APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TELEFONE (11)980950932         APOSTILA DAS SETE QUALIDADE               DE UM OBREIRO1...
APOSTILA DE OBREIRO               oportunidade para ser um obreiro meditar em 2Tm 2: 15“ Procura apresentar- te a Deus, ap...
APOSTILA DE OBREIROdifamar, para tentar nos parar, mas temos que nos lembrar que fomos chamados porDEUS e portanto temos q...
APOSTILA DE OBREIRO                     QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE...A Palavra tem poder, ninguém duvida. Podemos...
APOSTILA DE OBREIRO   “Por cujo motivo te lembro que despertes o dom de Deus que existe em ti pela   imposição das minhas ...
APOSTILA DE OBREIROouviste...isso mesmo transmite a homens...para instruir a outros" (2:2). Deus nãoquer que novas geraçõe...
APOSTILA DE OBREIROuse-o em algum ministério, mas este é o mesmo que critica aquele que por seuesforço começa a crescer de...
APOSTILA DE OBREIROposto de rei e a transferência da unção que estava sobre ele para um guerreiro queandava segundo o cora...
APOSTILA DE OBREIRODos versos 11 a 13, Paulo fala que o OBREIRO DE DEUS tem que CONFIAR em DEUS.JESUS morreu e os servos d...
APOSTILA DE OBREIRO3) QUALIDADE OBREIRO E DEVE AGIR COM SABEDORIA E MANSIDÃOE repele as questões insensatas e absurdas, po...
APOSTILA DE OBREIROOnde acontecem tais coisas a fé se torna medíocre, a igreja fria.• Porque não é pela força que se conve...
APOSTILA DE OBREIROO cristão que é apenas convencido não suporta palavras duras, quando o pastor/bispo ou atémesmo um obre...
APOSTILA DE OBREIROSignifica: ato ou efeito de submeter-se, obediência voluntária, sujeição.Reconhecendo a autoridade mini...
APOSTILA DE OBREIROEx: Mical defende a Davi- Então, Mical desceu a Davi por uma janela; e ele se foi, e fugiu, eescapou.E ...
APOSTILA DE OBREIROoração, leva o obreiro a consagração; conforme determinado pelo Senhor Deus:“Portanto, santificai-vos e...
APOSTILA DE OBREIRODia.” (2Tm 1:12)Para se crer inabalavelmente na palavra de Deus; que nos leva a ter fé; é necessário te...
APOSTILA DE OBREIROQuando nós obreiros estamos pregando a palavra do Senhor devemos tomar algunscuidados. Detalhes que dev...
APOSTILA DE OBREIRO                      Acharás também lugar,                      Sim, na vinha do Senhor.APOSTILA DE OB...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apostila das sete qualidade de um obreiro

5,171

Published on

1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
5,171
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
222
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apostila das sete qualidade de um obreiro

  1. 1. APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TELEFONE (11)980950932 APOSTILA DAS SETE QUALIDADE DE UM OBREIRO1). QUALIDADE AGIR COMO SOLDADO2) QUALIDADE DÁ TESTEMUNHO SOLENE3) QUALIDADE COM SABEDORIA4) QUALIDADE CONVERTIDO5.) QUALIDADE DEVE SER SUBMISSO6) QUALIDADE DEVE SER OBEDIENTE7) QUALIDADE APROVADO E ÉTICO AGRADEÇO A DEUS QUE TODOS IRMÃOS POSSA SER ABENÇOADO EM NOME DE JESUS DIACONO CARLOS DA ASSEMBLÉIA DE DEUS- BRAS MINISTÉRIO DE MADUREIRA APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 1
  2. 2. APOSTILA DE OBREIRO oportunidade para ser um obreiro meditar em 2Tm 2: 15“ Procura apresentar- te a Deus, aprovado, como obreiro que não tem do que seenvergonhar, que maneja bem a palavra de verdade “. http://www.slideshare.net/OBREIRO/documents http://diacono-carlosalberto.blogspot.com.br PROCURA APRESENTAR- TE A DEUS APROVADOComo obreiro de DEUS muitas coisas. Procuramos estudar, procuramos orar,procuramos nos santificar, procuramos servir as pessoas, procuramos frequentar oscultos, procuramos dizimar, ofertar, procuramos crescer como obreiro.Tudo isto é importante, mas existe algo mais importante que devemos fazer, devemosPROCURAR nos APRESENTAR A DEUS. É neste detalhe que muitos falham, muitosobreiros se apresentam a sua igreja, a sua denominação, ao seu pastor, ao seu bispo, aoscongregados que ele serve, mas as vezes se esquece de se APRESENTAR A DEUS.DEUS é o SENHOR de sua própria obra, ELE é o responsável pela divisão de tarefas desua obra, é a ELE a quem devemos prestar contas de nossos trabalhos.O OBREIRO de DEUS deve conversar com DEUS todos os dias, esta comunhão diáriaproporcionará o aperfeiçoamento do servo de DEUS. Existem “ obreiros “ que nãooram, que quase não estudam a bíblia, não se apresentam a Deus, como pode estapessoa ser bem sucedida na obra de DEUS, que se caracteriza pelas lutas espirituaiscom as forças do mal?Paulo diz que o OBREIRO deve se apresentar a DEUS , mas diz também de quemaneira este obreiro deve se apresentar a DEUS.O obreiro deve se apresentar a DEUS APROVADO. O que isto significa? significa quetemos que ter a aprovação de DEUS e da Bíblia para o que fazemos. Um obreiro deDEUS deve ser PACIFICADOR e não guerreador.A luta do obreiro é contras as forças do mal e não contra pessoas. Como obreiros deDEUS temos que respeitar a religião das outras pessoas, pois só podemos apresentarJESUS para as pessoas, provando que o AMOR DE DEUS habita em nós, e o AMORde DEUS vem acompanhado de RESPEITO a liberdade das pessoas.Tem obreiro que gasta tempo em sermão em vídeo, áudio e até em livro , brigando comoutros obreiros e brigando com outros religiosos. O povo de DEUS é o povo querepresenta DEUS , se dissemos que andamos com DEUS , as pessoas esperam ver asvirtudes e o caráter de DEUS em nossas atitudes e relacionamentos.O obreiro para ser APROVADO tem que passar nos testes do ministério. Enfrentarmais provas e testes durante um ano. Na vida espiritual é assim também, nada vem degraça, DEUS prova as pessoas que chama as provas de fogo constantemente estãodiante de nós.Algumas pessoas se apresentarão em nosso caminho para nos atrapalhar, para nos APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 2
