A vida e a obra de Gil Vicente

4,016 views
3,543 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,016
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
55
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A vida e a obra de Gil Vicente

  1. 1. A Vida e a Obra de Gil Vicente<br />Escola Secundária da Batalha<br />2010/2011<br />Realizado por:<br /> Carina Sousa, Nº5<br />Mara Ferreira, Nº12<br />Mariana Guerra, Nº14<br />Neuza Carvalho, Nº15<br />Disciplina: Língua Portuguesa<br />Prof.: Graça Santos<br />
  2. 2. Quem foi Gil Vicente?<br /> Gil Vicente foi poeta e o primeiro grande dramaturgo português. Além de escrever teatro também foi músico, actor e encenador. Não se sabe ao certo a data do seu nascimento, mas especula-se que tenha sido por volta de 1465 em Guimarães ou Barcelos, e faleceu entre 1536 e 1540, em lugar desconhecido. <br /> Casou com Branca Bezerra de quem teve dois filhos (Gaspar e Belchior), depois da sua esposa falecer casou com Melícia Rodrigues, e teve 3 filhos (Paula, Luís e Valéria). <br /> Por ter estudado em Salamanca, o seu primeiro trabalho, “Auto da Visitação”, também conhecido como “Monólogo do Vaqueiro” foi escrito em castelhano.<br />
  3. 3. O Auto da Visitação ou Monólogo do Vaqueiro ( foi a primeira obra de Gil Vicente, escrita para anunciar o nascimento do princípe D. João )<br />O Auto da Índia (fala do adultério como consequência das viagens dos Descobrimentos)<br />A Farsa de Inês Pereira (Nela o autor retrata a ambição de uma criada da classe média portuguesa do século XVI.)<br />A Floresta de Enganos Os seus presságios acerca da Inquisição e dos tempos sombrios que se seguiriam tornam-se profético<br />Algumas das suas obras :<br />
  4. 4. Bibliografia de Gil Vicente<br />Monólogo do Vaqueiro ou Auto da Visitação (1502)Auto Pastoril Castelhano (1502)Auto dos Reis Magos (1503)Auto de São Martinho (1504)Quem Tem Farelos? (1505)Auto da Alma (1508)Auto da Índia (1509)Auto da Fé (1510)O Velho da Horta (1512)Exortação da Guerra (1513)Comédia do Viúvo (1514)Auto da Fama (1516)Auto da Barca do Inferno (1517)Auto da Barca do Purgatório (1518)Auto da Barca da Glória (1519)Cortes de Júpiter (1521)Comédia de Rubena (152)Pranto de Maria Parda <br />Farsa de Inês Pereira (1523)Auto Pastoril Português (1523)Frágua de Amor (1524)Farsa do Juiz da Beira (1525)Farsa do Templo de Apolo (1526)Auto da Nau de Amores (1527)Auto da História de Deus (1527)Tragicomédia Pastoril da Serra da Estrela (1527)Farsa dos Almocreves (1527)Auto da Feira (1528)Farsa do Clérigo da Beira (1529)Auto do Triunfo do Inverno (1529)Auto da Lusitânia, intercalado com o entremez Todo-o-Mundo e Ninguém (1532)Auto de Amadis de Gaula (1533)Romagem dos Agravados (1533)Auto da Cananea (1534)Auto de Mofina Mendes (1534)Floresta de Enganos (1536)<br />
  5. 5. Gil Vicente retratounas suas obras a sociedade portuguesa do secúlo XVI, <br /> A sua forma de se exprimir é simples e directa, sem grandes floreados poéticos<br />As suas obras foram, autos, mistérios , farsas, comédias e tragicomédias <br />A Obra<br />
  6. 6. “Gil Vicente vivia na corte e da corte.<br />Mas não teve tempo de namoriscar a princesa, pois ela saiu da sala, rindo muito. Acompanhavam-na três aias e um homem que certamente contava histórias engraçadas. <br />-Sabes quem é?-perguntou orlando,entre dentes.<br /><ul><li>Não.
  7. 7. -É Gil Vicente! O mais fomoso escritor desta época, veio aqui combinar com a rainha uma representação.”</li></ul>Citação: Retirado de “um ninho cheio de canela” de Ana Mª Magalhães e Isabel Alçada<br />
  8. 8. http://pt.wikipédia.org/wiki/gilvicente<br />Auto da barca do inferno ( Gil Vicente)<br /> Amor o quanto obrigas(Gil Vicente)<br /> Auto da Feira (Gil Vicente)<br /> Bibliografia:<br />

×