• Like
  • Save
Apresentação da companhia   janeiro 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação da companhia janeiro 2011

on

  • 452 views

 

Statistics

Views

Total Views
452
Views on SlideShare
427
Embed Views
25

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 25

http://ohlbrasil.riweb.com.br 25

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação da companhia   janeiro 2011 Apresentação da companhia janeiro 2011 Presentation Transcript

    • Apresentação da Companhia Janeiro 20111
    • Notice Esta apresentação poderá conter considerações referentes a perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e perspectivas de crescimento da OHL Brasil, baseando-se exclusivamente nas expectativas da Administração da OHL Brasil em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras podem ser afetadas por mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, desempenho do setor, programa de privatização de novas rodovias, e economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela OHL Brasil e estão, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio.2
    • Agenda  A Companhia  Portfólio  Tráfego  Performance OHL Brasil  Plano de Financiamento  Cobertura de Analistas  Novos Negócios3
    • A Companhia – Grupo OHLCONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO CONCESSÕES MEIO AMBIENTE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIALNACIONAL INTERNACIONAL• Construção Civil • EUA• Edificações nacionais • México, Chile e Peru • Dessalinização • Complexos Turísticos • Refinaria• Serviços Urbanos e • Europa Central • Administração e • Shopping Centers Tratamento de água • Gás Infra-estrutura • Qatar e Argélia • Tratamento de água • Petroquímica potável • Energia • Preparação de Terrenos • Proteção contra Incêndios RODOVIAS FERROVIAS PORTOS AEROPORTO MARINAS ESTACIONAMENTO COMERCIAIS •9 • 2 Espanha • 1 México • 4 Espanha • 1 Brasil • 1 Espanha • 1 Argentina 37 km 4 milhões 2..431 • 1 Índia pass/ano ancoradouros • 3 Chile 80 hectares • 6 México • 3 Espanha • 1 Peru 4.414 km4
    • Perfil da Companhia – OHL Concesiones – Presença Geográfica Rodovias Aeroportos Ferrovias Portos5
    • A Companhia – Grupo OHL Grupo OHL OHL Concesiones Grupo Internacional de Construção, Concessões e Serviços,  Posição Estratégica na América Latina: Brasil, México e Chile; listado na Bolsa de Madri desde 1991;  Operador global de infraestrutura: rodovias, portos, aeroportos Fundado há mais de 98 anos e estabelecido em 21 países; e ferrovias; Portfólio de € 81 bilhões (3T10);  Expertise no Brasil através da OHL Brasil; Única construtora espanhola com rating financeiro(Ba1 / BB-).  Ampla experiência internacional no desenvolvimento de estrutura de capital eficiente para projetos. Resumo dos resultados:  Resumo dos resultados:Faturamento (Euros M) 2008 2009 9M10 Faturamento (Euros M) 2008 2009 9M10OHL S.A 4.009 100% 4.390 100% 3.343 100% OHL Concesiones 542 100% 743 100% 786 100%Construção Nacional 1.786 45% 1.604 37% 937 28% Argentina 11 2% 10 1% 10 1%Construção Internacional 1.429 36% 1.830 42% 1.401 42% Brasil 273 50% 432 58% 467 59%Outras Atividades 251 6% 213 5% 220 7% Chile 52 10% 59 8% 51 6%Concessões 542 14% 743 17% 786 24% Espanha 44 8% 49 7% 55 7% México 80 15% 65 9% 63 8% Outros 84 15% 129 17% 140 18%EBITDA (Euros M) 2008 2009 9M10OHL S.A 608 100% 747 100% 656 100% EBITDA (Euros M) 2008 2009 9M10Construção Nacional 121 20% 105 14% 61 9% OHL Concesiones 340 100% 456 100% 476 100%Construção Internacional 111 18% 173 23% 113 17% Argentina 1 0% (3) -1% (2) 0%Outras Atividades 36 6% 13 2% 6 1% Brasil 205 60% 277 61% 305 64%Concessões 340 56% 456 61% 476 73% Chile 33 10% 40 9% 36 8% Espanha 1 0% 26 6% 28 6% México 118 35% 118 26% 127 27% Outros (18) -5% (1) 0% (18) -4% 6
