• Save
Análise taxonômica de proposições em mapas conceituais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Análise taxonômica de proposições em mapas conceituais

on

  • 813 views

Trabalho apresentado no VIII ENPEC & I CIEC (Unicamp, Campinas, SP) no dia 8/12/11 na sessão coordenada que ocorreu na sala PB 14 das 11-13hs.

Trabalho apresentado no VIII ENPEC & I CIEC (Unicamp, Campinas, SP) no dia 8/12/11 na sessão coordenada que ocorreu na sala PB 14 das 11-13hs.
Apresentador: Paulo Rogério Miranda Correia

Statistics

Views

Total Views
813
Views on SlideShare
813
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Análise taxonômica de proposições em mapas conceituais Análise taxonômica de proposições em mapas conceituais Presentation Transcript

  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Análise taxonômica de proposições em mapas conceituais ao longo da disciplina de Ciências da Natureza (EACH-USP/Leste) Joana Guilares de Aguiar1 Jerson Geraldo Romano Jr1 Paulo Rogério Miranda Correia21Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências I USP 2Escola de Artes, Ciências e Humanidades I Universidade de São Paulo
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Estrutura Mapas conceituais ≠ organogramas fluxograma esquemas Clareza semântica
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Estrutura proposição
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Mapas Conceituais Evolução histórica 1963 1972 1990 1997 2004Dr. Joseph D. NovakDr. Alberto J. Canãs
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Objetivo da pesquisa Mapas conceituais tem informações latentes que não sãoobtidas a partir da leitura das proposições.  Análise estrutural: configuração da rede  Análise de vizinhança: conceitos (Sessão PB15 – 8/12 tarde)  Análise proposicional: conteúdo semântico das proposições
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Análise taxonômica
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Categorização das proposições Perguntas 1. Os termos de ligação tem verbos? Sim(Q2) I Não(E) 2. O verbo não revela ação (e.g. ser,estar, ter)? Sim(E) I Não (D/Q3) 3. Ambos conceitos: inicial e final indicam causa e conseqüência, respectivamente? Sim(D1/Q4) I Não (D0/Q4) 4. Os conceitos são quantificados (e.g. mais carros, muitos carros)? Ambos(D13) I Um (D02/D12) I Não (D01/D11)
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Coleta de dados Estímulos  pergunta focal iniciada com “como”  conceito obrigatório previamente quantificado “mais tecnologia”
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Coleta de dados
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados: variáveis I MC5
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados: variáveis I MC15
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados: objetos I MC5
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Resultados: objetos I MC15
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people MC5: Linhas tracejadas (E)
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people MC15: Linhas contínuas (D)
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Considerações finais Número de proposições aumentou em MC15. Aumento se distribui em todas as categorias (E/D). 60% dos alunos elaboraram proposições essencialmentedinâmicas (estímulos). Análise proposicional não se limita a MCs obtidos nas aulas deciências.
  • CMA PPING I sharing knowledge to empower people Agradecimentos Comissão organizadora FAPESP CNPq & CAPES