• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Slide 03 concordancia
 

Slide 03 concordancia

on

  • 995 views

 

Statistics

Views

Total Views
995
Views on SlideShare
858
Embed Views
137

Actions

Likes
0
Downloads
16
Comments
1

3 Embeds 137

http://salvadorconcursos.blogspot.com.br 99
http://www.salvadorconcursos.com.br 35
http://salvadorconcursos.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • muito bom esses assuntos serve para cada um de nós alunos buscando formação aperfeiçoarnos mais ainda
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Slide 03 concordancia Slide 03 concordancia Presentation Transcript

    •     Olá! Sejam bem vindos novamente! Como vocês já sabem, me chamo Bruna e serei a sua professora nessa terceira aula do curso para o concurso do SAC-BA na disciplina de Português. Então, vamos lá!
    •     Para Refletir “Conheça os teus limites, mas nunca os aceite” (Autor Desconhecido)
    •     Conteúdo da Aula de Hoje: Português •Concordância Nominal e Verbal.
    •     Concordância Nominal É o ajuste feito para que os termos de uma oração como artigo, numeral, adjetivo e pronome (ADJUNTOS ADNOMINAIS) concordem com o substantivo, que normalmente é o núcleo da oração (SUJEITO).
    • Quanto ao Adjetivo; 1.Quando estiver antes do substantivo, concordará em gênero (feminino/masculino) com o substantivo mais próximo (ADJUNTO ANTEPOSTO) O professor oferecera-lhe lindas canetas e lápis. 1.1. O predicativo concordará em número (singular/plural) com o gênero predominante (também poderá concordar com o núcleo mais próximo)O professor considerou satisfatórios para avaliação do aluno a nota e o comportamento.
    •    2. Quando estiver após o substantivo, concordará em gênero (feminino/masculino) com o mais próximo. Os concurseiros passaram por problemas e provas complicadas (concordância atrativa) 2.1 Quanto ao número, em caso de gêneros diferentes, o adjunto vai para o plural. Achou o lápis e a caneta quebrados. 3. BASTANTE: 3.1 Concordará em número quando fizer referência aos nomes (substantivos) As provas geram bastantes ansiedades.
    •    3.2 Será invariável quando fizer referência a adjetivos, advérbios e verbos.  Achamos as provas bastante complicadas. 4.MEIO: 4.1 Concordará em gênero e número quando fizer referência ao substantivo. Não serei mulher de meias palavras. 4.2 Referindo-se a adjetivos será invariável.A concurseira sentiu-se meio envergonhada com o esquecimento do conteúdo na hora da prova.
    • 5. QUITE: concorda com o nome que faz referência. Agora estamos quites. 6. A expressão “o quanto possível” é invariável. Gostos de chocolates tão açucarados o quanto possível. 7. É BOM, É PROIBIDO, É NECESSÁRIO, É PERMITIDO- Permanecerão invariáveis quando o substantivo a que se referem estiver sendo usado em sentido geral, isto é, não determinado por artigo ou pronome. É proibido colar na prova!
    • 7.1 Só concordará quando houver determinante. É necessária a paciência para resolver tanta questão. 8. UM E OUTRO, UM OU OUTRO, NEM UM NEM OUTROQuando anteriores ao substantivo e/ou adjetivo terão a seguinte concordância: substantivo no singular e adjetivo no plural. Um e outro concurseiro preparados foi/ foram aprovados na prova.
    • CONCORDÂNCIA VERBALRegra geral: o verbo concordará com o núcleo do sujeito em número e pessoa. 1. SUJEITO SIMPLES O verbo concordará em número e pessoa com o núcleo do sujeito.Os métodos de estudo do concurseiros nem sempre são baseados nos conselhos dos seus professores.
    • 2. SUJEITO COMPOSTO 2.1 Antes do verbo: o verbo será flexionado na terceira pessoa do plural; Horas de estudo e confiança são necessários para a aprovação.2.2 Após o verbo: o verbo ficará no plural (concordância gramatical) ou no singular (concordando com o mais próximo). Nos portões das escolas, ficam difíceis a entrada e a saída nos horários de prova. (concordância gramatical) Nos portões das escolas, fica difícil a entrada e a saída nos horários de prova. (concordância atrativa)
    • 3. SUJEITO PARTITIVO3.1 Caso esteja antes de palavras no plural, as expressões grande parte de, amaior parte de, a menor parte de, a maioria de, a minoria de, um terço de, overbo poderá concordar tanto no singular quanto no plural. A minoria dos candidatos foi aprovada no concurso SAC-BA. A maioria dos candidatos foram reprovadas no concurso SAC-BA.3.2 Caso essas expressões não estejam antes de palavras no plural, overbo deverá permanecer no singular. A minoria foi aprovada no concurso SAC-BA.
    •    6. Quando anterior à expressão UM E OUTRO, NEM UM NEM OUTRO, NEM... NEM, o  verbo ficará no singular ou no plural, facultativamente. Nem presente nem dinheiro compram a minha consideração por alguém.   Porém, nos casos de: 6.1 Reciprocidade: o verbo permanecerá no plural. Um e outro ônibus chocaram-se na pista.   6.2 Exclusão: o verbo permanecerá no singular. Nem você nem eu se enganará quanto à alternativa correta.
