Your SlideShare is downloading. ×
Exercício do livro 9º ano
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Exercício do livro 9º ano

159,071
views

Published on


1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
159,071
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
425
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CAPÍTULO 1 A revolução tecnológica e os espaços da globalização (Página 20) Questões de compreensão .1. Pessoal. Os alunos podem escolher vários exemplos, entre os quais os avanços tecnológicos dosmeios de transporte, que provocam grandes transformações na paisagem, principalmente em razãoda construção de estradas, portos, aeroportos, etc.2. Pessoal. Verifique se as respostas estão relacionadas a novos hábitos, como a utilização decafeteiras elétricas e máquinas de lavar louça e roupa.3. Entre as modificações causadas na paisagem pela Primeira Revolução Industrial, podem-se citar ocrescimento das cidades, o surgimento de bairros industriais nesses centros urbanos e a poluiçãodecorrente da fumaça lançada pelas chaminés das fábricas. Essas transformações foram maisintensas nas paisagens dos Estados Unidos e de vários países europeus, como Inglaterra, França,Bélgica, Holanda, Rússia e Alemanha.4. Na Primeira Revolução Industrial, a divisão social do trabalho se caracterizava pela existência dosdonos dos meios de produção (ou capitalistas) e dos trabalhadores, que vendiam sua força detrabalho aos donos dos meios de produção. Essa divisão beneficiava diretamente os capitalistas,que passaram a explorar a força de trabalho dos empregados para se apropriar de lucros cada vezmaiores.5. Com a Segunda Revolução Industrial, os países industrializados passaram a explorar matérias-primas em suas colônias localizadas em outros continentes, sobretudo na Ásia e na África. Essasmatérias-primas serviam para abastecer a crescente demanda industrial nos países que se tornavamcada vez mais industrializados, como Inglaterra, França, Holanda, Estados Unidos e Japão. Alémdisso, esses países passaram a fornecer produtos manufaturados para os demais países e colôniaslocalizados em várias partes do mundo.6. Na Terceira Revolução Industrial, o processo produtivo está cada vez mais integrado aosprogressos tecnológicos, fato que proporciona a ascensão de setores de atividade que empregamalta tecnologia, como informática, microeletrônica e telecomunicações.Análise de texto e pesquisa1. A história trata da dependência, pelo ser humano, da utilização de instrumentos e da evoluçãotecnológica.2. Quando o personagem quebrou sua clava, percebeu que sem ela não poderia mais caçar.Quando quebrou o notebook, o personagem se lamentou por não saber como iria realizar suasações do dia a dia. A relação entre os dois fatos está na dependência, por parte do ser humano, deum instrumento.3. Pessoal.
  • 2. CAPÍTULO 2 A dinâmica dos espaços da globalização (Página 29)Questões de compreensão1 As multinacionais interferem na dinâmica dos espaços da globalização porque impulsionam ointenso fluxo de informações, mercadorias, capitais e pessoas entre os lugares do mundo.2 A expansão das multinacionais pelo mundo ocorreu por meio da transferência de empresaseuropeias, japonesas, canadenses e norte-americanas para os países menos desenvolvidosindustrialmente. A fragmentação do processo produtivo dessas empresas foi possibilitada peloaprimoramento das tecnologias na Terceira Revolução Industrial, quando surgiram os novos meiosde transporte em massa e a comunicação em tempo real.3 A rede de transportes é de extrema relevância para a organização do espaço geográfico dediversos países,sobretudo por ter um importante papel na ocupação territorial de muitas nações,principalmente das que apresentam grandes dimensões, como o Brasil, o Canadá e a Rússia. Ostransportes também são essenciais pelo fato de viabilizarem o deslocamento de mercadorias e depessoas em grande escala entre os países do mundo.4 O desenvolvimento de grandes navios cargueiros, com capacidade para transportar milhares detoneladas a um custo razoavelmente baixo, tornou viável a estratégia de fragmentação do processoprodutivo das multinacionais, as quais puderam, assim, instalar filiais até mesmo em lugaresdistantes das fontes de matérias-primas e dos mercados consumidores.5 As informações chegam até as pessoas pelos mais diversos meios de comunicação, entre os quaisa televisão, o telefone, o fax e a internet, e cada vez com mais rapidez em razão do desenvolvimentodesses meios.6 As cidades globais configuram-se como centros de decisões econômicas e financeiras mundiaispelo fato de abrigarem sedes administrativas ou financeiras de corporações multinacionais, degrandes bancos, de companhias seguradoras e de transportes, além das principais bolsas devalores do mundo. Além disso, essas cidades constituem importantes centros de produção deinformações econômicas, culturais, científicas ou voltadas para o lazer; pois também abrigamuniversidades, institutos de pesquisas, grandes jornais, editoras, museus, teatros, etc. Essasaglomerações urbanas desempenham o papel de grandes articuladoras dos fluxos, isto é, sãocentros de convergência e dispersão dos fluxos em nível mundial.7 A distribuição dos fluxos entre o mundo desenvolvido e o subdesenvolvido é bastante desigual.Prova disso é que mais da metade dos negócios realizados no mundo ocorre entre os países ricos,e a rede que interliga essas nações, por onde circulam os principais fluxos de transporte ecomunicação, configura-se como a mais densa do planeta.Análise de texto, debate e redação1 Não. Porque nem todas as pessoas têm acesso ao chamado dinheiro virtual, como o cartãomagnético, dadas as grandes desigualdades sociais existentes nos países do mundo.2 As frases expressam a ideia de que o papel-moeda deve ser substituído pelo dinheiro virtual, ocartão magnético. Pessoal.
  • 3. CAPÍTULO 3 Fluxos populacionais: O caso das migrações internacionais (Página 37)Questões de compreensão1. As principais causas dos movimentos migratórios na atualidade estão relacionadas à procura demelhores perspectivas de vida, às crises econômicas, às guerras, às revoluções, aos conflitosétnico-religiosos, etc. A expansão dos meios de transporte e comunicação é o principal fator quepossibilita a ocorrência dos intensos deslocamentos populacionais entre os países do mundo.2. Os brasileiros têm procurado melhores condições de vida e de trabalho em outros países,destacando-se nos fluxos migratórios de trabalhadores.3. O principal benefício da atividade turística para a economia de um país é a geração de milhões deempregos diretos e indiretos.4. Pessoal. Verifique se há coerência nas respostas dos alunos. Entre as sugestões, eles podemcomentar que o governo federal deveria investir de maneira mais efetiva no desenvolvimento doturismo, por meio, por exemplo, da divulgação das belezas naturais do país no exterior e daimplantação de infraestrutura mais adequada para receber- os turistas.5. Pessoal. Verifique se há exemplos na cidade em que vivem.Análise de texto1. Pessoal.2. Geralmente, os fluxos de refugiados ocorrem em razão de perseguições políticas e torturas,extermínio étnico e discriminações religiosas e culturais.3. Pessoal.
