio Tom) GProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 21. Parte III – Acordes Construindo Harmonias, Gerando SensaçõesProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 22. Acordes• Um acorde é a junção Três notas (tríade) ou quatro notas (tétrade)• A união das notas e/ou a progressão de acordes geram o efeito de sons simultâneos que chamamos de Harmonia• Os acordes e suas sequências são grandes responsáveis pelas sensações• As melodias solo sobre os acordes também geram sensações diversasProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 23. Montando Acordes (Tríades) TÔNICA + TERÇA + QUINTAProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 24. Acordes Maiores• TÔNICA + 3ª Maior + 5ª J• Fórmula: Tônica + 2 Tons + 1,5 Tom• C–E–G• E – G# - B• F–A–C• B – D# - F#Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 25. Acordes Maiores - Sensações• Acordes maiores são as notas que mais combinam entre si, sem conflitos ou complexidades• Plenitude• Harmonia• Resolução• Esperança• ConfiançaProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 26. Acordes Maiores - Exemplos• Satisfaction (Rolling Stones)• Surfin USA (Beach Boys)• La Bamba (Ritchie Valens)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 27. Acordes Menores• TÔNICA + 3ª Menor + 5ª J• Fórmula: Tônica + 1,5 Tom + 2 Tons• D–F–A• E–G-B• C – Eb – G• B – D - F#Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 28. Acordes Menores - Sensações• Acordes menores trazem um resultado completamente diferente dos maiores• Tristeza• Solidão• Abandono• Dor• Decepção• Intensidade de emoçõesProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 29. Acordes Menores - Exemplos• Stairway to Heaven (Led Zeppelin)• Don’t Cry (Guns N’ Roses)• Green Sleeves (Autor Desconhecido) MixProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 30. Acordes Com 7ª (Tétrades) ACORDES • TÔNICA + 3ªM + 5ª J + 7ª Menor MAIORES  C/ 7a• TÔNICA + 3ªM + 5ª J + 7ª Maior• TÔNICA + 3ªm + 5ª J + 7ª Menor ACORDES  menores • TÔNICA + 3ªm + 5ª J + 7ª Maior c/ 7a• Fórmula Acorde Maior c/ 7ª Menor (Cola: Tônica – 1 Tom)• Tônica + 2 Tons + 1,5 Tom + 1,5 Tons• D – F# – A – C• E – G# – B – D• Fórmula Acorde Maior c/ 7ª Maior (Cola: Tônica – ½ Tom)• Tônica + 2 Tons + 1,5 Tom + 2 Tons• C–E–G–B• B – D - F# - A# Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 31. Acordes Com 7ª - Sensações• Melancolia• Saudade• Incerteza• Dúvida, pergunta• Pendência• Insatisfação• ArrependimentoProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 32. Acordes Com 7ª Menor - Exemplos• Faz Parte do Meu Show (Cazuza)• MPB usa muito• Bossa Nova também (mas vai além)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 33. Parte IV Campo Harmônico Maior Juntando tudo e fazendo funcionarProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 34. Campo Harmônico Maior (Jônico)• Só usam as notas da Escala Maior• Variam de acordo com o Tom (qual escala se está fazendo – de Dó, Sol, Etc.)• Principal e mais usado• Acordes e melodias se encaixam facilmente• Música que só usa acordes da escala maior é 100% Tonal• Quando inicia em C é composta somente de notas naturais (as brancas do piano)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 35. Acordes da Escala Maior• Primeiro, montar as notas da Escala• Cada acorde será (dentro da escala) TÔNICA + TERÇA + QUINTA• Exemplos na escala C (CDEFGAB): – C -> E -> G = C Maior – E -> G -> B = E Menor – G -> B -> D = G Maior – A -> C -> E = A MenorProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 36. Acordes da Escala MaiorEscala E (E F# G# A B C# D): – E -> G# -> B = E Maior – F# -> A -> C# = F# Menor – C# -> E -> G# = C# Menor – A -> C# -> E = A MaiorEscala G (G A B C D E F#): – G -> B -> D = G Maior – B -> D -> F# = B Menor – C -> E -> G = C Maior – E -> G -> B = E MenorProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 37. Acordes da Escala Maior 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2 1/2  Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom Tom C C C#                       D   Db D D#       D       D   E E     Eb E         E       F     F     F F#         F   G G       G   Gb G G#         A     A     A     Ab A A#     B         