  3. 3. APOSTILA DE OBREIROdifamar, para tentar nos parar, mas temos que nos lembrar que fomos chamados porDEUS e portanto temos que nos apresentar somente a DEUS. COMO OBREIRO QUE NÃO TEM DO QUE SE ENVERGONHAR...Temos muitos motivos para nos orgulhar como obreiro de DEUS. Fomos criados porDEUS, fomos sustentados durante toda a nossa vida por DEUS, fomos salvos porJESUS, o Espírito Santo habita em nosso coração, os ANJOS DE DEUS nos protegemtodos os dias, fazemos parte da mesma comunidade que Abraão, Jacó, Elias , Davi,Pedro , Paulo, Débora e de outros servos de DEUS do passado e do presente. Hojepertencemos a igreja de nossa geração, portanto pertencemos a um grupo de pessoassalvas por JESUS espalhadas em toda a terra, portanto não estamos sós na tarefa querealizamos, temos muitos motivos para nos orgulhar.Um obreiro de DEUS não deveria ter do que se envergonhar, mas não é isto o queacontece na prática, nós os verdadeiros e sérios obreiros nos envergonhamos de muitascoisas.Eu me envergonho de ver pregadores COBRANDO e cobrando alto para pregar o quereceberam de graça de JESUS, eu me envergonho de ver obreiros brigando com outrosobreiros por causa de dinheiro, de membros, de região geográfica, eu me envergonho dever obreiros que deveriam agir com transparência, usarem o dinheiro sagrado dedízimos e ofertas que o povo de DEUS dá para a obra de DEUS, para uso próprio,comprando mansões, viajando de primeira classe para pregar e comprando até jatinhosde milhões de dólares.Eu me envergonho de ver tantos obreiros se separando de suas esposas e família,namorando com suas secretárias , assistentes e membros da congregação, e continuam a“ ministrar “ como se nada tivesse acontecido.Eu me envergonho de ver “ obreiros “ que não conhecem a bíblia e seus personagens, equerem ensinar alguma coisa espiritual ao povo de DEUS. Eu me envergonho de vergente se rebelando nas igrejas sérias e abrindo milhares de “ igrejas “ com nomesestranho e que causam vergonha aos que seriamente servem a DEUS.Eu me envergonho de ver no ministério musical das igrejas verdadeirosPARAQUEDISTAS ESPIRITUAIS “ gente que nunca pertenceu a igreja, que não fazmais sucesso em suas carreiras, e por saber que o Brasil tem pelo menos 50 milhões deevangélicos, se infiltram nas igrejas, vendendo cds, dvs e outras “ cositas mais “.Eu me envergonho de ver na época de eleições os púlpitos das igrejas serem usados poroportunistas que só querem o voto e nada tem com DEUS e sua obra. Púlpito é lugar depregador da palavra de DEUS.Não tenho tempo para enumerar tudo o que me ENVERGONHA na igreja hoje, mascomo eu me preocupo em AMAR E SERVIR a DEUS , eu não me envergonho de serum servo de DEUS , de ser Cristão, de ser evangélico, de ser crente. Tenho orgulho depertencer a um grupo vencedor como este, me orgulho de abrir a bíblia e poder entendersuas lições, me orgulho de dobrar meu joelho diante daquele que me criou e me salvou,me orgulho de ser um cidadão dos céus. APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 3
  4. 4. APOSTILA DE OBREIRO QUE MANEJA BEM A PALAVRA DA VERDADE...A Palavra tem poder, ninguém duvida. Podemos falar e estimular uma pessoa oupodemos dizer algo que desanime uma pessoa. A palavra é expressão do pensamento,mas nem tudo o que pensamos devemos dizer. Devemos selecionar cuidadosamentecada palavra que dizemos, pois senão corremos o risco de criar muitos problemas paranós e para as pessoas ao nosso redor. Pior do que dizer uma palavra mal selecionada édizer MENTIRAS.A mentira não existe, é uma criação da pessoa, por isto em alguns tribunais jurídicos,para forçar uma pessoa a dizer a verdade, a pessoa deve falar com a mão sobre a bíblia,a pergunta é : “ VOCE PROMETE DIZER A VERDADE, SOMENTE A VERDADE ,NADA MAIS DO QUE A VERDADE ? “. Hoje existem detectores de mentiras, parasaber se o que a pessoa está dizendo é a verdade.O obreiro de DEUS é o detentor da verdade. Ele prega sobre o que DEUS é e o que ELEpromete para as pessoas, DEUS nunca mente, tudo o que ELE diz é a verdade, o diabo éo PAI DA MENTIRA , portanto não podemos acreditar nele, a verdade não faz partedele.É por isto que o obreiro de DEUS deve usar a bíblia como base, o servo de DEUS nuncapode mentir, ele deve manejar bem a PALAVRA DA VERDADE.A PALAVRA DA VERDADE É a Bíblia sagrada, o obreiro de DEUS deve dominar abíblia de gênesis a apocalipse, deve conhecer todos os seus personagens, deve conheceras doutrinas e princípios. Um obreiro de DEUS deve ser transparente em tudo o que faz,como líder deve ser VERDADEIRO na administração financeira da igreja.Se um agente público dever ter alto grau de honestidade, um servidor de DEUS nãopode ser menos avaliado. O obreiro de DEUS deve sempre dizer a VERDADE,PREGAR A VERDADE, VIVER A VERDADE e espalhar a verdade, a verdade sempreprevalece, a mentira tem pernas curtas e logo é descoberta.1). QUALIDADE OBREIRO DEVE SE AGIR COMO SOLDADO, ATLETA ELAVRADOR “Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguémque milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que oalistou para a guerra. E, se alguém também milita, não é coroado se não militarlegitimamente. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo”. (2Timóteo 2: 3-7)Nesta carta ao discípulo Timóteo, Paulo mostra uma certa preocupação com o jovempela negligência ao chamado e talento que ele insistia em esconder. A segunda cartaa Timóteo não seria necessária se o amado discípulo de Paulo tivesse cumprido aquiloque o Apóstolo lhe pediu que fizesse na primeira carta. Podemos ver isso nosseguintes versículos:“Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãosdo presbitério”.(1 Timóteo 4: 14) APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 4
  5. 5. APOSTILA DE OBREIRO “Por cujo motivo te lembro que despertes o dom de Deus que existe em ti pela imposição das minhas mãos”. (2 Timóteo 1:6). Timóteo tinha um chamado a cumprir, porém estava havendo uma certa negligência da parte dele para com sua missão. Então Paulo lhe faz uma exortação, aprofundando-se mais ainda no tema “chamado e negligência”. Podemos observar nos versículos base deste estudo que Paulo começa a comparar aos que são chamados por Cristo como soldados que estão alistados em um exército. Vamos estudar versículo por versículo deste texto e, assim como Paulo, nos aprofundarmos mais ainda neste assunto de negligência de chamado e ocultamento de dons, que infelizmente hoje é tão comum dentro das Igrejas.1. “Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Cristo” (2 Timóteo 2: 3). Talvez Timóteo estivesse negligenciando o seu chamado por estar passando por alguma aflição. Paulo o impulsiona a sofrer estas aflições para agradar a Cristo. De fato, muitos são os medos