Google Wave: uma plataforma para a inteligência coletiva

  • 701 views
Uploaded on

Apresentação feita no Intercom 2010 em Caxias do Sul no GP de Cibercultura.

Apresentação feita no Intercom 2010 em Caxias do Sul no GP de Cibercultura.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
701
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1.
  • 2. CENÁRIO
    Trabalho em Grupo
    Pensar as redes de comunicação e memórias digitais: Inteligência Coletiva
    Técnica e pensamento: hominização rumo à virtualização
    Um-para-muitos -> muitos-para-muitos
  • 3. A INTERNET
    Rheingold: uma rede de computadores interconectados que usa tecnologias de comunicação mediada por computadores para ligar pessoas pelo mundo em discussões públicas.
    Anos 60: ARPA, computação interativa -> Rede ARPANET
    Anos 80: Internet
  • 4. O CIBERESPAÇO
    Rheingold: espaço conceitual onde palavras, relacionamentos humanos, dados, riquezas e poder são manifestados por pessoas usando tecnologia de comunicação mediada por computadores
    Construir um contexto compartilhado
  • 5. ESCRITA, MEMÓRIA E TEMPO
    Escrita: estende a memória a curto prazo
    Informática: simulação e visualização informatizada
    Tempo real
    Tempo pontual
  • 6. O HIPERTEXTO
    Lévy: programa para a organização de conhecimentos ou dados, aquisição de informações e comunicação; um conjunto de nós ligados por conexões.
    Interação amigável
    Ler é publicar
  • 7. O HIPERTEXTO
    Seis características do hipertexto:
    Princípio de metamorfose
    Princípio de heterogeneidade
    Princípio de multiplicidade e de encaixe de escalas
    Princípio de exterioridade
    Princípio de topologia
    Princípio de mobilidade dos centros
  • 8. INTELIGÊNCIA COLETIVA
    Lévy: é a capacidade que coletivos humanos tem de se engajar em cooperações intelectuais para criar, inovar e inventar
    Como fazer com que um grupo seja mais inteligente, sábio e imaginativo que os indivíduos que dele fazem parte?
    Novas tecnologias da comunicação: coordenar interações, valorizar a inteligência distribuída
  • 9. INTELIGÊNCIA COLETIVA
    Quatro dispositivos para estimular:
    Instrumentos que favoreçam a criação de laços sociais pela troca de saber
    Agenciamentos de comunicação capazes de integrar diversidades
    Sistemas que visam o surgimento de sistemas e seres autônomos de todos os tipos
    Engenharias semióticas que permitam explorar e valorizar os dados, competências e potências simbólicas acumulados pela humanidade
  • 10. COMUNIDADES VIRTUAIS
    Bauman: comunitarismo como uma reação à liquefação
    Rheingold: locais onde as pessoas podem se encontrar e ser ferramentas
    Afinidades, centros de interesse e problemas em comum
    Cooperação
  • 11. A ECONOMIA DO GROUPWARE
    Diferencial para competir em um espaço econômico mundial
    Lidar com subjetividades
    Reunir textos, redes de associações, anotações, e comentários vinculados a determinado assunto -> registrado e de acesso fácil
  • 12. O GOOGLE WAVE
    Google I/O: Innovation in the Open, 28 de maio de 2009
    Lars e Jans Rasmussen: HTML5, Google Web Tool Kit
    “Como seria o e-mail se tivesse sido inventado hoje?”
  • 13.
  • 14. O GOOGLE WAVE
    Produto: conversação, compartilhamento; playback; escrita em tempo real
    Plataforma: incorporação de e em redes sociais, alterações em tempo real
    Protocolo: código livre para desenvolvimento de APIs, sistema aberto
  • 15.
  • 16. O GOOGLE WAVE
    Hernandes e Fresneda: fatores críticos para o sucesso de uma comunidade de prática
    Conhecimento dos objetivos principais
    Conhecimento do domínio de conhecimento da rede
    Existência de uma atmosfera de confiança
    Outro: plataforma tecnológica confiável.
  • 17.
  • 18. PENSAMENTOS
    O Google Wave é sem dúvida uma ferramenta de trabalho em grupo.
    Comunicação sinérgica de muitos-para-muitos.
    Altera a noção de memória.
    É um grande hipertexto
    Interação amigável e participativa
  • 19. PENSAMENTOS
    Um passo rumo à Inteligência Coletiva:
    Favorece a criação de laços sociais pela troca de saber
    Potencial de integrar as diversidades
    Visa o surgimento de sistemas autônomos
    Possui uma engenharia que permite explorar dados, competências e potências adquiridas pela discussão
  • 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS
    O Google Wave é uma plataforma que favorece a Inteligência Coletiva, o trabalho em grupo e a colaboração, mas pode ser de difícil aceitação pelos usuários comuns, por mostrar uma nova forma de encarar as interações humanas e a manipulação do conhecimento.
    A inteligência coletiva em tempo real e em grande escala necessita da infra-estrutura técnica adequada, e o Google Wave pode ser essa infra-estrutura.
  • 21. OBRIGADA!

    nelliesantee@gmail.com