  • 4. MUNDIAL CAPÍTULO 4 O capitalismo e a sociedade de consumo (Página 47)Questões de compreensão1. O consumo constitui uma parte fundamental do processo de expansão do capitalismo, sendodeterminante para a acumulação do capital e, consequentemente, para a geração de novastecnologias, o que leva a um aumento crescente da produção.2. Dizer que vivemos em um mundo cada vez mais consumista significa afirmar que o mundo em quevivemos é marcado pelo aumento crescente dos padrões de consumo. Pessoal. Os alunos podemcaracterizar um estilo de vida consumista pelo exagerado volume de produtos que as pessoasadquirem e, também, pela compra de artigos que satisfazem a necessidades secundárias, ou seja,que não são essenciais à subsistência.3. O consumismo tende a ampliar cada vez mais a produção, o que torna necessário explorar umaquantidade também crescente de recursos. Desse modo, a natureza é vista apenas como fonte dematéria-prima, o que deflagra um intenso processo de degradação ambiental.4. Pessoal. Os alunos podem comentar que o agravamento dos problemas ambientais podecomprometer a manutenção da vida no planeta, colocando em risco a existência humana e de outrosseres.5. O desenvolvimento de novas tecnologias é essencial para que o ser humano encontre meiosalternativos para substituir a utilização de recursos não renováveis ou poluentes, como o petróleo.6. Os problemas ambientais são causados tanto pelos países desenvolvidos quanto pelossubdesenvolvidos. Os países ricos e industrializados lançam uma imensa quantidade de gasestóxicos na atmosfera e geram a maior parte do lixo doméstico e industrial. Já os paísessubdesenvolvidos são responsáveis pela devastação dos grandes ecossistemas, como as florestastropicais e equatoriais, pela erosão dos solos, pela desertificação, pelo uso indiscriminado deagrotóxicos e pelo assoreamento dos rios. Portanto, os problemas ambientais são deresponsabilidade de todos os países.7. Pessoal. A resposta pode ser tanto favorável quanto contrária às teorias neomalthusianas.Verifique os argumentos que os alunos utilizaram para justificar sua posição.Análise de gráfico1. A média de consumo de petróleo nos Estados Unidos (24,5 barris por hab./ano) é muito maior quea média mundial (4,5 barris por hab./ano).2. Em casos como o do consumo de petróleo, é possível declarar que o aumento da populaçãomundial não está diretamente relacionado ao esgotamento dos recursos, mas sim à quantidadeconsumida, por exemplo, pelos norte-americanos.3. Certamente se esgotariam muito antes das previsões atuais.4. Pessoal. Em algumas regiões dos Estados Unidos, há em média 82 veículos para cada grupo de100 habitantes. No Brasil, essa média é de 45 veículos por grupo de 100 habitantes.
  • 5. CAPÍTULO 5 Meio ambiente e problemática ecológica (Página 55)Questões de compreensão1. O pensamento na sociedade capitalista está relacionado à ideia de desenvolvimento, que opõe oser humano à preservação da natureza.2. Pessoal. Converse com os alunos sobre o papel que uma ONG poderia desempenhar nomunicípio onde vivem, e como eles poderiam colaborar no combate aos problemas ambientaisexistentes em sua cidade.3. As correntes ambientalistas que têm mais afinidade com a ideia de desenvolvimento sustentávelsão a conservacionista - que defende o controle do crescimento populacional e a diminuição no ritmoda expansão econômica como forma de resolver os problemas ambientais - e aecodesenvolvimentista - que prega a transformação da sociedade por meio de uma mudança nospadrões de comportamento.4. Pessoal. Os alunos podem comentar que o exemplo da Revolução Verde revela que odesenvolvimento tecnológico não é capaz, por si só, de resolver os problemas da humanidade. Alémde não resolver o problema da fome, a Revolução Verde gerou uma série de impactos ambientaispor causa da aplicação indiscriminada de agrotóxicos.5. Sim. Ao declarar que não somos passageiros, mas tripulantes da Terra, a frase expressa a ideiade que todos nós devemos estar no controle, tomando decisões e nos conscientizando dos nossosatos. Os alunos podem explicar a relação local/global dando exemplos de posturas que as pessoasdevem assumir no dia a dia, como dar preferência a alimentos orgânicos, evitar o desperdício deágua e embalagens e promover a reciclagem do lixo no local onde vivem.
  • 6. CAPÍTULO 6 Globalização, desenvolvimento e subdesenvolvimento (Página 60)Questões de compreensão1. Entre os exemplos, podemos citar: quase metade da população mundial, cerca de 2,6 bilhões depessoas, sobrevive com menos de 2 dólares por dia; as 500 maiores fortunas do mundo ultrapassamo valor de toda a renda recebida pelas 416 milhões de pessoas mais pobres do planeta; os 20%mais ricos acumulam cerca de três quartos do rendimento mundial.2. A globalização acentuou as desigualdades econômicas entre os países porque levou as naçõessubdesenvolvidas ao empobrecimento. Com a abertura dos mercados, a concorrência tornou-semuito maior e muitas empresas foram levadas à falência, comprometendo o crescimento daeconomia dos países pobres,cujo setor produtivo não estava em condições de competir com o dospaíses desenvolvidos. Além disso, a abertura econômica repercutiu diretamente sobre oendividamento dos países subdesenvolvidos, que precisaram recorrer a empréstimos internacionaispara saldar os déficits provocados em sua balança comercial.3. Na atual fase de globalização econômica, a DIT caracteriza-se pelas disparidades tecnológicasexistentes entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Os desenvolvidos apresentam um níveltecnológico elevado, o que garante a exportação de produtos mais valorizados e maior captação derecursos financeiros, gerando as condições para investir em novas tecnologias. Os paísessubdesenvolvidos, por sua vez, apresentam um nível tecnológico reduzido e, por isso, dependem daexportação de produtos menos valorizados, o que não garante a obtenção de recursos suficientespara investir no desenvolvimento de novas tecnologias.4. Pessoal. Oriente os educandos na escolha do tema e na analogia com o Brasil.Verifique a lógicadas comparações estabeleci das pelos alunos.5. Sim. Ao acentuar ainda mais as desigualdades no mundo, o processo de globalização tem levadoa uma crescente exclusão dos países subdesenvolvidos, que, além de empobrecer cada vez mais,têm cada vez menos poder de decisão sobre as políticas globais. Com isso, esses países não obtêmos benefícios da globalização.6 Acompanhe o debate dos alunos e destaque a ideia de que a educação é condição básica para umpaís se desenvolver. Os investimentos em educação resultam em melhoria no nível de qualificaçãoprofissional, e isso é imprescindível para que o país desenvolva novas tecnologias, garantindo ocrescimento de sua economia.Análise de mapa1. O maior número de usuários da internet está no grupo dos países desenvolvidos.2. Sim. Um dos aspectos do processo de globalização está relacionado às diferenças no níveltecnológico dos países, o que se pode verificar na desigualdade de acesso à internet.3. A representação mostra que as trocas de informação e o intercâmbio cultural por meio da internetocorrem com mais intensidade entre os países desenvolvidos, nos quais há maior número deusuários conectados à rede mundial de computadores.4 Por não investirem no desenvolvimento de novas tecnologias, os países subdesenvolvidos sãotambém os que têm menos acesso a recursos tecnologicamente avançados, como a internet.5 A internet possibilita que circulem pelo mundo milhares de informações por meio demensagens,notícias e pesquisas. Pela internet também é possível conversar com pessoas queestejam em lugares muito distantes, realizar compras, "visitar" museus, bibliotecas, etc. Pessoal. Osalunos podem responder que a internet seria útil para a população aos países mais pobres, porexemplo, ao propiciar o acesso a serviços que poderiam contribuir para a melhoria de vida daspessoas.
