Oportunidades para la  Banca Desarrollo deAmerica Latina y el Caribe    em los Mercados       Sostenibles         Montevid...
Sesión I El Desarrollo e Estudios de Caso para el        Financiamiento SostenibleA Experiência do Banco da Amazônia      ...
ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Informações Institucionais Integração de Políticas, Planos e Programas Governamentais Fontes de Re...
UMA HISTÓRIA DE 70 ANOS1942, criado com o nome de Banco de Crédito daBorracha1950, transformado   em   Banco   de Crédito ...
MISSÃO INSTITUCIONAL    Criar soluções para que aAmazônia atinja patamares inéditos de desenvolvimento sustentável a      ...
PRESENÇA NA REGIÃOCom 13% da rede bancária, responde por 72% do crédito de fomentona Região Norte.28%DemaisBancos         ...
MUNICÍPIOS ATENDIDOS                                               2% dos                                               Mu...
AÇÃO FINANCIADORA NA AMAZÔNIA Mais de R$ 20 bilhões aplicados na Economia Regional nos Últimos 10 anos.                   ...
INTEGRAÇÃO DE POLITICAS, PLANOS  E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS  Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR)  Plano R...
FONTES DE RECURSOS FINANCEIROS    Fundo Constitucional de Financiamento do Norte    Fundo de Amparo ao Trabalhador    Banc...
Linha do tempo                                       Sustentabilidade no Banco da Amazônia               •Missão atual    ...
POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL NO          CRÉDITO                      Diretrizes               Prioriza o apoio financeiro dife...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 1 - Moura e Paz EMPRESA: MOURA E PAZ LTDA. Município: Vilhena (RO) Valor do Financia...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 1 - Moura e PazBreve Histórico:A empresa surgiu quando a Dentista Patrícia Giordani ...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 1 - Moura e PazBreve Histórico:2- Dimensão Econômica : faturamento previsto de R$2 m...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 1 - Moura e PazDentista   decide    apostar  emempresa que cuida da destinaçãocorret...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 1 - Moura e PazBrasileira fica em segundo lugarem prêmio de empreendedorismoda ONU  ...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 2 - CooperacreCOOPERACRE - Cooperativa Central de ComercializaçãoExtrativista do Est...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 2 - CooperacreBreve Histórico:A Cooperacre foi funda em dez/2001. É uma Central que...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 2 - CooperacrePrincipais Produtos:  Castanha do Brasil  Óleo de Copaíba  Borracha  ...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS      Caso 2 - CooperacreNa Rio + 20 a Cooperacre foi um case de sucesso. Apresentouos produtos...
FINANCIAMENTOS               SUSTENTÁVEISEmpresa:   BIOPALMA-VALE Biopalma              Caso 3 - S/AFinanciamento: R$ 9.50...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 3 - BiopalmaO Projeto:  Área: 60 mil hectares de plantio próprio e 20 mil hectares ...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS        Caso 3 - BiopalmaResponsabilidade   Não haverá desmatamento para os                   p...
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 3 - Biopalma
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 3 - Biopalma
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 3 - Biopalma
FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS       Caso 3 - Biopalma
DESAFIOS PARA A AÇÃOFINANCIADORA NA AMAZÔNIAPrincipais Desafios:  Ordenamento do território mediante a regularização fundi...
Obrigado!    Oduval Lobato Neto              Gerente Executivo      Gestão de programas de Governo             Banco da Am...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Taller Alide-Bid-Brou (Sesión1.d): A Experiência do Banco da Amazônia, Oduval Lobato, Brasil

782 views

Published on

Taller “Oportunidades para la banca de desarrollo de América Latina y el Caribe en los mercados sostenibles”.
A Experiência do Banco da Amazônia
Oduval Lobato Neto
Gerente de Gestión de Programas Gubernamentales, Banco da Amazônia, Brasil

Published in: Economy & Finance
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • 22-Ola,sou o Pr1nceMG,Divulgador oficial do Servidor de Mu online do Brasil
    lhes convido para nos fazer uma visita e desde já,sejam todos benvindos..
    O jogando.net/mu/ Brazil
    É UM SERVER DE MU ONLINE SEASON 6,
    QUE ESTÁ ON HÁ MAIS DE 5 ANOS,Produzindo sua Diversão com qualidade.
    TODOS OS SERVERS ficam ON 24 horas por dia, Sempre Buscamos o Melhor para os Gamers.
