A musica na educacao infantil 03
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A musica na educacao infantil 03

on

  • 4,405 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,405
Views on SlideShare
4,405
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
110
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A musica na educacao infantil 03 A musica na educacao infantil 03 Document Transcript

    • “BORBOLETA BRANCA” Borboleta Branca Que anda pelo ar (bis) É a menina (nome) Que se vai casar (bis) Que se vai casar Muito casadinha (bis) E a menina (nome) Vai ser a madrinha (bis) Vai ser a madrinha Que leva o raminho (bis) E o menino (nome) Vai ser o padrinho (bis) Vai ser o padrinho Que leva a bandeira (bis) E a menina (nome) Vai ser cozinheira (bis) Vai ser cozinheira Faça um bom jantar (bis) Ora, viva os noivos Que se vão casar (bis).
    • “O PRETINHO BARNABÉ” O Pretinho Barnabé, tiro-liro-liro O Pretinho Barnabé, tiro-liro-lé (modo maior) A saltar quebrou um pé, tiro-liro-liro A saltar quebrou um pé, tiro-liro-lé (modo maior) Salta agora só num pé, tiro-liro-liro Salta agora só num pé, tiro-liro-lé (modo maior)Autor: Pop. Francesa (M.C. Diogo)
    • “O INDIOZINHO” O indiozinho anda a chorar, Quer um cavalo para montar Foi para o prado, ao pé do rio, Viu um cavalo cheio de frio O cavalinho estava a tremer O indiozinho deu-lhe de comer Fez-lhe festinhas, foi p’ro pé dele, Trouxe uma manta dormiu com ele. No outro dia partem os dois Ficam amigos sempre, depois O cavalinho galopa bem, Gosta do dono que agora tem.Autor: Grupo de Crianças
    • “TRÁZ-TRÁZ” Traz-traz P’ra aquecer Bate palminhas Bate palminhas Traz-traz Que bem faz Bate palminhas Traz-traz-traz !Autor: E. Willems (M. C. Diogo)
    • “O NOSSO GALO” O nosso galo É bom cantor, É bom cantor, Tem boa voz, ‘stá sempre a cantar Cócoró, Cócoró, ‘stá sempre a cantar Cócoró, Cócoró! Mas veio um dia, E não cantou; Outro e mais outro, E não cantou. Nunca mais s’ouviu: Cócoró, cócoró; Nunca mais s’ouviu: Cócoró, cócoró!Autor: Pop. Francesa
    • “ O PASTORZINHO” Havia um pastorzinho Que andava a pastorear. Saiu da sua casa, E pôs-se a cantar: Dó, Ré, Mi, Fá, Fá, Fá, Dó, Ré, Dó, Ré, Ré, Ré, Dó, Sol, Fá, Mi, Mi, Mi Dó, Ré, Mi, Fá, Fá, Fá. Chegando ao palácio A rainha lhe falou Alegre pastorzinho Seu canto lhe agradou: Dó, Ré, Mi, Fá, Fá, Fá, Dó, Ré, Dó, Ré, Ré, Ré, Dó, Sol, Fá, Mi, Mi, Mi Dó, Ré, Mi, Fá, Fá, Fá.Autor: Inf. Brasileira.
    • “ ALECRIM, ALECRIM DOIRADO” Alecrim, alecrim doirado, Que nasce no monte sem ser semeado. (Bis) Ai, meu amor, quem te disse a ti, Que a flor do campo era o alecrim. (Bis) Alecrim, alecrim aos molhos, Por causa de ti choram os meus olhos. (Bis) Ai, meu amor, quem te disse a ti, Que a flor do campo era o alecrim. (Bis) Alecrim, alecrim querido Que vives no monte quase esquecido (Bis) Ai, meu amor, quem te disse a ti, Que a flor do campo era o alecrim. (Bis) Alecrim, alecrim a arder,O teu fumo é santo, junto a Deus vai ter. (Bis) Ai, meu amor, quem te disse a ti, Que a flor do campo era o alecrim. (Bis)
    • “ROSA BRANCA AO PEITO” Rosa branca ao peito A todos está bem. (Bis) A(o) menina(o) (nome), olaré, Melhor que a ninguém. (Bis)* Canção de Roda: Uma das crianças deverá indicar um nome de outracriança, adaptando-o à musica.