B     B     Bb B   C           C       C     C Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 38. Acordes da Escala Maior• Fórmula do Campo Harmônico Maior• 1ª Justa (Acorde Maior)• 2ª menor (Acorde Menor)• 3ª menor (Acorde Menor)• 4ª Justa (Acorde Maior)• 5ª Justa (Acorde Maior)• 6ª menor (Acorde Menor)• 7ªdim (Acorde Diminuto)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 39. Acordes da Escala MaiorProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 40. Parte V Técnicas & Resultados Conseguindo o que se quer com aquele bolo de notasProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 41. Progressões Tradicionais• 1J – 5J – 6m – 4J• Progressão mais usada no universo• Famosas 4 Chord Songs• Gera uma tensão mínima e resolve facilmente• Boa para melodias simples• Boa para melodias repetitivas• Boa pra qualquer coisa, em geralProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 42. Progressões Tradicionais• 1J – 5J – 6m – 4J• With Or Without You• Proibida Pra Mim• Someone Like You• Como eu Quero• I Still Believe in Your Eyes• Paga-Pau• Torn• Dont Stop Believing• Can You Feel The Love Tonight?• Under The Bridge• Ai Se Eu te Pego• When I Come Around• Im Yours• Where’s The Love• She Will Be Loved• Wherever you Will Go• Hot n Cold• Take On Me• Robocop Gay Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 43. Progressões Tradicionais• 4J – 5J – 6m (e variantes)• Famosa “Subidinha” de Acordes• Passa sensação de Esperança• Passa sensação de Luta (por algo)• Boa para transições• Boa para preparar para impacto (Resolver na tônica)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 44. Progressões Tradicionais• 4J – 5J – 6m (e variantes)• Vital e Sua Moto (Paralamas do Sucesso)• Fear Of The Dark (Iron Maiden)• Always (Bon Jovi)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 45. Progressões Tradicionais• 1J – 4J – 5J• Progressão simples e animada• Pequenas variações• Gera um uma sensação de empolgação• Boa para melodias simples• Boa para melodias repetitivas• Boa pra qualquer coisa, em geralProf. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 46. Progressões Tradicionais• 1J – 4J – 5J• Twist And Shout (The Beatles)• La Bamba (Ritchie Valens)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 47. Mudança Melodia/ Manutenção base• Técnica usada para gerar transições diferentes e de maior continuidade• Não é fácil ficar boa, mas tem efeito eficaz quando bem aplicada• Exemplos: – Rolling in the Deep (Adele) – You Only Live Once (The Strokes)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 48. Mudança Base/ Manutenção Melodia• Usada para dar efeitos emocionantes• Simples de aplicar• Muito usada em Riffs de Rock• Exemplos – Sweet Child O’ Mine (Guns N’ Roses) – Life in Technicolor (Coldplay) – Fix You (Coldplay) – Mr. Brightside (The Killers)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 49. Sincronia Base / Melodia• Técnica básica de preenchimento• Efeito semelhante ao do Acorde Maior• Plenitude• Sincronia• Simples de aplicar• Exemplos – Sultans Of Swing (Dire Straits)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 50. Uso do Atonal• Técnica para enriquecer a composição• Sair do tom com sucesso gera efeitos únicos• Agonia• Aflição• Desespero• Desconforto• Expectativa• Delicado de aplicar• Exemplos – What It Takes (Aerosmith) – My Iron Lung (Radiohead) Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 51. Aumento Andamento• Acelerar o Ritmo da Música• Aumentar as Batidas por Minuto• Gerar euforia• Gerar desespero• Gerar pressa• Exemplos: – Fear Of The Dark (Iron Maiden) – Civil War (Guns N’ Roses) – Super Mario Bros (Shigeru Miyamoto) Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 52. Mudança de Tom• Mudar o Tom no meio da música• Pode gerar estranheza• Pode gerar Apogeu da música• Exemplos: – Livin on a Prayer (Bon Jovi) – Look What You’ve Done (Jet)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011
  • 53. Tarefa• Escrever o Campo Harmônico de E – Notas da Escala Maior – Quais São os Acordes do Campo• Escrever a Progressão 1J – 5J – 6m – 4J dos tons: –A –F• Escrever um breve Feedback sobre essa aula (um parágrafo no máximo)Prof. Paulo Luis Santos – Senac SP - 2011