    São varios Server esperando por você :
    ** Venha conhecer o mais novo Servidor 'MuWar' 1000x/1500x
    ** Super - 10.000x
    ** Pvp 15.000x
    ** Very Easy - 5.000x
    ** Hard 100 x
    ** Extreme 10x
    ** Novo servidor Phoenix: Free 3000x | Vip: 4000x Phoenix
    Os Melhores itens e kits mais tops de um server De MU Online:
    ** NOVOS KITs DE RINGs E PENDANTs + SOCKETs + ancients;Novas asas lvl 3 com sockets;
    ** NOVOS SHILDs POWER V3
    ** NOVOS KITS OLD SCHOOL
    ** Novos sets especial de Futebol
    ** Novos Kits Devastador
    ** Novos Kits DIAMOND v3 + Kit Mystical (a combinação da super força)
    ** CASTLE SIEGE AOS SÁBADOS e DOMINGOS.
    Esperamos pela sua visita.Sejam todos muito benvindos ao nosso Servidor.
    E obrigado pela atençao de todos voces !!!
    CONHEÇA TAMBÉM ANIME CLOUD! são mais de 20.000 mil episódios
    BY: Pr1nceMG Divulgador oficial do Mu.jogando.net
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
782
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
236
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • O BANCO DA AMAZÔNIA FOI CRIADO EM 1942, COM O NOME DE BANCO DE CRÉDITO DA BORRACHA , TINHA POR FINALIDADE GARANTIR O SUPRIMENTO DE BORRACHA NATURAL AOS ALIADOS, DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. CUMPRIDA A MISSÃO INICIAL, EM 1950, PASSOU A FOMENTAR O DESENVOLVIMENTO DE NOVAS ATIVIDADES PRODUTIVAS, COM A DENOMINAÇÃO DE BANCO DE CRÉDITO DA AMAZÔNIA . COM A TRANSFERÊNCIA DA CAPITAL FEDERAL PARA A ÁREA CENTRAL DO PAÍS E A CONSTRUÇÃO DAS GRANDES RODOVIAS, QUE FACILITARAM O ACESSO À REGIÃO, CRIARAM-SE AS CONDIÇÕES FAVORÁVEIS À EXPANSÃO DA FRONTEIRA ECONÔMICA, EM DIREÇÃO DA AMAZÔNIA, MUDANDO SIGNIFICATIVAMENTE O PROCESSO DE OCUPAÇÃO ATÉ ENTÃO PREDOMINANTE. DENTRO DESSE QUADRO, MUDOU, TAMBÉM, A AÇÃO DO GOVERNO FEDERAL EM RELAÇÃO À REGIÃO, TENDO EM VISTA A INTEGRAÇÃO DA AMAZÔNIA À ECONOMIA NACIONAL E A REDUÇÃO DAS DISPARIDADES REGIONAIS, OBJETIVOS PRINCIPAIS DA “OPERAÇÃO AMAZÔNIA”, DEFLAGRADA EM 1966. NO BOJO DESSAS MUDANÇAS, QUE INCLUÍAM A ESTRATÉGIA DE INTENSIFICAR A OCUPAÇÃO DA REGIÃO, O BANCO SOFREU NOVA TRANSFORMAÇÃO. DESTA FEITA, COM O NOME DE BANCO DA AMAZÔNIA S. A. (LEI 5.122, DE 28 DE SETEMBRO DE 1966) PASSA A AGREGAR A FUNÇÃO ESPECIAL DE AGENTE FINANCEIRO DA POLÍTICA DO GOVERNO FEDERAL PARA O DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA LEGAL, ÁREA GEOECONÔMICA CONSTITUÍDA PELA REGIÃO NORTE, PELO ESTADO DO MATO GROSSO E PARCELA DO ESTADO DO MARANHÃO. ATUANDO, PORTANTO, NUMA ÁREA QUE COMPREENDE 60% DO TERRITÓRIO NACIONAL, ONDE OPERA COMO BANCO COMERCIAL E DE FOMENTO.
  • No período de 2004 – 2006 o Banco da Amazônia promoveu grandes mudanças estratégicas. As mais expressivas de todas foram à mudança de sua Missão que passou a incorporar o desenvolvimento sustentável da Amazônia como vantagem competitiva, aprovação das diretrizes da Política Socioambiental e  a aprovação de um novo modelo de Gestão pautado por “descentralização, estruturas flexíveis e horizontais, com alta adaptabilidade a novas situações, delegação responsável por resultados, planejamento participativo e monitoramento/avaliação ao serviço da efetividade da aprendizagem” com impacto em todas as ações do Banco.
