A projeção cilíndrica resulta da projeção dos
cilindros envolventes, que posteriormente mostra
paralelos e meridianos sobr...
PROJEÇÃO DE MERCATOR
• Idealizada no século XVI, a projeção cilíndrica de
Mercator tornou-se a preferida dos navegantes po...
PROJEÇÃO DE PETERS
• O professor alemão Arno Peters elaborou uma das
mais recentes e inovadoras projeções cartográficas.
T...
A projeção cônica resulta da projeção do globo
terrestre sobre um cone, que posteriormente é
planificado. Esse tipo de pro...
A projeção azimutal resulta da projeção da superfície
terrestre sobre um plano a partir de um determinado
ponto (ponto de ...
ANAMORFOSE:
LEGENDAS
POR CORES:
HIPSOMETRIA
POR LINHAS:
Isolinha
1 - Linhas ao longo das quais os valores são mantidos
constantes. Ex.:
Isóbatas - curvas de mesma pro...
ESCALAS:
Existem os seguintes tipos de escalas:
•Numérica. Trata-se de uma fração ou proporção que estabelece a relação
en...
ESCALAS:
Existem os seguintes tipos de escalas:
•Numérica. Trata-se de uma fração ou proporção que estabelece a relação
en...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cartografia

3,075 views

Published on

Aula básica de cartografia para 2ºgrau

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,075
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
146
Actions
Shares
0
Downloads
139
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cartografia

  1. 1. A projeção cilíndrica resulta da projeção dos cilindros envolventes, que posteriormente mostra paralelos e meridianos sobre um desenvolvido (planificado). Esse tipo de projeção: PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS •apresenta os paralelos retos e horizontais e os meridianos retos e verticais; –acarreta um crescimento (deformação) exagerado das regiões de elevadas latitudes; –é o mais utilizado para a representação total da Terra (mapas-múndi).
  2. 2. PROJEÇÃO DE MERCATOR • Idealizada no século XVI, a projeção cilíndrica de Mercator tornou-se a preferida dos navegantes por ser a única em que as direções podiam ser traçadas em linha reta sobre o mapa. Nessa projeção, os paralelos e os meridianos são linhas retas que se cruzam formando ângulos retos. Pertence ao tipo chamado conforme, porque não deforma os ângulos. Em compensação, as áreas extensas ou situadas em latitudes elevadas aparecem nos mapas com dimensões exageradamente ampliadas
  3. 3. PROJEÇÃO DE PETERS • O professor alemão Arno Peters elaborou uma das mais recentes e inovadoras projeções cartográficas. Trata-se de uma projeção cilíndrica equivalente, ou seja, preserva as dimensões relativas dos países e continentes. • distorce as formas, principalmente nas pequenas latitudes, alongando os países e continentes no sentido norte-sul.
  4. 4. A projeção cônica resulta da projeção do globo terrestre sobre um cone, que posteriormente é planificado. Esse tipo de projeção: -apresenta paralelos circulares e meridianos radiais, isto é, retas que se originam de um único ponto; -é usado principalmente para a representação de países ou regiões de latitudes intermediárias, embora possa ser utilizado para outras latitudes.
  5. 5. A projeção azimutal resulta da projeção da superfície terrestre sobre um plano a partir de um determinado ponto (ponto de vista). De acordo com Erwin Raisz (famoso cartógrafo americano), as projeções azimutais são de três tipos: polar, equatorial e oblíqua. Elas são utilizadas para confeccionar mapas especiais, principalmente os náuticos e aeronáuticos.
  6. 6. ANAMORFOSE:
  7. 7. LEGENDAS POR CORES: HIPSOMETRIA
  8. 8. POR LINHAS: Isolinha 1 - Linhas ao longo das quais os valores são mantidos constantes. Ex.: Isóbatas - curvas de mesma profundidade; Isoipsas - curvas de mesma altitude; Isotérma - curvas de mesma temperatura; Isoieta - curvas de mesma precipitação pluvial.
  9. 9. ESCALAS: Existem os seguintes tipos de escalas: •Numérica. Trata-se de uma fração ou proporção que estabelece a relação entre a distância ou comprimento no mapa e a distância correspondente no terreno. Por exemplo: se um determinado mapa estiver na escala 1:200.000 (um por duzentos mil), isso significa que cada unidade de distância no mapa (1 cm, por exemplo) corresponde a 200 mil unidades (200 mil cm, no caso) no terreno, ou seja, 1 cm no mapa é igual a 200 mil cm no terreno. A escala numérica pode ser apresentada de três formas diferentes: 1 ou 1:200.000 ou 1/200.000 •Gráfica. Apresenta-se sob a forma de segmento de reta graduado. Por exemplo: 0 km 200km 400km 600km 800km 1.000km             Nesse caso a reta foi seccionada em cinco partes iguais, cada uma medindo 1 cm. Significa que cada uma das partes no mapa (1 cm) corresponde 20.000.000 cm ou 200 km no terreno.
  10. 10. ESCALAS: Existem os seguintes tipos de escalas: •Numérica. Trata-se de uma fração ou proporção que estabelece a relação entre a distância ou comprimento no mapa e a distância correspondente no terreno. Por exemplo: se um determinado mapa estiver na escala 1:200.000 (um por duzentos mil), isso significa que cada unidade de distância no mapa (1 cm, por exemplo) corresponde a 200 mil unidades (200 mil cm, no caso) no terreno, ou seja, 1 cm no mapa é igual a 200 mil cm no terreno. A escala numérica pode ser apresentada de três formas diferentes: 1 ou 1:200.000 ou 1/200.000 •Gráfica. Apresenta-se sob a forma de segmento de reta graduado. Por exemplo: 0 km 200km 400km 600km 800km 1.000km             Nesse caso a reta foi seccionada em cinco partes iguais, cada uma medindo 1 cm. Significa que cada uma das partes no mapa (1 cm) corresponde 20.000.000 cm ou 200 km no terreno.

×