• Save
Pre época 2011-2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Pre época 2011-2012

on

  • 706 views

 

Statistics

Views

Total Views
706
Views on SlideShare
558
Embed Views
148

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

12 Embeds 148

http://javi-garcia-fans.blogspot.pt 112
http://javi-garcia-fans.blogspot.com.es 13
http://javi-garcia-fans.blogspot.com.br 6
http://javi-garcia-fans.blogspot.mx 3
http://javi-garcia-fans.blogspot.ru 3
http://javi-garcia-fans.blogspot.com 3
http://javi-garcia-fans.blogspot.fr 2
http://javi-garcia-fans.blogspot.be 2
http://javi-garcia-fans.blogspot.it 1
http://javi-garcia-fans.blogspot.cz 1
http://javi-garcia-fans.blogspot.ca 1
http://javi-garcia-fans.blogspot.co.uk 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pre época 2011-2012 Document Transcript

  • 1. Criado por Javi Garcia FansÉPOCA2011-2012 PRÉ - ÉPOCA
  • 2. SUIÇA VOLTA A SER O LOCAL ESCOLHIDO PARA OESTAGIO DA EQUIPA DO BENFICATal como em anosanteriores, a Suíça vai voltara acolher o estágio de pré-temporada da equipa doBenfica.Há já alguns anos queaquele país recebe osprimeiros dias de trabalhodos encarnados, e o mesmo acontecerá esta época, que arrancaoficialmente no dia 22 de Junho com a realização dos habituais testesmédicos.Assim, tudo indica que os encarnados partirão para a Suíça nos últimosdias de Junho, não estando ainda definido qual o local de estágio queserá escolhido para o começo de época da equipa de Jorge Jesus.
  • 3. JAVI GARCIA TREINOU EM SEPARADO DO RESTO DOGRUPOO Benfica volta a treinar nestaterça-feira, com Urreta já integradono plantel.O uruguaio esteve ao serviço doPeñarol, que disputou, na últimaquarta-feira, a final da Taça dosLibertadores, mas já está às ordensde Jorge Jesus, embora se treine àparte.Javi García, que se queixou deum problema muscular na véspera,e Daniel Wass, reforço que lesionouno Europeu de sub-21, também fizeram trabalho específico.Por outrolado, o treinador encarnado não pode contar com Ruben Amorim e AlanKardec, que estão ausentes da sessão, à qual assistem cerca de ummilhar de adeptos.A sessão vespertina, que durou uma hora e meia, acabou por terRodrigo como protagonista, já que o avançado marcou os dois golos da«peladinha» final.
  • 4. JAVI GARCIA CONTINUA A SER AUSÊNCIADos 31 jogadores que estão à disposição de Jorge Jesus, só 25subiram ao relvado.Gaitán, MiguelRosa, CarlosMartins e Urretajuntaram-se aJavi García eRúben Amorimno rol deausências.De regresso aorelvado estão oavançado brasileiro Alan Kardec e o defesa direito Daniel Wass tambémjá se treinou com bola. O lateral direito tinha realizado trabalho específiconos primeiros treinos ministrados por Jorge Jesus, devido a uma lesãosofrida ao serviço da selecção sub 21 da Dinamarca.Num treino em que estiveram cerca de oito centenas de adeptos, de frisarainda que Fábio Coentrão, cujo nome tem sido associado ao Real Madrid,trabalhou normalmente.Apesar de já se encontrar em Portugal, Nolito ainda não se juntou aogrupo às ordens de Jorge Jesus.
