Your SlideShare is downloading. ×
0
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Divórcio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Divórcio

1,653

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,653
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O impacto do divórcio dos pais nos filhos
  • 2. Algumas perdas: Presença de um dos progenitores em casa. Rotina da manhã, a história ao deitar, os fins de semana, as férias de verão, a noite de Natal, ou os momentos decorrentes de simplesmente estar com os pais. Poder económico. Sistemas de apoio.As respostas das crianças ao divórcio dos pais são diversas
  • 3. Oito emoções primárias/reacções ao divórcio Experiência de perda de controlo Tristeza Desilusão com os pais Vergonha Receio que os pais os deixem de amar Agressividade Auto-culpabilização Culpabilização de um dos pais
  • 4. Outras reacções/problemas: Recusa da realidade Preocupações concretas Fantasia de reconciliação Problemas de lealdade Sintomas psicossomáticos
  • 5. O impacto do divórcio e ciclo de vida Afectados pela tristeza e Mudanças dramáticas notensão dos pais, pela quebra comportamento em resposta de rotinas, pela falta de à ruptura familiar. Não atenção dos pais devido ao conseguem compreender o stress que sofrem que está a acontecer Até aos 3 anos Pré-escolarIrritabilidade Confusos, assustados, medoAgressividade de abandonoRegressões de comportamento Sentimentos de rejeiçãoPerturbação Comportamento Auto-culpabilizaçãoAlimentar IrritabilidadePerturbação do sono Ansiedade (especialmente rotinas de separação) Comportamentos de dependência, Agressividade, Birras Regressão do comportamento
  • 6. O impacto do divórcio e ciclo de vida Acreditam que a família é Acham que os pais se Maior compreensão vital para a sua podiam reconciliar se dos acontecimentos. sobrevivência. Sentem se esforçassem, Preocupados com o intensamente a dor, a acusando-os de futuro. Perda de perda e o desespero. egoísmo. Abalo do segurança que lhe era Sentem intensamente seu sentido de conferida pela família saudades do pai ausente. identidade e das nos movimentos paraSentimentos de abandono e noções de “certo” e uma maior rejeição. Fantasiais de “errado”. autonomia. reconciliação. 6-8 anos 9-12 anos Adolescência Tentam desesperadamente Aumento de actividade Tristeza, fúria, ser leais a ambos os pais. física interna. sensação de vazio.Dificuldades de concentração Agressividade directa Fadiga, dificuldades de na escola. Dificuldades na contra um (um concentração. relação com pares. Não se progenitor é culpado e Regressões. conseguem distrair da dor. o outro vítima) ou Comportamentos Agressividade. ambos os pais. agressivos. Incumprimento de regras. Sintomas psicossomáticos (dores de cabeça e de estômago).
  • 7. Mas... O divórcio não tem consequências negativas por si; O conflito é o principal preditor do ajustamento das crianças; Alguns dos problemas atribuídos ao divórcio já existiam antes do divórcio, provavelmente devidos à má qualidade das relações familiares; O ajustamento dos filhos melhora se o divórcio termina o conflito parental; Crianças de famílias divorciadas “sem conflito parental” estão mais bem ajustadas do que crianças de famílias intactas “com conflito parental”; Muitas crianças conseguem ajustar-se e recuperar.

×