Procedimentos de emertgencia na caldeira

2,449
-1

Published on

Published in: Design
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
2,449
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
139
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Procedimentos de emertgencia na caldeira

  1. 1. Informações | Procedimentos de Emergência em CaldeirasNeste item mencionamos alguns dos procedimentos que o operador de caldeiras deverá executar em situações deemergência. Salienta-se que os mesmos estão baseados em recomendações de vários fabricantes e também emobservações práticas.1 - Vazamento de Água ou VaporCausas: Sede das válvulas danificadas ou emperradas. Junta de tampa ou de flanges mal colocada. Tubo furado ou rachado. Superaquecimento seguido de resfriamento rápido, soltando os tubos dos espelhos.Como evitar: Inspecionar periodicamente as válvulas e fazer manutenção. Jamais deixar faltar água na caldeira. Manter um tratamento de água adequado a caldeira. Medir periodicamente a espessura dos tubos.Como proceder: Se o vazamento for nos tubos ou espelhos, fazer procedimento de parada da caldeira. Se for em válvulas, flange ou tampa, avaliar a intensidade e decidir por uma parada imediata ou paradaprogramada. Este fato ocorre quando a pressão interna na fornalha da caldeira é maior que a pressão ambiente(Casa de Caldeira).2 - RetrocessoCausas: Vazamento do sistema de alimentação de óleo; Entupimento da chaminé; Temperatura inadequada do óleo (com queima parcial do óleo); Falhas de ignição; Falhas ou paradas repentinas dos exaustores; Tentativa de reacender um maçarico usando uma parede incandescente; Formação de coque incandescente dentro da fornalha; Falha do operador de caldeiras quanto à operação de início de acendimento da caldeira; Abertura da boca da fornalha de forma indevida; Alimentação de combustível em forma de pó ou serragem.Como Evitar:
  2. 2.  Não se deve permitir o acúmulo de óleo na fornalha (as válvulas devem estar vedando bem); Nunca tente reacender um maçarico através de paredes ou formações de coques incandescentes; Seguir corretamente as indicações contidas no Manual da Caldeira; Nunca abrir a boca da fornalha de forma brusca.Como proceder: Desligue imediatamente o queimador ou pare de alimentar a caldeira; Interrompa o suprimento de combustível;. Verifique se há acúmulo de óleo no interior da fornalha; em caso afirmativo, limpe-a completamente; Verifique se a caldeira sofreu algum dano, em caso afirmativo chame o departamento de manutenção; Procure determinar a causa da explosão; Se você tiver certeza de que a caldeira não foi danificada, promova então a ventilação da fornalha (aprox.10 minutos), a fim de que os gases sejam expelidos para fora; Tente reacender a caldeira; Se o queimador desligar em segurança e você não conseguir acendê-lo após a terceira tentativa,interrompa esta operação, procure determinar o defeito; caso não encontre chame um mecânico.3 - Nível de água abaixo do limite mínimoCausas: Defeito(s) no sistema de controle automático de nível; Válvula de retenção do sistema de alimentação de água está com defeito; Falta água no reservatório (caixa de água ou tanque de condensado); Descuido do Operador (Caldeiras manuais); Defeito elétrico e/ou mecânico na bomba de alimentação; Filtro da linha de sucção da bomba entupido; Aquecimento excessivo da água de alimentação, prejudicando o funcionamento da bomba.Como Evitar: Drenar (purgar) o visor de nível e a garrafa que contém os eletrodos (ou bóia) pelo menos uma vez pordia; Verificar constantemente o reservatório de água (caixa d’água e/ou tanque de condensado); Maior atenção do operador (no caso de controle visual em caldeiras manuais); Realização de manutenção preventiva e/ou corretiva do sistema de alimentação de água; Quando você for realizar a descarga de fundo, jamais deixe a água desaparecer do visor de nível; Manutenção preventiva e/ou corretiva dos sistema elétrico.
  3. 3. Caldeira a óleo1- Coloque a chave do queimador na posição desligado;2- Se a água é ainda visível no nível de vidro (visor), acione o controle manual da bomba fazendo com que serestabeleça o nível normal; se a bomba não funcionar utilize a bomba de reserva ou o injetor;3- Se a água não é visível no nível de vidro (visor), não reponha água, alivie a pressão usando a válvula desegurança; deixe a caldeira esfriar, pois do contrário a água pode causar sérios danos à caldeira (choque térmico,explosões);4- No caso anterior e após o resfriamento da caldeira, deve-se realizar uma inspeção minuciosa a fim de que sepossa identificar os danos causados. O motivo que ocasionou a falta de água deverá ser identificado e corrigidoantes de voltar a completar o nível da água;5- Verificar o sistema de instrumentação elétrica.