Your SlideShare is downloading. ×
Do Planalto Sagrado para as Telas do Mundo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Do Planalto Sagrado para as Telas do Mundo

469
views

Published on

Trabalho de Cinema sobre a Companhia Cinematográfica Vera Cruz

Trabalho de Cinema sobre a Companhia Cinematográfica Vera Cruz


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
469
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CompanhiaCinematográfica Vera Cruz
    “Do PlanaltoSagradopara as Telas do Mundo”
  • 2. 1949 – FundaçãodaCompanhiaCinematográfica Vera Cruz por Franco Zampari, produtoritaliano e Francisco MatarazzoSobrinho, industrial
    Zamparicomandava o TBC (TeatroBrasileiro de Comédia)
    Parceria com Matarazzo - pretensão de produzir cinema nacional com padrãointernacional
    O início
  • 3. Investimento
    A inspiração: osmega estúdios de Hollywood
    Equipamentos e técnicostrazidosdaEuropa
    O terrenodaempresa era de 100.000 m²
    Investimento de 7,5 milhões de cruzeiros
  • 4. O Cinema naépoca
    Concentração cultural no RJ
    Lei daobrigatoriedade do complementonacional
    Elite burguesarejeitavaobrasdaAtlântida e Cinédia, devido a seucaráterpopularesco
    Lançamentos de filmes no Brasil:
    1941 - foram lançados 460 longas no país, apenas 4 eram brasileiros
    1942 - 409 filmes, apenas 1 brasileiro
    1943, 362 filmes, 6 brasileiros
    1953, 578 filmes, 34 brasileiros
  • 5. Filmes
    1951
    Caiçara – Direção de Adolfo Celi
    Terra é sempre Terra – Direção de Tom Payne e Abílio Pereira de Almeida
    1952
    Ângela – Direção de Tom Payne e Abílio Pereira de Almeida
    Sai da frente – Direção de Abílio Pereira de Almeida
    Tico-Tico no Fubá – Direção de Adolfo Celi
    O Cangaceiro – Direção de Lima Barreto
    Appassionata – Direção de Fernando de Barros
    Nadando em dinheiro – Direção de Abílio Pereira de Almeida e Carlos Thiré
    Uma pulga na balança – Direção de Luciano Salce
    1953
    Sinhá Moça – Direção de Tom Payne e Oswaldo Sampaio
    Esquina da Ilusão – Direção de RuggeroJaccobi
    É proibido beijar – Direção de Hugo Lombardi
    Candinho – Direção de Abílio Pereira de Almeida
    Luz apagada – Direção de Carlos Thiré
    1954
    Na senda do crime – Direção de FlaminioBollini
    Floradas na serra – Direção de Luciano Salce
  • 6. Filmes
    1956
    O Sobrado – Direção de Walter George Durst e Cassiano Gabus Mendes
    O gato de Madame – Direção de Agostinho Martins Pereira
    Osso, Amor e Papagaios – Direção de César Memolo e Carlos A. Souza Barros
    1957
    Paixão de Gaucho – Direção de Walter George Durst
    Estranho encontro – Direção de Walter Hugo Khouri
    Rebelião em Vila Rica – Direção de Geraldo e Renato Santos Pereira
    1958
    Ravina – Direção de Rubem Biáfora
    1964
    Imitando o Sol – Direção de Geraldo Vietri
    Noite vazia – Direção de Walter Hugo Khouri
    1966
    O corpo ardente – Direção de Walter Hugo Khouri
    1968
    As amorosas – Direção de Walter Hugo Khouri
    1970
    Pindorama – Direção de Arnaldo Jabor
    Grande Sertão – Direção de Geraldo e Renato Santos Pereira
    O palácio dos Anjos – Direção de Walter Hugo Khouri
    Verão de fogo – Direção de Pierre Kalfon
    1971
    Um certo Capitão Rodrigo – Direção de Anselmo Duarte
    Um anjo mau – Direção de Roberto Santos
  • 7. “Caiçara”
    1951
    Primeiraproduçãoda Vera Cruz
    Dirigidopor Adolfo Celi
    FilmadoemIlhaBela – SP
  • 8. “O Cangaceiro”
    1952
    Direção: Lima Barreto
    PrêmioMelhorFita de Aventura Festival de Cannes
    CustouUS$ 750 mil
    Rendeu, no Brasil, US$ 1,5 milhão, dos quais apenas US$ 500 mil eram da Vera Cruz
    O restante do faturamentofoipara a Columbia Pictures, quetambémabocanhoutoda a bilheteria no exterior
    Público: cerca de 20.000.000 pessoas (valor aproximado)
  • 9. Lentidãonacomercialização dos filmes
    Nãotinhamsistema de distribuiçãopróprio
    60% daarrecadaçãoiapara as distribuidoras e exibidores
    Concorrênciadesigual com filmesestrangeiros
    Manutenção de pessoal, equipamento e custos de filmesmuito altos
    Dificuldade de colocação dos filmes no mercado exterior
    A empresacontinua a existir, porémcomodistribuidora do acervojáexistente
    A Decadência