  • 7. AMÉRICA DESENVOLVIDA CAPÍTULO 7 O quadro natural da América desenvolvida (Página 68)Questões de compreensão1. Whitehorse: clima frio, com baixa pluviosidade no decorrer do ano e temperaturas que se elevamnos meses de verão no hemisfério Norte. Pueblo: clima semiárido, com baixa pluviosidade nosmeses de verão e temperaturas que variam entre 25° C nos meses de verão, e abaixo de zero nosmeses mais frios do inverno. Orlando: clima subtropical, com alta precipitação durante o ano todo,mas especialmente nos meses de inverno no hemisfério Norte, e temperaturas que variam entre15°C nos meses de inverno e 28°C nos meses de verão.2. De acordo com a posição geográfica, o território recebe influência direta das frentes frias polaresvindas do Ártico. Além disso, em razão de o território ser constituído de grandes extensões de terra,as amplitudes térmicas diárias variam muito, ou seja, nas áreas do interior do continente. astemperaturas noturnas são bem mais baixas que as diurnas.3. Na parte oeste do território, a corrente marítima fria da Califórnia retira umidade do ar e torna oclima semiárido em grande parte da costa ocidental. Além disso,as cadeias montanhosas do oestefuncionam como barreiras à baixa umidade vinda do Pacífico. Criando desertos. Já na costa leste. apassagem da corrente quente do golfo e as baixas altitudes permitem a penetração de ventos maisúmidos, o que contribui para a ocorrência de climas mais chuvosos.4. Floresta boreal: ocorre em regiões de atuação de clima frio e predominância de coníferas; florestatemperada e subtropical: ocorre em regiões de clima temperado, onde predominam árvorescaducifólias; estepes e pradarias: ocorrem em regiões de clima semiárido, com predominância deplantas herbáceas.5. Essas leis foram criadas para proteger a vegetação da destruição causada em decorrência dorápido processo de industrialização e de modernização das atividades agrícolas. Foram criadasvárias unidades de conservação, como áreas de proteção ambiental e parques nacionais, paraestancar o desmatamento sem manejo e proteger a vida selvagem.6 • Cadeias montanhosas ocidentais - foram formadas por grandes dobramentos modernos,geologicamente recentes, decorrentes do encontro entre a placa tectônica do Pacífico e a Norte-americana. Nela, estão presentes vulcões ativos e falhas geológicas que provocam centenas deabalos sísmicos todos os anos.•Planícies centrais - originam-se da deposição de sedimentos, em eras geológicas recentes, trazidospor rios ou lagos naturais.•Planaltos da porção oriental - formados por maciços antigos, intensamente desgastados peloprocesso erosivo.7. O rio Mississipi é navegável em quase toda a extensão e constitui uma das maiores redeshidrográficas do mundo. O rio São Lourenço liga a região dos Grandes Lagos ao oceano Atlântico.Esses dois rios compõem importantes vias de transporte de cargas e pessoas, possibilitando umintenso intercâmbio comercial entre Canadá e Estados Unidos.Interpretação de texto e pesquisa1. Porque essa região é considerada fisicamente instável, com presença de vulcões ativos e falhasgeológicas que provocam, constantemente, centenas de abalos sísmicos.2. O Big One é um sismo de proporções arrasadoras que, segundo cientistas, pode ocorrer a qualquermomento na região de São Francisco. A cidade localiza-se na região da falha de San Andreas, que,por sua vez, divide as placas tectônicas do Pacífico e da América do Norte.3. Pessoal. Os vulcões entram em erupção de diferentes maneiras
  • 8. CAPÍTULO 8 Estados Unidos: superpotência mundial (Página 77)Questões de compreensão1. A ocupação do território da América desenvolvida foi realizada por meio de colônias de exploraçãoe, sobretudo, por colônias de povoamento. A implantação de colônias de povoamento nos lugaresonde os colonizadores tinham o objetivo de se fixar definitivamente foi um dos principais fatores que,mais tarde, colaboraram para que tanto os Estados Unidos quanto o Canadá alcançassem umgrande desenvolvimento socioeconômico.2. A América desenvolvida foi ocupada por colônias de exploração e por colônias de povoamento. Asprimeiras se caracterizavam pela intensa exploração da terra e pela pilhagem de recursos naturais,servindo exclusivamente aos interesses das metrópoles. As colônias de povoamento, por sua vez,promoveram o desenvolvimento, pois foram os locais onde os imigrantes colonizadores se fixaram edesenvolveram os próprios meios de sobrevivência, como a agricultura, o artesanato e a pecuária.3. A existência de imensas jazidas de carvão e de ferro no nordeste dos Estados Unidos alavancou odesenvolvimento da atividade industrial na região, sobretudo após a construção das primeirassiderúrgicas e metalúrgicas.4. A Segunda Guerra Mundial serviu para consolidar ainda mais a emergência dos Estados Unidoscomo potência econômica mundial. Isso foi propiciado por dois fatores principais: a escassez deprodutos nos países europeus arrasados pela guerra, o que levou esses países a recorrer àsimportações norte-americanas, acelerando o crescimento econômico desse país; e a ajuda financeiraque os Estados Unidos destinaram à reconstrução dos países europeus, o que contribuiu para queesses países se tornassem mais dependentes da economia norte-americana.5. Ao fim da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos afirmaram sua hegemonia econômica nomundo, e o dólar norte-americano estava tão valorizado que se tornou a moeda de referência nomercado internacional. Assim, o valor das mercadorias comercializadas entre os países passou a serdefinido conforme a cotação dessa moeda no mercado mundial.6. Os Estados Unidos interferem no comércio internacional bloqueando a entrada de determinadosprodutos em seu mercado interno, aplicando sanções econômicas, embargos e bloqueios comerciaisaos países que contrariam seus interesses, etc. Um exemplo disso é o bloqueio comercial a Cuba.7. A política econômica protecionista dos Estados Unidos é composta de barreiras impostas aosprodutos importados, com o objetivo de proteger seu mercado interno, impedindo que diferentessetores da economia enfrentem a concorrência de produtos vindos do exterior.8. Os Estados Unidos fazem intervenções militares, promovem guerras, como a do Golfo (199 I), ado Afeganistão (200 I) e a do Iraque (2003), constroem bases de suas forças armadas em diversospaíses, etc.Análise de texto1. Verifique se a tradução dos alunos corresponde às seguintes:brunch - café da manhã reforçadoapproach - experiência, conhecimento, visãolunch - almoçoferryboat - barco para transporte de veículos e pessoaslight - tranquilohi-tech - alta tecnologiaInsight - momento em que se concebe uma ideiaJethro Tull - nome de uma banda de rock inglesaSlash - nome de um guitarrista inglêscool-IegalTrash - ruim2. A invasão cultural dos Estados Unidos tornou-se possível por causa da ascensão do país comopotência hegemônica durante o século XX. Consiste na presença, no modo de vida das pessoas domundo todo, de elementos da cultura norte-americana, como os hábitos alimentares, as roupas e alíngua.
  • 9. 3. Essa invasão é propiciada pelo rádio e pela televisão, entre outros meios de comunicação. Elaestá expressa em letras de músicas, filmes, fachadas de estabelecimentos comerciais, anúnciospublicitários, programas de televisão, entre outros que os alunos possam citar.4. Pessoal. Os alunos podem citar vários exemplos, entre os quais canções norte-americanas degrande sucesso, filmes em cartaz, hábitos como a realização de refeições rápidas em lanchonetes dotipo fast-food e compras por telefone.
