Lançamento do Documentário Bambaram di Mindjer

3,059 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,059
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,832
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lançamento do Documentário Bambaram di Mindjer

  1. 1. CONVITE Lançamento do Documentário Bambaram di Mindjer CHAPITÔ (Costa do Castelo, 1, Lisboa) | 23 Setembro 2013 | 18h30 A FEC – Fundação Fé e Cooperação, instituição com estatuto de utilidade pública, é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), reconhecida pelo Ministério Português dos Negócios Estrangeiros e pela União Europeia (UE). Foi instituída pela Igreja Católica em Portugal em 1990 e tem como missão: "Promover o desenvolvimento humano integral através da cooperação e solidariedade entre pessoas, comunidades e Igrejas". A FEC desenvolve presentemente projetos de cooperação e desenvolvimento sustentável na Guiné-Bissau, Angola e Moçambique, apoiando ainda, de forma mais pontual, projetos noutros países lusófonos. No âmbito de um dos nossos projetos desenvolvidos na Guiné-Bissau, 2009 – 2012, o “Bambaram di Mindjer – Profissionalização das Mulheres e Qualificação da Educação de Infância”,foi realizado um breve documentário, cerca de 30 minutos, retratando o trabalho da FEC junto dos jardins-de-infância e capacitação de professores Guineenses. Teaser I Teaser II Teaser III Desta forma, estamos a preparar o lançamento deste documentário, que servirá também para celebrar os 40 anos da proclamação da independência da Guiné-Bissau e pretende contar com diversas personalidades ligadas à cultura, também com outras ONG´s, com os nossos parceiros, representações oficiais e sociedade civil. PROGRAMA DO EVENTO 18h30 | Abertura: Intervenção Cultural de caráter recreativo Contaremos com a presença da Karyna Gomes ( http://www.youtube.com/watch?v=- c0KZEw5gYo ) 19h00 | Introdução ao vídeo: Tertúlia - "Educação: a arma da esperança na Guiné- Bissau" Cultura, cooperação para o desenvolvimento e educação de infância como mecanismos de inclusão social. Estabelecer um diálogo que seja capaz de apontar horizontes nestas áreas de intervenção. Esta intervenção pretende com a presença de convidados de áreas setoriais distintas, artes/cinema, cooperação para desenvolvimento e educação de infância.
  2. 2. Convidados: Miguel Silva - diretor do programa Engenheiros Sem Fronteiras da TESE, ONGD Portuguesa, e docente na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, nos Mestrados de Relações Internacionais e Estudos Africanos. Viveu e trabalhou na Guiné-Bissau, onde geriu projetos de cooperação para o desenvolvimento e coordenou ações de avaliação e diagnóstico. Foi Coordenador Executivo do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, onde é investigador e editor da revista “Africana Studia". Ir. Dina Henriques - membro da Congregação das Servas Nossa Senhora de Fátima. Licenciada em Ensino de Biologia e Geologia, lecionou Ciências Naturais. Entre 2003 e 2007 viveu em Moçambique, dando apoio à comunidade de Mavila, na Diocese de Inhambane. Em 2007 assumiu a criação do primeiro curso superior de Educadores de Infância na Guiné-Bissau, tendo estado na génese da primeira Escola de Educadores de Infância de Bissau, onde viveu até ao início de 2013. Maria Odete da Costa Semendo - licenciou-se em línguas e em literaturas modernas pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade nova de Lisboa. Professora da língua portuguesa, foi Diretora da Escola Normal Superior “Tchico Té”. Coordenou, entre outras atividades, o Projeto “Expansão e Melhoria Qualificativa do Ensino da Língua Portuguesa” apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Foi Ministra da Educação Nacional e Presidente da Comissão Nacional da UNESCO- Bissau. Ernesto Dabó - Ao longo destes quarenta anos produziu dezenas de canções, participou em inúmeras iniciativas de índole cultural, prosseguiu a sua formação tendo concluído licenciatura e mestrado em Direito Internacional. Hoje, Ernesto Dabó, um dos pioneiros da música moderna guineense, é um dos principais depositários da memória artístico- cultural do pós-independência do pais de Amilcar Cabral. Moderação: Paula Borges, RTP África 20h00 | Exibição do Vídeo Exibição do vídeo “Bambaram di Mindjer”, Ano 2012 (30 minutos). Um produto FEC. Realização e produção Dolly Filmes, com financiamento do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua I.P. ENTRADA LIVRE | Inscrições e mais informações: andre.oliveira@fecongd.org | 218 861 710

×