Your SlideShare is downloading. ×
0
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Evolução humana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Evolução humana

8,756

Published on

2 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,756
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
269
Comments
2
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Evolução Humana Pamela Jade Maciel, nº14 3º Informática
  • 2. A Evolução Humana é o processo de mudança e desenvolvimento, ou evolução, pelo qual os seres humanos emergiram como uma espécie distinta. É tema de um amplo questionamento científico que busca entender e descrever como a mudança e o desenvolvimento acontecem. O estudo da evolução humana engloba muitas áreas da ciência, como a Psicologia Evolucionista, a Biologia Evolutiva, a Genética e a Antropologia Física. O termo "humano", no contexto da evolução humana, refere-se ao gênero Homo. Mas, os estudos da evolução humana usualmente incluem outros hominídeos, como os Australopithecus. Evolução Humana
  • 3. A Evolução Humana é o nome dado ao processo de mudança e adaptação pelo qual os seres humanos se tornaram numa nova espécie. Tendo em vista analisar detalhadamente como e que todas as alterações ocorreram o seu estudo diverge em diferentes áreas como a Psicologia Evolucionista, a Biologia Evolutiva, a Genética e a Antropologia Física. O termo "humano", centraliza a evolução no género Homo , no entanto é impossível considerar este género isoladamente se não pensarmos nos outros Hominídeos que lhe deram origem, como por exemplo o Australopitecos . Evolução Humana
  • 4. Em oposição ao criacionismo, a teoria evolucionista parte do princípio de que o homem é o resultado de um lento processo de alterações (mudanças). Esta é a ideia central da evolução: os seres vivos (vegetais e animais, incluindo os seres humanos) se originaram de seres mais simples, que foram se modificando ao longo do tempo. Essa teoria, formulada na segunda metade do século XIX pelo cientista inglês Charles Darwin, tem sido aperfeiçoada pelos pesquisadores e hoje é aceita pela maioria dos cientistas. Evolução Humana
  • 5.  
  • 6. Os Primeíros Hominídeos Neandertal Domínio Eukaryota Reino Animalia Filo Chordata Subfilo Vertebrata Classe Mammalia Ordem Primates Família Hominidae Subfamília Homininae
  • 7. Os Hominídeos Pré Postura Bípede Sahelanthropus tchadensis mais ou menos 7 milhões de anos Orrorin ugenensis aproximadamente 7 milhões de anos Ardipithecus kadabba entre 5,54 e 5,77 milhões de anos Ardipithecus ramidus entre 4,5 e 4,1 milhões de anos
  • 8. Árvore genealógica dos Hominídeos
  • 9. Gênero Australopithecus Australopithecus Anamensis Localização Quénia Datação 3,9 a 4,2 M.a. Peso entre 46 e 55 Kg. Crânio desconhecido Paleontologia descoberta em 1994 por Meave Leakey, 21 fósseis no total
  • 10. Australopithecus Afarensis Localização África Datação 3.9 a 2.9 M.a. Peso entre 30 e 40 Kg. Crânio 380 a 480cm³ Paleontologia Lucy, descoberta em 1974 por Tom Gray
  • 11. Australopithecus Africanus Localização África Datação 2 a 3 M.a. Peso Cerca de 40 Kg Crânio Cerca de 440cm³ Paleontologia Criança de 6 anos descoberta por Raymond Dart
  • 12. Australopithecus Garhi Localização África Datação 2,5-2,6 M.a. Peso desconhecido. Crânio Cerca de 450 cm³ Paleontologia descoberto em 1996, por Berhane Asfaw e Tim White,
  • 13. Paranthropus Aethiopicus Gênero Paranthropus Localização África Datação 2,8 a 2,2 M.a. Peso desconhecido. Crânio Cerca de 410 cm³ Paleontologia Descoberto em 1985 no lago Turkana, Quénia
  • 14. Paranthropus Boisei Localização África Datação 2,6 a 1,2 M.a. Peso 45 – 68 kg. Crânio Entre 500 and 550 cm³ Paleontologia Descoberto por Mary Leakey em 1959 , na Tanzânia
  • 15. Paranthropus Robustus Localização África Datação 2 a 1.2 M.a. Peso Cerca de 54 kg Crânio entre 410 e 530 cm³ Paleontologia Descoberto em 1938.
  • 16. O Género Homo Na taxonomia moderna, o Homo sapiens é a única espécie existente desse gênero, Homo. Do mesmo modo, o estudo recente das origens do Homo sapiens geralmente demonstra que existiram outras espécies de Homo, todas as quais estão agora extintas. Enquanto algumas dessas outras espécies poderiam ter sido ancestrais do H. sapiens, muitas foram provavelmente nossos "primos", tendo especificado a partir de nossa linhagem ancestral. Ainda não há nenhum consenso a respeito de quais desses grupos deveriam ser considerados como espécies em separado e sobre quais deveriam ser subespécies de outras espécies. Em alguns casos, isso é devido à escassez de fósseis, em outros, devido a diferenças mínimas usadas para distinguir espécies no gênero Homo. A palavra homo vem do Latim e significa "pessoa", escolhido originalmente por Carolus Linnaeus em seu sistema de classificação. É geralmente traduzido como "homem", apesar disso causar confusão, dado que a palavra "homem" pode ser genérica como homo, mas pode também referir-se especificamente aos indivíduos do sexo masculino. A palavra latina para "homem" no sentido específico ao gênero é vir, cognato com "virile" e "werewolf". A palavra "humano" vem de humanus, a forma adjetiva de homo.
