Your SlideShare is downloading. ×
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Resumo   10º ano - ciclo das rochas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Resumo 10º ano - ciclo das rochas

8,047

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,047
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
300
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova Biologia e Geologia 10º Ano Resumo CICLO DAS ROCHAS O Ciclo das Rochas As rochas são o principal objeto de estudo da Geologia. Por definição uma rocha é umagregado sólido que ocorre naturalmente e éconstituído por um ou mais minerais. Todo oplaneta Terra em si é constituído por rocha emdiferentes estados físicos e com diferentescomposições mineralógicas. De uma forma geral as rochas podemser classificadas em três grandes grupos, quantoà sua origem: magmáticas, sedimentares emetamórficas. Estes três tipos de rochas não são imutáveis, isto é, uma rocha magmática nãopermanece obrigatoriamente magmática para sempre, pode transformar-se num dos outrosdois tipos de rochas, isto se sofrer todo um conjunto de modificações. Desta forma as rochaspodem transitar de um tipo para o outro constituindo este processo o Ciclo das Rochas. O ciclo das rochas é uma representação esquemática das diferentes transformaçõesque uma rocha pode sofrer. Por vezes o seu estudo pode ser complicado pois nele estãorepresentadas todas as vias possíveis de uma rocha, mas podemos simplifica-lo se analisarmosum caminho de cada vez. Mas para que se possa perceber o ciclo das rochas é necessário conhecer os processosque levam à formação dos três tipos de rochas. Rochas Magmáticas Adquirem este nome pois derivaminvariavelmente da solidificação de magma –rocha fundida que se encontra nas camadasmais internas da Terra. Dependendo dacomposição química do magma assim vai ser__________________________________________________________________________________________________________ Página 1 de 6
  • 2. a rocha, pelo que existem uma variedade muito grande de rochas magmáticas, ainda assim é possível dividir as rochas magmáticas em dois subgrupos dependendo da forma como o magma arrefeceu. Se o magma arrefeceu no interior da crusta terrestre, logo de forma lenta o que permite o desenvolvimento de minerais de grandes dimensões, as rochas magmáticas denominam-se de intrusivas ou plutónicas. Por seu lado, se o magma chega a superfície e como tal passa a denominar-se de lava levando a um arrefecimento rápido (em contato com o ar, água ou mesmo gelo) e como tal à formação de minerais de reduzidas dimensões, as rochas magmáticas denominam-se de extrusivas ou vulcânicas (pois na maior parte a lava é expulsa por vulcões). Estas rochas pela forma como são formadas são as primeiras a surgir na Terra, como tal todas as outras rochas são diretamente ou indiretamente derivadas destas rochas. De forma resumida a formação das rochas sedimentares decorre da seguinte forma: Rocha magmática intrusiva ou plutónicaMagma Rocha magmática Lava Arrefecimento rápido extrusiva ou vulcânica Rochas Sedimentares Os processos que levam à formação das rochas sedimentares decorrem à superfície da crusta terrestre, pelo que estas rochas só se encontram nas camadas superficiais da Terra. Têm origem em rochas preexistentes que podem ser magmáticas, metamórficas ou mesmo sedimentares, quer isto dizer que uma rocha sedimentar é constituída por partes de outras rochas. Para que uma rocha sedimentar se forme têm que decorrer uma série de etapas que por vezes podem demorar milhões de anos a concluir. A primeira etapa da formação destas rochas é a Meteorização e Erosão da rocha original, processo onde basicamente a rocha preexistente é degradada em porções mais pequenas – os sedimentos – sendo posteriormente separados da rocha original (este ultimo processo acaba por ser a erosão). De facto a __________________________________________________________________________________________________________ Página 2 de 6
  • 3. meteorização e a erosão são dois processos difíceis de separar até porque os seus agentesacabam muitas vezes por serem os mesmos: água, vento, gelo, temperatura e seres vivos. Ameteorização pode ser física, em que simplesmente houve uma alteração física da rocha(normalmente a fragmentação em porções mais pequenas); ou química em que há alteraçõesquímicas nos minerais da rocha original (sendo que neste processo o agente mais comum é aágua). Os sedimentos então formados passam pela segunda etapa do processo de formaçãode uma rocha sedimentar, o transporte, em que são transportados por uma distância variável,sendo que os agentes de transporte mais normais são a água (através dos rios, mares eglaciares), vento ou seres vivos. O transporte decorre enquanto o agente tiver capacidade decarga (ou seja capacidade de transportar o sedimento), quando o agente perde essacapacidade o sedimento por ação dagravidade depositam-se no solo, processoesse que se denomina de sedimentação.Devido a este fenómeno as rochassedimentares adquirem uma característicaparticular que é o facto de se formaremem camadas – os estratos. Após a sedimentação dossedimentos estes podem ser recobertos por outros sedimentos que também sofreramsedimentação, entrando-se agora noutra etapa, a diagénese. Basicamente a diagénese é umconjunto