    • “ OS PATINHOS” A correr, A saltar, Os patinhos Vão nadar. A saltar A correr Os patinhos, Vão beber.
    • “ SENHORA DONA ANICA” Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver as costureiras (1) A fazer assim, assim. (Bis) Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver as lavadeiras (2) A fazer assim, assim. (Bis) Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver os jardineiros (3) A fazer assim, assim. (Bis) Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver os sapateiros (4) A fazer assim, assim. (Bis) Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver os carpinteiros (5) A fazer assim, assim. (Bis) Senhora Dona Anica Venha abaixo ao seu jardim. (Bis) Venha ver as cozinheiras (6) A fazer assim, assim. (Bis)* Mímica: Gestos de: 1 –Cozer a roupa; 2 – Lavar a roupa; 3 – Sachar;4 – engraxar; 5 – Serrar a madeira; 6 – Mexer o cozinhado.
    • “ A MACHADINHA” Ah, ah, ah, minha machadinha (Bis)Quem te pôs a mão sabendo que és minha ? (Bis)Sabendo que és minha, também eu sou tua (Bis) Salta machadinha lá p’ro meio da rua. (Bis) Lá p’ro meio da rua não hei-de eu saltar (Bis) Eu hei-de ir à roda escolher o meu par. (Bis) O meu par eu sei bem quem é (Bis) ou Escolher o meu já eu sei quem é . (Bis) É um rapazinho chamado José (Bis) Chamado José chamado João (Bis) É o rapazinho do meu coração (Bis)
    • “ CANÇÃO DO ZÉ” Dó - Ré, o Zé Dó – Ré – Mi, Já se ri Dó – Ré – Mi – Fá, e diz papá Dó – Ré – Mi – Fá – Sol, tem um caracol Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá, e um dentinho já Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si, Bate palminhas e riDó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Si – Dó, e no bercinho faz ó-ó!
    • “ JOSESITO”Josesito,Já te tenho dito,Que não é bonito,Andar’s m’enganar. (Bis) Chora agora, Josesito chora, Que me vou embora P’ra não mais voltar. (Bis)
    • “ OS PATINHOS” Todos os patinhos Sabem bem nadar (Bis) Cabeça para baixo, Rabinho para o ar (Bis). Quando estão cansados Da água vão sair (Bis) Depois em grande fila P’ro ninho querem ir (Bis)Movimento: andar com as pernas abertas e cabeça baixa. Em “cabeçapara baixo”, puxar a cabeça com as mãos, para baixo; em “rabinhopara o ar” colocar as mãos atrás das costas imitando um “rabo”.
    • “ O BALÃO DO JOÃO ” O balão do João Sobe, sobe pelo ar ‘Sta feliz o petiz A cantarolar Mas o vento a soprar Leva o balão pelo ar. Fica, então, o João A choramingar.Autor: Pop. Alemã (M. C. Diogo)
    • “ O BARQUINHO “Um barquinho ligeiro andava,Ligeirinho andava no mar.A nuvem passou,O mar se agitou,O vento a soprar.E os barcos a virar.Vem a onda baloiça o barquinho,E o barquinho faz tchape no mar.Autor: Pop. Francesa (R. Simões)
    • “ AS POMBINHAS “Lá vai uma, lá vão duasTrês pombinhas a voar.Uma é minha, outra é tuaOutra é de quem a apanhar. A criada lá de cima É feita de papelão Quando vai para a cozinha, Diz assim para o patrão: - Sete e sete são catorze Com mais sete vinte e um Tenho sete namorados E não gosto de nenhum.Sugestão: As crianças em círculo, sentadas no chão ou em redor deuma mesa, tendo cada uma à sua frente um objecto fácil de agarrar.Ao compasso da melodia, vão passar o objecto ao companheiro dadireita.
