Your SlideShare is downloading. ×
0
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Plano de gestao
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Plano de gestao

663

Published on

Trabalho realizado para a disciplina de Gestão em Design, FAV - UFG.

Trabalho realizado para a disciplina de Gestão em Design, FAV - UFG.

Published in: Design
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
663
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. design Plano de gestão Aguardente de mutamba Fernanda Iolanda Lia Bello Natália Mastrela
  • 2. Sumário 1. Definição do projeto 3 2. Objetivos 5 3. Motivos de design 6 4. Informação 8 5. Mercado 16 6. Especificações 20 7. Processos produtivos da empresa 22 8. Custos 23 9. Anexos 24
  • 3. 1. DEFINIÇÃO DO PROJETO Este projeto visa a produção industrial, a criação de uma embalagem, uma forma de transporte e o posicionamento do produto aguardente de mutamba no mercado. Atualmente a bebida é produzida de forma artesanal, principalmente, na região da Cidade de Goiás e tem como matéria-prima a mutamba, uma fruta presente em algumas regiões do Brasil, ocorrendo com frequência na vegetação típica do estado de Goiás, o cerrado. Essa bebida vem sendo comercializada em alguns bares da Cidade de Goiás, sendo uma loja do mercado da cidade o ponto mais conhecido de venda. 3
  • 4. DESCRIÇÃO DO PRODUTOSerá produzida uma bebida feita a partir da mutamba. Essa espécie apresenta ampladistribuição geográfica, ocorrendo desde o Nordeste até o Sul do Brasil. Apresenta-sebastante adaptada a locais abertos, mas pode ocorrer em matas mais fechadas comoa Floresta Ombrófila Montana (região sul). É considerada uma espécie potencialmenteutilizável em projetos de recuperação de áreas degradadas, sendo indicada nestafinalidade como espécie pioneira.Pode ser estabelecida por semeadura direta ou plantio de mudas, de raiz ou tocos demudas de raiz nua.Os frutos da mutamba são duros e quase secos quando maduros. De coloraçãonegra e sabor adocicado. Coletados no chão ou na árvore entre os meses de março anovembro.Para produção da aguardente deve-se seguir as seguintes etapas: extrair a polpa,lavar bem e deixar escorrer. Triturar grosseiramente e colocar a massa em infusão paraprodução da aguardente. 4
  • 5. 2. OBJETIVOS • Motivos da escolha A escolha da aguardente de mutamba se deu por este ser um produto típico do Estado de Goiás, haver a possibilidade de produção em grande escala, um mercado que o consuma e matéria-prima presente em todas as regiões do Brasil. • Oportunidades Por se tratar de um produto em que sua matéria-prima encontra-se em várias regiões do Brasil, acredita-se que há a possibilidade de expansão da produção além do estado de Goiás. - Ganhar mercado associando sua marca à gastronomia. - Se tornar referência em bebidas alcoólicas de boa qualidade. - Ampliar-se e passar a vender produtos para outras regiões do brasil. • Melhorias Pretende-se fazer melhorias na embalagem de acondicionamento do produto e de proteção externa e sua apresentação mercadológica. • Melhorias que se pretende obter em relação aos produtos similares Preço mais barato. 5
  • 6. 3. MOTIVOS DO DESIGN Prioridades • Inovação: Na embalagem e apresentação mercadológica. • Melhoria de processos produtivos (estandardização): A produção artesanal agora se tornará industrial. • Ampliação ou equilíbrio na gama de produtos A aguardente será um novo produto na empresa, diferentemente dos outros, será uma bebida mais suave e de sabor adocicado. • Posicionamento: O produto almeja posicionar-se como algo de boa qualidade e que encontra-se com um preço um pouco abaixo em relação aos seus concorrentes. É um produto que busca ganhar o mercado sendo uma bebida que valoriza as matérias-primas nacionais, surgida de uma receita tradicional da Cidade de Goiás. • Concorrentes A marca concorrente de origem nacional chama-se Musa e fabrica aguardentes de ameixa, pera, tangerina e banana, seus preços variam entre R$ 34, 90 a R$ 84,90. 6