e as dificuldades que podem se levantar contra nós para nos afligir, tentando nos barrar para que não cumpramos o nosso chamado. Na primeira carta a Timóteo, Paulo diz ao discípulo: “Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza”. (1 Timóteo 4:12). Não podemos afirmar com certeza que a aflição que Timóteo vivia era o fato de ser jovem demais e temer que as pessoas o desprezassem e não lhe respeitassem ou lhe dessem ouvidos por causa disso. Fato é que este medo na vida de Timóteo estava barrando-o no cumprimento de sua missão, a ponto de Paulo ter que lembrá-lo do seu dom, que inclusive foi confirmado por imposição de mãos. Qual o medo que está te barrando? Talvez você seja tímido demais, ou acredite que não seja inteligente demais para fazer qualquer coisa para Deus. Talvez você fique preocupado com o que vão dizer ou pensar a seu respeito. Talvez algo que esteja no seu passado ainda seja uma pedra no seu caminho para que você não cumpra seu chamado no presente. Enfim, seja qual for a sua aflição, saiba que Jesus quer mudar a sua história! Você, quando é chamado para cumprir uma tarefa, recebe ordens que vêm direto do comandante, que é Jesus! Assim como Paulo disse: sofre as aflições, como um bom soldado de Cristo. Você é soldado de Cristo! Não importa o que os outros vão pensar ou dizer; importa o que Cristo diz a seu respeito! Não importa se você é inteligente ou não; quem te dá sabedoria é Cristo! Não importa se você é tímido demais; quem te capacita é Cristo! Não importa o seu passado, quem te redime é Cristo! Se Jesus é nosso comandante, Ele é quem nos treina, quem nos capacita. Basta estarmos dispostos a obedecê-lO e segui-lO. E as aflições? Bom, quanto às aflições, Ele mesmo nos ensinou: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. (João 16:33). (2:1-2). Em sofrimento, o servo de Deus deve procurar força na graça de Deus, e não em sua própria capacidade ou sabedoria (2:1; veja Hebreus 12:28; Tito 2:11-14; 2 Coríntios 12:7-10). Assim fortificado, é necessário que o servo ensine a palavra da graça de Cristo para outros (2:2; veja Atos 20:32). Nisto notemos duas coisas importantíssimas: É a vontade de Deus que a mesma palavra se passe de uma geração para outra. Paulo disse, "o que da minha parte APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 5
  6. 6. APOSTILA DE OBREIROouviste...isso mesmo transmite a homens...para instruir a outros" (2:2). Deus nãoquer que novas gerações ensinem coisas novas (veja Gálatas 1:8).O que é preciso em quem vai ensinar a palavra é fidelidade, e não eloqüência ousabedoria própria (veja 1 Coríntios 4:1-2). Quem se fortifica na graça de Deus e nãono orgulho de homens ensinará apenas a palavra de Deus. O contexto do que vamos avaliar aqui é o do: Soldado, atleta, lavrador (2:3-13). O servo do Senhor precisa ser bem treinado edisciplinado para que possa alcançar os alvos de Deus. Como soldado, terá quesacrificar certos confortos e seus próprios desejos para conquistar o objetivo do seucapitão. Como atleta, terá de seguir regras, sacrificando a sua liberdade para recebero prêmio. Como lavrador, terá que trabalhar duro com muita paciência, para depoisreceber o fruto (2:3-7).Jesus e Paulo são exemplos perfeitos. Eles sofreram em servir a Deus, confiantes queele dê a cada um de acordo com as suas obras (2:8-13; veja 2 Coríntios 5:9-10)SOLDADO DE CRISTO, dos versos 1 a 4, Paulo fala que o servo, e obreiro de DEUStambém é soldado, ou seja para servir a DEUS é preciso se preparar da mesma forma que umsoldado vai para a guerra, sabendo que vai encontrar um inimigo preparado, é preciso estaralerta e preparado para ser vitorioso. “Ninguém que milita se embaraça com negócios destavida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra”. (2 Timóteo 2: 4)Seguindo a linha de raciocínio de Paulo, de que somos soldados de Cristo, o Apóstolovem com outra lição bastante interessante. Ele diz que ninguém que milita, ou seja,ninguém que cumpre o chamado se embaraça com as coisas do mundo, com osnegócios desta vida. De fato, soldado que está em batalha dificilmente tem tempo parase distrair com o que é desnecessário. Quem está do lado de seu comandante naguerra permanece no mesmo campo de batalha que ele, e não anda pelo território doinimigo. Quem pertence a Deus não pode dar umas escapadinhas no território domaligno. O mundo jaz no maligno, e o verdadeiro soldado de Cristo não pode vivercom um pé no mundo!“Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contraDeus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo deDeus”. (Tiago 4:4).O interessante de tudo isso é que Paulo afirma que aquele que está milita não seembaraça com os negócios desta vida. Ou seja, aquele que cumpre o chamado nãotem tempo para se envolver com o pecado e com as coisas deste mundo. No contextogeral, Paulo diz que aquele que cumpre um chamado, que têm um Ministério e que seenvolve com a obra de Deus está seguro! As obras são segurança para os Cristãos.Eis aqui mais um motivo para você cumprir o seu chamado! Ficar preso ao banco deuma Igreja ou levar uma vida cristã sem se envolver com a obra da Igreja propiciamaiores condições para que você se envolva com as coisas desta vida e apostate dasua fé. Isso porque soldado que não milita está com tempo ocioso, semresponsabilidades em sua consciência, sem ter com o que se ocupar em seuspensamentos. E como já diz o antigo ditado: “mente vazia, oficina do diabo”. Quemnão possui nenhuma responsabilidade no corpo ficará com tempo para, por exemplo,começar a achar falhas e defeitos nos que fazem algo. Esta talvez seja hoje em diauma das estratégias mais sujas, porém, a mais usada por satanás para criar intrigasdentro das igrejas. Há quem não se esforce para pagar o preço e permitir que Deus APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 6
