Marilia Fonseca - Políticas públicas

2,567 views
2,392 views

Published on

Published in: Education, Technology, Business
3 Comments
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
2,567
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
3
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Marilia Fonseca - Políticas públicas

  1. 1. Políticas públicas para a qualidade da educação brasileira: entre o utilitarismo econômico e a responsabilidade social – Marília Fonseca<br />Trabalho desenvolvido na disciplina: Estudos em Gestão Educacional, orientado pelo Prof. Dr. Paulo Gomes Lima<br />Dourados-MS<br />2011<br />
  2. 2. Sobre a autora<br />Possui graduação em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1964), mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (1977) e doutorado em Ciências da Educação - Universite de Paris V (René Descartes) (1992). <br />Atualmente é professora colaboradora da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília. <br />Tem experiência nas áreas de Políticas Públicas e Gestão Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação básica e superior; inovação e avaliação da educação brasileira. <br />FONSECA, Marília<br />
  3. 3. <ul><li>A autora discute sobre a concepção de gestão escolar no Plano de Desenvolvimento da Escola - PDE (que é concebida mais no viés da gestão gerencial, com planejamento estratégico) e no Projeto Político Pedagógico - PPP (sinalizando para a gestão democrática, com a questão da autonomia escolar) numa perspectiva de abordagem qualitativa.</li></li></ul><li>Fonseca (2009) estruturou seu texto em quatro eixos, sendo eles:<br />
  4. 4. <ul><li> Elenca dois objetivos, sendo eles:</li></ul>Fonseca (2009) cita que na década de 90, com influências de políticas neoliberais - houve novos caminhos organizacionais para escola, com estratégias de descentralização e autonomia, visando liderança, por meio da figura do diretor, treinamento, com os cursos de capacitação e formação do quadro de professores e parcerias, entre a escola e outras instituições, tanto pública quanto privada, principalmente com financiamento dos organismos internacionais (FMI, BIRD).<br />
  5. 5. <ul><li> Contextualiza sobre a gestão escolar na legislação brasileira com viés democrático, a partir de dois documentos legais, que são:</li></li></ul><li><ul><li> Fonseca (2009) afirma que os programas do governo federal visa atingir a descentralização e autonomia, e realiza análise de alguns, dentre eles estão:</li></li></ul><li><ul><li> Segundo Fonseca (2009), na proposta do PPP e no PNE – os termos de autonomia e participação – enfatizando a construção de sua proposta pedagógica e não como PPP como a autora elencou, então ela foi infeliz ao afirmar isso, sendo que o termo político não foi enfatizado. </li></ul>Os programas tinham seus conceitos já difundidos, e que se pautava em:<br />
  6. 6. <ul><li> O PDE tem sido recebido por todos os governos estaduais e sua inserção é feita por meio de instrumentos de controle, com manuais para o acompanhamento e planejamento das ações, com normas para a prestação de contas do dinheiro repassado a escola, com processo de escolha do diretor.</li></li></ul><li><ul><li> Fonseca (2009) elenca como sendo suas considerações finais:</li></li></ul><li>Ana Paula Moreira de Sousa e Marília Fonseca (Participação em uma banca na UFGD)<br />

×