19.08.14.Prefeito de Ilhéus desapropria prédio do antigo Hospital Santa Isabel

863 views
833 views

Published on

Hospital e Maternidade Santa Isabel

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
863
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
765
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

19.08.14.Prefeito de Ilhéus desapropria prédio do antigo Hospital Santa Isabel

  1. 1. Prefeito de Ilhéus desapropria prédio do antigo Hospital Santa Isabel No local serão implantadas instalações da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), gerando uma economia de aproximadamente R$ 65 mil com a locação de imóveis. Para efetuar a desapropriação, o prefeito considerou as precárias condições físicas do imóvel e sua localização estratégica. Conforme anunciara recentemente, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, assinou o decreto de desapropriação do prédio abandonado onde funcionou o Hospital e Maternidade Santa Isabel, situado na Avenida Oswaldo Cruz, no Bairro Cidade Nova. Por meio do decreto nº 44/2014, o prefeito considerou a lastimável condição física em que se encontra o imóvel, inclusive com a presença constante de usuários de drogas, e sua localização estratégica. O objetivo do prefeito com a desapropriação é instalar no imóvel a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e outros departamentos do setor que atualmente funcionam em imóveis alugados. A iniciativa, segundo cálculos de técnicos da Prefeitura, pode gerar uma economia de aproximadamente R$ 65 mil mensais, valor gasto pela Sesau com a locação de imóveis. Jabes Ribeiro enfatiza que o abandono do imóvel tornou-se um problema social e que moradores da área solicitavam uma solução por parte do poder público municipal para a situação. De acordo com o decreto, assinado no último dia 13, a Secretaria de Administração, com o apoio da Procuradoria Geral do Município (PGM), fica autorizada a promover os atos administrativos, judiciais e extrajudiciais cabíveis necessários com vistas ao cumprimento do ato. Secretaria de Comunicação Social – Secom Ilhéus – 19.08.14

×