Conhecendo uma Experiência

2,385
-1

Published on

Análise de uma experiência didática com uso de recursos tecnológicos envolvendo conteúdos curriculares.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,385
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Conhecendo uma Experiência

  1. 1. Atividade 5. CONHECENDO UMA EXPERIÊNCIA Experiência didática com uso de recursos tecnológicos envolvendo conteúdos curriculares http://portaldoprofessor.mec.gov.br/showLesson.action?lessonId=937 NOME DO PROGRAMA: Gênero Discursivo: Crônica ÁREAS DO CONHECIMENTO ENVOLVIDAS: Língua Portuguesa – Gêneros Discursivos: narrativo, argumentativo, descritivo, injuntivo, dialogal. Literatura – Estudos literários: análise e reflexão Literatura - Literatura brasileira, clássica e contemporânea: criações poéticas, dramáticas e ficcionais da cultura letrada. A sugestão de aula “Gênero discursivo: Crônica”, da professora Eliane Candida Pereira, da Universidade de São Paulo, trás como objetivo levar o aluno a refletir sobre o gênero discursivo Crônica. Através da leitura da crônica “O lixo” de Luis Fernando Veríssimo e da análise de diversas crônicas. Mas poderia objetivar também, além da reflexão, levar o aluno a conhecer tal gênero discursivo através da interpretação e da compreensão da informação sobre o assunto, e demonstrar a construção do conhecimento através da produção textual. As estratégias da aula como a apresentação do vídeo sobre a biografia do autor “Luis Fernando Veríssimo” me parecem relevantes para que o aluno possa contextualizar a informação “autoria” e até de certa forma, identificar-se com ela. Para daí aprofundar-se na leitura, que em grupo ou em duplas dinamiza o ato de ler e propicia ao aluno uma forma de expressão verbal com entonação adequada, tão necessária para a vida cotidiana. Onde inclusive, o professor poderá identificar as dificuldades e trabalhá-las. Quanto aos recursos, cabe ressaltar que a professora preocupou-se com a integração das mídias ao utilizar o laboratório de informática para a pesquisa sobre outras crônicas do autor, e também incentivou o uso de outras formas de mídia impressa, como dicionário, enciclopédia, e livros de teoria literária para suporte de informações a fim de teorizar o conceito de “Crônica”. Entretanto, a ideia da socialização do conhecimento poderia dar-se de outras formas, como utilizando-se os meios tecnológicos tais como um Blogue ou uma Wiki. Já o trabalho em grupo, que propicia a construção colaborativa do conhecimento, para que os alunos pesquisassem outras crônicas de outros autores, poderia ter como objetivo a construção textual. Modo pelo qual o professor poderia verificar se os alunos aprenderam realmente o assunto, identificando, compreendendo e representando o saber. E a finalização através de um Sarau, poderia ser mais abrangente se interpretada de
  2. 2. forma teatral, possibilitando outra forma de expressão e sendo compartilhada com outras turmas ou com a escola através dos blogues e wiks. Quanto à avaliação das atividades proposta pela professora Eliane, deveria incluir também uma autoavaliação. Processo pelo qual possibilita-se ao aluno o exercício da responsabilidade e da autonomia e do autoconhecimento, pois é ele que avalia o quanto aprendeu sobre o assunto estudado. Por Oilas Siqueira

×