• Save
A estrutura dos mapas conceituais: pensamento dinâmico e representação do conhecimento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A estrutura dos mapas conceituais: pensamento dinâmico e representação do conhecimento

on

  • 444 views

V Ciclo de Seminários I Grupo de Pesquisa Mapas Conceituais

V Ciclo de Seminários I Grupo de Pesquisa Mapas Conceituais
http://www.mapasconceituais.com.br/

Statistics

Views

Total Views
444
Views on SlideShare
295
Embed Views
149

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 149

http://www.mapasconceituais.com.br 149

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

A estrutura dos mapas conceituais: pensamento dinâmico e representação do conhecimento A estrutura dos mapas conceituais: pensamento dinâmico e representação do conhecimento Presentation Transcript

  • João Marcelo dos Santos Xavier Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências Universidade de São Paulo A estrutura dos mapas conceituais: pensamento dinâmico e representação do conhecimento
  • Artigo de referência
  • Os objetivos 1. Apresentar os mapas conceituais como um instrumento de representação do conhecimento, principalmente por representarem relações estáticas entre conceitos . 2. Mostrar como as relações dinâmicas entre os conceitos podem ser representadas em mapas conceituais cíclicos.
  • A Teoria e a Pesquisa sobre Mapas Conceituais • Questões teóricas Categorias e conceitos Etiquetas Relação entre os conceitos • Relações dinâmicas • Mapas conceituais cíclicos • Pensamento sistêmico • Tensão no ciclo de conceitos • Os mapas conceituais cíclicos Conclusões • Os componentes dos mapas conceituais • A configuração dos mapas conceituais • Implicações da pesquisa Organização
  • Mapas conceituais São ferramentas de representação do conhecimento Ligações cruzadas Relações entre áreas de conhecimento diferentes que revelam altos níveis de aprendizagem significativa Aprendizagem significativa Conceitos novos estão associados hierarquicamente a conceitos mais inclusivos A Teoria e a Pesquisa sobre Mapas Conceituais
  • Mapas conceituais são Utilizados principalmente na gestão do conhecimento Ferramentas de avaliação que permitem diferenciar aprendizagem significativa e mecânica Pesquisas alertam para falta de confiabilidade dos métodos de avaliação e pontuação utilizados A Teoria e a Pesquisa sobre Mapas Conceituais
  • Categorias • Divisão em subcategorias  Semelhança entre os membros de uma categoria  Classificação como parte de um sistema maior Estrutura hierarquica • Mantém o número de categorias em quantidade gerenciável Conceito • Abstrai e impõe propriedade(s) para definir uma categoria Categorias e conceitos
  • Conceitos científicos • Propriedades Genotípicas (Lewin, 1969)  Massa (propriedade comum)  Tamanho, cor, função (fenotípicas) Conceitos matemáticos • Nível máximo de abstração Categorias e conceitos
  • Palavras • São usadas para dar nome aos conceitos • Diversos significados • Interpretada de acordo com o contexto • Decodificador pode não ter familiaridade com o contexto de codificação do conceito Conceito pode ser explicado de forma • Direta (descrição) • Indireta (analogias) Etiquetas (rótulos)
  • Affordances • Possíveis significados de um conceito • Seu número pode ser reduzido em interação com outros conceitos Relação entre conceitos
  • Mapas conceituais • Relações dinâmicas estabelecem covariação entre os conceitos • Relações estáticas estabelecem descrição, definição e organização do conhecimento • MCs raramente são utilizados para representar relações dinâmicas Relação entre conceitos
  • Relações dinâmicas • Forma como um conceito afeta outro conceito • Dois tipos, com base na  Causalidade (tempo de viagem é inversamente proporcional a velocidade)  Correlação/probabilidade Relação entre conceitos
  • Mapas conceituais cíclicos • Representação cíclica na biologia (ex: ciclo alimentar) • Tendência à representação cíclica Relação entre conceitos
  • Constelação • Aumento em um dos conceitos, leva a aumento nos demais • Podem mudar na mesma direção ou no sentido oposto • Após completar o ciclo o primeiro conceito pode diminuir, levando a diminuição dos demais Relação entre conceitos C n C 1 C 2 C 3
