Vacinação contra hepatite A começa no dia 5 de agosto em Ilhéus
Devem ser imunizadas crianças de 12 meses até menores de d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

01.08.14.Vacinação contra hepatite a começa no dia 5 de agosto em ilhéus

819
-1

Published on

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
819
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

01.08.14.Vacinação contra hepatite a começa no dia 5 de agosto em ilhéus

  1. 1. Vacinação contra hepatite A começa no dia 5 de agosto em Ilhéus Devem ser imunizadas crianças de 12 meses até menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias). Como não se trata de uma campanha, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informa que não há necessidade de corrida aos postos, uma vez que o quantitativo da medicação corresponde ao número da população da faixa etária especificada. O Ministério da Saúde está introduzindo no calendário de vacinação das crianças de 12 meses até menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias) a vacina contra a hepatite A. Em Ilhéus, o serviço de imunização, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) terá início na próxima terça-feira, dia 5, nas unidades de saúde. No dia anterior, será realizada uma reunião com as enfermeiras e vacinadoras sobre os procedimentos necessários para o desenvolvimento da ação. Como não se trata de uma campanha, não há necessidade de corrida aos postos, uma vez que o quantitativo da medicação corresponde ao número da população da faixa etária especificada. A supervisora de Imunização da Sesau, Walkíria Souza, explica que a hepatite A corresponde a uma inflamação (irritação e inchaço) do fígado, causada por um vírus; e os sintomas começam a ser apresentados entre duas e seis semanas, após a contaminação. Os sinais são geralmente leves, mas podem durar vários meses, especialmente em adultos, sendo os mais comuns a urina escura, fadiga, coceira, perda de apetite, febre baixa, náuseas e vômitos, fezes pálidas ou com cor de argila e pele amarelada (também conhecida como icterícia). Conforme alerta a supervisora, a contaminação ocorre quando a pessoa ingere alimentos infectados pelo vírus da hepatite A, sendo as frutas, verduras, frutos do mar, gelo e água as fontes mais comuns. Além disso, manter contato com as fezes ou o sangue de uma pessoa que tenha a doença é outra forma de contágio. O vírus também pode ser transmitido quando uma pessoa já contaminada toca em alimentos ou mesmo em objetos após sair do banheiro sem lavar as mãos adequadamente, bem como, em relações sexuais que envolvam contato oral-anal. Secretaria de Comunicação Social – Secom Ilhéus – 01.08.14

×