  • 5. JOGOS DA PRE-ÉPOCAAntes do arranque da Liga Zon Sagres 2011-2012 podes ver os seguintesjogos:
  • 6. «SIN DUDA ES UN JOGADOR PARA EL R.MADRID» -JAVI GARCIAFabioCoentrao se haconvertido enjugador delReal Madrid.Muy del gustode Mourinho, elportugués es unjugador debanda que nosólo acapara halagos en la prensa sino también entre sus ya excompañeros. Dos de ellos llegaron al Benfica desde la liga española y losdos han avalado su salto al Santiago Bernabéu. Uno es el portero Robertoy el otro un jugador formado precisamente en las categorías inferiores delReal Madrid: Javi García."Es rápido, poderoso, llega y regatea... Sin duda es jugador para el RealMadrid. Es muy difícil irse de él y es más vistoso de lateral aunque suelejugar de 11", asegura el centrocampista. Roberto, por su parte, tambiénbendice al que será nuevo inquilino del vestuario merengue: "Es muycompleto. Defiende muy bien, siempre está en su sitio y tiene velocidad ychispa. También tiene gran capacidad ofensiva. Es un jugador apto paracualquier equipo de elite".
  • 7. JAVI GARCIA ESPERA QUE A CAMISOLA «DÊ TÍTULOS»A nova camisola do Benfica, apresentada ontem no Estádio da Luz,recupera, no desenho, o espírito dos bicampeões europeus. Um regressoao «100 por centoencarnado» e «maisperto daoriginalidade», comofoi referido naapresentação que,espera-se na Luz,possa servir deincentivo e inspiraçãodurante a novatemporada. JaviGarcía pegou na ideia: «Esperemos que nos dê títulos.»O médio espanhol só deixou escapar que a «camisola é muito bonita»e que, agora, é tempo de «pensar nos treinos». Na presença de todos osjogadores que estiveram ontem no primeiro dia de trabalho da época2011/12, da equipa técnica comandada por Jorge Jesus, dos vices RuiCunha e Rui Gomes da Silva, do novo director para o futebol, AntónioCarraça, e do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Luís Nazaré, oBenfica apresentou o equipamento principal e o modelo principal depasseio e de estágios.
  • 8. «GOSTO MUITO DESTA CAMISOLA» - JAVI GARCIAoi apresentada esta quarta-feira a nova camisola oficial do Sport Lisboae Benfica para a época 2011/12. O modelo foi inspirado na conquista da2.ª Taça dos Clubes Campeões Europeus, na época de 1961/62, frenteao Real Madrid. Foram incluídas duas estrelas douradas no emblema quefigura a branco, comohomenagem ao 50.ºaniversário da conquistado troféu.Relembrando aquele quefoi um dos maiores feitosdo Clube, foi colocadauma foto da equipavencedora da época1961/62 na parte de trásdo interior da camisola. Osrebordos nas mangas e nas costas da camisola são em dourado, alusivoàquele que foi um dos anos de “ouro” do futebol benfiquista.A nova camisola apresenta-se com a parte da frente a vermelho, onde sepode ver o logo da TMN a branco, desaparecendo a mancha azulanteriormente usada.Em termos tecnológicos, o equipamento desenvolvido pela ADIDAS incluia tecnologia ClimaCool, que permite uma melhor ventilação datranspiração proporcionando mais conforto para os jogadores.Na apresentação, realizada na Sala dos Troféus da Eusébio GoldExhibition, o Director Comercial e de Marketing do Benfica, Miguel Bento,destacou que a camisola “agrega dois dos maiores valores do património
  • 9. da história centenária do Benfica”. “A primeira é aquela ansiada por todos:o regresso ao cem por cento vermelho. Na época 2011/2012 teremos acamisola o mais perto possível da sua originalidade. A segundacomponente é um logótipo alusivo à maior efeméride desportiva da nossaHistória. O que esperamos é que esta camisola, com estes atributos, sejaum incentivo para que a equipa volte às suas melhores páginas, do pontode vista do palmarés desportivo. Espero que a camisola inspire a nossaequipa e que funcione na simbiose que existe entre adeptos e equipa, queé o que torna o Benfica uma marca única”, afirmou.Na apresentação oficial dos novos equipamentos estiveram presentes osbicampeões europeus José Augusto, Ângelo Martins e Mário João, que sejuntaram aos atletas do plantel de futebol profissional, Ruben Amorim,Javi García e Rúben Pinto.Ruben Amorim e Javi García foram dois dos jogadores que marcarampresença numa sessão fotográfica realizada anteriormente, sendo queambos mostraram-se muito satisfeitos com a nova camisola.“Pessoalmente gosto mais desta do que a da época passada, porque agola é mais confortável para nós. Não mudou muito em relação à anterior,mas gosto mais desta”, afirmou Javi García à Benfica TV.
