• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
QUANDO ME AMEI DE VERDADE -Charles chaplin
 

QUANDO ME AMEI DE VERDADE -Charles chaplin

on

  • 2,528 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,528
Views on SlideShare
2,523
Embed Views
5

Actions

Likes
2
Downloads
11
Comments
0

2 Embeds 5

http://comtest-niltoncarvalho.blogspot.com 4
http://comtest-sensor.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    QUANDO ME AMEI DE VERDADE -Charles chaplin QUANDO ME AMEI DE VERDADE -Charles chaplin Presentation Transcript

      • Quando
      • me amEI
      • de verdadE
      Clique para avançar slides e deixe o texto correr
      • Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância
      • eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
      • E, então, pude relaxar.
      • Hoje sei que isso tem nome…
      • Autoestima.
      • Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia e meu sofrimento emocional, não passam de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
      • Hoje sei que isso é…
      • Autenticidade.
      • Quando me amei de verdade, parei de desejar que minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para meu crescimento.
      • Hoje chamo isso de…
      • Amadurecimento.
      • Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo forçar alguma situacão ou alguém, inclusive a mim mesmo, sòmente para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou que a pessoa não está preparada.
      • Hoje sei que o nome disso é…
      • Respeito.
      • Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, toda e qualquer coisa que me pusesse para baixo.
      • Inicialmente, minha razão chamou a essa atitude de
      • egoísmo.
      • Hoje sei que isso se chama…
      • Amor próprio.
      • Quando me amei de verdade, deixei de temer meu tempo livre, desistí de fazer grandes planos e abandonei os projetos megalômanos para o futuro.
      • Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
      • Hoje sei que isso é…
      • Simplicidade.
      • Quando me amei de verdade, desistí de querer ter sempre razão e, dessa maneira, errei menos.
      • Hoje descobri a…
      • Humildade.
      • Quando me amei de verdade,
      • desisti de ficar revivendo
      • o passado e de me preocupar com
      • o futuro.
      • Agora, mantenho-me no presente,
      • que é onde a vida acontece.
      Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é… Plenitude.
      • Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode atormentar-me e decepcionar-me. Mas, quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
      • Tudo isso é…
      • SABER VIVER!
    • PPS formatado por: Cleber Rodrigues Texto: Charles Chaplin Sant’Ana do Livramento-RS-Brasil-2009 [email_address] [email_address] Musica: Limelight - C. Chaplin “ Não devemos ter medo dos confrontos… até os planetas se chocam e do caos nascem as estrêlas”