    • A Companhia – Critério de Investimento  Escopo Geográfico:  Países Estratégicos como Brasil, México, Chile, Peru e Espanha;  Seletivamente em outras áreas geográficas.  Nível de Participação: Preferência por participações majoritárias, que conferem os poderes de decisão e controle em cada concessão.  Rentabilidade: Objetivo de 15% em euros, tendo em conta o efeito de possíveis mudanças de paridade, estimado como diferencial de inflação.  Capital: Financiado com fluxo de caixa pelo Grupo.  Dívida: Sem necessidade de aporte dos acionistas e em moeda local, livre de risco cambial.7
    • Perfil da Companhia – Estrutura Societária 100.0% 100.0% Participes en Brasil S.L. ESPANHA 60.0% BRASIL 40.0% Rodovias Federais Rodovias Estaduais São Paulo Outros Negócios 100.0% 100.0% 100.0% 100.0% 100.0% SPR 4.68%8
    • A Companhia – Nossas Concessões Uma das maiores companhias de concessões do Brasil em quilômetros administrados 3.226 Km; OHL Brasil tem participação no principal eixo econômico do país; Existem aproximadamente 35 milhões de pessoas vivendo próximo a nossas rodovias; Operamos em estados que detém mais de 2/3 de toda frota brasileira de veículos. 9
    • A Companhia – Prazos de Concessões  Prazo de Concessão: período médio das concessões em nossa carteira é de 17,5 anos. 23 23 23 23 23 18 8 9 8 2 2 2 2 2 12 12 10 12 Anos remanescentes Anos transcorridos10
    • Portfólio – Concessões Estaduais Concessionárias Estaduais Concessões Estaduais Participação OHL Brasil 100% Extensão 1.147 km Nº de Praças de Pedágio 23 Prazo Médio das Concessões 10,8 anos Veíc. Equiv. – 3T10 42,4 milhões Empregados – 3T10 1.276 Tarifa Média – 3T10 R$ 6,24 Invest. Estimado – (5 Anos) R$ 598 milhões Dívida Líquida – 3T10 R$ 954,6 milhões Rec. Líquida, EBITDA e Margem EBITDA – pg. outorga fixa 70,9% 80,0% 68,2% 67,7% 61,9% 64,0% 57,0% 59,4% 51,1% 60,0%700 724 776 617 659 507 546 494 525 465 467 360 338 395 265 301 184 - 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 9M10 Receita Líquida (R$ mi) EBITDA Fixo com taxa (R$ mi) - Margem EBITDA (%)11
    • Portfólio – Concessões FederaisConcessionárias Federais Concessões FederaisParticipação OHL Brasil 100%Extensão 2.079 kmNº de Praças de Pedágio 29Prazo Médio das Concessões 23 anosEmpregados – 3T10 1.700Tarifa Média – 3T10 R$ 1,51Invest. Estimado – (5 Anos) R$ 3.780 milhõesDívida Líquida – 3T10 R$ 672,3 milhões Rec. Líquida, EBITDA e Margem EBITDA 44,2% 41,7% 42,6% 46,2% 41,4% 25,1% 152 139 141 138 128 100 48 53 61 58 60 70 25 (26) -54.7% - 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Receita Líquida (R$ mi) EBITDA (R$ mi) Margem EBITDA (%)12
    • Tráfego – OHL Concessionárias Estaduais x Indicadores Folha de Pagamento Industrial (1) vs. Veículos de Passeio (base 100 = 2002) 180 Folha de Pagto. OHL Veículos de Passeio 170 160 150 140 130 120 110 100 90 80 Jan-02 Jul-02 Jan-03 Jul-03 Jan-04 Jul-04 Jan-05 Jul-05 Jan-06 Jul-06 Jan-07 Jul-07 Jan-08 Jul-08 Jan-09 Jul-09 Jan-10 Jul-10 Produção Industrial(1) vs. Veículos Pesados (base 100 = 2002) 180 Prod. Ind. SP Prod. Ind. BRA OHL Estaduais – Veíc. Pesados - 170 160 150 140 130 120 110 100 90 Jan-02 Jul-02 Jan-03 Jul-03 Jan-04 Jul-04 Jan-05 Jul-05 Jan-06 Jul-06 Jan-07 Jul-07 Jan-08 Jul-08 Jan-09 Jul-09 Jan-10 Jul-10 - Produção Industrial e Folha de Pagamento Industrial atualizadas até Out/10;13 - OHL Brasil atualizada até Out/10 (1) Fonte: IBGE