  • 10. CAPÍTULO 9 O espaço geográfico norte-americano (Página 88)Questões de compreensão1. O índice relativamente baixo da PEA empregada na indústria norte-americana deve-seprincipalmente ao avançado estágio tecnológico do setor industrial do país, amplamente dominadopela automação e robotização das linhas de produção, o que diminui a necessidade de mão deobra.2. Embora os Estados Unidos sejam um dos maiores produtores de recursos energéticos e mineraisdo mundo, a produção desses recursos não é suficiente para suprir o elevado consumo de seuimenso parque industrial; por isso, esse país recorre às importações.3. Nas últimas décadas, o nordeste dos Estados Unidos tem enfrentado uma forte crise, gerada porfatores como a produção de aço a custos mais baixos em países subdesenvolvidos industrializados ea forte concorrência de produtos japoneses, europeus e asiáticos. O envelhecimento das indústrias eo encarecimento da mão de obra também contribuíram para a diminuição da produção industrialnessa região dos Estados Unidos. Já as regiões sul e oeste do país passaram a atrair muitosinvestimentos, sobretudo aqueles ligados ao desenvolvimento das indústrias de alta tecnologia, comoa de informática, a de telecomunicações, a eletrônica, a aeroespacial e a de química fina. O sultambém se destacou pela expansão da exploração petrolífera, e o oeste, pela implantação deindústrias armamentistas e de aviação militar.4. Os grandes avanços tecnológicos que marcaram o desenvolvimento da atividade industrial norte-americana repercutiram diretamente na organização do espaço agrário do país, pois levaram ocampo a um intenso processo de modernização, mediante o emprego de máquinas e implementosagrícolas, como tratores, arados, colheitadeiras, fertilizantes e vacinas.5. A distribuição agropecuária nos Estados Unidos caracteriza-se pela existência de regiões, ou belts(cinturões), especializadas na produção de certos gêneros. O ranching belt, localizado no centro-oestedos Estados Unidos, destaca-se pelo desenvolvimento da pecuária e pela presença de algumasáreas irrigadas.O wheat belt, que se estende pela porção centro-norte do país, é composto de grandes monoculturasde trigo.No cotton belt, área do sudeste dos Estados Unidos, cultiva-se principalmente o algodão.O dairy belt, situado no extremo nordeste do país, destaca-se pela pecuária leiteira e pela policultura,principalmente de hortaliças, frutas e legumes. O com belt localiza-se na porção centro-leste dosEstados Unidos e destaca-se pela produção de milho associada à criação de suínos.Outras áreas do país não formam propriamente um cinturão, mas apresentam característicasagropecuárias próprias, como a porção que se estende do centro ao leste do país, a qual se destacapela policultura, e também a do extremo sudeste, onde predominam culturas de clima mais quente,como arroz, cana-de-açúcar e frutas cítricas. De acordo com os mapas da indústria e a agropecuárianos Estados Unidos, a área do manufacturing belt (onde se concentram as indústrias e os grandescentros urbanos do país) praticamente coincide com a área do dairy belt (onde a produçãoagropecuária é destinada ao abastecimento das cidades).6. A semelhança entre o processo de modernização do campo norte-americano e o brasileiro resideprincipalmente na dispensa da mão de obra rural, que foi substituída pelas máquinas à medida quehouve a mecanização das propriedades, ocorrendo uma intensa migração de trabalhadores docampo para as cidades. A principal diferença entre esses processos é o fato de que nos EstadosUnidos as cidades absorveram de forma razoável o afluxo de trabalhadores do campo, ao passo queno Brasil o êxodo rural provocou o crescimento desordenado das cidades.7. Mais da metade da população norte-americana (cerca de 54% do total) concentra-se nas áreasmetropolitanas localizadas principalmente no nordeste do país e na costa oeste, regiões que abrigamas maiores aglomerações urbanas dos Estados Unidos. A região menos povoada do país é a centro-oeste, que apresenta algumas áreas de montanhas e outras de clima muito seco.8. As áreas mais deterioradas das cidades norte-americanas, sobretudo dos grandes centros
  • 11. urbanos, têm servido como locais de moradia para a parcela mais pobre da população, que, incapazde pagar aluguéis ou comprar imóveis em áreas mais valorizadas, acaba residindo nos bairrosdeteriorados, onde o preço das moradias é mais baixo.9. Pessoal. Na resposta, os alunos podem abordar a relação entre o desenvolvimento econômicodos Estados Unidos e os graves problemas ambientais decorrentes da expressiva produçãoindustrial e agrícola do país, que é o maior poluidor do planeta.Análise de mapas e pesquisa1. Auxilie os alunos na análise da imagem.2. Mais recentemente, grandes cidades, como Los Angeles, vêm crescendo em um ritmo maisacelerado, especialmente em razão do desenvolvimento econômico do sun belt, que atrai muitostrabalhadores para a região.3. Pessoal. Auxilie os alunos no trabalho de pesquisa.
  • 12. CAPÍTULO 10Canadá: sociedade multicultural e potência econômica (Página 96)Questões de compreensão1. A sociedade canadense apresenta característica multicultural pelo fato de sua população ser formada porpovos de diversas nacionalidades. Britânicos e franceses constituem a maioria, e há também alemães,italianos, chineses, ucranianos e povos indígenas.2. Os indicadores socioeconômicos utilizados para calcular o IDH são renda per capita, taxa de analfabetismo eexpectativa de vida. Pessoal. Entre os aspectos que podem ser citados pelos alunos estão a prioridade dogoverno em investimentos na área social, o crescimento econômico do país e a adoção de rígidas leisambientais.3. O espaço econômico do Canadá está caracterizado pela existência de um diversificado parque industrial ede áreas restritas, porém intensamente exploradas, em que se desenvolvem atividades agropecuárias. Oquadro natural canadense impõe uma série de limitações à expansão das atividades econômicas pelo território.O norte canadense, por exemplo, especificamente nas áreas dominadas pelo clima polar; é coberto por gelo, oque não favorece o desenvolvimento das atividades econômicas. As principais áreas econômicas do paíslocalizam-se ao sul, nas regiões de clima mais ameno, que permite o desenvolvimento da agricultura e dapecuária. Nessas regiões encontram-se os centros industriais do país. Além disso, nas áreas ondepredominam as florestas de coníferas destacam-se a exploração madeireira e a indústria de papel e celulose.4. Embora o espaço agricultável do Canadá seja restrito a uma área de apenas 5% da superfície do país, aprodução agropecuária canadense é expressiva, o que se deve, principalmente, ao alto nível de modernizaçãodas atividades rurais. Isso coloca o país na condição de grande produtor e exportador de alimentos.5. A exploração florestal no Brasil ocorre de maneira bastante distinta da realizada no Canadá. Em nosso país,a exploração de maneira extremamente predatória tem levado à destruição acelerada das florestas. Já noCanadá, apesar de a exploração dos recursos florestais ser feita de maneira intensa, segue um rigorosomanejo, o que assegura a preservação das florestas.6. O Canadá detém o domínio de tecnologias bastante avançadas, condição que o coloca entre os países maisdesenvolvidos do mundo. O país se enquadra nos esquemas de desenvolvimento, investindo em tecnologiaspara obter mais recursos financeiros e reaplicá-Ios na geração de tecnologias.7. A industrialização canadense é beneficiada pela existência de imensas e diversificadas jazidas minerais,como as de ferro, cobre, zinco, níquel e chumbo, além de um grande potencial hidráulico, aproveitado parageração de energia elétrica. A transferência de empresas norte-americanas para o Canadá é outro fator quecontribui para o processo de industrialização canadense.8. A dependência econômica que o Canadá mantém em relação aos Estados Unidos difere muito da que existeentre países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Isso ocorre, por exemplo, porque o Canadá não apresenta asdesigualdades sociais internas que há nos países subdesenvolvidos. Além disso, a economia canadense éaltamente industrializada e apresenta um elevado nível de desenvolvimento científico e tecnológico, e asreservas financeiras do país não são comprometidas pelo endividamento externo.Análise de texto1. A semelhança entre os povos indígenas do Canadá e do Brasil está relacionada basicamente ao passadohistórico da época da colonização, quando esses povos foram perseguidos e dizimados. A diferença entre elesestá ligada ao fato de que os povos indígenas do Canadá vêm recebendo maior atenção do governo por meio,por exemplo, da doação de terras. Já no Brasil, os povos indígenas não recebem a devida atenção do governo,que não consegue nem sequer assegurar a proteção das terras indígenas já demarcadas.2. Em algumas regiões do Canadá, certas comunidades indígenas são discriminadas por empresas,instituições ou, ainda, pela população. Nessas áreas, são grandes os índices de desemprego, evasão escolar;criminalidade e suicídio entre a população indígena.3. Pessoal. Os alunos podem comentar que nem toda a população canadense desfruta de uma elevadaqualidade de vida, pois grande parte das comunidades indígenas ainda enfrenta problemas e encontra-se emdesvantagem social. .4. Pessoal. Verifique a opinião dos alunos sobre a distribuição de terras aos povos indígenas como forma deresolver os problemas dessas populações. Compare as diferentes opiniões expostas.