  7. 7. APOSTILA DE OBREIROuse-o em algum ministério, mas este é o mesmo que critica aquele que por seuesforço começa a crescer dentro do corpo e ser honrado.Isso é simples de entender: Paulo diz que quem milita não se envolve com osembaraços desta vida, porque sua preocupação está em agradar Àquele que o alistoupara o exército. Como soldados de Cristo, sabemos que as responsabilidades e ocumprimento do chamado pode nos gerar aflições e perseguições por causa do nomede Jesus, porém, isso não irá nos atingir, visto que queremos agradá-lO. Por isso,buscaremos conhecer o Seu caráter, a Sua vontade e alcançar a Sua satisfação.Aquele que cumpre um chamado assume a diante de todos a quem ele serve, pois semilitamos para agradar quem nos alistou, àquele a quem agradamos também é onosso Senhor!“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ouse dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e aMamom”. (Mateus 6:24)Dos versos 5 a 9, Paulo diz que o obreiro , tem que ser DISCIPLINADO, e dá como exemplo oATLETA E LAVRADOR.E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.” (2 Timóteo 2: 5).No atletismo, existem várias regras que devem ser respeitadas para que a pessoapossa ser considerada legalmente campeã. Qualquer desobediência a estas regraspodem desclassificar e desqualificar o atleta de receber a sua medalha. Com a obrade Deus não é diferente! Paulo diz que aqueles que militam também precisam militarlegitimamente se quiserem receber a coroa. Todos nós sabemos que nosso trabalhono Senhor não é em vão! (2 Coríntios 15: 58) - “Portanto, meus amados irmãos, sedefirmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalhonão é vão no Senhor”. Portanto, este trabalho não deve ser feito de qualquer forma!O bom soldado é aquele que não quer surpreender o seu comandante fazendo algopensando que vai agradar, mas sem ter recebido ordens de fazê-lo. Fazer algo paraagradar a Deus, desde que esteja dentro da Palavra, não está errado! Porém, fazeralgo pensando que vai agradar a Deus, mas tendo dúvida se tem base Bíblica ou não,melhor não fazê-lo. Um exemplo disso é a história de Saul, quando recebe ordens deDeus para que ele destruísse os Amalequitas e tudo o que lhes pertencia, queranimais, quer bens, quer casas, absolutamente tudo deveria ser destruído! Saul foi ematou homens, mulheres, crianças, porém, poupou alguns bens e animais, pensandoem oferecê-los a Deus, como forma de agradar. (1Samuel 15). Porém não agradou!Mesmo que a intenção parecesse boa aos olhos humanos, tudo o que pertencia aosamalequitas já era amaldiçoado por Deus, e Ele não aceitaria coisas impuras. Porisso, ordenou a Saul que tudo fosse destruído, e fazendo isso, Saul desagradou aDeus por um único motivo: Deus tem mais prazer em que se obedeça a Sua Palavrado que em sacrifícios.Agradar a Deus está limitado em se cumprir a Sua Palavra. Tudo o que fazemos emnosso ministério, cumprindo o nosso chamado, deve ser feito ouvindo e andandoconforme a voz de Deus. Devemos ter sensibilidade à Voz do Espírito Santo paracumprir o chamado exatamente do jeito que Ele quer, seguindo as Suas coordenadase avançando conforme a Sua direção. Esta é uma enorme responsabilidade, porémnão é difícil de ser praticada. Tudo o que vem de Deus são ordens concretas. Deusnão deixa dúvidas do que Ele quer, como Ele quer e quando Ele quer. Quando oSenhor fala ao nosso coração algo que Ele quer que façamos, sentimos paz e não hádúvidas. Tudo o que tivermos dúvida em fazer é melhor não fazê-lo! Saul tinha umaordem concreta e não obedeceu cem por cento. Sua colheita foi a destituição de seu APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 7
  8. 8. APOSTILA DE OBREIROposto de rei e a transferência da unção que estava sobre ele para um guerreiro queandava segundo o coração de Deus, que foi Davi.Todo atleta precisa ser disciplinado para vencer. Disciplina significa diariamente exercitar paraaprimorar a técnica e manter a forma. O servo de DEUS como atleta deve orar, e praticar com aspessoas diariamente, tudo o que tem aprendido de DEUS.O LAVRADOR precisa conhecer do tempo da terra, da semente, da semeadura ecolheita. O servo de DEUS LAVRADOR ao plantar oração, adoração, serviço aospobres e necessitados, certamente vai colher vidas salvas libertas e felizes para o reinode DEUS. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera oque digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo”. (2 Timóteo 2: 6-7).O lavrador que trabalha tem direito aos frutos. Isso é natural, porém, deve serobservadas duas coisas! Primeiro: somente quem trabalha tem direito aos frutos.Muitos querem frutos, mas não querem pagar o preço. O trabalho de um lavrador épreparar a terra, semear, regar e depois colher. Existe um tempo que corresponde aotrabalho. Segundo: a colheita é algo para o futuro. Não podemos esperar uma colheitano tempo em que queremos. Temos que estar à disposição do tempo de Deus.Aquele era o tempo de Timóteo trabalhar. A colheita era algo que viria para o futuro, emesmo que demorasse algum tempo, a colheita era certa. O lavrador é o primeiro agozar dos frutos. Quando a colheita de Deus vier sobre sua vida, você será o primeiroa saber, o primeiro a desfrutar, o primeiro a comer os frutos!Esta é uma outra questão que você deve observar para não negligenciar o seuchamado. Muitos começam uma obra e param porque não veem os resultados deimediato. A mente humana é imediatista, mas a de Deus é sábia! Ele sabe o tempocerto para cada coisa acontecer. Trabalhar sem ver resultados não é motivo paradesanimar. Pelo contrário, nos apeguemos a esta palavra: o lavrador é o primeiro adesfrutar dos frutos. Se não desfrutamos ainda, é porque não terminou o tempo donosso trabalho. Os frutos virão somente se o nosso trabalho for levado até o fim. Sedeixarmos de trabalhar, o campo também deixará de ser cuidado, e os frutosminguarão!Sabemos que não seremos salvos pelas nossas obras, e sim pela nossa fé. Porémnão podemos nos esconder atrás deste versículo para não praticarmos obra nenhumadentro do Corpo de Cristo. Pelo contrário: tudo o que recebemos mediante a salvaçãoaponta para a prática de boas obras! (Colossenses 1: 9-11; 2 Coríntios 9: 8; Efésios2: 10; Tito 2: 7; Hebreus 13: 21). E mesmo que não estamos envolvidos com obras,se afirmamos que temos fé, estamos mentindo, pois Tiago diz o seguinte: (Tiago 2:14,17 e 18) – “Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras?Porventura a fé pode salvá-lo? Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em simesma. Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuasobras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras”.Não há desculpas! Não podemos negligenciar nosso chamado e esconder nossostalentos! Você faz parte do Corpo de Cristo e têm uma função a cumprir. Não deixeque as aflições, ou os embaraços da vida, ou o tempo para a colheita te impeçam decumprir seu chamado. Tome a postura do bom soldado de Cristo e esteja apto paraesta guerra, da qual você já está alistado! Deus conta contigo, afinal, Ele mesmo teescolheu e chamou, e este chamado tem um só propósito: que você gere frutos (João15: 16). APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 8
