Palestra Sustentabilidade Aracruz

4,369 views

Published on

Palestra SUSTENTABILIDADE - Marketing e Ética Ambiental de Clovis Zimmer, Gerente da Qualidade e Meio Ambiente da Unidade Guaíba da Aracruz, na X Maratona de Empreendedorismo da UFRGS

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,369
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
41
Actions
Shares
0
Downloads
147
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra Sustentabilidade Aracruz

  1. 1. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL SUSTENTABILIDADE
  2. 2. SUSTENTABILIDADE O que é sustentabilidade? Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. DEFINIÇÕES A sustentabilidade abrange vários níveis de organização, desde a vizinhança local até o planeta inteiro.
  3. 3. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>Ética: conjunto de valores que orientam nosso comportamento, garantindo o bem-estar social </li></ul><ul><li>Moral: conjunto de normas , adquiridas pela educação, tradição e cotidiano que regula nosso comportamento em sociedade </li></ul><ul><li>Ética e moral se completam, pois na ação humana o conhecer e o agir são indissociáveis. “A ética é o juiz da moral”. </li></ul>DEFINIÇÕES
  4. 4. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>No marketing: Produto + Preço + Praça + Promoção devem ser compatíveis com o ecossistema </li></ul><ul><li>Foco no “P” da promoção </li></ul>NO PROCESSO DE MARKETING
  5. 5. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>Pós-Revolução Industrial (Sec 18) </li></ul><ul><li>crescimento econômico = energia + recursos naturais </li></ul><ul><li>No Brasil, surtos de crescimento (Getúlio + JK + militares). Com a abertura política (final anos 70 e início dos 80)= aumento do conhecimento e das pressões da sociedade </li></ul><ul><li>Atualmente: esforço atual das empresas para reduzir o impacto de seus processos na natureza (modelo que atenda às necessidades do presente sem comprometer as necessidades das gerações futuras) </li></ul><ul><li>Tendência: empresas ecoeficientes serão preferidas pelos consumidores </li></ul>LINHA DO TEMPO
  6. 6. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>A CADEIA DA SUSTENTABILIDADE </li></ul><ul><li>(pesquisa de abril/2009, realizada pela Deloitte Touche & Tohmatsu) </li></ul><ul><li>115 empresas respondentes, sendo 53% da indústria, 45% do segmento de serviços e 2% da agropecuaria </li></ul><ul><li>Do total, 47% apontam que sua atividade principal impacta diretamente o meio ambiente </li></ul><ul><li>2,4% do faturamento dessas empresas são direcionados à sustentabilidade </li></ul>
  7. 7. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>A CADEIA DA SUSTENTABILIDADE </li></ul><ul><li>(pesquisa de abril/2009, realizada pela Deloitte Touche & Tohmatsu) </li></ul><ul><li>78% das empresas adotam práticas de sustentabilidade, o que confirma a posição do Brasil como um dos países mais ativos em segmentos como reciclagem </li></ul><ul><li>Com relação às atividades de reciclagem promovidas pelas próprias empresas entrevistadas, 80% delas informam separar os materiais gerados dentro da organização, adequando-os corretamente </li></ul><ul><li>Outros 56% reutilizam tais materiais, integrando a atitude sustentável ao desenvolvimento dos negócios. </li></ul>
  8. 8. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A Cadeia da Sustentabilidade - Pesquisa da Deloitte Touche Tohmatsu 04/2009 PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS
  9. 9. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A Cadeia da Sustentabilidade - Pesquisa da Deloitte Touche Tohmatsu 04/2009 O QUE PENSA O CONSUMIDOR
  10. 10. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A Cadeia da Sustentabilidade - Pesquisa da Deloitte Touche Tohmatsu 04/2009 ABRANGÊNCIA DAS PRÁTICAS
  11. 11. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A Cadeia da Sustentabilidade - Pesquisa da Deloitte Touche Tohmatsu 04/2009 IMAGEM CORPORATIVA
  12. 12. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL Benefício efetivo para todas as partes envolvidas Coerência entre o anunciado e o praticado Definir métricas e indicadores para avaliar corretamente Melhora ambiental constante de produtos e serviços (consumidores) Atenção ao público interno (empregados) Trabalhar com transparência Compromisso na disseminação das práticas sustentáveis Levar sempre em conta o tripé econômico+social+ambiental RECOMENDAÇÕES
  13. 13. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL <ul><li>Como lidar com os desafios em coerência com as necessidades de meio ambiente dos novos negócios ? </li></ul><ul><li>Como melhorar a performance de sustentabilidade da Companhia de modo a fazê-la percebida como quem procura avançar neste aspecto ? </li></ul><ul><li>Quais são os fatores internos e externos a serem profundamente explorados ? </li></ul>Plano de Sustentabilidade Aracruz responde às seguintes questões:
  14. 14. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL Aprovado pela diretoria em 2004 Meta: internalização da sustentabilidade no processo gerencial como principal valor da Companhia 5 Dimensões : governança, transparência, relacionamento com partes interessadas, aspectos sociais, aspectos ambientais Suporte de consultoria: SustainAbility, Atitude e IDIS (Institute for the Development of Social Investments) Plano de Sustentabilidade