    •    7. VOZ PASSIVA SINTÉTICA (VTD + SE)  A voz passiva sintética será caracterizada quando um verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto for acompanhado do pronome SE. Logo, o SE será a partícula apassivadora (ou pronome apassivador). Com o isso, o termo que antes desempenhava a função de objeto direto passará a desempenhar a função de sujeito, com o qual o verbo deverá concordar em número e pessoa.   Nem sempre avalia as questões. Nem sempre se avaliam as questões.
    • 8. VERBOS IMPESSOAIS 8.1 HAVER   Com o sentido de existir, acontecer ou ocorrer, ou no sentido de tempo pretérito, o  verbo “haver” é impessoal, devendo ficar na terceira pessoa do singular. Como havia muitas pessoas inscritas no curso online, o site congestionou.   8.2 FAZER: sempre que significar tempo pretérito ou meteorológico, o verbo “fazer” será impessoal, devendo ficar na terceira pessoa do singular. Faz mais de dez dias que estou ansiosa para concluir o curso online.   8.3 SER: sempre que indicar horas, datas ou distâncias, o verbo “ser” deve concordar com o número de dias, de horas ou com a medida.   Já são vinte e três horas e ainda estou estudando para o concurso do SAC-BA.
    • 9. PRONOMES RELATIVOS “QUE” e “QUEM”    9.1 QUE: o verbo concorda com o antecedente. Fui eu que resolvi a sua dúvida. 9.2 QUEM: o verbo concordará com o antecedente ou com o pronome relativo “quem”, sendo, então, que neste último caso o verbo irá para a 3ª pessoa do singular. Fui eu quem resolvi a sua dúvida. Fui eu quem resolveu a sua dúvida.
    •    10. PRONOME INDEFINIDO OU INTERROGATIVO + DE + PRONOME  PESSOAL Como regra geral, o verbo concordará com o pronome (sujeito). Algum de vós passará no concurso? 10.1 Porém, o verbo concordará com o pronome pessoal caso este esteja flexionado no plural. Alguns de vós passarão no concurso?   11. Quando o substantivo Próprio estiver antes de artigo no plural, o verbo concordará com o artigo (determinante). Os Estados Unidos apoiaram a abertura de editais para esse mês.   
    • 12. PERCENTUAL    12.1. Quando um número percentual é sujeito e está no plural (a partir de 2%), o verbo vai concordar com ele, e também vai ficar no plural; “30% dos candidatos foram aprovados.” 12.2 Porém, a concordância será feito no singular se o substantivo posposto ao número estiver no singular; “60% da população votou a favor do projeto”. 12.3. Quando ao número não seguir nenhum substantivo, a concordância será feita obrigatoriamente com o percentual; “30% foram contra”.
    •     12.4 Mas, cuidado! Se o número for inferior a 2%, o verbo vai ficar no singular, mesmo que o número venha acompanhado de nome plural; “1,95% das pessoas ganha acima de 20 salários mínimos”;
    • Que tal resolvermos uma questão?   Questão 6 - Assistente SAC – FUNRIO -2010 - Segundo o padrão formal da língua, há desvio de concordância na opçãoA) 17,2% dos jovens brasileiro continuam fumando.B) 18,2% deixaram de fumar.C) 17,2% continuam fumando.D) 18,2% da população brasileira com mais de 15 anos deixaram o cigarro.E) 65% de fumantes pensam em parar de fumar.
    • Passo 1: Sublinhe as palavras mais importantes do enunciado: padrão, formal,   desvio, concordância.  Logo, deduz-se que a banca pede que você marque a alternativa incorreta, conforme às regras da Língua Portuguesa. Vamos às alternativas: Alternativa A) 17,2% dos jovens brasileiro continuam fumando. Observe que a palavra brasileiro não contém o “s”. Logo, não está atendendo às regras de concordância nominal, pois o adjetivo (adjunto adnominal) não está concordando em número com o substantivo jovens. Mas atente-se ao que o enunciado da questão pede: desvio de concordância e essa alternativa aparenta um erro, mas que demonstra um erro de escrita e não um desvio de entendimento da norma culta.
    • Alternativa B) 18,2% deixaram de fumar.   Vamos reler a teoria?  12.3. Quando ao número não seguir nenhum substantivo, a concordância será feita obrigatoriamente com o percentual; Portanto, observamos que quando há somente o item percentual antes do verbo, a partir de 2%, devemos pôr o verbo no plural. Logo a alternativa está CORRETA. Alternativa C) 17,2% continuam fumando. Segue a mesma regra abordada na alternativa anterior. Portanto está CORRETA também.
    • Alternativa D) 18,2% da população brasileira com mais de 15 anos deixaram o   cigarro. Vamos ler a regra?  12.2 Porém, a concordância será feito no singular se o substantivo posposto ao número estiver no singular; Observe que há substantivo após a porcentagem(18,2%): população brasileira, que está no singular. Então, como o verbo deve concordar com esse substantivo,logo, deve estar no singular. Só que isso não ocorreu nessa alternativa, pois o verbo está no plural: deixaram. Portanto, essa alternativa está INCORRETA. E é essa que você deve marcar. Alternativa E) 65% de fumantes pensam em parar de fumar. O verbo pensar está no plural: PENSAM, concordando com o substantivo FUMANTES após o percentual 65%. Logo, a alternativa está CORRETA.
    •     Então é isso pessoal! Assista a aula quantas vezes for necessário para fixar o conteúdo ou esclareces suas dúvidas quanto à concordância verbal e nominal. Até a próxima aula!
    • http://salvadorconcursos.blogspot.com.br/p/cursos-on- line.html