  9. 9. APOSTILA DE OBREIRODos versos 11 a 13, Paulo fala que o OBREIRO DE DEUS tem que CONFIAR em DEUS.JESUS morreu e os servos de DEUS morreram com ELE, JESUS ressuscitou, os servos deDEUS vivem com JESUS também.Quem persevera reinará, quem negar JESUS será negado por ELE, Quem for INFIEL, terá agarantia que JESUS continuará FIEL, JESUS continuará fiel, pois este é um atributo inerente aopróprio JESUS , se ELE deixasse de ser fiel acabaria negando a ELE mesmo. Devemos sempreser fiel a DEUS e as pessoas, mas se falharmos JESUS continuará sendo fiel.2) QUALIDADE DO OBREIRO E DÁ TESTEMUNHO SOLENE A TODOSPERANTE DEUS, PARA QUE EVITEM CONTENDAS DE PALAVRAS, QUE PARANADA APROVEITAM, EXCETO PARA A SUBVERSÃO DOS OUVINTES ( v. 14)Obreiro diligente (2:14-19). Enquanto muitos no mundo religioso se enrolamcom questões de doutrinas de igrejas e teologia humana, o servo de Deusprecisa se afadigar no estudo da palavra da verdade (2:15). Quem buscacontendas de doutrinas e segue toda idéia nova gasta seu tempo e corrompeoutros com sua falta de confiança na simples palavra de Deus (2:14,16-19; vejaMarcos 12:24,27; Efésios 4:11-14).O obreiro de DEUS deve entender que a pessoa a quem ele deve prestar contas é DEUS,é verdade que o obreiro serve a igreja, ao pastor, ao ministério, mas quem chamou oobreiro para servir a igreja foi DEUS , portanto tudo o que o obreiro fizer, deve fazercom o objetivo de agradar a DEUS. Paulo diz que o obreiro deve dar testemunho atodos ( PERANTE DEUS ).Uma qualidade do OBREIRO DE DEUS é que ele deve usar sua capacidade de falar,para PREGAR O EVANGELHO, para ORAR pelos aflitos, para UNIR os outrosOBREIROS espalhados na terra.Um obreiro nunca deve ser elemento de CONTENDAS, nunca deve usar a PALAVRApara contender. É verdade que a obra de DEUS espalha -se sobre a terra em váriasdenominações, ministérios , e cada um destes grupos tem opiniões diversificadas sobrevários temas, por exemplo os PENTECOSTAIS acreditam que para um crente chegar aocrescimento espiritual máximo , ele deve ser “ BATIZADO COM O ESPÍRITOSANTO e falar em línguas. Os que se consideram TRADICIONAIS não enfatizam osdons espirituais, mas a comunhão com DEUS e o serviço ao necessitado.Mesmo pensando diferente em alguns temas, o Povo de DEUS vai concordar nos temasprincipais, como por exemplo , todos concordam que JESUS é o filho de DEUS eSENHOR DA IGREJA , todos concordam que Maria não é intermediária entre oshomens e DEUS , mas uma serva de DEUS que cumpriu uma missão especial, a degerar o filho de DEUS e que por ter tido outros filhos deixou de ser virgem, todosconcordam que a Bíblia sagrada, de gênesis a apocalipse é a PALAVRA REVELADADE DEUS que não pode ser nem tirada nem acrescentada.Todos os cristãos concordam que a igreja são as pessoas salvas por JESUS e que otemplo não é a igreja. O templo é o lugar de reunião dos servos de DEUS.Vimos então que vamos CONCORDAR nos pontos básicos e discordar em temas quenão tem relevância, o mais importante para o servo de DEUS é unir-se com os servos deDEUS de todos os grupos e trabalhar para o crescimento da igreja APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012 Página 9
  10. 10. APOSTILA DE OBREIRO3) QUALIDADE OBREIRO E DEVE AGIR COM SABEDORIA E MANSIDÃOE repele as questões insensatas e absurdas, pois sabes que só engendram contendas.Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender e sim deve ser brandopara com todos aptos para instruir, paciente; disciplinando com mansidão os que seopõem na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento paraconhecerem plenamente a verdade, mas também o retorno à sensatez, livrando-se elesdos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por ele, para cumprirem a sua vontade."( 2Tm 2.23-26) Vaso santificado e disciplinado (2:20-26). O servo de Deus devedisciplinar a sua própria vida, fugindo das coisas que não convêm, e seguindo as queo tornam útil para serviço na casa de Deus (2:20-23). Com a sua própria vida emordem, o servo então deve exortar a outros, lhes ensinando a pura palavra de Deuscom a esperança de que sejam convencidos a se arrepender e parar de servir o diabo(2:24-26). Perguntas para OBREIRO : 1 Para ensinar a palavra de Deus, é mais importante ser fiel? (2:1-2) 2 De que maneira o servo de Deus é como um soldado, atleta, e lavrador (2:3-13) 3 Qual a nossa responsabilidade perante a "palavra da verdade"? (2:14-26)Lembre-se do problema dos falsos mestres na igreja de Éfeso. Já tinha issoanteriormente, que tais mestres ensinavam doutrinas estranhas baseadas em genealogiasjudaicas e lendas fantásticas, que só desviavam os crentes da verdade.Havia então um grande risco de Timóteo agir impulsivamente, agir pela carne, afinal osfalsos mestres estavam tentando desviar a igreja. Timóteo poderia cair no jogo deles eentrar numa discussão confusa, inútil, que acabaria com certeza em bate-boca, se nãoacabasse em coisa pior.Por isso ele deveria ter sabedoria e mansidão. Deveria prezar por uma atitude refletida enão impulsiva ou impensada.a) Sabedoria para evitar as contendasDeveria ser sábio para evitar as contendas, pelos seguintes motivos:• Porque são insensatas – Eram assuntos sobre questões tolas, pois não tinham sentidoe distorciam a verdade bíblica;• Porque são absurdas – Eram assuntos incoerentes e inúteis, porque não edificavam,nem sequer levavam a lugar algum;• Porque conduzem a brigas – contenda é briga bate-boca, disputa. A igreja, comovimos, deve ser palco da justiça, da fé, do amor e da paz. Mas se há contendas, a igrejavira lugar batalhas, ódio e mágoas, aonde os membros vão se comportar como galos debriga. APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 10