    • Sazonalidade do tráfego – Concessionárias Estaduais e Federais Concessões Estaduais - Média Total 2002-2008 Concessões Federal - Média Total 2010 1,20 1,20 ABCR BRA ABCR BRA OHL Estaduais OHL Federais 1,15 1,15 ABCR SP ABCR SP Média Trim. OHL Federais Média Trim. OHL Estaduais 1,10 1,10 1,05 1,05 1,00 1,00 0,95 0,95 0,90 0,90 0,85 0,85 jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Fonte: IBGE; ABCR – Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias de São Paulo14
    • Tráfego – Comercial vs. Passeio 3T10 (Veículos Equivalentes) Concessões Estaduais Concessões Federais 23,6% 36,7% 63,3% 76,3% Comercial Passeio15
    • Tráfego – Cobrança de Pedágio Eletrônica – (Veículos Equivalentes) 60,0% 50,0% 40,0% 30,0% 56,7% 53,0% 53,7% 53,8% 53,9% 56,0% 49,7% 51,7% 51,4% 50,7% 47,1% 20,0%44.2% 36,9% 35,4% 29,6% 30,2% 31,6% 25,0% 27,5% 10,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Concessões Estaduais Concessões Federais16
    • Performance OHL Brasil Evolução do Trafego Consolidado (Mi Veíc. Equiv.) Receita Líquida (em R$ milhão) 446 1189 725 616 428 1090 430 142 389 840 550 127 100 105 108 111 306 268 505 99 159 932002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 9M10 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 9M10 Margem e EBITDA – pg. Outorga fixa (em R$ milhão) ¹ Lucro Líquido (em R$ milhão) 62,8% 63,4% 64,5% 62,3% 65,4%58,7% 57,8% 59,2% 52,4% 176 624 70 474 99 105 205 384 77 75 247 277 645 25 106 168 92 422 3 55 -82002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 9M10 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 9M10 (1 ) Margem EBITDA excluindo as concessões federais17
    • Endividamento Endividamento Bruto (em R$ milhão) Índice de Alavancagem e Dívida Líquida (em R$ milhão) 2.473 2.504 2.5x 2.6x 2.4x 2.2x 1.9x 1.936 1.9x 1.8x 1.794 1.821 1.7x 1.657 1.223 1.4x 37 1.287 1.425 739 267 847 1.012 1.037 922 1.784 1.325 1.346 1.354 1.450 1.455 1.174 1.291 933 935 1.158 1.197 1.186 1.281 915 947 652 735 79 102 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Longo Prazo Curto Prazo Dívida Líquida Dívida Líquida/(EBITDA-Taxa de concessão fixa paga) (LTM)Custo da Dívida Cronograma de Amortização da Dívida (em R$ milhão) Outros 1.231,3 0,1% 1,281.3 IPCA 420,0 14,4% TJLP 36,1% Ponte 861,3 BNDES CDI 245,3 237,7 232,7 49,4% 104,4 173,9 114,3 114,4 out/10- out/11- 2012 2013 2014 2015 2016 2017 set/11 dez/1118
    • Investimentos OHL Brasil CapEx Estimado(1) – Estaduais (R$ milhão) CapEx Estimado(1) – Federais (R$ milhão) 910 930 880 683 620 528 440 197 182 371(2) 136 147 85 79 105 137(2) 2008 2009 2010E 2011E 2012E 2013E 2014E 2008 2009 2010E 2011E 2012E 2013E 2014E  Concessões Estaduais (2010-2014): R$598 milhões  Concessões Federais (2010-2014): R$3,8 bilhões (1) Base Dezembro201019 (2) 9M10
    • Plano de Financiamento – Concessões Federais R$ 2,3 bi  Financiamento do Capex para os próximos 8 anos  Média de 69,0% do Capex Financiável BNDES1 CAPEX  Período de carência de 2 anos Federal  Amortização em 12 anosPróx. 5 anos  Custo: TJLP + margem de 200-300 bps R$ 3,4 bi  Conclusão em 2011 R$143 mi  Empréstimo Ponte de R$ 1,0 bilhão junto ao BNDES  Até set/10 foram desembolsados R$ 857 milhões pelas 5 concessionárias federais R$857 mi  Prazo de 18 meses e custo inferior a 10,0% a.a R$241 mi OHL R$620 mi  Geração de caixa das concessões estaduais e federais  Debêntures nas concessões estaduais como fonte adicional de financiamentoR$1.582 mi  Taxa de alavancagem menor de 3.5x (Dívida Líquida/EBITDA) R$839 mi Realizado/Desembolsado (até set/10) Crédito não desembolsado Total Esperado20 (1) BNDES = Banco Nacional de Desenvolvimento, é uma empresa pública federal, vinculada ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