  • 13. CAPÍTULO 11 O quadro natural da Europa (Página 106)Questões de compreensão1. Atenas: clima mediterrâneo, com maior precipitação nos meses de outubro a abril e menorocorrência de chuvas no período de maio a setembro.As temperaturas são mais baixas nos mesesmais chuvosos (inverno) e mais elevadas nos meses de verão no hemisfério Norte. Varsóvia: climatemperado, com chuvas no ano todo, porém mais concentradas nos meses de verão. Astemperaturas são elevadas no verão e mais baixas nos meses de inverno. Murmansk: clima frio, comchuvas distribuídas no ano todo, mas com temperaturas muito baixas nó inverno e que no verão nãochegam a atingir 15°C.2. O continente Europeu localiza-se quase totalmente na zona temperada Norte do planeta, entre otrópico de Câncer e o círculo polar Ártico. Desse modo, predomina na Europa o tipo de climatemperado. Nas regiões de maiores latitudes, atuam os climas frio e polar.Já nas regiões mais ao sulpredomina o clima mediterrâneo. O predomínio de planícies, na porção centro-norte da Europa,facilita a penetração das frentes frias polares provenientes do Ártico, tornando o clima mais frio,sobretudo no inverno. Já o relevo mais irregular da porção sul do continente, com a presença deelevadas cadeias montanhosas, barra a entrada das massas de ar tropicais provenientes do norte daÁfrica, dando origem ao clima mediterrâneo, mais quente e seco que em outras partes da Europa. Acorrente marítima do Atlântico Norte influencia a porção ocidental da Europa. Essa corrente temorigem na corrente marítima quente do golfo do México; por isso, ela traz calor e umidade para oclima de vários países da região, determinando invernos menos rigorosos. O efeito de maritimidadedeve-se ao fato de o litoral do continente ser bastante recortado. A maior proximidade com a massade água oceânica torna as amplitudes térmicas diárias, mensais e anuais bem menores que asregistradas nas áreas interioranas, tornando o clima do litoral mais ameno, com verões e invernosmenos rigorosos que os registrados nas outras regiões.3. Floresta boreal: ocorre em regiões de atuação de clima frio e predominância de coníferas; florestatemperada e subtropical: ocorre em regiões de clima temperado, onde predominam árvorescaducifólias.4. A vegetação no continente europeu vem sofrendo alterações há mais de dois mil anos, desde asprimeiras intervenções da sociedade nas paisagens naturais da região. Na Antiguidade, gregos eromanos, por exemplo, derrubaram florestas para cultivar essas áreas e utilizar a madeira. Durante aIdade Média, criaram-se novas técnicas de cultivo, como o arado a tração animal, expandindo-se,assim, as extensões de lavouras. No período da Revolução Industrial, as transformações seintensificaram, reduzindo, definitivamente, as extensas florestas temperadas a pequenas áreas debosques.5. a) Planícies: formas de relevo predominantes no continente europeu (cerca de 70% do território).Originam-se da deposição de sedimentos em eras geológicas recentes, trazidos por rios ou lagosnaturais. Planaltos e maciços antigos: compõem-se de regiões intensamente desgastadas peloprocesso erosivo desde eras geológicas remotas, com formas de relevo arredondadas e altitudesmodestas. Cadeias montanhosas: são formadas por grandes dobramentos modernos, ou seja,geologicamente mais recentes que as demais formas de relevo, e decorrem do encontro das placastectônicas localizadas, sobretudo, ao sul do continente.b)Na porção setentrional destacam-se as planícies, como a de Kola e a Barmática, e os planaltos,como o de Vai dai. Na porção meridional, destacam-se as cadeias de montanhas, como os Alpes eos Apeninos6. O rio Reno destaca-se por banhar a região industrial mais importante da Europa, localizada noextremo oeste da Alemanha, onde é intenso o transporte de cargas. Já o rio Danúbio banha porçõesda Alemanha (país onde nasce), Áustria, Eslováquia, Hungria, Croácia, Sérvia, Romênia, Ucrânia eBulgária (onde está sua foz no mar Negro). Por ligar a porção central da Europa à sua porçãooriental, com intenso movimento de cargas e passageiros, o Danúbio é chamado de riotranseuropeu.
  • 14. 7. Os europeus utilizam seus recursos hídricos há milênios. Contudo, nos últimos dois séculos adisponibilidade de água doce tornou-se um grave problema a ser enfrentado por vários países, pois,nesse período, a prospecção da água para o abastecimento da população e para o uso agrícola eindustrial ocorreu de forma abusiva. Além disso, o desperdício e a poluição dos rios e dos solos, econsequentemente dos aquíferos, comprometeram as reservas europeias para as próximasdécadas. Como consequência disso, o valor que se paga pela água em alguns países é muito alto.
  • 15. c)d) CAPÍTULO 12 Questões políticas, ideológicas e populacionais na Europa desenvolvida Página 115Questões de compreensão1. São utilizados especialmente os critérios econômicos, que levam em consideração o nível dedesenvolvimento industrial das nações europeias e o padrão de vida de sua população. Já oscritérios usados até o final da década de 1980 estavam ligados às diferenças geopolíticas da região:de um lado os países capitalistas; de outro, os países socialistas.2. As maiores densidades demográficas na Europa desenvolvida localizam-se, em geral, nasgrandes aglomerações urbano-industriais, isto é, nas áreas economicamente mais desenvolvidas docontinente, como os vales do rio Rena, na Alemanha, e do rio PÓ, na Itália, e as metrópoles deLondres, na Inglaterra, e de Paris, na França. As menores densidades demográficas encontram-senas regiões frias e montanhosas dos Alpes e no norte da península Escandinava, áreas onde aindapredominam as florestas de coníferas e de vegetação de tundra. Essa distribuição irregular deve-sea fatores naturais e econômicos.3. A língua cria uma identidade e fortalece as relações entre os membros de um povo, além de seressencial para que as minorias nacionais não percam suas tradições e sua história.4. Pessoal.5. Pessoal. Os alunos podem destacar os seguintes fatores: maior acesso aos serviços de saúdepública (saneamento básico, atendimento médico, etc.); atuação de sindicatos e organizações civisna conquista de melhores salários e de maior participação nos lucros das empresas para ostrabalhadores; direito a seguro-desemprego e a aposentadoria digna.6. A baixa taxa de natalidade registrada na Europa deve-se à entrada em massa das mulheres nomercado de trabalho, durante o século XX, e aos altos custos com alimentação, vestuário eeducação.7. As principais consequências econômicas estão relacionadas à diminuição da proporção dapopulação economicamente ativa, ou seja, existirão menos pessoas produzindo riquezas para opaís, o que significa uma ameaça ao crescimento econômico.Análise de texto1. No texto é destacado o papel dos imigrantes no trabalho domiciliar: A xenofobia tem como foco apresença dos imigrantes e está relacionada ao aumento da criminal idade .2. Muitos imigrantes ilegais que trabalham em domicílios, cuidando de idosos, podem semdeportados, o que afetará diretamente a vida desses idosos.3. Os principais fatores que explicam a elevada proporção de idosos em países europeus, como aItália, estão relacionados às baixas taxas de natalidade nesses países, assim como ao aumento daexpectativa de vida.4. Os imigrantes buscam melhores oportunidades de trabalho e condições de vida nos países daEuropa desenvolvida. Essas correntes provêm dos países subdesenvolvidos e dos antigos paísessocialistas europeus.5. Na maior parte das vezes, a restrição à entrada de imigrantes se deve às pressões exercidas porsindicatos, partidos políticos e outras entidades civis, que atribuem a onda de desemprego nospaíses desenvolvidos da Europa ao fato de existirem muitos trabalhadores estrangeiros nessespaíses.
  • 16. CAPÍTULO 13 A organização do espaço geográfico europeu (Página 126)Questões de compreensão1. As transformações das paisagens do espaço geográfico da Europa desenvolvida estãorelacionadas ao expressivo desenvolvimento econômico e ao domínio de tecnologias cada vez maisavançadas, condições que foram alcançadas pela maioria dos países europeus.2. Sim. De maneira geral, os países da Europa desenvolvida apresentam um setor secundárioextremamente diversificado e evoluído. Alguns países, contudo, como Portugal, Espanha e Grécia,tiveram industrialização relativamente tardia, o que explica o fato de apresentarem um setorsecundário menos evoluído, se comparado ao das demais nações desenvolvidas do continente.3. O grande aumento da população urbana nos países da Europa desenvolvida está relacionado aointenso processo de industrialização. Com o avanço da industrialização, as fábricas instaladas nascidades passaram a atrair grande número de trabalhadores rurais. Além disso, as máquinas e osinstrumentos agrícolas produzidos pelas indústrias propiciaram a modernização do campo, o quelevou à dispensa e à consequente migração de muitos trabalhadores para os centros urbanos. Namaioria dos países europeus, o processo de urbanização parece ter se estagnado, e a populaçãodas cidades parece ter alcançado o limite máximo.4. Pessoal. Os alunos podem escolher diferentes aspectos para destacar: Um aspecto bastantemarcante da urbanização europeia diz respeito às transformações provocadas nas paisagensdaqueles países. Nas regiões densamente povoadas, as aglomerações encontram-se tão próximasumas das outras que o espaço urbano se confunde com o rural, originando uma ocupação difusa, emque se torna difícil identificar os limites que separam o campo das cidades.5. a) O baixo índice da PEA empregada no setor primário dos países da Europa desenvolvida édevido ao elevado nível de mecanização das propriedades rurais.b)O elevado nível de modernização do campo, associado a uma política agrícola que visa aatenderaos interesses dos produtores rurais, é uma das condições que proporcionam um aumentosignificativo na produtividade das atividades agrárias nos países da Europa desenvolvida.6. As terras dos países europeus são intensamente aproveitadas para o desenvolvimento daagropecuária, exceto as áreas em que as condições naturais inviabilizam a prática dessa atividade.Pessoal.7. De maneira geral, sim. Assim como na Europa desenvolvida, no Brasil há áreas de maiordesenvolvimento econômico, como o Centro-Sul do país, onde se concentram os mais importantescentros industriais, e áreas menos desenvolvidas economicamente, como o Sertão nordestino e asregiões situadas em meio à floresta Amazônica.Análise de texto1. Os aterros na região de Roterdã são construídos para a ampliação do porto e suas atividades.2. As redes de transporte integradas e organizadas interligam muitas cidades e permitem odeslocamento de pessoas com mais facilidade.3. Porque há grande quantidade de cidades integradas por uma densa rede de transportes. Alémdisso, existe um crescente intercâmbio comercial e político entre os centros urbanos.4. A circulação entre os portos permite que muitos produtos oriundos de diferentes lugares do mundocheguem mais rápido ao destino, que, muitas vezes, encontra-se muito distante do local de origem.