- Caldeira a lenha, carvão1- Interrompa imediatamente a alimentação do combustível;2- Abafe o fogo, impedindo a entrada de ar.3- Não tente apagar o fogo da fornalha com água;4- Se a água é ainda visível no nível de vidro (visor), acione o controle manual da bomba fazendo com que serestabeleça o nível normal: se a bomba não funcionar utilize a bomba reserva ou o injetor;5- Se a água não é visível no nível do vidro (visor), não reponha água, alivie a pressão do vapor usando a válvulade segurança; deixe a caldeira esfriar, pois do contrário a água pode causar sérios danos à caldeira (choquetérmico, explosões);6- No caso anterior e após o resfriamento da caldeira, deve-se realizar uma inspeção minuciosa a fim de que sepossa identificar os danos causados. O motivo que ocasionou a falta d’água deverá ser identificado e corrigidoantes de voltar a completar o nível da água;7- Verificar o sistema de instrumentação elétrica3 - Nível de água acima do limite máximoCausas: Defeito (s) no sistema de controle automático de nível; Descuido do operador (em caldeira manuais); Defeito elétrico na bomba de alimentação.Como evitar: Drenar (purgar) o sistema de controle de nível pelo menos uma vez por dia; Maior atenção do operador (caldeiras manuais); Manutenção preventiva e/ou corretiva freqüente do sistema elétrico da bomba.Como proceder: Desligar (ou interromper) imediatamente a alimentação de água; Certificar-se de que o nível está alto, muitas caldeiras foram perdidas devido a esse engano; Efetuar a descarga de fundo, até que o nível normal seja restabelecido;
  4. 4.  Informar imediatamente ao departamento de manutenção o fato ocorrido.4 - A pressão do vapor sobe mas a válvula de segurança não abre . ( > P.M.T.A.)Causas: Sede da válvula de segurança emperrada; Válvula de segurança incorretamente regulada.Como evitar: Nunca mexa na regulagem da válvula, sem prévia autorização do responsável por está área; Semanalmente testar a válvula, puxando a alavanca ou subindo a pressão de vapor.Como proceder: Apagar completamente o fogo; Em caso de caldeiras a lenha ou carvão, fechar a entrada de ar no cinzeiro e a borboleta da chaminé paraabafar o fogo; Abrir as portas da fornalha para resfriar as tubulações e refratários e em último caso, tirar ocombustível de dentro da fornalha manualmente (através de barras de ferro ou similares); Providenciar a abertura da válvula imediatamente.5 - A válvula de segurança abre mas a pressão do vapor continua a subir.Causas: Sede da válvula de segurança semi-emperrada;. Válvula de segurança é insuficiente. (erro de projeto).Como evitar: Semanalmente testar a válvula, puxando a alavanca ou subindo a pressão de vapor.Como proceder: Idem como proceder item E.6 - Falta de energia elétrica.Causas: Queda (interrupção de fornecimento de energia elétrica).Como proceder: Fechar imediatamente a válvula principal de saída de vapor; Observar a pressão indicada no manômetro dacaldeira, verificando se as válvulas de segurança abrem na pressão máxima de segurança;Nota: Toda caldeira deve ter iluminação de emergência.NR13. Nota: é aconselhável todo operador da caldeirapossuir, na casa de Caldeiras, uma lanterna com as pilhas em bom estado. Enquanto a caldeira estiver parada, não se deve realizar a descarga de fundo; Se a caldeira possuir dispositivos tais como injetor ou bomba alternativa a vapor, a mesma poderá seralimentada manualmente. (não esqueça de observar o nível d’água.)7 - Incêndios de óleo.Causas: Ignição de óleo ou vapor de óleo acumulado na fornalha.; Pulverizadores entupidos; Gotejamento ocasionado pelo maçarico; Deposição excessiva de carvão nas aberturas de fornalhas e registros de ar; Vazamentos na rede de alimentação de óleo;
  5. 5.  Alta temperatura de armazenamento do óleo no tanque de serviço; Saturação do ambiente da Casa de Caldeiras por gases combustíveis; Curto-circuito em geral.Como evitar: Evite acúmulos de óleo, ocasionados por vazamentos, tomando o cuidado de conservar o local de trabalholimpo; Solicite imediatamente os serviços de manutenção quando for verificado qualquer tipo de vazamento; Não use lâmpadas desprotegidas e nem equipamentos que possam centelhar (emitir faíscas) dentro daCasa de Caldeiras; Ter extintores de incêndio na casa da caldeira; Ter treinamento em prevenção e combate a incêndios.Como proceder: Chamar ajuda antes de iniciar o combate ao incêndio; O fogo deverá ser imediatamente abafado, usando-se extintores de CO2 ou espuma química; Resfrie cuidadosamente as partes em contato com o óleo para impedir a reiguinição;I. Inspeções (A ALVIG Faz)Após uma emergência em que a caldeira sofreu danos, deve ser submetida a uma inspeção extraordinária. Sempre que for feita manutenção com soldagem nas partes que sofrem pressão deve ser feito novo testehidrostático. Todas as inspeções devem ser registradas no livro de segurança, assinadas pelo Engº inspetor e pelooperador que acompanha a inspeção.

×