  11. 11. APOSTILA DE OBREIROOnde acontecem tais coisas a fé se torna medíocre, a igreja fria.• Porque não é pela força que se convence alguém – não é pela altura da nossa voz queuma pessoa se convence que estava no caminho errado, mas sim por Deus, pelo EspíritoSanto (v25,26)Por essas razoes Timóteo deveria fugir dessas disputas públicas com os falsos mestres.b) Manso para pastorear a igrejaMesmo diante de controvérsias, Paulo aconselha que Timóteo tenha uma atitude demansidão para com a igreja:• Sendo amável com todos"Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender e sim deve ser brandopara com todos... disciplinando com mansidão os que se opõem," ( 2 Tm 2.24,25)• Ensinando a verdade bíblica (2 Tm 2.24)apto para instruirNa igreja podem existir pessoas com idéias equivocadas. Nada melhor do que o ensinobíblico para mostrar a estas pessoas aquilo que é certo.• Exercendo a paciência (2 Tm 2.24)paciente;Sem dúvida, a paciência é indispensável para o líder. Ainda mais na igreja, ondelidamos com vários tipos de pessoas, com diferentes personalidades. 4) QUALIDADE DE OBREIRO CONVERTIDOSignifica: mudança de direção de vida , transformação ou adaptação.É preciso demonstrar conversão em todas as áreas da vida. No modo de pensar, falar,agir. Na fartura ou na escassez.Na alegria ou na tristeza. Quando honrado ou quando contrariado. Com saúde ouenfermo. No comando ou sendo subordinado. Amando ou sendo desprezado. Em casaou em público.A tempo ou a fora de tempo. A verdadeira conversão é visível. Por isso mesmo, tem acapacidade de impressionar (produzir, deixar uma marca, transformar pela luz) aspessoas a nosso redor e o mundo. A linha que separa esses dois tipos de cristãos é grande,mas ao mesmo tempo ela é pequena. Grande porque separa o homem de Deus e pequenaporque aparentemente para o “convencido” ele é um “convertido”.Pedro caminhou com o Senhor três anos e meio, viu milagres extraordinários, ressurreição demortos, ainda teve a grande oportunidade de andar sobre as águas, mas mesmo assim não eraconvertido, pois negou Jesus e isso nos mostra claramente que é preciso mais do quesimplesmente “andar com Jesus”, para se converter é necessário “andar como Jesus” (I João2: 6). APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 11
  12. 12. APOSTILA DE OBREIROO cristão que é apenas convencido não suporta palavras duras, quando o pastor/bispo ou atémesmo um obreiro dá uma direção que não é a que ele quer ouvir, pronto, já começa a sedesviar.É igual uma casca de ovo, se der um peteleco nela, se quebra toda.As vezes o convencido nem sabe que é um convencido em vez de convertido, pois ele tasempre na igreja, as vezes até faz a obra, ora, jejua, mas tem algo que impede ele de seconverter de verdade.O povo que saiu com Moisés do Egito estava “convencido” de que Deus enviara aquele seuservo para os tirar de lá, mas não se converteram a Ele. Eles presenciaram os grandesmilagres que o Senhor operou diante de faraó para libertá-los, viram o mar se abrir, a coluna defogo e a nuvem que os cobria de noite e de dia, mas mesmo assim, murmuraram contra oSenhor e Moisés e morreram no deserto. Viram tudo isso, andaram na presença do Deus Vivoe não eram convertidos. Meu amigo e amiga isso é muito forte.....Da mesma forma hoje muitos estão firmados nas regras da igreja. O cristão convencido éaquele que sabe cuidar muito bem de sua fachada, mas em seu interior está morto, está vazio.O joio na parábola de Jesus nada mais é do que um convencido, e qual o destino dele?Separação eterna de Deus.O convencido, sabe que Jesus é o Senhor, sabe que precisa de Deus, mas não quer largar ounão se esforça pra deixar aquele "pecadinho”, que o impede de se converter, pois na verdadeele não se arrependeu de seus pecados ele apenas sentiu um remorso, pois quando se senteum remorso, voce tem um sentimento de culpa, mas sempre acaba caindo nesse mesmo erro,não há uma mudança há somente a culpa.A conversão é o mesmo que o novo nascimento, é dar as costas para o mundo, para o pecadoem arrependimento e voltar-se para Jesus.Devemos sentir nossas misérias, lamentar e chorar; precisamos achegar-nos a Deus, limpar asmãos pecadoras, purificar nossos corações. Precisamos nos humilhar perante o Senhor paraque ele nos exalte. (Tiago 4: 7-10).A verdadeira conversão nos leva ao desvio dos maus caminhos, e a humilharmo-nos diante doSenhor para que Ele ouça nossas orações e cure a nossa vida.Paulo era um homem religioso, sincero em sua crença. Ele perseguia os cristãos julgando estarprestando um serviço a Deus, mas no caminho de Damasco teve um encontro com o Senhorque mudou completamente sua vida. Nunca mais foi o mesmo. (Atos 9:3-6). Ele deixou suacarne morrer para que Cristo vivesse nele. (Gálatas 2: 20). Tinha em seu corpo as marcas doSenhor Jesus (Gálatas 6:17).É disso que precisamos, um verdadeiro encontro com Jesus que nos transformecompletamente para nunca mais sermos os mesmos.Todo convertido tem uma Nova Natureza que é a nova vida em Cristo, é uma nova maneira depensar, é viver sob a influência de Deus em nossas escolhas. É ter o Espírito Santo habitandodentro de nós.O convertido é normal, tem desejos, vontades e tentações, mas tem uma nova natureza dentrodele. O pecado, as tentações e os problemas continuam. Mas porque ele tem o Espírito Santohabitando dentro dele, tem condições para dizer não para o pecado. Tambem tem adependência de Jesus para ser salvo e arrependimento, que é totalmente diferente do remorsosentido pelo convencido. 5.) QUALIDADE OBREIRO DEVE SE SUBMISSO APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 12