  • 17. Apesar de pertencer ao género Homo esta espécie era bastante diferente de nós, os seus braços eram bastante longos, o seu crânio muito menor e assemelhava-se a um australopitecos. O seu nome habilis provem da sua habilidade para o manuseio e criação de utensílios de osso e pedra. Embora muitos cientistas o considerem o antepassado directo do homem, esta opinião não é consensual. Homo Habilis
  • 18. Homo Erectus Verdadeiro predador, matava para comer, a cara parecia mais humana, clã mais unido, enquanto uns caçavam outros serviam a comunidade (divisão do trabalho), ajudavam-se, ensinavam, adquiria conhecimentos, acasalamento não era como dantes. Ouve alteração de voz, eram nómadas. O FOGO foi descoberto por eles. As causas podiam ser: um raio de um trovão ou calor da savana. Começaram a experimentar neles e depois em algo que ardesse como por exemplo um molho de folhas. Passando um tempo (horas) começaram a deixar de ter medo. Anos mais tarde descobriram que o fogo servia para: defenderem-se, cozinharem os alimentos, iluminarem-se, aquecerem-se. Habitou-se na Ásia, Europa e África.1º Humano completamente direito. Adaptava-se a um clima ou muito quente ou a um clima muito frio. Existiu à mais de 1800000 anos antes de Cristo.
  • 19. Homo Ergaster Viveu entre cerca de 1,8 a 1,25 Milhões de anos. Também conhecido como Homo erectus Ergaster.
  • 20.     O Homo Heidelbergensis cujo o nome significa " homem de Heidelberg ", surgiu há aproximadamente 800 a 300 mil anos atrás. Também conhecido como Homo sapiens Heidelbergensis e Homo sapiens Paleohungaricus. Homo Heidelbergensis
  • 21. Homo Sapiens Idaltu Viveu há cerca de 160 mil anos (subespécie). É o humano moderno anatomicamente mais antigo conhecido. Eles não enterravam os corpos das pessoas mortas, acreditando que elas pudessem retornar à vida
  • 22. Viveu há cerca de 12 mil anos (anunciado em 28 de Outubro de 2004 no periódico científico Nature). Apelidado de hobbit por causa de seu pequeno tamanho. Homo Floresiensis
  • 23. Homo Neanderthalensis Viveu entre 250 e 30 mil anos atrás. Também conhecido como Homo sapiens neanderthalensis. Há um debate recente sobre se o "Homem de Neanderthal" foi uma espécie separada, Homo neanderthalensis, ou uma subespécie de H. sapiens. Enquanto o debate continua, a maioria das evidências, adquiridas através da análise do DNA mitocondrial e do Y-cromosomal DNA, atualmente indica que não houve nenhum fluxo genético entre o H. neanderthalensis e o H. sapiens, e, consequentemente, eram duas espécies diferentes. Em 1997 o Dr. Mark Stoneking, então um professor associado de antropologia da Universidade de Penn State, disse: "Esses resultados [baseados no DNA mitocondrial extraído dos ossos do Neanderthal] indicam que os Neanderthais não contribuíram com o DNA mitocondrial com os humanos modernos … os Neanderthais não são nossos ancestrais." Investigações subsequentes de uma segunda fonte de DNA de Neanderthal confirmaram esses achados
  • 24. Surgiu há cerca de 200 mil anos. Entre 400 mil anos atrás e o segundo período interglacial no Pleistoceno Médio, há cerca de 250 mil anos, a tendência de expansão craniana e a tecnologia na elaboração de ferramentas de pedra desenvolveu-se, fornecendo evidências da transição do H. erectus ao H. sapiens. A evidência direta sugere que houve uma migração do H. erectus para fora da África, então uma subseqüente especiação para o H. sapiens na África. (Há poucas evidências de que essa especiação ocorreu em algum lugar). Então, uma subseqüente migração dentro e fora da África eventualmente substituiu o anteriormente disperso H. erectus. Entretanto, a evidência atual não impossibilita a especiação multiregional. Essa é uma área calorosamente debatida da paleoantropologia. "Sapiens" significa "sábio" ou "inteligente." Homo Sapiens
  • 25. A Família Humana Cartografia da evolução humana
  • 26. Distribuição da Consciência "O processo de evolução humana acontece através da elevação dos valores pessoais". A evolução acontece de forma gradual e não linear. É realmente um processo de mudança acrescida de transformação que levará à evolução contínua da consciência.
  • 27.  
  • 28.  
  • 29.  

×