  • A Política Socioambiental no Crédito baseia-se nas seguintes diretrizes: Indução: quando o Banco prioriza o apoio financeiro diferenciado a atividades econômicas alinhadas com os preceitos de sustentabilidade. Salvaguarda: quando o Banco adota medidas para reorientar atividades produtivas obsoletas e predatórias com a introdução de práticas produtivas sustentáveis, ou seja, o Banco pode financiar, desde que sejam adotadas algumas salvaguardas visando à sustentabilidade. Exclusão: Quando veda a concessão de crédito à atividades que não se coadunam com os valores e princípios da instituição, assim como com a legislação ambiental, trabalhista, etc. vigente.
  • Taller Alide-Bid-Brou (Sesión1.d): A Experiência do Banco da Amazônia, Oduval Lobato, Brasil

    1. 1. Oportunidades para la Banca Desarrollo deAmerica Latina y el Caribe em los Mercados Sostenibles Montevideo – Uruguay 24 e 24 de julio de 2012
    2. 2. Sesión I El Desarrollo e Estudios de Caso para el Financiamiento SostenibleA Experiência do Banco da Amazônia Oduval Lobato Neto Gerente Executivo Gestão de Programas de Governo Banco da Amazônia
    3. 3. ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Informações Institucionais Integração de Políticas, Planos e Programas Governamentais Fontes de Recursos Financeiros Política Socioambiental Casos de financiamentos sustentáveis na Amazônia Desafios para a ação financiadora na Amazônia
    4. 4. UMA HISTÓRIA DE 70 ANOS1942, criado com o nome de Banco de Crédito daBorracha1950, transformado em Banco de Crédito daAmazônia1966, passou a ser Banco da Amazônia S. A.
    5. 5. MISSÃO INSTITUCIONAL Criar soluções para que aAmazônia atinja patamares inéditos de desenvolvimento sustentável a partir do empreendedorismo consciente.
    6. 6. PRESENÇA NA REGIÃOCom 13% da rede bancária, responde por 72% do crédito de fomentona Região Norte.28%DemaisBancos A rede de atendimento composta de 183 unidades, priorizando clientes dos municípios da Amazônia, 72% em particular os de interior Banco da Amazônia dos estados. Fonte: BACEN e Banco da Amazônia (Base: mar/2012)
    7. 7. MUNICÍPIOS ATENDIDOS 2% dos Município Não atendidos Os financiamentos concedidos, nos últimos 23 anos, atenderam empreendedores localizados em 432 municípios da Região, correspondente a 98% dos Municípios 98% do total (de 450). atendidosFonte: Banco da Amazônia – Sistema Controper
    8. 8. AÇÃO FINANCIADORA NA AMAZÔNIA Mais de R$ 20 bilhões aplicados na Economia Regional nos Últimos 10 anos. (período jan/2002 a dez/2011, valores em R$ milhões) Setor Rural Setor Não Rural Total Estado Valor % Valor % Valor %Acre 348,2 4 447,5 4 795,7 4Amapá 96,4 1 803,7 7 900,1 4Amazonas 460,8 6 2.349,3 20 2.810,1 14Maranhão 547,9 7 478,2 4 1.026,1 5Mato grosso 377,2 5 533,5 4 910,7 5Pará 2.617,2 32 3.725,3 31 6.342,5 32Rondônia 1.065,2 13 2.872,7 24 3.937,9 20Roraima 173,0 2 65,4 1 238,4 1Tocantins 2.371,8 29 763,4 6 3.135,2 16Total 8.057,7 40 12.039,0 60 20.096,7 100 Fonte: Banco da Amazônia – Sistema Controper – Todas as fontes de fomento
    9. 9. INTEGRAÇÃO DE POLITICAS, PLANOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA) Plano Amazônia Sustentável (PAS) Programa Nacional de Agricultura Familiar (PRONAF) Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas Prog. Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) Plano Brasil sem Miséria (Erradicação da Extrema Pobreza) Plano Brasil Maior (Política Industrial Brasileira) Operação Arco Verde Operação Cidadania Xingu
    10. 10. FONTES DE RECURSOS FINANCEIROS Fundo Constitucional de Financiamento do Norte Fundo de Amparo ao Trabalhador Banco Nacional de Desenv. Econômico e Social Fundo da Marinha Mercante Fundo de Desenvolvimento da Amazônia Recurso do Orçamento Geral da União Recursos Próprios Orçamento para 2012 = R$ 6 bilhões
