Censo gife 2012 lançamento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Censo gife 2012 lançamento

on

  • 228 views

Censo gife 2012 lançamento ...

Censo gife 2012 lançamento

Foram publicados os números da edição 2011-12 do Censo GIFE, uma pesquisa quantitativa, realizada a cada dois anos, que tem como objetivo apresentar um amplo panorama do investimento social privado no Brasil e tem como referência as próprias organizações associadas à organização GIFE, composta por empresas e instituições empresariais.

O Censo, com amostra composta por 100 organizações, dentre fundações e empresas, constitui uma amostra importante do investimento social no país, apontando características e tendências da destinação de recursos privados para ações de interesse público, e pode servir para orientar o trabalho dos captadores de recursos que têm, como parte da sua estratégia de captação, buscar recursos com esse público.

Na página da internet do Censo GIFE é possível consultar diretamente informações obtidas no último levantamento, além de cruzar alguns dados e comparação com dados de edições anteriores da pesquisa.

Statistics

Views

Total Views
228
Views on SlideShare
228
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Censo gife 2012 lançamento Censo gife 2012 lançamento Presentation Transcript

  • RECURSOS FINANCEIROS
  • INVESTIMENTO TOTAL Milhões Variação entre 2008 e 2012 2.600 Ano 2.400 Valor Variação 2008 2.010.821.092 2009 1.909.635.803 -5,03% 2010 1.986.021.235 4,00% 2011 2.168.684.205 9,20% 2012 2.200 2.347.527.117 8,25% 2.000 1.800 1.600 1.400 1.200 1.000 2008 2009 2010 2011 2012
  • ORIGEM DOS RECURSOS Percentual do volume de investimento total Associados que utilizam essa fonte de recursos Recursos doados pela empresa mantenedora / grupo empresarial mantenedor 40,3% 57 Recursos doados pelos indivíduos / grupos familiares mantenedores 2,4% 13 Recursos próprios do Associado, provenientes de fundo patrimonial/ endowment 31,2% 17 Recursos gerados a partir da venda de produtos e serviços 15,6% 13 Contribuições associativas 0,2% 6 Captados junto à cooperação/filantropia internacional 0,2% 5 Captados junto a pessoas físicas e/ou jurídicas eventualmente (ex.: campanhas de doação) 2,8% 23 Subvenções, convênios e parcerias com o setor público 2,8% 13 Outros 4,4% 11
  • INCENTIVOS FISCAIS Investimento total em 2011 2.168.684.205 Total de recursos incentivados em 2011 335.009.214 Percentual de investimento com incentivos fiscais 15% DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS NÚMERO DE INVESTIDORES QUE UTILIZAM O INCENTIVO Lei Rouanet (Lei 8313) 30% 28 Lei do Audiovisual (Lei 8685) 35% 23 Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438) 8% 12 Estatuto da Criança e Adolescente 14% 22 Outros 13% 21 MECANISMOS DE INCENTIVO
  • PREVISÃO DE INVESTIMENTO EM 2013 4% 9% 13% Aumento de mais de 15% Aumento de até 15% 25% Sem variação significativa Redução de até 15% 49% Redução de mais de 15%
  • MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO
  • MONITORAMENTO Registro e sistematização de informações sobre resultados obtidos 90% 9% 89% Registro e sistematização de informações sobre custos/despesas Visitas e/ou entrevistas periódicas com beneficiários 23% 76% 13% 66% Entrevistas com parceiros, beneficiários diretos ou outros públicos Benchmarking Realizado pela própria equipe 25% 59% 12% Realizado com consultor externo
  • AVALIAÇÃO Total de associados por tipo de avaliação Avaliação de impacto 54% Avaliação de resultado 97% Avaliação de processo 90% Definição do Marco de Resultados 71% Diagnóstico inicial / Marco Zero / Linha de Base 67% Percentual total de associados
  • AVALIAÇÃO Realização pela equipe ou com consultor 16% Avaliação de impacto 44% 22% Avaliação de resultado Avaliação de processo Definição do Marco de Resultados 85% 15% 82% 11% Diagnóstico inicial / Marco Zero / Linha de Base Realizado com consultor externo 68% 26% 52% Realizado pela própria equipe
  • ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO
  • DOAÇÃO X EXECUÇÃO DE PROJETOS Variação 2009/2011 2009 Outros 9% Outros 0% Doação 19% 2011 Admin. 16% Doação 29% Admin. 13% Execução 59% Execução 55%