  • 10. BENFICA ACERTA PLANTELA equipa do Benfica começará amanhã a definir-se para a 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões que se realizará no final do mês,durante o jogo-treino com o Nice, marcado para as 19h30 (horaportuguesa).As principaisdúvidas eproblemas dotécnico centram-seno eixo da defesamas, os treinosparecem indicar quea dupla preferidapara essecompromissopoderá passar por Jardel/Javi García.Nesta altura o Jorge Jesus procura separar os dispensáveis dosindispensáveis. Neste último grupo estão já onze jogadoresimprescindíveis: Jardel, Javi García, Matic, Enzo Perez, Nolito, Gaitán,Bruno César, Aimar, Saviola, Jara e Cardozo, mais os ausentes MaxiPereira e Luisão.Os guarda-redes estão á parte e ainda por decidir quem fica e quem sai.Das últimas horas há essa notícia que indica a saída de Moreira para oSwansea, um clube promovido à Premiership, principal campeonato deInglaterra. O guarda-redes já não treinou esta manhã e abandonou oestágio da equipa.
  • 11. Para substituir o guarda-redes que estava há 12 anos no Benfica chegaMika, de 20 anos, representava a UD Leiria, e estará no Mundial Sub-20em representação da seleção de Portugal.À margem do trabalho do treinador abundam os nomes que podemchegar. Senão vejamos: Garay (garantido), Mangala, Ansaldi e Rojo sãodefesas centrais cobiçados; Alex Sandro, Traoré e Eliseu consitutemalternativas para o lado esquerdo da defesa; Witsel é médio. Ao todo sãooito nomes. Alguns deles podem chegar á Luz.O presidente Luís Filipe Vieira, na Suíça, vai reunir com Jorge Jesus eAntónio Carraça para definir em definitivo o plantel.
  • 12. JAVI GARCIA ADMITE «CANSAÇO NORMAL»O treino desta segunda-feira do Benfica decorreu à porta fechada emNyon, na Suíça, onde se realiza, até quarta-feira, o estágio de pré-épocada equipa “encarnada”.Depois de a equipa ter empatado (1-1) no domingo com o Servette, emjogo particular, o médioJavi García admitiu queexiste um “certo cansaço”na equipa, que o espanholconsidera normal para otrabalho que o plantel temfeito na Suíça. “Depois dequatro, cinco dias comsessões de treinos diários,é habitual haver cansaço”,afirmou.Para o médio, o Benfica já demonstrou “boas coisas no sector ofensivo”,ressalvando que com a entrada de jogadores novos “é difícil que esteja játudo a correr a 100 por cento”. Javi García entende que Jorge Jesus tem“um plantel mais amplo, com mais jogadores por posição, uma situaçãoboa para a concorrência”.Na terça-feira, o Benfica tem agendado um encontro particular com osfranceses do Dijon, equipa recentemente promovida à Liga gaulesa defutebol. Este será o último teste em Nyon, depois de ter vencido por 9-1uma selecção de amadores de Friburgo, e ter empatado (1-1) com ossuíços do Servette, treinado pelo português João Alves, no domingo.O estágio de pré-época do Benfica termina na quarta-feira, dia em que aequipa
  • 13. UMA VEZ MAIS… O TORNEIO É NOSSO!O Benfica conquistou pela quinta vez o Torneio do Guadiana, aoempatar com o Anderlecht (2-2) no último jogo. Saviola e Urretamarcaram os golos dos encarnados, Lukaku e Suarez o dos belgas.Não há guarda-redes ou equipa que resista com uma defesa como a doBenfica. Com o Anderlecht, o elo mais fraco dos encarnados nestemomento, voltou a borrar a pintura de um quadro que em termosofensivos até foibem agradável.Dois golos quepodiam serevitados e quelevaram o Benficaem desvantagempara o intervalo,num período emque osencarnadosdominaram e tiveram mais e melhores oportunidades de golo.De nada valeram as combinações entre Saviola, Gaitán, Enzo Perez eJara, que delinearam situações de muito perigo para a baliza belga,principalmente na fase inicial do jogo. Mas seria numa iniciativa individuala aproveitar uma jogada iniciada por Enzo Perez, que Saviola inaugurou omarcador, quando do Benfica já tinha desperdiçado duas boasoportunidades. E teve mais duas perto do intervalo, por Jara, que falhouna finalização quando estava, em ambas, em boa posição.