    • “ EU FUI AO JARDIM CELESTE “ Eu fui ao jardim Celeste, giroflé, giroflá. Eu fui ao jardim Celeste, giroflé, flé, flá. O que foste lá fazer, giroflé, giroflá. O que foste lá fazer, giroflé, flé, flá. Fui lá buscar uma rosa, giroflé, giroflá. Fui lá buscar uma rosa, giroflé, flé, flá. Para quem é essa rosa? giroflé, giroflá. Para quem é essa rosa? giroflé, flé, flá. É p’ra menina (nome), giroflé, giroflá. É p’ra menina (nome), giroflé, flé, flá.Movimento: Duas filas de crianças colocadas frente a frente.Cantando a 1.ª estrofe a 1.ªfila avança até à 2.ª e recua novamente.Responde à 2.ª fila com a 2.ª estrofe e igual movimento. E assim poradiante.
    • “ O CAPUCHINHO VERMELHO “Pela estrada foraEu vou bem sozinhaLevar estes bolosÀ minha avózinha. Ela mora longe O caminho é deserto E o lobo mau Passeia lá por perto.Logo à noitinhaAo sol poenteJunto à mamãzinhaDormirei contente.
    • “ OS TRÊS GATINHOS “Os três gatinhosPerderam os chapelinhosPuseram-se a chorarOh, mãe queridaOs nossos chapelinhosNão os pudemos achar!!! Oh, perderam os chapelinhos Que feios gatinhos!!! Então não vão passear!!! Miau, frou...frou... Miau, frou...frou... Então não vão passear!!!!Os três gatinhosAcharam os chapelinhosPuseram-se a cantarOh, mãe queridaOs nossos chapelinhosJá os pudemos achar!!! Oh, acharam os chapelinhos Mas que lindos gatinhos Então já vão passear!!! Miau, frou...frou... Miau, frou...frou... Então já vão passear!!!
    • “ O MANEL TINHA UMA BOLA “O Manel tinha uma bolaQue rolava pelo chãoNa calçada ela rebolaDeu-lhe uma dentada o cão. Olha a bola Manel !!! (Bis) Foi-se embora, fugiu! Olha a bola Manel !!! (Bis) Nunca mais ninguém a viu...O Manel tinha uma bolaMas por falta de atençãoLá deixou fugir a bolaPresa nos dentes do cão. Olha a bola Manel !!! (Bis) Foi-se embora, fugiu! Olha a bola Manel !!! (Bis) Nunca mais ninguém a viu...O Manel tinha uma bolaMas agora não temE a gente para o consolarVai cantar-lhe esta canção... Olha a bola Manel !!! (Bis) Foi-se embora, fugiu! Olha a bola Manel !!! (Bis) Nunca mais ninguém a viu...
    • “ O CAVALO “Era uma vez um cavaloQue vivia no seu lindo carrosselEra tão lindo e tão beloCavalinho, cavalinho de papel... A correr...chá-lá-lá (bater palmas) A saltar ... chá-lá-lá (bater palmas) Cavalinho não saia do lugar.
    • “ MACAQUINHO “Tenho cinco reisTenho um alguidarTenho um macaquinhoDe pernas para o ar Quando me levanto Tiro-lhe o boné Aperto-lhe a mão Olari-lo-lé !!!
    • “ A BARATA “A barata diz que dormeNuma cama de cetimÉ mentira da barataEla dorme é no jardim.Ah, ah, ah.Oh, oh, oh, ela dorme é no jardim. A barata diz que tem Sete saias de veludo É mentira da barata A mãe dela é que tem tudo.A barata diz que temSapatinhos de fivelaÉ mentira da barataO sapato é da mãe dela. A barata diz que tem Dinheirinho p’ra gastar É mentira da barata Quem perdeu p’ra ela achar.A barata diz que temUm sapato de veludoÉ mentira da barataO pé dela é que é peludo.
    • “ A CAIXINHA DAS SURPRESAS” A caixinha das surpresas Ninguém sabe o que ela tem Tão quieta e caladinha Vamos ver o que lá tem.