  • DOAÇÃO X EXECUÇÃO DE PROJETOS Por forma de atuação Apoia com recursos financeiros e/ou técnicos projetos/programas de terceiros por meio de doação/ patrocínio pontual e eventual Apoia com recursos financeiros e/ou técnicos projetos e programas de terceiros, a partir de linhas programáticas pré-estabelecidas e/ou processos de seleção/editais regulares Viabiliza financeira e/ou tecnicamente projetos/programas desenvolvidos pelo próprio Associado, mas executados por terceiros Executa diretamente (com equipe própria) projetos/programas, desenvolvidos pelo próprio Associado 38% Doação 49% 44% Execução 69%
  • ORGANIZAÇÕES FINANCIADAS Associados por tipo de organização ONGs / Organizações comunitárias ou de base 90% Institutos/ Fundações 51% Institutos ou centros de pesquisa / Universidades 41% Unidades educacionais / escola 33% Centros de saúde / hospitais 21% Movimentos sociais 20% Centros culturais / Museus 15% Indivíduos (pesquisadores/estudantes/profissionais) Outros Base: 61 associados 10% 3%
  • CRITÉRIO PARA DEFINIÇÃO DAS AÇÕES % de associados Indicadores econômicos e sociais 59% Critérios de vulnerabilidade social 56% Localidades vizinhas às instalações da organização ou empresa 37% Demandas colocadas pelas comunidades do entorno 27% Critérios baseados no mercado de trabalho 15% Demandas identificadas pelos colaboradores da empresa Indicadores de oferta de serviços públicos 14% 10% Critérios sobre o grau de organização comunitária 9% Motivação pessoal (filantrópica/ humanitária/ religiosa, etc.) 9% Outros 21%
  • INVESTIMENTO POR ÁREA GEOGRÁFICA Atuação por região do país
  • RELAÇÃO DOS INSTITUTOS/FUNDAÇÕES COM MANTENEDORA
  • INVESTIMENTO DA MANTENEDORA Além do investimento realizado pelo instituto/fundação 11% 21% Mantenedora investe nas mesmas áreas de atuação Mantenedora investe em áreas distintas de atuação Mantenedora não realiza investimentos em outras ações sociais 18% 36% Associado não tem empresa / Grupo empresarial mantenedor
  • ALINHAMENTO AO NEGÓCIO Relação do investimento com ramo de atividade da empresa 10% 22% Todas as ações são vinculadas ao ramo de atividade da empresa Parte das ações é vinculada ao ramo de atividade da empresa 39% 29% Nenhuma das ações é vinculada ao ramo de atividade da empresa O associado não tem mantenedora(s)
  • DECISÃO SOBRE RECURSOS Na mantenedora CEO/ Diretor-presidente 34% Conselho de administração 29% Diretoria de responsabilidade social/ sustentabilidade/ investimento social 14% Diretoria/Departamento financeiro 10% Comitê interdepartamental de responsabilidade social/sustentabilidade/investimento social 7% Diretoria/ Departamento de relações institucionais/ governamentais Diretoria/ Departamento de marketing e/ou comunicação Outros Associado não tem empresa / Grupo empresarial mantenedor 5% 2% 16% 23%
  • DIVISÃO DE RESPONSABILIDADES Quem é responsável por cada uma das atividades listadas? (em número de organizações) 58 1 Elaboração de projetos próprios 6 3 58 1 Elaboração de plano de ação 8 48 2 Planejamento estratégico 18 42 3 Estratégia de comunicação e marketing 20 3 6 Política de captação de recursos 34 7 21 31 4 Envolvimento de voluntários 15 18 2 30 Política de recursos humanos 5 2 Alocação dos recursos 5 12 1 0 Associado Base respondente: 2011 (68) 10 20 Mantenedora 30 Ambos 40 Não faz 50 60 70
  • COLABORADORES (em número de organizações) 8 Nenhum 45 21 20 De 1 a 5 10 De 6 a 10 De 11 a 20 3 De 21 a 50 20 8 3 70 16 4 18 2 4 10 De 51 a 500 7 3 Acima de 501 1 4 Não informou/ Não se aplica 21 2 0 10 Colaboradores remunerados (próprios) Base respondente: 2011 (100) 20 30 40 50 60 Colaboradores remunerados (cedidos pela mantenedora) 70 Voluntários 80
  • CONSELHO DE GOVERNANÇA Como é composto o conselho de governança das Fundações e Institutos Empresariais? (em%) Apenas internos 33 Independentes, internos e externos 19 Apenas externos 14 Internos e externos 14 Independentes e internos 9 Não informou 7 Não tem nenhum Conselho 5 Apenas independentes 3 0 Base respondente: Fundações e institutos empresariais (58) 5 10 15 20 25 30 35
  • GESTÃO DE PESSOAS E REMUNERAÇÃO VARIÁVEL
  • COLABORADORES (em número de organizações) 8 Nenhum 45 21 20 De 1 a 5 10 De 6 a 10 De 11 a 20 3 De 21 a 50 20 8 3 70 16 4 18 2 4 10 De 51 a 500 7 3 Acima de 501 1 4 Não informou/ Não se aplica 21 2 0 10 Colaboradores remunerados (próprios) Base respondente: 2011 (100) 20 30 40 50 60 Colaboradores remunerados (cedidos pela mantenedora) 70 Voluntários 80
  • REMUNERAÇÃO VARIÁVEL A organização pratica remuneração variável? (em %) 24 54 22 Sim, seguindo política da mantenedora Base respondente: 2011 (99) Sim, seguindo política do próprio associado Não