  15. 15. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL Por que a sustentabilidade é importante para a Aracruz ? <ul><li>Licenças de operação (legal e social) </li></ul><ul><li>Acesso ao capital </li></ul><ul><li>Manutenção da fatia de mercado </li></ul><ul><li>Redução de custos </li></ul><ul><li>Motivação dos empregados </li></ul><ul><li>Imagem e reputação </li></ul>VALOR PARA A COMPANHIA
  16. 16. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A dimensão Governança <ul><li>Ações </li></ul><ul><ul><li>Reestruturação do Conselho de Sustentabilidade, com membros independentes </li></ul></ul><ul><ul><li>Revisão da missão, visão e princípios; revisão do código de conduta; revisão das políticas </li></ul></ul><ul><ul><li>Consulta a stakeholders (internos e externos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Preparação de uma matriz de gerenciamento de riscos </li></ul></ul><ul><ul><li>Planos para futuras certificações </li></ul></ul>
  17. 17. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A dimensão transparência e comunicação <ul><li>Ações </li></ul><ul><ul><li>Revisão dos instrumentos de comunicação, de acordo com o documento “Conquistando Credibilidade” </li></ul></ul><ul><ul><li>Abolição do tom de discurso (autoelogios) </li></ul></ul><ul><ul><li>Exposição de sucessos e erros </li></ul></ul><ul><ul><li>Tratar de questões críticas e dilemas </li></ul></ul><ul><ul><li>Análises e opiniões de stakeholders </li></ul></ul><ul><ul><li>Relatório de Sustentabilidade: integrar ao Relatório Anual </li></ul></ul><ul><ul><li>Lançamento de uma nova Home Page </li></ul></ul><ul><ul><li>Posicionamento em assuntos críticos: biodiversidade, mudanças climaticas, defensivos e herbicidas, política de doações. </li></ul></ul>
  18. 18. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A dimensão engajamento com partes interessadas <ul><li>Ações </li></ul><ul><ul><li>Mudança na cultura e comportamento : treinamento para engajar (80 pessoas) </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejamento : pesquisa de partes interessadas, priorizando e definindo os resultados esperados, definição de grupos pela sua importância (comunidades, ONGs) </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunidades : condução de 2 planos pilotos; desenvolvimento de um plano de engajamento </li></ul></ul><ul><ul><li>ONGs : participação em processo de diálogo multilateral com ONGs internacionais, nacionais e regionais; diálogo direto com ONGs e stakeholders importantes </li></ul></ul>Fator chave: aprender a ouvir, aceitar outros pontos de vista como legítimos, buscar pontos comuns, buscar construir juntos
  19. 19. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A dimensão social <ul><li>Ações </li></ul><ul><ul><li>Solução na disputa de terras </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de investimento social - estratégia : investimentos decididos através do engajamento e diálogo com os parceiros, ONGs e comunidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Prioridade aos pontos focais: educação, saúde, geração de renda </li></ul></ul><ul><ul><li>Prioridade em novos locais : comunidades pobres em áreas de influência da Aracruz </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionalizar a estrutura : Instituto Aracruz Bem de Raiz </li></ul></ul>
  20. 20. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL A dimensão ambiental <ul><li>Ações </li></ul><ul><ul><li>Criação de 3 RPPNs (Reservas Privadas de Proteção Natural) totalizando 2.800 hectares </li></ul></ul><ul><ul><li>Estudo para criar duas novas RPPNs, totalizando mais de 6 mil hectares </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de visão e estratégia para a conservação da biodiversidade </li></ul></ul>
  21. 21. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL Efeitos da proximidade com comunidade diretamente proporcional a responsabilidade necessária.
  22. 22. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL Gestão Ambiental x Excelência Operacional produzir mais menos recursos
  23. 23. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL Aplicação de tecnologias Estado-da-Arte Performance Ambiental segundo padrões da CE Performance Ambiental de Excelência Gestão certificada Reciclagem de resíduos sólidos > 99% Reuso intenso de Insumos Químicos. Investimentos ambientais (15%) Práticas:
  24. 24. RESPONSABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL Práticas: Performance Relato Dilemas Resultados Ações Compromissos Intenções Etc. Prestar contas e mostrar o que é!
  25. 25. MARKETING E ÉTICA AMBIENTAL Em resumo: <ul><li>Sustentabilidade </li></ul><ul><ul><li>É um novo valor da sociedade moderna e precisa ser incorporado pelas companhias como o principal. Ele afeta o valor da Companhia. </li></ul></ul><ul><ul><li>Tem muitas dimensões e não pode ser medida pelo que aparenta. Todos os fatores por detrás têm de ser considerados. Um importante fator é a cultura interna . </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma mudança profunda pode requerer algumas gerações , mas o importante é iniciar. </li></ul></ul><ul><ul><li>As companhias precisam aprender que parceria é a melhor forma de trabalhar com fornecedores, clientes, empregados e investidores. Também precisam saber como construir e fortalecer relacionamentos, com muitos outros stakeholders. </li></ul></ul>

×