  13. 13. APOSTILA DE OBREIROSignifica: ato ou efeito de submeter-se, obediência voluntária, sujeição.Reconhecendo a autoridade ministerial e espiritual que está sobre sua liderança, eidentificando em seu líder espiritual o caráter de Deus, o obreiro não se sente submisso(que está em posição ou lugar inferior, resignado, conformado). Ao contrário, sente-sehonrado e privilegiado em poder obedecer. Colossenses 3 ,22 Vós, servos, obedecei em tudo a vosso senhor segundo a carne, não servindo só naaparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.1 Timóteo 6 ,1 Todos os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de todaa honra, para que o nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados.Como Obreiro qual o meu procedimento com relação ao meuLíder e igreja?1º - Submissão: Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velampor vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e nãogemendo, porque isso não vos seria útil. Hebreus 13:17Pelo que disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, e peleja contra Amaleque; amanhã, euestarei no cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão. E fez Josué como Moisés lhedissera, pelejando contra Amaleque; mas Moisés, Arão e Hur subiram ao cume do outeiro. Êxodo17:9,10Sujeitai-vos, pois, a toda ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior; 1 Pedro2:13.2º - Ajudar a seu líder: Porém as mãos de Moisés eram pesadas; por isso, tomaram uma pedra e apuseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de umlado, e o outro, do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pôs. E, assim, Josuédesfez a Amaleque e a seu povo a fio de espada. Êxodo.17:12,123º – Não questiona o seu líder: ( Josué um obreiro, general do exercito de Israel) E, assim, Josuédesfez a Amaleque e a seu povo a fio de espada. Êxodo.17:13.4º – Honra a seu líder: (é só eu que faço, ele não faz nada) Entretanto, pelejou Joabe contra Rabá,dos filhos de Amom, e tomou a cidade real. Então, mandou Joabe mensageiros a Davi e disse: Pelejeicontra Rabá e também tomei a cidade das águas. Ajunta, pois, agora o resto do povo, e cerca a cidade,e toma-a, para que, tomando eu a cidade, não se aclame sobre ela o meu nome. Então, ajuntou Davi atodo o povo, e marchou para Rabá, e pelejou contra ela, e a tomou. 2Samuel12:26 a 28.5º – Ser Humilde: Entretanto, pelejou Joabe contra Rabá, dos filhos de Amom, e tomou a cidade real.Então, mandou Joabe mensageiros a Davi e disse: Pelejei contra Rabá e também tomei a cidade daságuas. Ajunta, pois, agora o resto do povo, e cerca a cidade, e toma-a, para que, tomando eu a cidade,não se aclame sobre ela o meu nome. 2Samuel12:26 a 27.6º – Defender o seu líder: E Isbi-Benobe, que era dos filhos dos gigantes, e o peso de cuja lança tinhatrezentos siclos de cobre, e que cingia uma espada nova, este intentou ferir Davi.Porém Abisai, filho deZeruia, o socorreu, e feriu o filisteu, e o matou; então, os homens de Davi lhe juraram, dizendo:Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel. 2Samuel.21:16,17. APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 13
  14. 14. APOSTILA DE OBREIROEx: Mical defende a Davi- Então, Mical desceu a Davi por uma janela; e ele se foi, e fugiu, eescapou.E Mical tomou uma estátua, e a deitou na cama, e pôs-lhe à cabeceira uma pele de cabra, e acobriu com uma coberta.E, mandando Saul mensageiros que trouxessem a Davi, ela disse: Estádoente.1Samuel.19:12,13 e 14.7º – Fidelidade ao seu líder. Além disso, requer-se nos despenseiros que cada um se ache fiel. 1Coríntios 4:2. 6) QUALIDADE OBREIRO DEVE SÉ OBEDIENTESignifica: sujeitar-se à vontade de, cumprir ordens, deixar-se conduzir, estar sob umaforça ou influência, ceder.O obreiro aprovado alegra-se em cumprir todas as ordens ou determinações vindas dadireção do ministério. Está sempre pronto a servir. Não questiona, não despreza e nemnegligencia. Porque confia no seu Deus, sabe que Ele é fiel.Quando o obreiro examina e entende o real significado desses três aspectos acimacitados; significa que tem consciência do seu chamado.O próprio Senhor Jesus declara: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi avós, e vos nomeei, para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça, a fim de quetudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.” (Jo.15:16).Saber-se escolhido pelo próprio Senhor Jesus, leva o obreiro a desejar conhecê-lo maisintimamente, desejando ser como Ele é. “Sede, pois imitadores de Deus, como a filhosamados;” (Ef.5:1).Para sermos igual a alguém naquilo que essa pessoa em de melhor, precisamos conhecê-lo. Para sermos imitadores então, precisamos conhecer intimamente, em detalhes; nãodeixando que nada passe despercebido.É necessário neste caso, estar no mesmo espírito. Como nossos irmãos da Igrejaprimitiva. “Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum” (At 2.44).A visão do obreiro aprovado é de crescimento do ministério. O ide pregado pelo SenhorJesus, refere-se a sua Igreja estabelecida nos quatro cantos da terra.Somos comparados a árvore que dá frutos. Vistos por Deus como seu povo no Egito: “...os filhos de Israel frutificaram, e aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foramfortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles.” (Ex 1:7).É preciso estar solidamente firmado e estruturado espiritualmente para ser visto ereconhecido por Deus como um verdadeiro obreiro.Fincar raízes espirituais implica uma vida de oração; como nos ensina Paulo:“Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; .” (Cl 4:2)A vida de oração, leva a vigilância, que leva a resultados materializados em bênçãos. Avida de oração, não permite que sejamos enganados ou pegos de surpresa. A vida de APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 14
  15. 15. APOSTILA DE OBREIROoração, leva o obreiro a consagração; conforme determinado pelo Senhor Deus:“Portanto, santificai-vos e sede santos, pois eu sou o Senhor, vosso Deus.E guardai os meus estatutos e cumpri-os. Eu sou o Senhor que vos santifica.” (Lv20:7,8)Aqueles que desejam e sinceramente se esforçam em consagrar-se a Deus, sãogalardoados com o conhecimento da verdade.Esse conhecimento significa: entre outra coisa; libertação e prosperidade: “Porque emtudo fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento.” (1 Co 1:5)Como na parábola dos talentos (Mt 25:14a), tudo o que recebemos da parte do Senhor,nos é dado para que venhamos multiplicar.Assim sendo, em relação ao conhecimento da palavra, precisamos fazê-la prosperar emnossas vidas através das nossas próprias experiências. Se recebermos o conhecimento dapalavra e não tivermos experiências com ela, se a palavra não for manifestada através danossa vida (no dia-a-dia); então, seremos como aquele que enterrou o talento que lhe foiconfiado.Viver a palavra em toda sua excelência e plenitude tem o poder de nos lavar de todas asimundícias espirituais e carnais. Por que, por essa palavra também somos sarados: “Detodas as suas transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela suajustiça que praticou, viverá.” (Ezequiel 18.22)Certo