    11. 11. Linha do tempo Sustentabilidade no Banco da Amazônia •Missão atual •Criação da COMAM •Amazônia Recicla FISA E QSA Política •Amazônia Otimiza Análise Corporativa pela •Prêmio E. Consciente Socioambiental Agenda 21 Sustentabilidade 2003 2006 2008 2010 2011 Protocolo de Intenções pela Plano Banco daPlanejamento Política Responsabilidade Amazônia pela Estratégico Socioambiental Socioambiental Sustentabilidade no Crédito (Atualização Protocolo Verde – 1995)
    12. 12. POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL NO CRÉDITO Diretrizes Prioriza o apoio financeiro diferenciado a Indução atividades econômicas alinhadas com os preceitos de sustentabilidade. Orienta à adoção de medidas de caráter administrativo e técnico para a introdução de Salvaguarda práticas sustentáveis em atividades produtivas obsoletas e predatórias. Veda a concessão de financiamento às atividades Exclusão econômicas cujas práticas contradizem os valores e princípios da instituição, assim como aquelas proibidas pela legislação vigente.
    13. 13. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 1 - Moura e Paz EMPRESA: MOURA E PAZ LTDA. Município: Vilhena (RO) Valor do Financiamento: R$1.270.642,00 Prazo: 8 anos com 2 de carência; Parceiros: Farmácias, clínicas, hospitais, Prefeituras, Secretarias de Meio Ambiente, Ministério Público Federal e Banco da Amazônia. Prêmios Recebidos: 1) Mulher de Negócios – Prêmio Nacional SEBRAE; 2) Paz Ambiental – Prêmio Internacional 2012 – ONU
    14. 14. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 1 - Moura e PazBreve Histórico:A empresa surgiu quando a Dentista Patrícia Giordani foi multadapor não coletar adequadamente o lixo de seu consultório. Viu nasituação uma oportunidade de criar uma empresa especializadaem coleta e incineração de lixo hospitalar e outros resíduosperigosos.1-Dimensão Social: gera 38 empregos diretos e indiretamentemais 50 empregados com coleta de resíduos. A empresa atuajunto as escolas e comunidades ensinando a importância dotratamento adequado do lixo e resíduos.
    15. 15. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 1 - Moura e PazBreve Histórico:2- Dimensão Econômica : faturamento previsto de R$2 milhões,fechou 2011 com faturamento próximo a R$ 6 milhões. Expandiu asatividades para o Norte do Mato Grosso e todo Estado de Rondônia.3- Dimensão Ambiental : coletou 410 mil kg de resíduos perigososque seriam despejados no meio ambiente; promove aconscientização ambiental dos gestores públicos, médicos edirigentes de empresas.Ao tratar os resíduos perigosos e altamente danosos ao meioambiente, houve um enorme ganho a sociedade.
    16. 16. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 1 - Moura e PazDentista decide apostar emempresa que cuida da destinaçãocorreta de resíduoscontaminados após terconsultório multado. Empreendedorismo Um bom negócio achado no lixo
    17. 17. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 1 - Moura e PazBrasileira fica em segundo lugarem prêmio de empreendedorismoda ONU Dentista abre fábrica de incineração e ganha prêmio nacional Sebrae entrega prêmio Mulher de Negócios a empreendedora que investe no tratamento de material hospitalar
    18. 18. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 2 - CooperacreCOOPERACRE - Cooperativa Central de ComercializaçãoExtrativista do Estado do Acre Ltda.Valor Financiado: R$ 7.050 milFinalidade: Investimento e Capital de GiroParceiros: Governo Federal, Governo do Estado do Acre, Prefeituras dosMunicípios onde atua, WWF Brasil, SEBRAE, UICN – União Internacional paraa Conservação da Natureza, EMBRAPA, FUNTAC – Fundação de Tecnologiado Estado do Acre, UFAC/UTAL – Universidade Federal do Acre/Unidade deTecnologia de Alimentos, CTA – Centro dos Trabalhadores da Amazônia, GTA– Grupo de Trabalho Amazônico e Banco da Amazônia S.A.