  • Pensamento sistêmico • Estabelecido por relações dinâmicas • Considera as expectativas  São revistas com base no “feedback” Relação entre conceitos
  • Tensão no ciclo de conceitos • Proposições podem indicar como a mudança em um conceito pode afetar o conceito subsequente • Significado do conceito pode variar, dependendo do contexto e das ligações com outros conceitos • Incertezas conceituais podem levar a aumento da tensão experimentada pelo leitor Relação entre conceitos
  • Tensão no ciclo de conceitos • Estabelecimento de ligações cruzadas/criatividade (Novak, 1998) • Relações cíclicas podem ocorrer isoladamente ou em combinação com mapas conceituais Relação entre conceitos
  • Elaboração de mapas conceituais cíclicos a partir de outros mapas conceituais • Selecionar o conceito inicial • Quantificar o conceito inicial • Demais conceitos serão modificados Relação entre conceitos
  • Elaboração de mapas conceituais cíclicos a partir de outros mapas conceituais • Novas informações serão fornecidas • Organização dos conceitos no MC cíclico depende da criatividade e ensino eficaz • “Novo mapa conceitual” pode ser modificado (inclusão e exclusão de conceitos) Relação entre conceitos
  • Mapas híbridos • O mapa conceitual híbrido pode ter duas representações (informações gerais e funcionamento) • Cores diferentes para cada segmento do mapa conceitual • Cmap Tools auxilia na elaboração Relação entre conceitos
  • Mapas conceituais cíclicos autônomos • Se aplica a algumas situações (depende da pergunta a ser respondida) • Não há limite no número de conceitos • Zona de conforto (6 conceitos) • Sistemas dinâmicos tendem ao equilíbrio Relação entre conceitos
  • Os componentes dos mapas conceituais • Conceitos são diferentes de categorias • Conceitos são mais abstratos • Conceitos científicos (representação matemática) • Ausência de reconhecimento da diferença entre conceitos e categorias • Etiquetas (significados possíveis), relações entre conceitos reduz incerteza • Affordances – significado de um conceito determinado em uma proposição • Importância da distinção entre relações estáticas e dinâmicas • Mapas conceituais não são capazes de representar todas as formas de conhecimento Conclusões do artigo
  • A configuração dos mapas conceituais • Forma atual dos MCs são adequadas a representar relações estáticas • Mapas conceituais cíclicos são adequados a representação de relações dinâmicas • Mapas conceituais cíclicos (conceitos em constante mudança e modificando os demais) Conclusões do artigo
  • Implicações para a pesquisa • Linha de pensamento serve de base para pesquisa empírica • Hipóteses  MCs cíclicos (representação de relações dinâmicas)  MCs (representação das relações estáticas) • Questões  Qual a diferença entre pensamento estático e cíclio?  Que processos cognitivos estão envolvidos na ativação e quantificação de um conceito?  Se um “mapeador” for limitado por uma estrutura hierárquica e por uma estrutura cíclica, o mapa produzido a partir da estrutura cíclica será mais dinâmico? Conclusões do artigo
  • Leitura complementar
  • • Proposições representam uma relação entre dois conceitos • Pensamento dinâmico - interdependência funcional entre dois conceitos é essencial para o raciocínio científico • Três formas de estimular o pensamento dinâmico (hipóteses)  Mapa Conceitual cíclico  Conceitos quantificados  A questão focal Leitura complementar
  • Conclusões gerais • Premissa básica: “o pensamento pode ter um componente dinâmico ou estático” • Relações dinâmicas e estáticas são necessárias para a representação do conhecimento • É possível incentivar o pensamento dinâmico em mapas conceituais, por meio da utilização de restrições (pergunta focal, semi estruturação dos mapas e quantificação de conceitos) Leitura complementar
  • Agradecimentos
  • Nosso grupo de pesquisa integra o http://nap.usp.br/npnap
  • Nosso grupo é organizador da http://www.cmc2014.com.br
  • Sobre o apresentador http://www.mapasconceituais.com.br/ João Xavier Universidade de São Paulo joaomsxavier@usp.br 07-mar-14