  • REMUNERAÇÃO VARIÁVEL Que forma de remuneração variável? (em %) PLR (Participação nos lucros e resultados) 60 Bonificação/ Gratificação 51 Outros 13 0 Base respondente: 2011 (47) 10 20 30 40 50 60 70
  • REMUNERAÇÃO VARIÁVEL O pagamento de remuneração variável está vinculado a quais indicadores? (em %) Indicadores de resultados gerais do associado 70 Desempenho/ alcance de metas individuais 67 Indicadores de resultados de projetos específicos 37 Indicadores de resultados da mantenedora 37 0 Base respondente: 2011 (46) 10 20 30 40 50 60 70 80
  • GESTÃO DE PESSOAS Quem é responsável por cada uma das atividades listadas? (em número de organizações) 31 4 Envolvimento de voluntários 15 18 2 30 Política de recursos humanos 5 0 5 Associado Base respondente: 2011 (68) 10 Mantenedora 15 Ambos 20 Não faz 25 30 35
  • GOVERNANÇA E TRANSPARÊNCIA
  • CONSELHO DE GOVERNANÇA Como é composto o conselho de governança? (em%) Apenas internos 23 Independentes, internos e externos 17 Apenas independentes 14 Independentes e internos 12 Apenas externos 10 Internos e externos 9 Não tem nenhum Conselho 6 Não informou 8 0 Base respondente: 2011 (86) 5 10 15 20 25
  • CONSELHO DE GOVERNANÇA Como é composto o conselho de governança? (em%) 36 Apenas independentes 3 18 Independentes e internos 9 14 Independentes, internos e externos 19 7 Não tem nenhum Conselho 5 4 Apenas internos 33 4 Apenas externos 14 0 Internos e externos 14 9 Não informou 7 0 5 10 Fundações e institutos não-empresariais 15 20 25 Fundações e institutos empresariais Base respondente: Fundações e institutos empresariais (58), Fundações e institutos não-empresariais (28) 30 35 40
  • COMPOSIÇÃO DO CONSELHO Definições (Guia de Melhores Práticas de Governança) Conselheiros independentes Pessoas que não têm vínculo atual ou recente de nenhuma natureza com a organização ou mantenedora e seus funcionários Conselheiros internos Pessoas que fazem parte da estrutura de gestão da organização. Ex.: diretores ou funcionários da organização - CLT ou cedidos pela mantenedora, voluntários Conselheiros externos Pessoas que não são independentes, nem internas. Ex.: funcionários da mantenedora, instituidores/investidores, associados, prestadores de serviço, ex-funcionários da organização
  • CONSELHO FISCAL (em %) 13 26 61 Tem Conselho Fiscal formalizado Tem Conselho Fiscal formalizado e atuante (que se reúne no mínimo trimestralmente) Não tem Conselho Fiscal Base respondente: 2011 (85)
  • TRANSPARÊNCIA De que forma e para quem a organização comunica suas ações? (em%) 77 Relatório de atividades / balanço social 18 3 52 Indicadores de impacto e/ou resultados de programas 33 11 51 Demonstrações contábeis e financeiras 43 7 36 Parecer de auditores independentes sobre demonstrações contábeis 39 25 0 Divulga no site ou outros veículos de acesso público Não tem e/ou não divulga Base respondente: 2011 (85) 10 20 30 40 50 60 Divulga apenas para públicos específicos 70 80 90
  • TRANSPARÊNCIA De que forma e para quem a organização comunica suas ações? (em%) 77 Relatório de atividades / balanço social 50 51 Demonstrações contábeis e financeiras 48 0 10 20 2011 Base respondente: 2009 (102), 2011 (85) 30 2009 40 50 60 70 80 90
  • TEMAS DE ATUAÇÃO
  • ÁREA DE INVESTIMENTO (em %) 100 90 80 70 60 50 40 30 2005 2007 2009 20 10 - Base respondente: 2005 (91), 2007 (80), 2009 (102), 2011 (99) 2011
  • ÁREA DE INVESTIMENTO 2009 (%) 2011 (%) Variação % Defesa de direitos 29 42 40 Desenvolvimento comunitário 44 54 18 Comunicação 26 31 15 Esporte e recreação 32 36 9 Apoio à gestão 46 49 4 Educação 82 87 2 Formação de jovens 60 61 -2 Geração de trabalho e renda 51 48 -8 Cultura e Artes 60 54 -13 Saúde 38 33 -15 Assistência social 49 42 -16 Meio ambiente 58 43 -27 Base respondente: 2009 (102), 2011 (99)
  • ÁREA DE INVESTIMENTO Financiamento x execução (em %, 2011) 80 73 70 60 50 47 42 40 33 30 31 31 31 31 34 31 26 29 26 23 21 20 12 10 0 Base respondente: 2011 (99) 28 22 24 20 20 24 18 Financia 17 Executa
  • ÁREA DE INVESTIMENTO (em %, 2011) 100 92 90 80 72 69 70 60 50 48 52 56 55 48 55 45 48 42 41 42 41 41 38 40 28 30 38 38 31 31 31 21 20 10 0 Organizações empresariais Organizações não-empresariais Base respondente: Organizações empresariais (71), Organizações não-empresariais (29) *os percentuais referem-se às respectivas bases