    • “ O PALHACINHO VAIDOSO “ O palhacinho vaidoso Bate ligeiro com a mão O palhacinho vaidoso Bate com o pézinho no chão O palhacinho vaidoso Toca guizinhos dlim-dlim O palhacinho vaidoso Vira a cabeça assim.
    • “ O COELHINHO “De olhos vermelhosE pelo branquinhoDou saltos bem altoEu sou um coelhinho. Comi uma cenoura Com casca e tudo Mas ela era tão grande Qu’eu fiquei um barrigudo.Dou saltos pr’a frenteDou saltos pr’a trásEu sou um coelhinhoDe que tudo sou capaz.
    • “ DÓ RÉ MI "Dó ré mi – a MimiMi fá sol – pelo solFá mi ré – vai a péMi ré dó – não tem pópó. Dó ré mi – eu cozi Mi fá sol – um pão mole Fá mi ré – p’ro café Mi ré dó – da minha avó.
    • “ O ANEL “ Vai correndo o lindo anel Corre, voa sem parar. Onde ‘sta, onde se encontra? Quem o pode adivinhar, Se é que não adivinhou, Onde pára o lindo anel Que da minha mão vou ? Jogo : as crianças todas em círculo (sentadas ou de pé), com asmãos unidas e estendidas, prontas a receber o anel que uma dascrianças tem entre as suas mãos, também unidas, e que vai metendoentre as mãos dos companheiros, fingindo que aí deixa o anel. Quandoa canção termina, uma das crianças, que estava na berlinda, deveadivinhar onde o anel ficou, pagando multa se errar, ou se adivinhar irásubstituir a criança que tinha o anel.
    • “ OLHA A TRISTE VIUVINHA “Olha a triste viuvinhaQue anda na roda a chorarAnda a ver se encontra noivoPara com ela casar! Já lá leva dois cabaços Três ou quatro há-de levar ! É bem feito, é bem feito, Não acha com quem casar ! Casadinha à três dias Ela ali vai a chorar ! Pela vida de solteira Não a torna a encontrar !
    • “ A SAIA DA CAROLINA “A saia da CarolinaTem um lagarto pintadoSim, Carolina, ó-i-ó-ai,Sim, Carolina, ó-ai meu bem. Tem cuidado, ó Carolina Que o lagarto dá ao rabo. Sim, Carolina, ó-i-ó-ai, Sim, Carolina, ó-ai meu bem. A saia da Carolina Não tem prega nem botão Tem cautela, ó Carolina, Não te caia a saia ao chão. A saia da Carolina Tem uma barra encarnada Tem cuidado, ó Carolina, Não fique a saia rasgada A saia da Carolina É da mais fina cambraia Tem cautela, ó Carolina Que o vento te leva a saia. A saia da Carolina Foi lavada com sabão Tem cuidado, ó Carolina, Não lhe deixes por a mão. A saia da Carolina É curta, é das modernas. Tem cuidado, ó Carolina, Que ela não te tapa as pernas.
    • “ APANHAR O TREVO “Apanhar o trevoO trevo do chãoApanhar o trevoNa manhãDe S. João (refrão) Quem está bem Deixe-se estar Que eu estou bem Muito obrigada Estar ao pé do Meu amor Não me importa de Mais nada. Anda a roda Anda a roda Eu também quero casar Sou rapariguinha nova Não me posso demorar.
    • “ ATIREI COM O PAU AO GATO “Atirei o pau ao gato – tu, tuMas o gato – tu, tuNão morreu – eu, eu.A Dona Chica – ca, caAssustou-se – se, seDo berro – do berroQue o gato deu.Miau! Sentada à Chaminé – é, é Veio uma Pulga – ga, ga Mordeu-me o pé – é, é. Oh! Ela chora... Oh! Ela grita... Oh! Vai-te embora Pulga maldita!!! (bis)
    • “EU PERDI O DÓ”Eu perdi o Dó da minha violaDa minha viola eu perdi o DóDormir é muito bom, é muito bom (bis).Refrão:É bom camarada, é bom camarada.É bom é muito bom. (bis)Eu perdi o Ré da minha violaDa minha viola eu perdi o RéRemar é muito bom, é muito bom (bis).RefrãoEu perdi o Mi da minha violaDa minha viola eu perdi o MiMiminho é muito bom, é muito bom (bis).RefrãoEu perdi o Fá da minha violaDa minha viola eu perdi o FáFalar é muito bom, é muito bom (bis).RefrãoEu perdi o Sol da minha violaDa minha viola eu perdi o SolSolinho é muito bom, é muito bom (bis).RefrãoEu perdi o Lá da minha violaDa minha viola eu perdi o LáLavar é muito bom, é muito bom (bis).RefrãoEu perdi o Si da minha violaDa minha viola eu perdi o SiSilêncio é muito bom, é muito bom (bis).
