2º estudo de gramática - 7º ano - março e abril
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

2º estudo de gramática - 7º ano - março e abril

on

  • 690 views

 

Statistics

Views

Total Views
690
Views on SlideShare
690
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
16
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

2º estudo de gramática - 7º ano - março e abril 2º estudo de gramática - 7º ano - março e abril Document Transcript

  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa 1 Conteúdo: Pronomes demonstrativos, interrogativos e indefinidos, verbo (modo indicativo). PRONOMES Pronomes Demonstrativos Pronome Indicativo Este/esta (e flexões) Isto Posição no espaço Posição no tempo Perto do locutor Agora, presente Esse/ essa (e flexões) Isso Perto do locutário Recente, passado Aquele/Aquelas (e flexões) Aquilo Longe dos Interlocutores Distante, Passado Emprego dos pronomes demonstrativos - São empregados para indicar o que ainda será dito e aquilo que já foi dito. -Deve-se empregar este (flexões) e isto quando queremos fazer referência que ainda vai ser dita. Ex.: Espero isto: que seja feliz! -Devemos empregar esse (e flexões) e isso quando queremos fazer referência a alguma coisa que já foi dita. Assim como os artigos, os pronomes demonstrativos podem aparecer unidos a preposições: em+este=neste em+isto=nisto de+esta=desta de+aquilo=daquilo  dele ----------------- possessivo, evitar ambiguidade deste --------------- demonstrativo
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa Pronomes Indefinidos São as palavras que indicam 3ª pessoa do discurso de modo indeterminado. -Alguns pronomes indefinidos são invariáveis (gênero e número). Ex.: Juliana não viu ninguém (invariável). Você tem alguma (variável) coisa? 2 VARIÁVEIS algum, alguma, alguns, algumas INVARIÁVEIS algo nenhum, nenhuma, nenhuns, nenhumas alguém todo, toda, todos, todas ninguém certo, certa, certos, certas nada outro, outra, outros, outras tudo vário, vária, vários, várias cada qualquer, quaisquer outrem muito, muita, muitos, muitas quem pouco, pouca, poucos, poucas tanto, tanta, tantos, tantas quanto, quanta, quantos, quantas Os pronomes indefinidos podem ser: Adjetivos - acompanham o substantivo Substantivos - substituem o substantivo Ex.: Há tantos (pronome indefinido adjetivos) quadrados na parede   Ninguém = ninguém (pronome indefinido substantivo)
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa Pronomes interrogativos São as palavras que fazem uma frase interrogativa. Ela pode ser feita diretamente ou indiretamente. Ex.: Quem é você? Variáveis 3 Invariáveis quanto(a) quantos(as) que quem  O único pronome interrogativo que normalmente substitui o substantivo é quem, que é, então, um pronome interrogativo. Os outros, em geral acompanham o substantivo e são, quase sempre, pronomes adjetivos.
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa Classifique e indique o pronome usado nas tirinhas. a) 4 b) Existe um erro na tira abaixo. Corrija-o e explique como deveria ter sido usado o pronome. A importância do contexto O, A, OS, AS Artigo – “A caneta” (acompanha o substantivo) Pronome oblíquo – “Ela o jogou” (sentido do verbo) Pronome demonstrativo – “Eu não concordei com o que ele disse”. Dica: troque, se for um demonstrativo o “o” por aquilo. “Eu não concordei com aquilo que ele disse”.
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa VERBOS O verbo indica o que o sujeito faz. Pode ser:    ação estado (pode mudar) fenômeno da natureza (quase sempre não é o sujeito) 5 Ação, estado e fenômeno da natureza são classificações.  O verbo varia em número, pessoa, tempo, modo e voz. Ex.: ACABEI Número: singular Pessoa: 1ª pessoa Tempo: pretérito perfeito (passado) Modo: indicativo Voz: ativa  Modo  Indicativo – fato certo. Ex.: Eu comprei frutas.  Subjuntivo – fato duvidoso ou incerto (desejo). Ex.: Se eu tivesse comprado frutas.  Imperativo – expressa pedido, ordem, desejo. Ex.: Vá comprar frutas.
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa  Locução verbal – dois ou mais verbos com o significado e/ou sentido de um. É diferente de um verbo composto. Ex.: Vou brincar = brincarei. 6  Verbos significativos – verbos que indicam ação e tem significado. Indicam ação ou fenômeno da natureza. Ex.: correr, brincar, colocar, chover, amar, viver, pular. O menino correu.  Verbo de ligação – verbo que indica estado (contrário do significativo). Liga o sujeito com o predicado, adjetivo. Não têm um significado específico, próprio. Ex.: estar, ser, permanecer, ficar, continuar, etc. Eu estou triste. -Dependendo da construção de uma frase, um verbo significativo pode se tornar verbo de ligação. Ex.: Eu ando triste – verbo de ligação. Eu ando pela sala – verbo significativo.
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa  Conjugações (terminações dos verbos) 1ª AR 2ª ER 7 3ª IR Para descobrir a terminação de um verbo, passe-o para o infinitivo. FORMA NOMINAL Amar – infinitivo (substantivo) – 1ª Amando – gerúndio (advérbio) – 1ª Amado – particípio – (adjetivo) – 1 ª Ex.: “Dancei” – dançar – 1ª conjugação. “Dormirei” – dormir – 3ª conjugação. “Bebo” – beber – 2ª conjugação.
  • Luiza Collet e Renata Vidal – 7º ano -2013 – 1º Trimestre – Março/Abril – Prof.ª Vanessa Modo Indicativo Os seis tempos Podem ser simples ou compostos: Presente Presente Pretérito Futuro Perfeito Presente Imperfeito Pretérito 8 Mais-queperfeito Pretérito • Pretérito Perfeito - fato que aconteceu no passado (a ação começou e terminou no passado). • Pretérito Imperfeito - fato que começou no passado e segue até o momento da fala, contribui na descrição de cenas (continuidade no passado de algo). Ex.: Eu amava. • Pretérito Mais-que-perfeito - fato acabado num passado distante. Ex.: Eu amara. Presente • Presente - fato que ocorre no momento da fala. Ex.: Eu amo. Futuro • Futuro do Presente - fato que ocorrerá (no futuro) com certeza. Ex.: Você fará a lição. • Futuro do Pretérito - fato relacionado a outro fato que pode ou não acontecer. Está relacionado a uma condição. Ex.: Eu amaria se você não fizesse isso. BOM ESTUDO!