Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save
Linguagem corporal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Linguagem corporal

  • 630 views
Published

TESTE PARA TRABALHO NO BLOG

TESTE PARA TRABALHO NO BLOG

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
630
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. LINGUAGEM CORPORAL
  • 2. ESPERO QUE DECERTO, ESTOU MUITOEMPOLGADA COM AEXPERIÊNCIA, DECONSTRUIR UM LIVROPARA NOSSAAPRESENTAÇÃO.
  • 3. 1ACENTUAÇÃO GRÁFICASílaba tônica é a sílaba pronunciada commaior intensidade na palavra.De acordo com a posição da sílaba tônica,classificamos as palavras em:· oxítonas – quando a sílaba tônica for aúltima .Capitu, maracujá, computador· paroxítonas – quando a sílaba tônica for apenúltima.caderno, sapato, revista
  • 4. · proparoxítonas – quando a sílaba for aantepenúltima.metafísica, sílaba, máquina· monossílabos tônicos – possuemacentuação própria; soam com bastanteintensidade dentro dafrase.Dê algumas voltas pela rua.· monossílabos átonos – por nãopossuírem acentuação própria, soam compouca intensidade dentro
  • 5. da frase; os monossílabos átonos apoiam-sena palavra anterior ou posterior como sefossem sílabasdelas.Lúcia gosta de brincar.Regras de acentuação gráficaProparoxítonosTodas as palavras proparoxítonas devemreceber acento gráfico.África, Ângela, pêssego, lâmpada,metafísica, pudéssemosParoxítonos
  • 6. São acentuadas as palavras paroxítonasterminadas em:· -i (-is)júri, lápis· -u (-us)meinácu, bônus, vírus· -ã (-ãs)órfã, ímãs· -um (-uns)médium, álbuns· ditongos (seguidos ou não e –s)história, cáries, infância, órfão, órgãos· -r, -x, -n, -l
  • 7. mártir, revólver, tórax, fênix, pólen, hífen,fácil, amável· -on, (-ons)elétron, elétrons, íon, íons· -psbíceps, fórcepsObservações:· Os paroxítonos terminados em –ns nãodevem ser acentuados.hifens, polens, jovens, homens· Os prefixos paroxítonos terminados em –iou –r não se acentuam.super-homem, semi-selvagem, inter-helênico
  • 8. __________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_2OxítonosSão acentuadas as palavras oxítonasterminadas em –a, -e, -o (seguidas ou nãode –s)maracujá, Taubaté, dominó, ananás, cafés,paletós, armazém, armazéns
  • 9. Os monossílabos tônicos terminados em –a,-e, -o (seguidos ou não de –s) também sãoacentuados.pá, pás, pé, pó, hás, lá, dê, vê, etc.As formas verbais terminadas em –a, -e, -otônicos seguidas de –lo, -la, -los, -lastambém sãoacentuadas.amá-lo, dizê-la, repô-los, etc.Ditongos abertosOs ditongos de pronúncia aberta –éu, -éi, -ói(seguidos ou não de –s) recebem acentoagudo na
  • 10. vogal.céu, chapéus, anéis, carretéis, herói,anzóisHiatosColaca-se acento circunflexo no primeiro o ee tônicos dos hiatos ôo e êe.Vôo, enjôo, perdôo, lêem, crêemColoca-se acento agudo nas vogais i e utônicas dos hiatos, quando:· estiverem sozinhas na sílaba, ou juntascom s.· não forem seguidas de –nh.
  • 11. sa-í-da, sa-ú-de, ba-ú, sa-í, sa-ís-te, ba-la-ús-tre, pa-ís.Evidentemente, palavras como ra-iz, Ra-ul,a-in-da, con-tri-bu-ir-mos, Ca-im não sãoacentuadas porque as letras i e u não estãosozinhas na sílaba. Já as palavras ra-i-nha,e ba-i-nha nãosão acentuadas porque a letra i está seguidado dígrafo –nh.Observação: Não se acentuam as letras i eu dos hiatos se elas vierem precedidas devogal idêntica.pa-ra-cu-u-ba, xi-i-ta
  • 12. Ter / VirOs verbos ter e vir levam acento circunflexona terceira pessoa do plural do presente doindicativo.ele tem (singular) – eles têm (plural)ele vem (singular) - eles vêm (plural)Os verbos derivados de ter e vir (deter,conter, manter, intervir, convir, etc)recebem acentoagudo na terceira pessoa do singular dopresente do indicativo e acento circunflexona terceira pessoado plural.
  • 13. Ele detém (singular) - eles detêm (plural)Ele intervém (singular) - eles intervêm(plural)Uso do tremaO til (~) é o sinal gráfico colocado sobre asvogais a e o para indicar que a vogal énasal.__________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_
  • 14. 3órfão, ímã, põeVale como acento tônico quando na palavranão há outro acentolã, fã, irmã, alemãsO trema (¨) é um sinal gráfico colocadosobre o u dos grupos gue, gui, que, qui,quando ele forpronunciado e átono.Nesse caso, o trema indica que o u ésemivogal, podendo, por isso, haver umoutro acento napalavra.
  • 15. lingüiça, tranqüilo, sagüi, freqüente,freqüência, qüinqüênio, etc.Se a letra u dos grupos gue, gui, que, quifor pronunciada com bastante intensidade,istoé, se for tônica, ela receberá acento agudo.Nesse caso a letra u é uma vogal.averigúe, apazigúe, argúi, argúis, obliqúe.Acento diferencialAté a reforma ortográfica 1971 usava-se oacento diferencial para distinguir palavras
  • 16. homógrafas (que possuem a mesma grafia,mas pronúncia diferente). Por exemplo, osubstantivoacordo (com o fechado), levava acentocircunflexo para se diferenciar da formaverbal acordo (com oaberto), do verbo acordar.Embora a maioria desses acentos tenha sidoabolida, alguns poucos acentos diferenciaiscontinuam a existir na língua portuguesa.Vejamos os principais:· pôr (forma verbal) recebe acento paradiferenciar de por (preposição).
  • 17. Eu vou pôr o dinheiro no banco por medidade precaução.· pára (forma verbal) recebe acento paradiferenciar de para (preposição)O motorista pára o carro com cuidado paraas crianças descerem.· pôde (passado do verbo poder) para sediferenciar de pode (presente do mesmoverbo)Ontem ele não pôde vir; mas ele ainda podete trazer os presentes.
  • 18. · pêlo (substantivo: cabelo, penugem), parase diferenciar de pelo (preposição + artigoou pronome).Finalmente cortou a barba: trocou os pêlosdo rosto pelo amor de uma mulher.Justifique o acento gráfico de cada sériedas palavras: (2,0)a) têxtil,fácil______________________________________________________________________
  • 19. b) abdômen,cânon_________________________________________________________________c) caráter,ímpar___________________________________________________________________d) tênis,táxi______________________________________________________________________e) ônus,bônus_______________________________
  • 20. _____________________________________f) látex,fênix_____________________________________________________________________g) bíceps,fórceps__________________________________________________________________h) parabéns,contém_________________________________________________________________
  • 21. i) vôlei,úteis______________________________________________________________________j) pássaro,gramática________________________________________________________________k) baú,balaústre____________________________________________________________________l) órgão,órgãos______________________________
  • 22. ______________________________________m) cajá,judô_________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_4
  • 23. CLASSES DE PALAVRASHá, na língua portuguesa, dez classes depalavras, algumas variáveis e outrasinvariáveis. As palavraspodem, dependendo do contexto, mudar declasse.Ex: Sr Jorge é um homem paciente.( adjetivo)O paciente estava em estado terminal.(substantivo)Classes de palavras variáveis:
  • 24. Substantivos – palavras que dão nomesaos seres em geral, variam em gênero,número e grau. Podemser:Próprios, quando designam a seres emparticular, como pessoas, obras, cidades,bairros, empresas,etc. Devem ser grafados com a primeira letraem maiúsculo. Ex: Paulo, Sorocaba, SantaCecília, Folhade São Paulo, Os Lusíadas, etc.
  • 25. Comuns, trata-se de termos comuns egenéricos. Ex: homem, motorista, cidade,jornal, santo, etc.Primitivos, são os que não provêm de outrapalavra. Ex: barba, pedra.Derivados, originam-se de outras palavras,substantivos ou não. Ex: beleza (de belo),barbeiro,pedreira, etc.Concretos- indicam seres que existem narealidade ou que tenham forma em nossaimaginação. Ex:
  • 26. relógio, saci, fada, mulher, pé, mesa,cadeira, Sérgio, etc.Abstratos: Indicam qualidade, ação,sentimento, estado. O substantivo abstratoprecisa de um outro serpara existir. Ex: beleza, amor, sinceridade,preparo, cegueira, etc.Coletivo- Indica um grupo de seres damesma espécie, apesar de estar no singular.Ex: matilha (de cãesou lobos), turma (de alunos, trabalhadores),elenco (de atores), banda ( de músicos) time(de atletas)
  • 27. Plural dos substantivos:Terminação no singular Plural Exemploms (monossílabas e oxítonas)s (paroxítonas e proparoxítonas)r e zxal, el, ol, ulil (tônico)il (átono)As palavras terminadas em ãoadmitem três formas de plural.ns
  • 28. esficam invariáveisesficam invariáveistrocam o l por istrocam il por istrocam il por eisãos, ães e ões(namaioria das vezes)álbum(álbuns), homem( homens)freguês(fregueses), gás (gases)lápis (os lápis), pires (os pires)revólveres, abajures, juízes
  • 29. as fênix, os tóraxpapel (papéis), lençol (lençóis), mal (males)funil (funis), barril (barris)fóssil (fósseis), réptil (répteis)mão (mãos), cidadão (cidadãos), caminhão(caminhões), portão (portões), pão (pães)__________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_5
  • 30. Plural dos substantivos compostos:Substantivo Flexão Exemplosubstantivo + substantivosubstantivo + adjetivoadjetivo + substantivonumeral + substantivoelementos unidos sem hífenpalavras repetidasverbo + substantivopreposição entre palavrasquando o segundo elementoindica finalidade, tipo ousemelhança
  • 31. os dois elementos vão para o pluralos dois elementos vão para o pluralos dois elementos vão para o pluralos dois elementos vão para o pluralapenas o segundo vai para o pluralapenas o segundo vai para o pluralapenas o segundo vai para o pluralapenas o primeiro vai para o pluralapenas o primeiro vai para o pluralcouves-flores, cirurgiões-dentistascartões-postais, obras-primasboas-vidas, altos-relevossegundas-feiras
  • 32. girassóis, aguardentestico-ticos, reco-recosguarda-roupas, pára-raiospés-de-moleque,mulas-sem-cabeçabananas-prata, peixes-boi,bananas-maçãAdjetivos – Caracterizam os seres em geral,indicando-lhes as qualidades, os modos deser, aspectos,aparência, estado, etc e podem serflexionados em gênero, número e grau. Aslocuções adjetivas sãoexpressões equivalentes a adjetivos.
  • 33. Exemplos de locuções adjetivas e seusrespectivos adjetivos:de aluno- discentede cabelo – capilarde gado – pecuáriode irmão - fraternode cabeça–cefálicode morte - letalde anel: anularde dedo – digitalde sonho - oníricode tarde - vespertino
  • 34. Adjetivos pátrios – indicam nacionalidadeou local de origem. Ex: argentino, brasileiro,brasiliense,paulista, paulistano, etc.Plural dos adjetivos compostosRegra geralSurdo-mudoAzul-marinho e azul-celesteÚltimo elemento substantivoO último elemento vai para o pluralAmbos os termos vão para o pluralPermanecem invariáveisPermanecem invariáveis
  • 35. Mal-educados, latino-americanosSurdos-mudosCamisas azul-celesteCamisas verde-abacateArtigos- São palavras que se antepõem aossubstantivos para determiná-los ouindeterminá-los. Podemser:Definidos: o, a, os, as ouIndefinidos: um, uma, uns, umasA anteposição do artigo a um verbo,advérbio, adjetivo, etc. transforma a palavraem um substantivo:
  • 36. Ex: Recebemos um não da diretoria.O trotar dos cavalos é elegante.Numeral - é a palavra que exprime númerode ordem, múltiplo ou fração. Podem ser:__________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_6Cardinais: um, dois, três, quatro, dez, cem,mil, etc.
  • 37. Ordinais: primeiro, segundo, terceiro, etc.Atenção para a ortografia de alguns ordinais:11º - undécimo12º - duodécimo50º - qüinquagésimo60º - sexagésimo70º - septuagésimo80º - octogésimo200º- ducentésimo400º - quadringentésimo300º - trecentésimo500º - qüingentésimo600º - sexcentésimo
  • 38. 700º - septigentésimo800º - octingentésimo900º - nongentésimoFracionários: meio, um terço, um quarto,treze avos, centésimo, milésimo,milionésimo, etc.Multiplicativos: dobro, triplo, quádruplo,quíntuplo, sêxtuplo, sétuplo, ôctuplo,nônuplo, décuplo, onzevezes, etc.Observações:
  • 39. 1. Na designação de papas, reis, séculos ecapítulos, usam-se os ordinais para as sériesde 1 a 10; daíem diante usam-se os cardinais, desde queo numeral venha depois do substantivo. Ex:D. Pedro II(segundo); Luís XV (quinze); D. João XI(sexto); Capítulo II (segundo); Capítulo XXII(vinte edois)2. Na numeração de artigos, leis, decretos,portarias e outros textos legais usam-se osordinais até 9 e
  • 40. daí em diante os cardinais. Ex: artigo 1º(primeiro), artigo 12 (doze).__________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_7PRONOMESQUADRO DOS PRONOMES PESSOAISPESSOAS DO DISCURSO PRONOMESRETOS PRONOMES OBLÍQUOS
  • 41. Função: sujeito Função: objetos diretosobjetos indiretos1º pessoa singular Eu Me, mim, comigo2º pessoa singular Tu Te, ti, contigo3º pessoa singular Ele, ela Se, si, consigo,lhe, o, a1º pessoa plural Nós Nos, conosco2º pessoa plural Vós Vos, convosco3º pessoa plural Eles, elas Se, si, consigo,lhes, os, asCOLOCAÇÃO PRONOMINALMESÓCLISE... garantir-lhe-ei
  • 42. PRÓCLISE...te abençoa.ÊNCLISEBasta-me...Observe os exemplos:Tens que beijar a mão que te abençoa.Garantir-lhe-ei o futuro.Basta-me viver cem anos.Os pronomes pessoais átonos (me, te, se,lhe, o, a, nos, vos) podem ocupar diferentesposiçõescom relação ao verbo.
  • 43. Podem vir antes do verbo: ...te abençoa(próclise).Podem vir no meio do verbo: Garantir-lhe-ei(mesóclise)Podem vir após o verbo: Basta-me (ênclise)__Quando é que se usa a próclise?a) Com palavras de negação (nada, não,ninguém, jamais, etc.):Ninguém lhe disse a verdade.Não o vejo há muito tempo.Nada o detém.b) Com pronomes relativos (que, quem...):Tens que beijar a mão que te abençoa.
  • 44. Não se sabe o que se passou entre elesdepois.Está é pessoa a quem me refiro.c) Com certas conjunções, advérbios,pronomes indefinidos ( que, quando, se, já,lá,sempre, todos, tudo, etc.):Só aceito se me pagarem o dobro.Já se sabe quem venceu.Nada se perde, tudo se transforma._
  • 45. _________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_8__Quando é possível a mesóclise?Com verbos no futuro do presente ou futurodo pretérito:Dir-lhe-ei o que sei sobre o caso.Ser-me-á difícil decorar a peça em tão poucotempo.__Quando é possível a ênclise?
  • 46. a) nas frases começadas por verbo:Passe-me o pão. (Nada é permitido, nalíngua culta, começar frases por pronomeoblíquo.)b) Quando o verbo estiver no infinitivo,precedido disposto de preposição:Estou disposto a perdoar-lhe.Tornarei a vê-los no próximo ano.Contentou-se em chamá-los.Observação:Em outros casos, a colocação do pronomeoblíquo átono geralmente é livre, mas deve-se levar
  • 47. em conta o ritmo e a sonoridade da frase.PRONOMES DE TRATAMENTOSão pronomes usados no trato com aspessoas, conforme a categoria destas,usamos expressõesmais ou menos cerimoniosas.Eis alguns pronomes de tratamento:Você (v.) – no tratamento de pessoas donosso nível (você é forma reduzida de VossaMercê)Senhor (Sr.) – tratamento respeitosoSenhora (Sr.ª) – tratamento respeitosoSenhorita (Srta.) – para moças solteiras
  • 48. Vossa Senhoria (V.S.ª) – para pessoas decerimônia (muito usado em cartascomerciais)Vossas Senhorias (V.S.as)Vossa Excelência (V.Ex.ª) – para altasautoridadesVossas Excelências (V.Ex.as)Vossa Reverendíssima (V.Rev.ª) – parapadres, pastoresVossas Reverendíssimas (V.Rev.mas)Vossa Eminência (V.Em.ª) – para cardeais,bisposVossas Eminências (V.Em.as.)
  • 49. Vossa Santidade (V.S) – para o papaVossa Majestade (V.M.) – para reis, rainhasVossas Majestades (VV.MM.)Vossa Alteza (V.A .) – para príncipes,princesas, duquesVossas Altezas (VV .AA.)Meritíssimo (M.) para juízesMeritíssimos (MM.)Doutor (Dr.) – para pessoas de cursosuperior em geral, médicos e advogados_
  • 50. _________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_9ObservaçãoOs pronomes de tratamento pertencem à 2ºpessoa, porém os verbos que osacompanham ficamna 3º pessoa.Exemplos: Vossa Majestade é bondoso.Vossa Excelência pode nos atender.
  • 51. Quando nos referimos a 3º pessoa, usamosa palavra Sua:Exemplos: Sua Santidade veio do Brasil.Sua Excelência, o Presidente, falará pelatelevisão.PRONOMES INTERROGATIVOSquem quequal quantoPRONOMES DEMONSTRATIVOSeste isto mesmo semelhanteesse isso próprio o, a, os, asaquele aquilo tal aqueloutroPRONOMES RELATIVOS
  • 52. São palavras que se relacionam com umtermo anterior, chamado antecedente:A estrela (antecedente) que (pronomerelativo / =a qual) vejo é brilhante.O carro (antecedente) que (pronome relativo/ =a qual) comprei é bonito.PRONOMES RELATIVOSquem cujo queonde qual quantoExemplos:Recorreu a Deus, em quem confiava.A pessoa de quem herdou tanta riqueza jánão vive mais.
  • 53. ObservaçãoO pronome relativo quem é procedido depreposição e tem como antecedentepessoas.Posso saber o motivo pelo qual nãocompareceu a reunião?Estes são os instrumentos com os quaisvocê há de vencer.Uma pessoa cujo nome esqueci deixou esteembrulho.Observação
  • 54. Cujo é pronome adjetivo relativo. Não possuiantecedente. Concorda em gênero e númerocom osubstantivo que o segue.A região onde (em que) nasci era atrasada.Na firma onde (em que) trabalhei ganhava-se pouco.Tudo quanto consegui foi com esforço esacrifício.Use tantos quantos forem necessários._
  • 55. _________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_10ObservaçãoO pronome relativo quanto é precedido detudo, tanto, todo.Duas orações num só períodoPor meio dos pronomes relativos podemosunir duas orações num só período composto.Exemplo:
  • 56. Recorreu a Deus. Nele confiava.Recorreu a Deus em quem confiava.PRONOMES INDEFINIDOSalgum tanto nenhumquanto mais talmenos qualquer muitopouco qualquer um cada umtudo seja quem for nadaquem todo aquele que algoalguém outro ninguémfulano certos sicranodiversos beltrano váriosetc.
  • 57. PRONOMES POSSESSIVOSSão aqueles que indicam posse. A coisapossuída pode pertencer à 1º, 2º e 3º pessoadodiscurso.PRONOMES POSSESSIVOSMeu 1º pessoa singularTeu 2º pessoa singularSeu 3º pessoa singularNosso 1º pessoa pluralVosso 2º pessoa pluralSeu 3º pessoa plural
  • 58. 1- Junte as frases usando o pronome relativoadequado: (1,5)a- Estes são os jogadores. Esses jogadoresforam escolhidos pelo técnico.b- Consulte a enciclopédia. A enciclopédiaestá na biblioteca.c- Esse é o homem. O carro desse homemfoi roubado.d- Já li esse livro. O autor desse livro ganhouum prêmio._
  • 59. _________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_11e- A cidade é bonita. Jorge mora na cidade.f- Tenho pensado muito no cargo. Aspiro aele.g- Esta é a pessoa. Conversei com ela nasemana passada.h- Esta é a escola. Nela pretendo estudar.
  • 60. 2- Complete as frases com os pronomes: o,os, o, as, lhe, lhes:a- Esta caneta não _______ pertence;devolva- _________ ao dono.b- Nós gostaríamos de ___________ fazeralgumas perguntas.c- Eu ____ convidei para a festa.d- Minhas filhas, não ______ vejo desdeontem.e- Faça o que ______ aprouver.f- Cassaram - _______ o mandato.3- Complete as frases com os pronomes: eu,me e mim:
  • 61. a- Não existe nada entre ______ e ti.b- Estas flores são para ________ .c- Este livro é para _________ ler.d- Podem sair sem ________.4- Coloque o pronome entre parênteses nolugar adequado, usando a próclise, a êncliseou a mesóclise.a- O estoque já tinha esgotado. (se)b- Prestarei contas. (lhe)c- Contaria a história toda? (me)d- Não diga asneiras. (lhes)e- Há pessoas que prezam (se)f- Sentiria embaraçado. (se)
  • 62. __________ _________________________________________________________________________________________________ __ !_12VERBOVerbo é a palavra variável que expressa umfato (ação, estado ou fenômeno)apresentado no tempo.
  • 63. Pode flexionar-se em tempo, modo, pessoa,número e voz. Os verbos regulares têm aterminação deacordo com a conjugação.Tabela dos Paradigmas – VerbosRegulares1ª conjugamar2ª conjugvender3ª conjugpartir1ª conjug
  • 64. amar2ª conjugvender3ª conjugpartirModo: IndicativoPresenteFuturo do PresenteEuTuEleNósVós
  • 65. ElesAmoAmasAmaAmamosAmaisAmamVendoVendesVendemVendemosVendeisVendem
  • 66. PartoPartesPartePartimosPartisPartemEuTuEleNósVósElesAmarei
  • 67. AmarásAmaráAmaremosAmareisAmarãoVendereiVenderásVenderáVenderemosVendereisVenderãoPartireiPartirás
  • 68. PartiráPartiremosPartireisPartirãoPretérito Perfeito Futuro do PretéritoEuTuEleNósVósElesAmeiAmaste
  • 69. AmouAmamosAmastesAmaramVendiVendesteVendeuVendemosVendestesVenderamPartiPartistePartiu
  • 70. PartimosPartistesPartiramEuTuEleNósVósElesAmariaAmariasAmariaAmaríamos
  • 71. AmaríeisAmariamVenderiaVenderiasVenderiaVenderíamosVenderíeisVenderiamPartiriaPartiriasPartiriaPartiríamosPartiríeis
  • 72. PartiriamPretérito Imperfeito Pretérito Mais quePerfeitoEuTuEleNósVósElesAmavaAmavasAmavaAmávamos
  • 73. AmáveisAmavamVendiaVendiasVendiamVendíamosVendíeisVendiamPartiaPartiasPartiaPartíamosPartíeis
  • 74. PartiamEuTuEleNósVósElesAmaraAmarasAmaraAmáramosAmáreisAmaram