    • Cobertura de Analistas – Preço-Alvo e Recomendações 83,00 80,30 80,00 73,00 72,70 Média TP: 70,00 R$ 69,96 68,00 67,00 66,00 65,00 64,00 61,00 59,50 BB Safra Citi Credit Suisse Votorantim Santander Banco Fator UBS Barclays Merrill Lynch J.P. Morgan HSBC ItaúInvestimentos 73,00 72,70 Corretora Capital Securities 70,00 67,00 Comprar Comprar Manter Comprar Comprar Manter Manter Comprar Manter Comprar Manter Vender Comprar21
    • Novos NegóciosGoverno Federal – BR 101/ES/BA • Cobertura: 475,9 km (BA-698 – ES, km 458,4) • Termo de Concessão: 25 anos • Condições: menor tarifa • Investimentos: aprox. R$ 2,35 bilhões (R$ 893 milhões nos 5 primeiros anos) • Custo de Operação (25 anos): R$ 1,64 bilhões • Praça de Pedágio: 7 • Tarifa de Pedágio: R$ 6,80 por 100 Km • Receita Estimada (25 anos): R$ 6,7 bilhõesFonte: ANTT - Jan/201022
    • Novos NegóciosGoverno Federal – BR-381/MG • Cobertura: 301 km (entre o Anel Viário de Belo Horizonte e a rodovia BR 116 – Governador Valadares) • Termo de Concessão : 25 anos • Condições: menor tarifa • Investimentos: aprox. R$ 1,99 bilhões (R$ 1,13 bilhões nos 5 primeiros anos ) • Custo de Operação (25 anos): R$ 835 milhões • Praça de Pedágio: 4 • Tarifa de Pedágio: R$ 5,70 por 100 Km • Receita Estimada (25 anos): R$ 5,9 bilhõesFonte: ANTT - Jan/200723
    • Novos NegóciosGoverno Federal – BR-040 (DF/GO/MG) • Cobertura: 937 km (Distrito Federal – Juiz de Fora) • Termo de Concessão : 25 anos • Condições: menor tarifa • Investimentos: aprox. R$ 2,77 bilhões (R$ 1,29 bilhões nos 5 primeiros anos) • Custo de Operação (25 anos): 2,02 bilhões • Praça de Pedágio: 12 • Tarifa de Pedágio: R$ 3,43 por 100 Km • Receita Estimada (25 anos): R$ 8,76 bilhõesFonte: ANTT - Jan/200724
    • Novos NegóciosGoverno Federal – BR-116/MG • Cobertura: 817 km (BR-393 RJ – BR-116 BA) • Termo de Concessão: 25 anos • Condições: menor tarifa • Investimentos: aprox. R$ 3,55 bilhões (R$ 870 milhões nos 5 primeiros anos) • Custo de Operação (25 anos): R$ 1,73 bilhões • Praça de Pedágio: 8 • Tarifa de Pedágio: R$ 4,80 por 100 Km • Receita Estimada (25 anos): R$ 8,51 bilhõesFonte: ANTT - Jan/200725
    • Novos NegóciosGoverno de Minas Gerais – PPP/MG • Cobertura: 17 lotes com 7.000 km Nenhuma data estimada para o leilão.26
    • Novos NegóciosGoverno do Rio Grande do NorteConstrução e Operação do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (ASGA) • Termo de Concessão: 28 anos (construção do aeroporto em 3 anos e 25 anos em operação) • Condições: maior taxa do governo – (mínimo: R$ 3,7 milhões) • Investimentos (ano 1–15): aprox. R$ 650 milhões (R$ 429 milhões nos 6 primeiros anos) • Custo de Operação (ano 4–28): R$ 1,07 bilhões • Receita Estimada (35 anos): 3,24 bilhõesFonte: ANAC - Dez/200927
    • Novos Negócios • Galeão (Rio de Janeiro) e Viracopos (Campinas-SP): As concessões destes dois aeroportos são esperadas pela iniciativa privada. Fotos do Aeroporto Internacional de Toluca, concessão da OHL Concesiones.28
    • Contatos OHL Brasil S.A.: Rua Joaquim Floriano, 913 – 5º andar Francisco Leonardo Moura da Costa Itaim Bibi – São Paulo – SP CFO e Director RI CEP 04534-013 francisco.leonardo@ohlbrasil.com.br Phone.: (+55 11) 3074-2404 Alessandro Scotoni Levy Gerente RI Visite nosso website: alessandro@ohlbrasil.com.br www.ohlbrasil.com.br/ir29