  • 14. Witsel também foi titular e não foi tão exuberante face à raça argentina naconstrução ofensiva da equipa, pausando muito jogo, mas revelando bonspés. Mas foi Artur Moraes quem mais sobressaiu entre os novos,revelando atenção e eficácia. Que o diga Suarez, que viu o guarda-redesencarnado brilhar por duas vezes antes de conseguir marcar, em iniciativaindividual em que sentou André Almeida e Javi Garcia, rematando depoisde forma indefensável, perto do intervalo, dando vantagem aos belgas,porque antes, Lukaku aproveitara uma hesitação de Fábio Faria com ArturMoraes, para se intrometer entre os dois e empatar.Os dois golos dos belgas surgiram quando a defesa do Benfica já estavaprivada de Miguel Vítor, que se lesionou sozinho, obrigando a maisremendos num sector bastante debilitado, à espera dos jogadores que,previsivelmente, deverão ser os titulares, como Maxi Pereira, Luisão eGaray, além de um lateral-esquerdo.Só Matic resistiu do meio-campo para a frente na equipa que entrou paraa segunda-parte. E percebeu-se porquê. Matic é um exímio recuperadorde bolas e podia ajudar a reforçar a debilitada defesa. Aimar, BrunoCésar, Urreta, Nolito e Cardozo, entraram com a missão de dar a volta aoresultado, e o Benfica começou a pressionar mais o adversário. Aimarassumiu o leme e a mobilidade de Urreta e Nolito também ajudaram.O empate acabaria por surgir através de Urreta, que finalizou na direitacom um remate forte, um cruzamento de David Simão vindo do ladocontrário. Bruno César e Nolito intervalaram entre boas defesas de ArturMoraes, grandes ocasiões para marcarem. O empate serviu ao Benfica,que conquistou assim o Torneio do Guadiana.
  • 15. CRÓNICA DO JOGO DE APRESENTAÇÃOO futebol do Benfica continua sôfrego, confuso. Como se estivesse nomeio de uma multidão sem encontrar o caminho. O tempo aperta econtinua a parecer que Jorge Jesus precisa de emagrecer o plantel paracomeçar a trabalhar com qualidade em vez de quantidade, assentar umonze e partir para a luta. Se à frente da baliza há razões para menoscertezas, à frente ouve-se demasiado ruído para que passe a mensagem.Pelo menos, a julgar pela exibição, que, a bem da equipa, melhorou umpouco no segundo tempo. E com isso chegou o golo do triunfo (1-0).Na primeira parte do jogo de apresentação, frente ao Toulouse, Jesusquis ver mais de Urreta, Nolito e Bruno César e encaixou-os aos três numonze, que ganhou ainda o reforço Emerson, contratado ao Lille. Se oataque dos encarnados viveu da força de vontade do espanhol, o recuosistemático do brasileiro (colocado na posição de Saviola) para zonasmais recuadas colidiu com as movimentações de Aimar e com Matic, quetambém gosta de levar abola e sair da posição 6.Lá atrás, perante poucoatrevimento gaulês, adefesa, comJavi outravez a central, AndréAlmeida na direita eEmerson a reforçarfinalmente o ladoesquerdo, mostrou-semais compacta. Um único erro, numa defesa difícil mas mal direccionadade Artur, deu aos franceses a única oportunidade em 45 minutos.