  • 7. Âmbito do designer• Determinação das atribuições do designer no projeto e oque deverá ser terceirizadoCriação de uma identidade visual e embalagem para a linha. Será terceirizado o trabalho de umpublicitário para formulação de uma estratégia para lançamento do produto no mercado.Formas de pagamento• Honorário acordado-Material promocional: folheto: R$ 600-Folder: R$ 500 por página-Linha de embalagem: R$ 850-Rótulo adesivado: R$ 1.000-Identidade visual: R$ 9.350*Fonte: Tabela ADG 2012 7
  • 8. 4. INFORMAÇÃO Contextualização - Antecedentes do produto e produtos atuais • Atividade da empresa (breve descrição da empresa) Trata-se de uma empresa que começou em uma fazenda na região da Cidade de Goiás, com uma produção mínima de consumo familiar em um alambique artesanal, onde as receitas foram passadas entre as gerações. Atualmente possui uma fábrica de médio porte de bebidas alcoólicas. Comercializa produtos oriundos principalmente da cana-de-açúcar, com vendas para estados do Centro-Oeste e Nordeste e pretende alcançar mercado em outras regiões do Brasil, como região Sudeste e Sul. • Relação de produtos atuais (produtos que fabrica) Fabrica bebidas a partir da cana-de-açúcar, envelhecidas em toneis de madeiras especiais, como ipê e carvalho. Posicionamento do produto quanto aos demais produzidos pela empresa • Referências qualitativas Será mantido o mesmo padrão de qualidade dos demais produtos. • Referências de preços A linha produzida terá um preço acima dos demais produzidos pela mesma empresa. 8
  • 9. Produtos da concorrência• Características e vantagens que distinguem os concorrentes-Preço abaixo da sua principal concorrente.-Venda direto do site da empresa, assim como em outros canais de distribuição. • Concorrentes similares(aguardente) - Linha de aguardentes de frutas Musa (nacional): R$ 34, 90 a R$ 84,90. Ameixa, pera, tangerina e banana. - Aguardente Eau de Vie Poire Williams (França) R$ 155,90 -Aguardente de pera. 9
  • 10. • Concorrentes tangíveis (licores): - Licor de lichia Musa (nacional): R$ 54,50 - Licor Amaretto Del Orso700ml (nacional) R$ 42,00 Licor feito a partir de amêndoas, damasco, mel e flores. 10
  • 11. - Licor de Jabuticaba Casa Villardi 750 mlR$ 34,99- Cuarenta Y Tres700ml (Espanha)R$ 99,90Elaborado com suco de limão e de outros frutos,e aromatizado com ervas e especiarias. 11
  • 12. - Linha de licores Bols 700 mlR$ 16,80 a R$ 32,90É elaborado com suco de limão e de outros frutos,e aromatizado com ervas e especiarias.- Curaçao Triple Sec700mlR$ 95,45ElaboraçãoMaceração com álcool neutro emcubas abertas de inox com cascas de laranjaamarga por 10-15 dias. Adição de 3% de aromade curaçao (idêntico ao natural) e xarope com360g/l de açúcar. 12
  • 13. Normas que o produto deve respeitarAspectos legaisEmbalagens de bebidas alcoólicas devem conter:• denominação do produto (cachaça, aguardente etc);• marca comercial do produto;• conteú do da embalagem, expresso na unidade de medida correspondente (mL), de acordocom normas específicas do Inmetro;• ingredientes;• graduação alcoólica, expressa em porcentagem de volume alcoólico, quando bebidaalcoólica;• 3.3) identificação do lote;• 3.4) prazo de validade (ainda que seja indeterminado); e• Validade: pode ser utilizada a expressão “PRODUTO NÃO PERECÍVEL”• Frases Obrigatórias:2.1). a expressão: Indústria Brasileira, por extenso ou abreviada (Ind. Brasileira);2.2). frase de advertência “Evite o Consumo Excessivo de Álcool”, conforme estabelecido emlegislação específica (Lei 9.294/1996).2.3). indicativo “Contém glúten” ou “Não contém glúten”, conforme o caso (Lei 10.674/2003); 13