    19. 19. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 2 - CooperacreBreve Histórico:A Cooperacre foi funda em dez/2001. É uma Central quecongrega 25 Cooperativas e Associações espalhadas em 10municípios do Estado do Acre, atendendo cerca de 1.800famílias de extrativistas.Tem como missão: “Organizar, representar e garantir asustentabilidade extrativista, agregando valor aos produtos,operando o resgate da credibilidade, da dignidade e daeducação, promovendo a igualdade social, econômica eambiental”.
    20. 20. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 2 - CooperacrePrincipais Produtos: Castanha do Brasil Óleo de Copaíba Borracha Polpa de FrutasBoas Práticas: conjunto de cuidados e critérios recomendados emrelação ao manejo de produtos agroflorestais, visando preservar suasqualidades e evitar contaminações.A Cooperacre e seus parceiros atuam na difusão das Boas Práticasprodutivas entre os associados visando melhorar cada vez mais aqualidade e o rendimento dos produtos.
    21. 21. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 2 - CooperacreNa Rio + 20 a Cooperacre foi um case de sucesso. Apresentouos produtos da floresta e ministrou palestra sobre oCooperativismo e manutenção da Florestania no Estado do Acre. 25 cooperativas e associações 10 municípios do Estado do Acre 1.800 famílias envolvidas
    22. 22. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEISEmpresa: BIOPALMA-VALE Biopalma Caso 3 - S/AFinanciamento: R$ 9.500 mil (PRONAF/ECO-DENDÊ)Finalidade: produção de dendê para industrialização do óleo de palma, no contexto do Programa Nacional do Biodiesel do Governo FederalLocalização: municípios do Vale do Acará e Nordeste Paraense (Abaetetuba, Igarapé-Miri, Moju, Acará, Tomé-Açu, Concórdia do Pará e Bujaru)Parcerias: Biopalma – Vale S.A.; Governo Federal, Petrobras, Governo do Estado do Pará, Banco da Amazônia, comunidades locais.
    23. 23. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - BiopalmaO Projeto: Área: 60 mil hectares de plantio próprio e 20 mil hectares pela agricultura familiar, até 2013. Produção: produção anual de 500 mil toneladas de cachos até 2019. Desenvolvimento Social: Programa de Agricultura Familiar, com a inclusão de 2 mil famílias da região até 2013. Empregos: Em torno de 5.200 empregados, sendo 3.000 próprios e 2.200 terceirizados. Destinação: O óleo de palma produzido irá compor o Óleo Diesel B20 (mistura de 20% de biodiesel e 80% de diesel comum), que será utilizado em locomotivas, máquinas e equipamentos de grande porte nas operação da Vale no Norte do País.
    24. 24. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - BiopalmaResponsabilidade Não haverá desmatamento para os plantios próprios e pela AgriculturaAmbiental Familiar Reflorestamento de 60 mil hectares de área desmatada. Recuperação de 70 mil hectares de reserva legal – mata nativa. Geração de energia utilizando biomassa. Possibilitará a redução de mais de 19 milhões de toneladas de CO2, equivalente em 40 anos.
    25. 25. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - Biopalma
    26. 26. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - Biopalma
    27. 27. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - Biopalma
    28. 28. FINANCIAMENTOS SUSTENTÁVEIS Caso 3 - Biopalma
    29. 29. DESAFIOS PARA A AÇÃOFINANCIADORA NA AMAZÔNIAPrincipais Desafios: Ordenamento do território mediante a regularização fundiária, a proteção dos ecossistemas, os direitos das populações tradicionais e a melhor destinação das terras para a exploração produtiva; Ampliação dos investimentos em infraestrutura econômica; Elevação do nível de organização dos pequenos produtores e das micro e pequenas empresas; Melhoria dos serviços de assistência técnica e extensão rural; Capacitação tecnológica dos setores produtivos tradicionais da Região; Celeridade na concessão de licenciamento ambiental das propriedades/ atividades produtivas; Fornecimento de sementes e mudas em quantidade e qualidade; Geração de conhecimento (pesquisa) e difusão de tecnologias apropriadas.
    30. 30. Obrigado! Oduval Lobato Neto Gerente Executivo Gestão de programas de Governo Banco da Amazônia Telefones: +55(xx) 91 4008-3512/8814-1622 E-mail: oduval@bancoamazonia.com.brwww.bancoamazonia.com.br

    ×