  • 16. Os primeiros momentos até prometiam mais. Nolito queria roubar todas asbolas e, apesar de algumas precipitações, continuava a mostrar que a suaintensidade pode ser útil ao Benfica. Enquanto houve um Urreta maisobjectivo, o Toulouse teve também problemas, com três ou quatrodefesas apertadas de Ahmada, mas depois reequilibrou-se e os jogadoresdo Benfica bloquearam mentalmente. Bruno César, que somou acçõesdesastradas com intervenções infelizes, pareceu uma peça do puzzle quenão encaixa por mais voltas que se dê.Mais tango, por favor!No segundo tempo, sete alterações. Entraram Witsel, Jara, Saviola,Garay, Eduardo, Enzo Pérez e Gaitán, saíram Artur, Aimar, Cardozo,Nolito, Urreta, Bruno César e Fábio Faria. Apesar de parecer um onzemais equilibrado, o Benfica demorou a crescer para cima do Toulouse.No entanto, um livre de Gaitán, aos 55 minutos, e um remate de EnzoPérez, aos 58, deram o mote para uma última meia-hora ligeiramentemais interessante. Os encarnados subiram uns furos, agora ainda maisargentinos, e viram-se pormenores de Gaitán, Enzo e Jara. TambémGaray provou ser arma no jogo aéreo e acertou no poste, num canto aos67 minutos.Pelo meio, Jesus ainda fez entrar Nuno Coelho para lateral-direito e achamada de Jardel devolveu Javi García à posição de trinco, por trocacom Matic. O ritmo foi-se intensificando com o aproximar do final dapartida e nova boa jogada apareceu aos 81 minutos, com Enzo Pérez adescobrir Saviola com um passe atrasado. O remate do compatriotabrigouAhmada a defender com dificuldade.
  • 17. VENCEDORES DA EUSÉBIO CUPMais do que a vitória Jorge Jesus queria algumas respostas e aexperiência que um adversário deste calibre pode proporcionar. Já ArsèneWenger tinha prometido a melhor equipa de início e cumpriu, com otreinador português a preferir esperar pelo intervalo.Mesmo sem alguns dos habituais titulares ¿ Fàbregas, Nasri, Wilshere,Walcott e Koscielny ¿ o Arsenal revelou-se um adversário de peso comum ataque fortíssimo:Arshavin, Van Persie eGervinho, ex-Lille, um dospoucos a chegar nodefeso.Mas se o melhor Arsenalnão teve problemas emimpor-se a um Benfica desegunda linha na primeiraparte, também o melhorBenfica do segundo tempo não sentiu dificuldades sobre um Arsenalremodelado.Faltou, de início, a qualidade e ligação entre meio-campo e ataque queWitsel e Aimar proporcionam (Matic demorou a soltar-se e Bruno César sómexeu com o jogo quando passou para o lado direito); faltou também acriatividade, velocidade e eficácia de Gaitán, Nolito e Saviola (Enzo Perezesteve muito apagado e Jara não esteve à altura), faltou também a estreiado internacional espanhol Joan Capdevila, que aconteceria na etapacomplementar e muito a tempo de mostrar serviço. Eduardo também se