de processos onde os sedimentos até então desagregados vão ser comprimidosdiminuído os espaços entre si e “colando-se” uns aos outros. Desta forma passa-se de umconjunto de sedimentos desagregados para uma rocha de sedimentos consolidada. As duasfases da diagénese são a compactação – em que ocorre a compressão dos sedimentos porpeso dos sedimentos que se depositam em cima, levando à diminuição dos espaços entre ossedimentos e consequente expulsão da água que ocupava esses mesmos espaço – e acimentação – onde os sedimentos agora muito juntos ficam colados uns aos outros através desubstâncias como por exemplo a argila. Dependendo dos sedimentos e dos processos envolvidos na formação de uma rochasedimentar elas são classificadas em detríticas, quimiogénicas e biogénicas. Formadas a partir de clastos, materiais detríticos resultantes da erosão de Detríticas rochas já existentes. Estas partículas possuem minerais inalterados ou__________________________________________________________________________________________________________ Página 3 de 6
  • 4. muito pouco alterados. Estas rochas podem ser não consolidadas, se os clastos se encontrarem soltos, ou ser consolidada, se sofreram um processo um processo de diagénese e os clastos estão ligados por um cimento formado por minerais novos. A classificação destas rochas faz-se, principalmente, atendendo ao tamanho dos detritos. São rochas sedimentares resultantes de sedimentos químicos. São formadas, essencialmente, por minerais de neoformação (minerais que sofreram alterações tornando-se diferentes dos iniciais) resultantes da precipitação de substâncias em solução ou por evaporação do solvente (água). Quimiogénicas A precipitação de materiais dissolvidos, pode ocorrer devido à evaporação da água ou devido à alteração de condições da solução, como por exemplo, a variação da pressão ou da temperatura. As rochas formadas por cristais que precipitam durante a evaporação da água têm textura cristalina e designam-se por evaporitos. Muitos organismos aquáticos fixam carbonatos. Após a morte, esses seres depositam-se no fundo do mar, formando um sedimento biogénico. Biogénicas A parte orgânica normalmente é decomposta e as conchas acabam por ser cimentadas, evoluindo para calcários consolidados. De uma forma geral as rochas sedimentares forma-se da seguinte forma: Meteorização Rochas magmáticas Erosão Rocha Rochas sedimentares Transporte sedimentar Rochas metamórficas Sedimentação Diagénese Rochas metamórficas As rochas metamórficas, tal como as sedimentares, formam-se por alteração de rochaspreexistentes mas normalmente no interior da crusta terreste uma vez que são necessáriascondições de pressão e temperatura superiores às encontradas à superfície. O processo quelevam à formação das rochas sedimentares denomina-se de metamorfismo.__________________________________________________________________________________________________________ Página 4 de 6
  • 5. Sempre que uma rocha que se formou num determinado ambiente, com determinadascaracterísticas de temperatura e pressão, passa para outro ambiente os minerais queconstituem essa rocha são passíveis de sofrerem alterações. Minerais sujeitos a temperaturase pressões superiores às que se formaram podem tornar-se instáveis e reagir formando outrosminerais, estáveis nas novas condições. Assim não apenas as rochas magmáticas ousedimentares podem sofrer metamorfismo, mas também as rochas metamórficas, bastandopara isso estarem sujeitas a condições mais severas. Os principais fatores de metamorfismo são a pressão e a temperatura, os dois atuamao mesmo tempo, havendo no entanto tipos de metamorfismo em que um deles atua mais doque o outro. No caso do metamorfismo de contato o principal fator em causa é atemperatura, isto porque ocorreu uma intrusão magmática (que se encontra a altastemperaturas) que ao entrar em contato com a rocha encaixante leva a alteração desta, esteprocesso leva à formação de rochas como por exemplo as corneanas. O metamorfismoregional por seu lado deriva essencialmente do aumento da pressão, ocorre normalmente emzonas de limites convergentes em que o choque de duas massas rochosas leva a um aumentoprogressivo da pressão (e consequentemente da temperatura) que ordena os mineraissegundo novos planos resultando em rochas laminares como a ardósia e o micaxisto. Outros fenómenos podem levar à formação de rochas metamórficas como porexemplo o metamorfismo de impacto,em que devido ao impacto demeteoritos na crusta terrestres geram-se superficialmente elevadastemperaturas e pressões, as quais sãosuficientes para geraremmetamorfismo. Se os processos demetamorfismos forem intensos osuficiente as rochas podem mesmo fundir-se por completo e nesse momento entramos nocampo das rochas magmáticas, completando assim o ciclo. As rochas metamórficas formam-se regra geral da seguinte forma: Rochas magmáticas Metamorfismo Rochas sedimentares (Pressão e Rocha metamórfico Rochas metamórficas Temperatura)__________________________________________________________________________________________________________ Página 5 de 6
  • 6. Se reunirmos todos ospercursos possíveis das rochas obtemoso Ciclo das Rochas:__________________________________________________________________________________________________________ Página 6 de 6

×