  • 17. CAPÍTULO 14 A União Europeia (Página 133)Questões de compreensão1. O objetivo dos Estados Unidos era consolidar sua influência sobre os países arruinados com aguerra e, desse modo, impedir o avanço do socialismo, que já se expandia pelo Leste Europeu.2. O interesse de franceses e alemães era impedir que a rivalidade entre alguns países seintensificasse e prejudicasse o crescimento econômico da Europa.3. A União Europeia serve de modelo a outros blocos porque se encontra em um estágio deintegração bem mais avançado que os demais. Outro fator é a existência de um conjunto deinstituições às quais governos, empresas e cidadãos estão subordinados.4. A União Europeia pode ser considerada uma das maiores potências econômicas do globo, pois ovalor do seu PIBultrapassou o dos Estados Unidos e o seu comércio representa cerca de 39% do total realizadomundialmente.5. Os problemas políticos enfrentados pelos países europeus desenvolvidos estão relacionados àatuação de grupos terroristas separatistas e à ascensão de partidos xenófobos ao poder, o que podecolocar em risco a democracia alcançada. Os principais problemas econômicos enfrentados pelobloco estão ligados à desigualdade entre os países-membros. Enquanto alguns países sãoaltamente industrializados e servidos por uma moderna rede de transportes, como Alemanha eFrança, outros são pouco articulados à rede viária e têm nas atividades primárias e terciárias suasmaiores fontes de divisas.6. As metas que causaram reações negativas ao Tratado de Maastricht foram: o fim doprotecionismo para as atividades agropecuárias e a liberação da entrada de produtos agrícolas maisbaratos no mercado europeu; a obrigatoriedade de os governos dos países-membros adotaremmedidas econômicas que objetivassem a diminuição do déficit público.7. Pessoale)Na descrição comparativa entre os gráficos, os alunos devem abordar, entre outros aspectos, ogrande destaque da União Europeia em exportações e importações. Outras informações que podemser observadas são os dados referentes à balança comercial, que se mostra negativa nos EstadosUnidos e na União Europeia.1. A economia da União Europeia.2. a) Porque a economia da União Europeia apresenta-se cada vez mais sólida e vem sesobrepondo à norte-americana, principalmente com relação ao comércio mundial.b)O interesse dos Estados Unidos é fortalecer sua economia, integrando-se a outros países ecriando um bloco econômico com o intuito de impedir o avanço da União Europeia.
  • 18. f) CAPÍTULO 15 O fim da União Soviética e a nova geopolítica da região (Página 141)Questões de compreensão1. Eurásia é o nome dado às terras contínuas da Europa e da Ásia, que formam um único continente.A divisão dessas terras em dois continentes é baseada em critérios histórico-culturais, de acordocom os quais se considera a grande diferença existente entre os povos europeus e os povosasiáticos.2. Em um primeiro momento, a Revolução sinalizava possível melhora nas condições de vida dapopulação russa e, também, maior participação dos cidadãos nas decisões políticas do país. Issoporque, com o modelo de sociedade implantado, objetivava-se acabar com as diferençassociais.Todavia, durante o processo revolucionário, o governo restringiu as liberdades políticas,reprimindo de maneira violenta qualquer manifestação de oposição. Desde então, o PCUS passou agovernar o país sob regime socialista, porém de forma extremamente autoritária, desconsiderandoaté as reivindicações que outrora levaram a população a apoiar a formação desse governo.3. A economia soviética cresceu após a implantação do socialismo. Na prática, a produção agrícolaficou a cargo de cooperativas de pequenos agricultores e fazendas coletivas que empregavam ostrabalhadores rurais. Houve desenvolvimento no campo e grande aumento na produção dealimentos. As empresas e os bancos foram estatizados, e os investimentos no setor secundárioforam priorizados, sobretudo aqueles destinados à indústria bélica. Tudo isso deu à URSS, naépoca, a posição de grande potência industrial, inferior apenas aos Estados Unidos e à Alemanha.4. A fim de consolidar a influência sobre os países ocupados por suas tropas, os soviéticosrealizaram uma forte pressão política para implantar o socialismo no Leste Europeu, muitas vezesrecorrendo ao uso da força para assegurar a conquista de seus objetivos.5. A disputa pela expansão de suas áreas de influência levou a União Soviética (socialista) e osEstados Unidos (capitalista) a se oporem ideologicamente, dando origem à chamada Guerra Fria.Nesse período, que durou mais de quatro décadas (da década de 1950 à de 1980), as duassuperpotências estiveram, várias vezes, muito próximas de um confronto direto. O acirramento dasrivalidades entre soviéticos e norte-americanos, durante a Guerra Fria, levou esses países a investirprioritariamente nos setores militar e aeroespacial, ou seja, em aviões supersônicos, submarinos,peças de artilharia, bombas nucleares e mísseis de longo alcance, dando origem a uma verdadeiracorrida armamentista, na qual cada superpotência tentava superar o arsenal bélico da outra.6. a) A economia da URSS entrou em queda a partir da década de 1970 em razão dos grandesinvestimentos destinados à fabricação de armamentos e às pesquisas aeroespaciais, em detrimentodo setor de bens e consumo.O descontentamento popular com essa situação e a abertura do regimesocialista à participação do povo, por meio das reformas (Perestroika e glasnost), geraram movimentosque culminaram no fim da URSS.b)Os alunos podem explicar de diferentes maneiras as frases.Verifique se no texto dos alunos hácomentários sobre o desmembramento da URSS em 15 novos países, passando a formar a chamadaCEI.7. O conjunto de países da CEI está dividido entre as regiões leste da Europa e centro-oeste da Ásia.A Rússia, em razão de sua dimensão, ocupa o leste da Europa e o norte da Ásia. As RepúblicasBálticas situam-se no noroeste da Europa e são banhadas pelo mar Báltico.Análise de gráfico e imagem1.Durante a década de 1960, a União Soviética apresentou grande produção industrial e houveelevação na renda nacional.2. Com a canalização de grandes investimentos para fabricação de armamentos durante a GuerraFria e a produção de bens de consumo colocada em segundo plano, houve desaceleração nocrescimento da economia soviética.
  • 19. 3. As filas para aquisição de um par de sapatos mostram como os produtos e bens disponíveis àpopulação eram escassos. A partir do final da década de 1980, em razão de muito descontentamento,houve numerosas manifestações populares que culminaram com a queda de vários governossocialistas em países do Leste Europeu. Além disso, em 1989, a queda do muro de Berlim e areunificação da Alemanha, dividida desde o final da Segunda Guerra Mundial, indicavam que osocialismo soviético estava chegando ao fim.