  • 18. estreou, mas Artur parece ter claramente o lugar assegurado.Na melhor oportunidade que o Benfica conseguiu construir na primeiraparte, aos 29 minutos, Cardozo rodou para atirar sobre a trave.Na melhor oportunidade que o Benfica conseguiu construir na primeiraparte, aos 29 minutos, Cardozo rodou para atirar sobre a trave. Desacertoque Van Persie não teve aos 35 minutos, após uma excelente jogada comGibbs, que terminou no fundo da baliza de Eduardo.As oito substituições do Benfica ao intervalo revolucionaram por completoa equipa, que deu a volta ao marcador num ápice. Uma entradaavassaladora, com os «gunners» sem saberem muito bem para onde sevirarem, tantas as caras novas, também no seu próprio onze. Não foi, porisso, de estranhar, com a máxima forçalogo aos 50 minutos por Aimar e avitória a chegar pelos pés de Nolito pouco depois.Com mais de 40 mil adeptos nas bancadas, só foi pena as duas equipasnão se terem
  • 19. «FIZÉMOS UM GRANDE JOGO» - JAVI GARCIAJavi García, médio do Benfica e eleito o melhor jogador da EusébioCup, analisa a vitória sobre o Arsenal, em declarações na zona mista daLuz:«Foi bom, mas no finalo mais importante évalorizar a equipa doBenfica, que fez umgrande jogo contra umadversário, que é umdos grandes nomes dofutebol.»[Se estão optimistaspara a nova época]«Sim, fizemos mais um bom jogo, estivemos bemdurante a pré-época e, por isso, estamos optimistas.»[Sobre os reforços do meio-campo]«Este ano temos um plantel maisamplo, há mais possibilidades de fazer alterações e isso é muitoimportante porque vamos ter muitos jogos ao longa da época.».
  • 20. «FIZÉMOS UMA GRANDE EXIBIÇÃO» - JAVI GARCIAJavi García foi um gigante no miolo encarnado e por isso foi eleito omelhor jogador emcampo. O espanhol, de24 anos, mostrou-sefeliz com a nomeação,mas preferiu salientar otriunfo da equipa, frentea um rival que “é dosmelhores da Europa”. “Ésempre positivo serdistinguido mas o maisimportante foi a vitória.Fizemos uma grande exibição e é um êxito que acaba por ser importantea nível moral, porque vem antes do primeiro encontro do campeonato”,destacou o camisola 6, antes de elogiar o desempenho dos adeptos, queforam sempre uma ajuda importante nos momentos menos bons doencontro de ontem.“Não é surpresa porque é raro o encontro em que os adeptos não nosapoiam. A pré-temporada está a correr bem e isso ficou confirmado nojogo de hoje [ontem]. É normal que os adeptos possam estarespectantes”, frisou.
  • 21. O JOGO DA EUSÉBIO CUP LIDERA AUDIÊNCIASO jogo entre o Benfica e o Arsenal, referente à Eusébio Cup (vitóriaencarnada por 2-1), transmitido no sábado pela TVI, foi o programa maisvisto do dia, ao conquistar uma audiência média de 11,3% (1.068.867telespectadores) e 38,6% de share.
  • 22. LEILÕES DAS CAMISOLAS DOS JOGADORES DOBENFICA A TODO O GÁSComeçou em 100 e já vale 1.525 euros. Eis o valor alcançado, para já,pela camisola de Pablo Aimar, ao cabo de 98 licitações no portal"leiloes.net", numainiciativa realizada noâmbito do encontrocom Arsenal, relativoà Eusébio Cup, e queconta com a apoio daFundação Benfica.O argentino, um dosmais acarinhados pelamassa associativa doBenfica, supera por larga margem os restantes colegas, sendo que AxelWitsel é o jogador que mais se aproxima de "El Mago", valendo a suacamisola 580€, tendo sido licitada por 77 ocasiões.Em destaque na pré-temporada, e autor de um dos golos com o Arsenal,Nolito é o terceiro mais "valioso" com um valor 520€, graças da 46licitações. Seguem-se Javi García(510€), Javier Saviola (370€), NicoGaitán (360€), Oscar Cardozo (305€) e Luisão (250€).
