• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Curso de campanhas políticas e marketing digital
 

Curso de campanhas políticas e marketing digital

on

  • 1,453 views

Aula ministrada por Lucas Reis no Curso de Marketing Político Online da UFBA

Aula ministrada por Lucas Reis no Curso de Marketing Político Online da UFBA

Statistics

Views

Total Views
1,453
Views on SlideShare
1,453
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
38
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Curso de campanhas políticas e marketing digital Curso de campanhas políticas e marketing digital Presentation Transcript

    • Curso de Campanhas Políticas e Marketing Digital Marketing em mecanismos de Buscas 10/06/2010
      • Importância dos mecanismos de buscas.
      • Funcionamento dos mecanismos de buscas.
      • A Estrutura da SERP.
      • A Busca Universal.
      • Volumes e Tendências de buscas.
      • Branding.
      • Por que otimizar o próprio site.
      • Otimização para termos relevantes para a campanha.
      • SEO Reverso.
      • Google Bomb.
      • Ferramentas de SEO.
      • #comofas.
      • #corrao.
      Sumário
      • 98% dos internautas usam mecanismos de buscas.
      • No Brasil, o Google tem share de 96% do mercado.
      • Segundo a comScore, são realizadas mensalmente 4 bilhões de buscas no país. 1500 buscas por segundo.
      • Mundialmente, a busca é a segunda ação mais popular da internet, perde apenas para o email. Cerca de 50% dos usuários usam mecanismos de buscas a cada navegação.
      • 44% das descobertas de novos sites se dão através de mecanismos de buscas.
      • Até 70% das buscas são navegacionais, ou seja, o usuário já sabia onde queria chegar, e usou o mecanismos de buscas para chegar lá de forma mais rápida.
      Google – The Gatekeeper
    • Google – The Gatekeeper
      • O crawler do mecanismo de buscas varre a internet à procura das páginas.
      • São processadas mais de 2 bilhões de páginas diariamente.
      • Ainda sim, os mecanismos de buscas cobre cerca de 2% do conteúdo da internet.
      • Para atualizar toda a base de um search engine , é preciso cerca de 3 meses.
      How Search Works
      • Seus conteúdos são baixados, e então indexados.
      • A cada busca realizada, é feita uma classificação do índice.
      • Para a classificação, são levados em consideração cerca de 200 parâmetros distintos.
      • O mais importante deles é o PageRank.
      How Search Works
    • Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=GQWaw7wRyPQ How Search Works
    • Resultado quando logado. Resultado quando não logado. How Search Works
      • SERP
      • Search Engine Result Page.
      • Palavra-Chave Query .
      • Título.
      • Snippet.
      • Link.
      A estrutura da SERP
    • A estrutura da SERP
      • O conteúdo da web tem se tornado cada vez mais multimídia.
      • A busca universal parte do princípio de que a melhor informação para uma pesquisa pode não ser conteúdo em texto.
      • Assim, são exibidos nos resultados conteúdos em diversos formatos.
      A busca universal
    • http://www.youtube.com/watch?v=kygHnEwchFA A busca universal
    • A busca universal
    • A busca universal
      • Nacionalmente, são feitas cerca de 20 milhões de buscas mensais por educação, saúde e segurança.
      • No decorrer das eleições, as buscas pelos nomes, parceiros, partidos dos candidatos aumenta exponencialmente.
      Volumes e Tendências
    • Paulo Souto Jaques Wagner João Henrique Volumes e Tendências
    • Aumenta da demanda acontece em paralelo ao alcance da oferta. Volumes e Tendências
    • Os primeiros colocados recebem mais cliques Volumes e Tendências
    • Suas mensagens são mais vistas Volumes e Tendências
    • Possuem maior credibilidade Volumes e Tendências
      • A primazia da interação: fidelização.
      • A presença nos primeiros resultados da SERP aumenta em até 160% a lembrança de marca.
      • Há uma aumento de 20% na propensão a uma boa impressão quando se está entre os primeiros colocados.
      • Há um aumento de até 45% na lembrança espontânea daqueles que aparecem nas SERPs.
      Branding
      • Há um potencial aumento na audiência do site quando ele é otimizado.
      • Trata-se de uma audiência qualificada, pois são internautas interessados pela temática do site.
      • O aumento de visitação não está atrelado a um investimento em compra de espaços publicitário.
      • Aparecer entre os resultados é evitar que os concorrentes apareçam
      Por que otimizar?
      • Ter maior destaque nas SERPs significa ter maior lembrança do que os concorrentes.
      • A classificação orgânica dos mecanismos de buscas é vista como uma atribuição de credibilidade.
      • Trata-se de uma forma de publicidade discreta, não-invasiva, com baixo índice de rejeição.
      • Se insere na tendência do inbound marketing , aprimorando a relação do candidato com sua audiência.
      Por que otimizar?
      • Preparar o site para aparecer para termos ligados à vida, bandeiras ou realizações do candidato.
      • Atrair as pessoas que já buscam pelo tema e que o valorizam.
      • Palavras duras: muito competitivas podem dar muito trabalho e pouco resultado.