  • 20. CAPÍTULO 16A organização do espaço geográfico na Rússia (Página 148)Questões de compreensão1. No território russo, a população está mais concentrada na porção ocidental e na região doCáucaso. Isso se deve ao clima mais ameno dessas regiões, se comparado ao do restante doterritório russo, e também a fatores econômicos: a região ocidental é a mais desenvolvida do país e,com a região do Cáucaso, concentra grande parte da produção agropecuária russa. Na região daSibéria, a população está quase toda fixada ao sul, em razão, principalmente, do clima polarbastante rigoroso que atua em boa parte da região norte.2. A produção agropecuária da Rússia é influenciada pelo clima e pelo tipo de solo predominante nopaís. Nas áreas de clima temperado e nas extensas manchas de solos férteis da Rússia ocidental,são realizadas duas colheitas anuais, principalmente de trigo, aveia, cevada e girassol, além debatata e beterraba. Nas áreas de clima mais quente, no Cáucaso, são cultivados produtossubtropicais, como algodão, chá, uva, oliveira e frutas cítricas. Já no clima frio e polar da Sibéria,predominam o pastoreio nômade e a atividade extrativa madeireira.3. a) Os principais centros industriais da Rússia são: São Petersburgo, Moscou, Ninji Novgorod,Kazan, Perm, Volgogrado, Sâmara, Chelyabinsk e Novosibirsk.b)Esses centros industriais estão localizados nas porções oeste e sudoeste do território russo.4. O governo russo incentiva a entrada de capital estrangeiro no país, por meio da implantação demultinacionais ligadas, principalmente, ao setor de bens de consumo, e busca melhorar a qualidadedos produtos industrializados russos.5. O transporte ferroviário foi priorizado na Rússia em razão do baixo custo e da facilidade depromover grande circulação de pessoas e mercadorias entre as regiões desse imenso país. NaRússia, o transporte ferroviário teve, e ainda tem, grande importância na ocupação do território. Jáno Brasil, a ocupação foi feita por meio das rodovias, de modo que não houve investimentos no setorde transporte ferroviário, que hoje é bem pouco utilizado no país.6. a) Na região da Sibéria, há predomínio da taiga e da tundra, paisagens que passam a maior partedo ano cobertas pela neve. Durante o inverno, as médias térmicas nunca são superiores a -15 De.b)Porque ainda são pouco exploradas suas riquezas naturais, como as jazidas minerais de ferro,ouro, diamante, cobre e estanho, além dos recursos energéticos fósseis, como petróleo, gás naturale carvão. Além disso, o solo da região é muito fértil, embora permaneça congelado durante grandeparte do ano. Há algumas décadas, o então governo socialista iniciou a implantação de cidades e odesenvolvimento de atividades agropecuárias, extrativas e minerais nas regiões isoladas da Sibériacom o objetivo de povoaIas e integráIas ao espaço econômico russo.7. Por causa do modelo de desenvolvimento adotado na região a partir da década de 1940 (deacordo com o qual se buscava rápido aumento da produção), utilizaram-se tecnologias altamenteagressivas ao meio ambiente, sem controle de poluentes, e houve a utilização de máquinas eequipamentos obsoletos nas linhas de produção (o que gerava grande quantidade de resíduossólidos). Além disso,os efluentes eram despejados diretamente em rios e lagos, sem recebernenhum tipo de tratamento. No campo, as agressões ambientais ocorreram por meio dedesmatamento, uso de técnicas agrícolas inadequadas, exploração indiscriminada das reservashídricas para irrigação e intensa utilização de agrotóxicos. Os programas para geração de. energiatambém acarretaram graves problemas ecológicos, como vazamentos radioativos em usinasnucleares, lançamento de imensas quantidades de carbono na atmosfera, ocasionado pela queimade carvão nas usinas termelétricas, e inundação de vastas áreas de florestas, visando à formação delagos para o funcionamento de usinas hidrelétricas.8. Poluição dos rios, poluição marinha, poluição do ar; desmatamento, chuva ácida e contaminaçãoradioativa.Análise de texto e debate1. Porque se acredita que sob o território esteja a maior reserva de petróleo e gás natural do mundo,com cerca de I O bilhões de toneladas.2. A região mais disputada é a cordilheira de Lomonossov, área submersa que vai da Groenlândia àSibéria Oriental.
  • 21. 3. Argumenta-se que essa porção é ligada ao território russo por uma placa continental submersa e,por isso, o país tem direitos sobre ela. Para comprovar essa argumentação, o governo russo enviou,em agosto de 2007, dois minissubmarinos nucleares a 4,3 quilômetros de profundidade parareconhecer o solo.4. Pessoal. .
  • 22. CAPÍTULO 17 Rússia: conflitos e desigualdades (Página 153)Questões de compreensão1. A Rússia pode ser considerada um dos países cujo território abriga a maior diversidade de etnias,pois nela habitam, além do grupo étnico russo, cerca de cem grupos étnicos diferentes, queconfiguram verdadeiras minorias nacionais. Entre os grupos mais representativos estão osucranianos e os bielo-russos (eslavos), além de uralianos e moldávios.2. A unidade territorial da Rússia vem sendo ameaçada pela insatisfação das minorias nacionais emrelação à maneira como Moscou tem conduzido a política econômica do país, em razão do descasodo poder central com a piora na condição socioeconômica da população. Esse fato tem geradorevolta e propiciado o surgimento de grupos nacionalistas que reivindicam a independência dasrepúblicas autônomas.3. O domínio de um poderoso arsenal bélico e o controle de tecnologia aeroespacial.4. Os principais problemas são o sucateamento do aparato tecnológico, a atual escassez de recursosfinanceiros para desenvolver novos projetos e o grande número de cientistas que migram para outrospaíses. Além disso, vem ocorrendo o desmantelamento do arsenal bélico do país. De acordo commuitas denúncias, nos últimos anos, parte desse arsenal, incluindo componentes nucleares, foiroubada e vendida por autoridades militares a mafiosos e terroristas, tal é a falta de rigor no controlede armamentos pelo Estado, situação que preocupa autoridades civis e militares de todo o mundo.5. São os problemas relacionados à transição para a economia capitalista (que causou aumento dodesemprego, queda da renda per capita e retração das atividades produtivas) e o perigo iminente dafragmentação do território em razão dos conflitos separatistas que eclodem nas repúblicasautônomas.Análise de texto e imagens1. Moscou é um dos principais centros de consumo de luxo do mundo porque é a cidade que abrigaa maior concentração de bilionários, cuja fortuna é avaliada em 670 bilhões de dólares.2. Entre as respostas podem estar: durante o regime socialista as disparidades sociais erammenores, pois havia certa isonomia de ganhos entre os trabalhadores, com exceção da classe deburocratas, que usufruía de alguns privilégios. Com a abertura do país para a economia de mercado,acentuaram-se as desigualdades socioeconômicas, surgindo uma classe social que obtém altosrendimentos, em detrimento da maioria dos trabalhadores que vive com salários relativamentebaixos. Além disso, aumentou o número de pessoas vivendo na pobreza.3. Muitos bilionários começaram a fazer fortuna na transição para o capitalismo, na década de 1990,quando o então presidente Boris leltsin privatizou as estatais do país. Essas empresas foramvendidas a preços irrisórios, em negociações entre camaradas.4. Pessoal. Auxilie os alunos a explorar o tema e a analisar as imagens.
  • 23. g) CAPÍTULO 18 A Bacia do Pacífico: aspectos econômicos e naturais (Página 160)Questões de compreensão1. A Bacia do Pacífico é uma região que abrange extensa área e é formada pelos países banhadospelas águas do oceano Pacífico.2. No plano econômico, as diferenças são marcadas pela existência de grandes potências, comoJapão e Canadá, e de países com economia menos desenvolvida, como Papua - Nova Guiné eFilipinas. No âmbito político, as desigualdades também são acentuadas, havendo desde naçõesdemocráticas, como Austrália e Nova Zelândia, até países que adotam regimes fechados eautoritários, como a China.3. O Círculo de Fogo é uma denominação dada à região do planeta que abriga grande concentraçãode vulcões em atividade, formando uma espécie de arco, que começa no sul do Chile, passa portoda a porção ocidental da América, pela Rússia, pelo Japão e por Papua - Nova Guiné, e termina naNova Zelândia. As atividades tectônicas podem interferir tanto na paisagem natural, criando novasformas de relevo (o grande número de vulcões que há na região), quanto nas paisagens culturais,que são configuradas, muitas vezes, de acordo com a presença dos vulcões.4. Os atóis são ilhas de recifes de coral que surgem em torno de cones de vulcões inativos e que,por isso, têm o formato circular ou elíptico. São necessárias águas rasas, com temperatura média emtorno de 24°C para a formação dos atóis.Análise de textos, imagem e pesquisa1. Os recifes de corais desenvolvem-se especialmente na zona intertropical da Terra.2. Envenenamento, explosões, superaquecimento das águas oceânicas, superexploração de seusrecursos, mudanças nas características das águas costeiras, erosão e poluição dos mares.3. Pessoal.
