Acidentes Aéreos - Prof.Dr. Nilo Antonio de Souza Sampaio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Acidentes Aéreos - Prof.Dr. Nilo Antonio de Souza Sampaio

on

  • 502 views

ESTUDOS DE CASO - PROBABILIDADE - Prof.Dr. Nilo Sampaio

ESTUDOS DE CASO - PROBABILIDADE - Prof.Dr. Nilo Sampaio

Statistics

Views

Total Views
502
Views on SlideShare
502
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Acidentes Aéreos - Prof.Dr. Nilo Antonio de Souza Sampaio Acidentes Aéreos - Prof.Dr. Nilo Antonio de Souza Sampaio Presentation Transcript

  • Acidentes Aéreos Prof.Dr. Nilo Sampaio Cálculo de Probabilidades Igor do Vale Vidal de Paula Leonardo Ramos Diniz
  • Viajar de avião continua sendo uma das formas de transporte mais seguras? O número de acidentes aéreos vem aumentando ou diminuindo nos últimos anos? Quais são as maiores causas de acidentes em voos comerciais e particulares?
  • Um estudo realizado no Reino Unido diz que a probabilidade de um acidente aéreo é de um a cada 67 mil voos, e que a chance de um acidente com morte ocorrer é de um para cada 345 mil voos. View slide
  • Utilizando a formula: View slide
  • As falhas humanas, sejam elas combinadas a condições meteorológicas adversas, sejam somadas a problemas técnicos. Conforme um levantamento do site especializado PlaneCrashInfo.com, 56% dos acidentes aéreos dos anos 90 ocorreram em função de erro humano porcentual parecido com o registrado nas décadas de 50 e 60, quando a aviação comercial começou a se popularizar. Em 30% dos casos, o erro seria do piloto; em 20%, falha humana motivada por condições adversas; e em 6%, erro motivado por dificuldades com o equipamento. Os aviões de hoje estão menos vulneráveis a quedas causadas por tempo ruim (de 15% nos anos 50 para 8% agora). Cerca de 20% dos desastres são causados por falhas mecânicas.
  • Um estudo, que comparou o número de fatalidades com o número de quilômetros percorridos, realizado pelo Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos, concluiu que viajar de avião é 11 vezes mais seguro do que de carro. Só para que tenham uma ideia, em média, morrem 11 mil pessoas a cada seis meses nas rodovias norteamericanas. Esse número equivale ao total de mortos em acidentes aéreos no mundo todo desde a primeira queda de um avião comercial há 40 anos. De fato, morreu menos gente em acidentes com aviões comerciais nos EUA nos últimos 60 anos do que a média de mortes em rodovias a cada três meses.
  • X Segurança? x 11 Numero de acidentes 11.000 em 6 meses. >11.000 em 40 anos.
  • Conclusão: De acordo com os dados vistos, o avião é sim um dos meios de transporte mais seguros hoje, porém não é o mais seguro. De acordo com um ranking dos meios de transporte mais seguro o elevador fica em primeiro lugar.