      • Long tail SEO: aparecer bem posicionados para buscas mais refinadas, menos concorridas e que podem entregar o retorno melhor.
      Otimização para termos relacionados
    • Otimização para termos relacionados
    • Otimização para termos relacionados
    • Otimização para termos relacionados
      • Preencher a primeira página de resultados com conteúdos positivos, deixando os de cunho negativo para páginas internas.
      • Evitar que ao buscar por um tema ou nome, o internauta encontre facilmente o conteúdo negativo.
      • Produção de conteúdo em diversos espaços da web.
      • Monitoramento constante do comportamento das buscas e atenção aos temas e acusações da campanha.
      SEO Reverso
    • SEO Reverso
    • SEO Reverso
      • Fazer com que o conteúdo relacionado ao adversário apareça em primeiro lugar para buscas curiosas, negativas ou esdrúxulas.
      • Surpreender pelo inusitado da relação palavra-chave/político e conseguir que isso se viralize.
      • Usa-se uma palavra-chave que não há um volume constante de buscas. O inusitado é que deve levar ao sucesso.
      • Escolha da palavra, do conteúdo de destino, otimização externa e interna.
      Google Bombing
    • Google Bombing
    • Google Bombing
    • Google Bombing
    • - Alterações técnicas nas páginas; - Inserção de metainformações; - Construção de links internos; - Atração de links internos; - Produção de conteúdo relevante e original; - Aumento da densidade de palavras-chave; - Monitoramento e uso de palavras-chave relevante; - Análise de sites concorrentes; - Submissão de informações aos buscadores; Planejamento
    • Planejamento
    • Website Grader F erramentas
    • Google para Webmasters – Search Queries Tools Ferramentas
    • Google para Webmasters – K e y words Tools Ferramentas
    • Google para Webmasters – L i nks Internos Ferramentas
    • Google para Webmasters – L i nks Ex ternos Ferramentas
    • Google para Webmasters – Erros de indexação Ferramentas
    • Google para Webmasters – Erros de indexação Ferramentas
    • PageSpeed Ferramentas
    • A importância da velocidade http://www.youtube.com/watch?v=me5N9Mf1pgg Ferramentas
    • Batalha de palavras - chave http://www.webseoanalytics.com/free/seo-tools/keyword-competition-checker.php Ferramentas
    • Análise de palavras-chave http://www.webseoanalytics.com/free/seo-tools/page-analyzer-keyword-density-tool.php#viewreport Ferramentas
    • C onte ú do D uplicado http://www.webseoanalytics.com/free/seo-tools/duplicate-content-checker.php Ferramentas
    • Validar HTML http://validator.w3.org/ Ferramentas
    • L ink building I nterno Ferramentas
    • Densidade de palavras-chave Ferramentas
    • Análise de Links Ferramentas
    • All in One Pack SEO Ferramentas
    • C odificação da Página #comofas
    • Arquitetura da Inf ormação
      • Hierarquia clara dos conteúdos;
      • Diretórios de conteúdos bem definidos e não-redundantes;
      • Navega ç ão superficial
      • Estrutura de links que atinja a todas as páginas
      #comofas
    • Estrutura dos L inks
      • Usar links inteligíveis.
      • Ter as palavras-chave principais na UR L .
      • Definir a UR L canônica.
      # comofas
    • Estrutura dos L inks # comofas
    • Estrutura dos L inks # comofas
    • Ritmo de atualização e qualidade do conteúdo
      • Aumenta a visitação do crawler.
      • Aumenta a credibilidade do site.
      • Aumenta a densidade de palavras do site.
      • Incrementa a variedade de palavras-chave usada.
      • O conteúdo pode estar antenado com o que ocorre no momento.
      • Sempre original e de qualidade
      # comofas
    • Ritmo de atualização http://www.youtube.com/watch?v=vXOZja9Dk3A # comofas
    • Escrita do conte ú do
      • A ordem das palavras influem no posicionamento.
      • O termo usado deve ser aquele buscado.
      • A cada 3 meses, 3 0% das buscas são totalmente novas.
      # comofas
    • Escrita do conteúdo # comofas
    • Escrita do conteúdo # comofas
    • Crie vários pontos de contato - Encontrabilidade
      • Produza conteúdo relevante em diversos sites da internet.
      • Geralmente, estes conteúdos ficam hospedados em sites muito bem indexados, o que facilita seu bom posicionamento.
      • Os sites de mídias sociais são rastreados muito rapidamente, o que aumenta as chances de que seu novo conteúdo apareça nos resultados de buscas
      # comofas
    • Crie vários pontos de contato - Encontrabilidade http://www.youtube.com/watch?v=rf5gZab5nHo # comofas
    • Sitemap
      • Submeta sitemaps para diretórios na web.
      • Esses arquivos em linguagem xml informaram a esses diretórios do conteúdo seu site.
      • São dadas informações como: ritmo de atualização, arquitetura da informação e localização das páginas.
      # comofas
    • Black Hat SEO
      • Link Farming.
      • Tag Stuffing.
      • Cloaking.
      • Spinning.
      • Texto camuflado.
      # corrao
      • marketingdebusca.com.br
      • mestreseo.com.br
      • searchengineland.com
      • searchenginewatch.com
      • brasilseo.com.br
      • googlewebmastercentral.blogspot.com
      Referências
    • Curso de Campanhas Políticas e Marketing Digital Marketing em mecanismos de Buscas Lucas Reis [email_address] 8754-8573 10/06/2010