  • 24. CAPÍTULO 19 Japão: gigante do Oriente (Página 170) Questões de compreensão1. O Japão é considerado uma potência mundial em razão da diversidade de seu parque industrial,do fato de abrigar universidades e centros de pesquisas, nos quais se desenvolvem as maisavançadas tecnologias, e de a população japonesa usufruir de excelente qualidade de vida.2 A contribuição do governo na reconstrução econômica do Japão foi o investimento na criação deinfraestrutura, na implantação de novas indústrias, em educação e em tecnologia. As empresasabsorveram a mão de obra camponesa que migrou para as cidades e também investiram emtecnologia de ponta. Os trabalhadores, desde o período de recuperação econômica, realizam umajornada de trabalho média de 43 horas semanais e são extremamente fiéis e subordinados àhierarquia, às regras e à rotina de trabalho das empresas.3. O Brasil fornece ao Japão matérias-primas minerais e vegetais. Por ser um país subdesenvolvido,com um nível tecnológico reduzido, o Brasil exporta produtos menos valorizados (matérias-primas) apaíses desenvolvidos, como o Japão, e importa deles produtos altamente valorizados(industrializados).4. 82% do território japonês é formado por montanhas e 18% por planícies. As indústrias japonesasencontram-se, de maneira geral, confinadas às estreitas faixas de planícies litorâneas. Essalocalização é estratégica em razão da proximidade dos portos, onde é feito o desembarque dematérias-primas e o embarque de produtos industrializados para exportação.5. O Japão investiu maciçamente em pesquisas voltadas para o desenvolvimento de produtos eimplantou multinacionais em vários países, a fim de conquistar novos mercados e de utilizar mão deobra barata. Além disso, graças à robotização e à informatização, a produtividade das indústriasaumentou e os custos da produção diminuíram, o que tornou as mercadorias japonesas bastantecompetitivas no mercado internacional, levando o país à categoria de grande exportador de bensindustrializados.6. A população do Japão encontra-se concentrada nas áreas de planície. Os japonesesdesenvolveram um sistema de transporte eficiente para superar as barreiras físicas de seu território,como o relevo montanhoso e o litoral recortado.7. O território montanhoso impõe restrições à expansão da atividade agrícola no Japão. Embora ogoverno incentive a modernização da agricultura para aumentar a produtividade, a produção dealimentos no Japão é insuficiente para atender ao mercado interno. Dessa forma, o país necessitarecorrer à importação.8. Pessoal. Os alunos devem incluir em seu texto os desafios enfrentados atualmente pelo Japão,como a carência de mão de obra, a estagnação no ritmo de crescimento econômico e a grandecanalização de recursos para o setor social, por causa do envelhecimento da população.Análise de texto1. A palavra dekassegui, no texto, quer dizer "trabalhador temporário". Informe aos alunos que essapalavra também é utilizada para designar pessoas que migram em busca de trabalho, tantobrasileiras que vão para o Japão quanto japonesas que saem do interior do país para trabalhar nosgrandes centros.2. Os ancestrais que migraram do Japão para o Brasil, décadas depois da chegada ao país, estavamdefinitivamente estabelecidos. Já os brasileiros que foram para o Japão continuavam seconsiderando - e sendo considerados - residentes temporários em terra estrangeira.3. Os imigrantes brasileiros estão cada vez mais se fixando no Japão. Esse fato é identificado pelaparidade entre o número de homens e mulheres e pelo aumento do número de crianças e idosos dacomunidade brasileira no Japão.4. Porque é possível que uma parte dos brasileiros que hoje vive no Japão lá se estabeleça e crieraízes, como ocorreu com seus ascendentes que um dia vieram para o Brasil.
  • 25. CAPÍTULO 20 Austrália e Nova Zelândia (Página 177)Questões de compreensão1 A Austrália e a Nova Zelândia apresentam expressivo desenvolvimento econômico. A Austráliaapresenta um elevado PIB, não tem dívida externa e se destaca na atividade da mineração. O PIB daNova Zelândia é bem menor que o da Austrália, mas o país também não tem dívida externa, e suaprincipal atividade econômica é a pecuária.2 A mineração se desenvolveu expressivamente na Austrália em razão, principalmente, daabundância de matéria-prima. A expansão dessa atividade impulsionou o processo deindustrialização no país, dando origem a um parque industrial bastante diversificado.3 A pecuária neozelandesa está baseada na criação de ovinos, cujo rebanho é o sexto maior domundo. Essa atividade apresenta ligação com a indústria, pois alavancou o crescimento de indústriasde laticínios e de frigoríficos. Também há ligação entre essa atividade e o meio natural na NovaZelândia, que favorece o desenvolvimento de excelentes pastagens por causa da ocorrênciaconstante de chuvas.4 A Austrália apresenta grandes extensões de áreas desérticas e semi-áridas. Nas áreas de climasemiárido é desenvolvida, predominantemente, a pecuária, destacando-se a produção de ovinos.5 O turismo gera boa patê da riqueza da Austrália e da Nova Zelândia. Esses países se destacam nosetor de turismo em razão da variedade natural que apresentam, além da completa infraestrutura desuas cidades.6 As populações australiana e neozelandesa estão concentradas nas cidades.Tanto na NovaZelândia como na Austrália, a concentração populacional é maior nas áreas litorâneas (comdestaque para a região sudeste da Austrália). Nesses dois países, a população está irregularmentedistribuída.Análise de texto1. Especialmente por causa de suas características naturais.2. O fato de no país serem praticados diferentes esportes considerados radicais, como rafting,escalada e bungee jump.3. Os maoris são habitantes nativos da região onde hoje é a Nova Zelândia.4. De acordo com o texto, são pessoas extremamente simpáticas e cordiais.
  • 26. CAPÍTULO 21 As regiões polares (Página 183)Questões de compreensão1. As principais semelhanças entre as regiões polares norte e sul são as baixas temperaturas queapresentam por causa da pouca intensidade com que os raios solares incidem nesses locais. Outrasemelhança é a falta de umidade atmosférica.2. A presença desse meio de transporte revela a prática da extração de recursos minerais eenergéticos fósseis, que, além de resultar na implantação dos oleodutos, também transformou apaisagem do Ártico com a criação de povoados, cidades e indústrias, rompendo o isolamentodaquela região.3. Pessoal..4. Pessoal.5. As pesquisas científicas são importantes porque visam a proteger os meios polares, as espéciesde aves e outros animais que vivem nessas regiões. Essas áreas estão entre as menostransforrnad= pela ação do ser humano.6.A atuação em pesquisas na Antártica garante ao Brasil a participação na tomada de decisõessobre o continente.Além disso, as pesquisas ligadas à área da climatologia têm auxiliado noconhecimento de fenômenos que se originam na região polar sul e que afetam nosso país.Análise de texto1. Os povos do Ártico aproveitam a carne dos animais, que serve de alimento, e o couro, que éutilizado para fazer casacos e barracas.2. Os caribus são cervos, mamíferos ruminantes.3. Os caribus migram de seu habitat nas florestas frias para as regiões de tundra no verão, em busca dealimento.4. Com o aquecimento das temperaturas do planeta, a tundra, vegetação que é a base daalimentação dos caribus, torna-se escassa e, como consequência, os animais perdem sua fontealimentar. Desse modo, sua alimentação e sua reprodução são prejudicadas, causando a diminuiçãoda população desses animais.5. A caça e a pesca predatórias, o efeito estufa e o buraco na camada de ozônio.