    • “CANÇÃO DO GRILINHO”Era meia-noiteCantava o grilinhoEra meia-noiteCantava sozinhoEra meia-noiteCantava o grilinhoEra meia-noiteCantava o grilinhoGri-gri, gri-griNo seu buraquinho ! (bis)
    • “UM CROCODILO”Um crocodilo marcha para a guerraDizendo adeus a toda a criaçãoÃo, ão, ão, ão.Aí, o cru-cru-cruCrocodiloAí, o cru-cru-cruO crocodilo lá se foi.Dois crocodilos marcham para a guerraDizendo adeus a toda a criaçãoÃo, ão, ão, ão.Aí, o cru-cru-cruCrocodiloAí, o cru-cru-cruO crocodilo lá se foi.(Três, quatro, cinco...)
    • “O PORQUINHO”O porquinho foi à horta (bis)Comeu lá uma bolotaO cão também lá quis irMas fecharam-lhe a casotaÉ bem feita, porque o cãoTem a mania de ser espertalhão (Bis)
    • “PATINHOS”O patinho nadadorVai p’ra água com calorQuá, quá, quáQué, qué, quéSai da águae vem a pé
    • “O MEU GALITO”Há três noites que não durmo – lá-láEu perdi o meu galito – lá, láCoitadinho, lá, lá, pobrezinho, lá, láEu perdi-o lá no jardim (bis)Ele é branco e amarelo – lá, láTem a crista bem vermelha – lá, lá(encarnada)Bate as asas – lá, láAbre o bico – lá, láEle faz qui ri qui qui (mímica).
    • “TRÊS GALINHAS”Três galinhas a cantarVão p’ro campo passearUma à frente é a primeiraLogo as outras em carreiraVão assim a passearOs bichinhos procurar.Có, có, có, có, ró, có, có.
    • “TRÊS PINTAINHOS”Três pintainhos tem minha tiaUm lhe canta, outra lhe piaOutro lhe chama tia MariaAtenção muita atenção,Vai começar a Sinfonia.Somos pintos, piu, piu, piu,Pequeninos, piu, piu, piu,E lá vamos, piu, piu, piu,Para o quintal, piu, piu, piu, RefrãoVamos a todos, piu, piu, piu,A correr, piu, piu, piu,As ervinhas, piu, piu, piu,Vamos comer, piu, piu, piu,Somos patos, quá, quá, quá(as ervinhas)Somos cães, au, au, au(os ossinhos)Somos gatos, miau, miau, miau(as espinhas)Somos cabritos, mé, mé, mé(as ervinhas)Somos grilos, gri, gri, gri(as alfaces)
    • “PATINHO”O patinho nadaDentro do laguinhoQuá, quá, quáTodo molhadinho Veio a mamã pata Buscar o filhinho Chiu, chiu, chiu Está costipadinho
    • “DIA DO PAI” Iupi, iupi ai É o dia do pai É um dia diferenteE por isso estou contente Iupi, iupi ai É o dia do pai É um dia feliz E eu vou dar ao meu pai Esta prenda que eu fiz Iupi, iupi ai É o dia do pai.
    • “DOIS RATINHOS” Dois ratinhos Pequenos engraçados Procuravam queijinho P’ra roer De repente Aparece o Sr. Gato MIAU!!! E os ratinhos Fugiram a correr HI! HI! HI!Nota: esta canção é dos três ratinhos, mas foi adaptada para doisporque nesta história havia 2 ratos.