Neste sábado e domingo, dias 11 e 12, a Estância Hidromineral de
Olivença realiza a sua mais tradicional festa, numa mistu...
09.01.14.Puxada do mastro de São Sebastião acontece neste final de semana em Olivença
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

09.01.14.Puxada do mastro de São Sebastião acontece neste final de semana em Olivença

817

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
817
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "09.01.14.Puxada do mastro de São Sebastião acontece neste final de semana em Olivença"

  1. 1. Neste sábado e domingo, dias 11 e 12, a Estância Hidromineral de Olivença realiza a sua mais tradicional festa, numa mistura do sacro com o profano. A secular festa da Puxada do Mastro de São Sebastião será realizada neste final de semana, mais uma vez, na Estância Hidromineral de Olivença, que se prepara para receber um grande número de turistas sempre curiosos em assistir a mistura do sacro com o profano, e que até hoje é uma das principais marcas deste importante evento promovido pelos índios e caboclos. Neste sentido, a Prefeitura Municipal de Ilhéus, através da Secretaria de Turismo (Setur), colabora com a programação festiva, além de agilizar outros serviços como os de limpeza e manutenção. A abertura musical da festa começa no sábado, dia 11, às 21 horas, na Praça Cláudio Magalhães, palco principal da puxada, quando se apresentará a banda Top Gun. Já no domingo, dia 12, quando acontece a grande festança religiosa, os shows terão início às 15 horas, em sistema de revezamento, estando confirmadas as participações das bandas Flor do Caribe, Tri Farol e Batuk Bom, conforme antecipa o secretário de Turismo, Alcides Kruschewsky. A Puxada do Mastro de São Sebastião teve início no século XVIII, misturando elementos da espiritualidade medieval e religiosidade cabocla, e até hoje revela pontos confluentes dessas culturas, na penitência e no clamor aos santos contra todos ao males que atingem a humanidade. Tanto que, o principal símbolo da festa, o mastro, é usado pela Igreja Católica para manter dependuradas bandeiras de santos, o que também era utilizado por pagãos na consagração dos seus espaços. A festa que acontece em Olivença, anualmente, é conservada pelos descendentes dos índios, negros e brancos, mas que, com a miscigenação são considerados os Caboclos de Olivença, mantendo a sua fé com muito orgulho com a finalidade de continuar passando para as novas gerações. Secretaria de Comunicação (Secom) Ilhéus – 09-01.14

×