estrategista militar certa vez declarou: a melhor defesa é o ataque.Para o obreiro que tem visão espiritual, sabedor que todos os dias são dias de batalha,atuar na defesa do evangelho para ele é como beber água, comer, dormir; disso dependesua própria vida. Ele sabe que se defender; significa estar sendo atacado.Sabe que o combate nem sempre se trava no campo de batalha. Sabe que algumas vezes,se luta também na retaguarda. Sabe que nem sempre se usam as armas convencionais.Conhece que as calúnias, traições e afrontas também fazem parte do arsenal bélicousado pelo nosso adversário. O apóstolo Paulo, sofreu esse tipo de ataque: “Temosachado que este homem é uma peste e promotor de sedições entre todos os judeus, portodo o mundo, e o principal defensor da seita dos nazarenos;...” (At 24)Por isso, é necessário ter certeza absoluta e firme convicção quanto a causa pela qual seestá lutando. A dúvida leva ao medo, que leva a covardia, que leva a perseguição, queleva a fraqueza, que leva a fuga, que leva a derrota, que leva a escravidão.Estar no campo de batalha, gera desconforto, privações, sofrimentos e experiênciasdesagradáveis. Tudo isso só será superado se acreditarmos na causa pela qual estamoslutando. se por ela decidimos dar nossa própria vida.Neste caso, ainda uma vez recorremos ao apóstolo Paulo; para confirmação da nossa fé:“... por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho, porque eu sei em quemtenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 15
  16. 16. APOSTILA DE OBREIRODia.” (2Tm 1:12)Para se crer inabalavelmente na palavra de Deus; que nos leva a ter fé; é necessário tervisão espiritual. Somente com os olhos da fé, podemos enxergar o que não pode servisto com nossos olhos carnais. Mas não basta apenas ter visão ou revelação espiritual.É necessário estar em íntima e santa comunhão com Deus; para que aquilo que nos fordado; sejam visões, sejam revelações, profecias ou ensinamentos, venhamos revelar-lasaos homens.Entre os anos de 740/710 AC, um homem de Deus; o Profeta Miquéias recebeu e nosrevelou uma das mais lindas promessas feita por Deus a humanidade: “E tu, BelémEfrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor emIsrael, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” (Mq5:2)De tudo o que aprendemos até agora, e com toda importância que possa ter e significarem nossa vida espiritual; valor ou proveito algum terá se o Senhor Deus não receber denossa parte como oferta (aproximação) de sacrifício e renúncia.O valor do obreiro aprovado, está em desistir de algo que o agrada ou convém;voluntariamente. Renegar, rejeitar o que está em nós ou no mundo, por amor a Cristo.Dispor-se a desistir de sonhos, projetos, renegar costumes, vontades, tradições. Rejeitaro cômodo, o certo, o vantajoso.Recomeçar fundamentado naquilo que não se vê; mas se crê. Seguindo os passos doMestre quando Ele diz: “E, chamando a si a multidão, com os seu discípulos, disse-lhes:Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.”(Mc 8:34) 7) QUALIDADE obreiro aprovado é ético.O significado de ética: Ética é o estudo da moralidade. Consiste da analise da naturezada vida humana, como os padrões do "certo" e "errado”, pelos quais a conduta possa serguiada.A palavra Ética é originada do grego ethos: modo de ser, caráter. Através do latim mos(ou no plural mores) costumes; de onde se derivou a palavra moral. Em Filosofia, Éticasignifica o que é bom para o indivíduo e para a sociedade, e seu estudo contribui paraestabelecer a natureza de deveres no relacionamento indivíduo.Contudo a ética de Deus é diferente dos homens, pois Deus não precisa de padrõeséticos e morais a seguir. A ética humana muitas vezes confunde o certo e o errado a luze as trevas, o doce com o amargo, o moral e o imoral. Este tipo de padrão ético muitasvezes é diabólico, pois promove ou defende ações que vão contra a palavra de Deus.Infelizmente muitas igrejas estão vivendo tais padrões éticos e morais.Este trabalho visa o aprimoramento de todos nós que temos a tarefa de ministrar apalavra do Senhor no altar. De quem deseja fazer a obra com ousadia e conhecimento, afim de agradar aquele que nos chamou para esta boa obra. APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 16
  17. 17. APOSTILA DE OBREIROQuando nós obreiros estamos pregando a palavra do Senhor devemos tomar algunscuidados. Detalhes que devem ser levados a sério e com certeza são a diferença entre aboa e má pregação. Tais como:1 - Oração: É o caminho da unção divina. Uma vida de constante oração é deverdaquele que aceita o chamado para a obra de Deus. Aceite isso com o coração aberto,orar antes da pregação ou no momento de tribulação não é o bastante para o obreiro quedeseja ser aprovado.2 – Administração do tempo: O pregador deve administrar o tempo enquanto ministraa palavra de Deus. É necessário valorizar o tempo e não gastá-lo com: saudações,louvores e orações prolongadas.3- Cuidado com as ilustrações: Usar outras histórias de exemplo é bom, entretantodevem ser pertinentes ao assunto, e o foco deve ser a palavra de Deus (a Bíblia) e não aoutra história contada.4 – Não desabafar: Cuidado o altar é lugar de adoração. O pregador deve edificar aigreja com a palavra de Deus; e nunca usá-la para seu próprio interesse e jamais pararesolver problemas pessoais.5– Utilizar palavras simples: Não adianta estudar muito e utilizar expressões que nãoserão compreendidas pela igreja, ou seja, não adianta estudar demais e a igreja nãocompreender o que foi dito. Neste caso a pregação deve se pra salva e foi inútil no falarpra as pessoas entende. Hino115 1 Eu quero trabalhar pra meu Senhor, Levando a Palavra com amor; Quero eu cantar e orar, E ocupado quero estar, Sim, na vinha do Senhor. Trabalhai e orai. Na seara e na vinha do Senhor; Meu desejo é orar, E ocupado quero estar Sim, na vinha do Senhor. 2 Eu quero, cada dia, trabalhar; Escravos do pecado libertar; Conduzi-los a Jesus, Nosso guia, nossa luz, Sim, na vinha do Senhor. 3 Eu quero ser obreiro de valor, Confiando no poder do Salvador; Se quiseres trabalhar, APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 17
  18. 18. APOSTILA DE OBREIRO Acharás também lugar, Sim, na vinha do Senhor.APOSTILA DE OBREIRO DIACONO CARLOS TEL (11)980950932 19/12/2012Página 18

×