  • 23. CAMISOLAS DOS JOGADORES RENDERAM EM LEILÃOQUASE 10.000€O Benfica, em parceria com o site de leilões www.leiloes.net,conseguiu angariar 9866 euros para a Fundação Benfica, instituição doclube encarnado que ajudacrianças desfavorecidas, coma venda das camisolas dosjogadores que participaram naEusébio Cup.A camisola mais licitada elogicamente a que maisrendeu, foi a de Pablo Aimar,seguida da do espanhol Nolitoe da do belga Alex Witsel. A„10‟ do astro argentino foilicitada por 120 vezes eadquirida por 2375 euros. A de Nolito valeu 760 euros e a de Witsel 700euros. Na quarta posição ficou o ‘6’ de Javi Garcia e o „7‟ de ÓscarCardozo ocupou o quinto posto das camisolas mais licitadas.Segundo nota publicada pelo clube encarnado no seu site oficial, osucesso desta iniciativa faz com que os responsáveis pensem noutrasidênticas no futuro
  • 24. (*)Javi Garcia foi considerado oMelhor jogador em campo, recebendo o troféu pelas próprias mãos doEusébio.Os dados que se seguem sãoreferentes à Pré-Época do jogador.Não se especificou cada jogo,mas sim cada competição quese participou.Tipo dejogoNº.JogoAdversárioGolosMarcadosMinutos emCampo SubstitutoCartõesRecebidosPosiçãoEntrada Saída Ama. Verm. Médio DefesaEstágio Suiça 1 S. Friburgo 0 00:00 45:00 Wass 0 0 XEstágio Suiça 2 Servette 0 00:00 90:00 -------------- 0 0 XEstágio Suiça 3 Dijon 0 00:00 90:00 -------------- 0 0 XTorneio Guadiana 1 PSG 0 00:00 90:00 -------------- 0 0 XTorneio Guadiana 2 Anderlecht 0 00:00 90:00 -------------- 0 0 XJogo Apresentação 1 Toulouse 0 00:00 90:00 -------------- 0 0 xEusébio Cup 1 Arsenal (*) 0 00:00 90:00 David S. 0 0 x
  • 25. 0123Torneio doGuadianaEstágio Suiça JogoApresentaçãoEusébio CupNúmerodeCartõesVermelhosNúmero Cartões Vermelhosrecebidos na Pré-épocaCartões Amarelos:Cartões Vermelhos: Na pré-época o comportamento do médio espanhol foi exemplar,obtendo em 7 jogos em 4 competições diferentes, um total de 0(zero) cartões amarelos e vermelhos.0123Torneio doGuadianaEstágio Suiça JogoApresentaçãoEusébio CupNúmerodeCartõesAmarelosCartões Amarelos recebidos na Pré-época
  • 26. Golos Marcados: Em termos de golos marcados o resultado também foi nulo. Estefacto deve-se a nível táctico. Na pré-época o Javi foi testado adefesa, jugando um só jogo apenas (Eusébio Cup) na sua posiçãohabitual (trinco). Também há que destacar que no jogo com o Arsenal, na EusébioCup foi considerado o Melhor Jogador em Campo.0123Torneio doGuadianaEstágio Suiça JogoApresentaçãoEusébio CupNúmerodeGolosMarcadosGolos Marcados na Pré-Época
  • 27. Minutos em Campo: Em todas as provas que participou foi dos jogadores maisutilizados nesta pré-época. A opção técnica influenciounos minutos jogados, já que o jogador estava a sertestado noutra posição – Defesa Central.22518090 90050100150200250Torneio doGuadianaEstágio Suiça JogoApresentaçãoEusébio CupMinutosJogadosMinutos em Campo na Pré-época
  • 28. Esta secção dedica-se ás fotos do Javi Garcia na pré-época.TESTES MÉDICOS:
  • 29. APRESENTAÇÃO DA CAMISOLA:
  • 30. CHEGADA A NYON:FOTOS DO JOGO COM O FRIBURGO:
  • 31. FOTOS DOS TREINOS:
  • 32. TORNEIO DO GUADIANA:
  • 33. FOTOS DA APRESENTAÇÃO DO PLANTEL:
  • 34. FOTOS DO JOGO COM O ARSENAL: