• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação senac mídias digitais junho 2010
 

Apresentação senac mídias digitais junho 2010

on

  • 584 views

 

Statistics

Views

Total Views
584
Views on SlideShare
583
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

1 Embed 1

http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação senac mídias digitais junho 2010 Apresentação senac mídias digitais junho 2010 Presentation Transcript

    • WORKSHOP RÁDIO DIGITAL SENAC RJ PÓS EM MÍDIAS DIGITAIS Palestrante: Daniel Nassar Veículo: Sistema Globo de Rádio Cargo: Coordenador de Novos Negócios e Internet – Unidade Digital
      • Fornecer o conteúdo dos Canais Digitais da Net / SKY com qualidade de programação musical superiores à concorrência e promover uma maior visibilidade dos mesmos junto ao mercado;
      • Definir o conteúdo e a diagramação visual do portal GloboRadio e das rádios MultishowFM, GloboFM, GNT, SporTV e rádios temáticas;
      • Definir, em conjunto com os respectivos Gestores, o conteúdo e a diagramação visual das rádios GloboAM, Beat98 e BHFM;
      • Elaborar propostas comerciais online e alavancar receita via internet.
      Atribuições
      • Promover ao máximo possível a divulgação e a exposição de nossos sites nos ambientes on-line e off-line a fim de incrementar de modo constante a audiência de nossos portais;
      • Disseminar a cultura de internet em todos os segmentos do SGR e suportar as ações comerciais que demandem projetos de mídia on-line;;
      • Inserir o portal GloboRadio na era Web 2.0;
      • Fomentar a utilização de novas ferramentas e tecnologias relacionadas a receitas não tradicionais (comércio eletrônico, SMS, mobile, etc).
      Atribuições
    • Agenda
      • Métricas uti lizadas na leitura de ibope da internet;
      • Universos distintos da Rádio Digital (aspecto corporativo e social);
      • Pra você o que é rádio, onde está o rádio e o que quer do rádio?
      • O dia-a-dia de produção de uma rádio digital;
      • Apresentação de cases onde a Rádio Digital marca presença e desenvolve um papel primordial na comunicação do negócio oferecido;
      • A evolução e a adaptação infindável sob demanda, que as empresas precisam estar preparadas para atender;
      • SKY/NET no mercado Rádio Digital em canais de áudio;
      • Portal GloboRadio.com
    • Métricas (audiência online) Medição baseada na contagem de cookies. Cada site acessado gera um novo cookie no PC e através dele (cookie) se obtém o número de visitantes únicos, visitas, tráfego etc. Identifica-se o site em cada cookie através da Tag (identificação numérica para determinado site que se queira analisar) colocada em todas as páginas do site. Através de uma amostra de indivíduos estima-se o universo de internautas do meio, como também a audiência única de todos os sites/domínios brasileiros
    • Métricas (conceitos)
      • Sistema de Métricas e navegabilidade que utiliza como diferencial o sistema de tags
      • Visitantes Únicos = identificação do número de computadores diferentes que fizeram a requisição de um determinado site num determinado período. Contagem realizada através dos cookies; Observação: Não podemos somar esta métrica em diferentes períodos pois há superposição.
      • Visitas = número de acessos por sessão realizados a um site. Uma nova sessão tem início a partir de 30 minutos de inatividade no PC, estando conectado ou não na internet;
      • Page View = quantidade de páginas vistas/requisitadas de um mesmo site;
      • Bounce Rate (taxa de Rejeição) = indica o percentual de visitas que deixaram o site ou a página em menos de 10segundos
      • Tempo no site = indica a quantidade de tempo gasto pelo visitante em um determinado site.
      • Outras métricas : Tráfego (direto, referência e busca), Páginas de entrada e saída, Visitas por cidade, páginas mais consumidas, lealdade do visitante, dentre outras.
    • OAS OAS OpenAdStream
    • Métricas (OpenAdStream – Real Media)
      • É uma ferramenta tecnológica de segmentação e recursos de entrega dos banners.
      • Tal ferramenta permite ao anunciante o acompanhamento online dos resultados da campanha, através da geração de relatórios de desempenho, possibilitando assim a melhoria na programação durante sua própria veiculação, e sobretudo a exatidão da entrega dos banners adquiridos.
      • É uma solução integral para a administração de publicidade online, automatizando todas as fases do ciclo de vida da publicidade: administração de vendas, contratos e inventário, processamento de pedidos de inserção, planejamento de campanhas, controle de tráfego, veiculação de banners, seleção precisa de targets, e emissão de relatórios e envio por e-mail:
        • Atende às expectativas dos provedores de conteúdo
        • Maximiza a receita gerada através dos banners
        • Diminui os custos de operação
        • Gera os relatórios de publicidade mais completos da indústria
      Métricas (OpenAdStream – Real Media)
    • Métricas (OpenAdStream – Real Media)
      • Os anunciantes esperam resultados mensuráveis do seu site. O Open AdStream garante esta informação ao recolher informações detalhadas sobre a interação dos visitantes, gerando relatórios atualizados e personalizados com informações relevantes, tais como:
        • Número de impressões dos banners
        • Impressões e Click-through para cada banner e campanha.
        • Page views por banner e page views por sessão.
      • Há diversas métricas de sucesso para uma campanha:
        • Nível de Impressões
        • Volume de Click
        • Taxa de Click (CTR)
        • CPC
        • CPAção
        • Taxa de Conversão
      Métricas
    • Métricas
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      • O que é:
      • Usualmente representa anúncios vistos, mas sua definição varia de site para site
      • O que nos diz:
      • Quantas oportunidade nós tivemos para um consumidor visualizar nossa propaganda
      • Aplicação:
      • Estimar o volume e a frequência de exposição
      • Estimar o alcance dentro de uma audiência de um site
    • Métricas
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      • O que é:
      • Número total de clicks recebidos
      • O que nos diz:
      • Quantas clicks tivemos por posicionamento vs. criação vs. site (banners, text links,…)
      • Aplicação:
      • Para descobrir os sites que proporcionam o maior volume de clicks para alcançar nosso objetivo
    • Métricas
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      • O que é:
      • Percentual de clicks por impressões
      • O que nos diz:
      • O percentual de impressões que um site entregou que resultaram em um click-through
      • Aplicação:
      • Avaliar a performance criativa no final de uma campanha, ou
      • para otimizar a criação durante a campanha
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      Métricas
      • O que é:
      • Quanto está custando para obter cada lead/click gerado por uma campanha online
      • O que nos diz:
      • A eficiência do plano – quanto nós estamos gastando para gerar uma resposta
      • Aplicação:
      • Avaliar a performance/eficiência de um site de mídia e classificá-lo em um nível
    • Métricas
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      • O que é:
      • Quanto custa para conquistar um consumidor para promover uma ação
      • O que nos diz:
      • Custo por lead qualificado
      • Custo por teste/experimentação
      • Custo por venda
      • Aplicação:
      • Avaliar a performance/eficiência de um site de mídia e classificá-lo em um nível
      • Avaliar a performance da campanha
    • Métricas
      • Nível de Impressões
      • Volume de Click
      • Taxa de Click (CTR)
      • CPC
      • CPAção
      • Taxa de Conversão
      • O que é:
      • Percentual de venda / teste / ação por clicks
      • O que nos diz:
      • O quão qualificados são nossos clicks
      • Qual o percentual se converteu em experimentação / vendas
      • Aplicação:
      • Identificar os leads mais qualificados
    • Rádio Digital – Corporativo & Social PAUSA PARA REFLEXÃO: O que é rádio, onde está o rádio e o que VOCÊ quer do rádio? CORPORATIVO SOCIAL
    • Produção da Rádio Digital
      • Antes de nos preocuparmos de que forma podemos interagir com os usuários, é necessário que uma estrutura profissional por trás de todo o processo seja montada;
      • Como funciona o dia-a-dia de produção de uma Rádio Digital?
      • Vamos perceber o mercado de trabalho que se expande?
      Simulada randômica Programada (Com estúdio e Sem estúdio)
    • PROCESSOS E CUSTOS Programador musical Simulada Randômica Digitalizador Horas de estúdio Horas de locução Horas de produção Horas de designer Horas de OPEC Atualização de playlist + vinhetas Produção da Rádio Digital Entre outros aspectos não considerados nesta apresentação
    • A Rádio Digital desenvolve um papel primordial na comunicação do negócio oferecido Cases de Rádio Digital Corporativa Além das rádios digitais hospedadas em sites, o conteúdo offline já passa a ser irradiado de forma mais interativa via RDS. Veja mais evoluções do segmento nos slides a seguir.
    • Status do Rádio Digital Broader-casting
    • Status do Rádio Digital
    • Status do Rádio Digital
    • Status do Rádio Digital
    • Status do Rádio Digital
    • Status do Rádio Digital
    • Status do Rádio Digital
    • Aplicativos Iphone
    • BANNER (280 x 100 pixels). Selecionando este espaço, o usuário é direcionado para o site do anunciante. Formato Publicitário Banner Formatos Publicitários
    • Espaço publicitário exibido durante 5 segundos entre a abertura do aplicativo e a tela de Rádios. Formato Publicitário Splash Formatos Publicitários
      • Audiência do Aplicativo iPhone
      • 69.955 downloads entre 21/12/2009 e 11/05/2010 num universo de 382.900 iPhones vendidos no Brasil. (Fonte: Gartner Group)
      • 590.863 impressões de banner no primeiro mês de lançamento (de 26/12/2009 a 24/01/2010).
      • 963.064 impressões de banner no segundo mês de lançamento (de 25/01/2010 a 23/02/2010).
      • 752.559 impressões de banner no terceiro mês de lançamento (de 24/02/2010 a 25/03/2010), sendo:
        • 453.932 impressões no player SP
        • 186.122 impressões no player RJ
        • 55.515 impressões no player BSB
        • 56.990 impressões no player BH
      • Média de 99.000 impressões por dia.
      *Base retirada do mês de Abril Audiência
    • RadioDNS Radio Broadcasting/IP Project PURE Sensia, a connected digital radio, is the first radio device to incorporate RadioVIS technology, based on the RadioDNS framework. RDS -> frequência.picode.extendedcountrycode.fm. radiodns.org -> Metadados Status do Rádio Digital
    • Pandora (Vídeo)
    • Pioneer AVIC-X920BT
    • Electronic Program Guide Fonte: Electronic Program Guide Field Trial – How HD RadioTM EPG Works | David Maxson | Broadcast Signal Lab, LLP - Medfield, Massachusetts
    • Receptores Novos receptores portáteis e embarcados
    • Carros Novas alianças com montadoras
    • HD Radio na CBN São Paulo AM
    • Medição Móvel DRM Receptor? Portátil Software Defined SGR Labs
    • São Paulo Foto: Joannis Mihail Mouda | Panoramio
    • OBRIGADO! PERGUNTAS ?