  • 14. • Código de Barras:Apesar de não ser obrigatório, é extremamente recomendável o cadastramento da empresa nosistema EAN (GS1 Brasil) para obtenção de codificação de barras. Maiores informações podem serobtidas em http://www.eanbrasil.com.br/.• Indicação do Químico ou Engenheiro Agrônomo Responsável:Não há obrigatoriedade da indicação do profissional responsável técnico pelo produto, mas éextremamente recomendável que se indique o nome e o número do registro do profissional noórgão competente (CRQ ou CREA).• Disposição das informações no rótulo:Não há exigências específicas quanto à disposição das informações no rótulo.• Tamanho das letras e números para indicação do volume de conteúdo (exemplo 300 ml): Conteúdo Líquido da embalagem (em mL) Altura mínima dos algarismos em milímetros Menor ou igual a 50 2 mm Maior que 50 e menor ou igual a 200 3 mm Maior que 200 e menor ou igual a 1000 4 mm Maior que 1000 * 6 mm * Lembrando que aguardente ou cachaça não pode ser comercializada em embalagens superiores a 1 litro. 14
  • 15. • Outras informações relevantes para a elaboração do rótulo:A denominação do produto e a sua marca comercial devem ser visíveis de forma destacada dosdemais textos.O ideal é que as letras sejam em negrito, em cor única e contrastando com a cor do fundo dorótulo.As demais informações (para as quais não há exigência de tamanho mínimo de fonte) devem serexpressas em letra legível, no tamanho mínimo de 1mm.• Registros industriais. PatentesNo rótulo da bebida deve conter: Identificação do produtor, fabricante, padronizador, envasilhador,engarrafador, importador, contendo:nome empresarial, CNPJ e Inscrição Estadualendereço (pode ser colocado telefone, se desejado)número do registro do produto no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ou onúmero do registro do estabelecimento importador, quando bebida importada; 15
  • 16. 5. MERCADO • Descrição do usuário São consumidores que apreciam licores, aguardentes feitas com frutas, além da cachaça de cana- de-açúcar e outras bebidas alcoólicas. Com idade acima de 18 anos, classe social média. • Hábitos de compra É um produto que tem sua utilização associada aos momentos de lazer, comemorações, confraternizações e refeições. • Uso do produto (adequados e inadequados) Por se tratar de uma bebida alcoólica, deve-se levar em conta a quantidade de ingestão e a idade do consumidor (maiores de 18 anos). Estudos de usuário (Motivações de compra) • Emocional Por ser uma bebida alcoólica, seu uso está associado à desinibição e status em momentos de lazer, como comemorações e festas. • Ambiental Sua matéria-prima (mutamba) é encontrada em várias regiões do Brasil, sendo assim, associada à valorização de uma fruta brasileira. 16
  • 17. • Simbólico e culturalEstar consumindo um produto típico da região da Cidade de Goiás.• Público-alvo A e B, com hábitos de compras pela internet. Faixa-etária entre 25 a 50 anos, que apreciamculinária e bebidas regionais. Residentes no Brasil ou estrangeiros que gostem de bebidas comsabor exótico.• EconômicoÉ um produto de boa qualidade, porém está abaixo do preço de seus concorrentes similares porser feito com matéria prima de baixo custo.Mercado• Canais de distribuiçãoPretende-se que sua venda seja feita por todo o Brasil, em supermercados, bares, restaurantes,distribuidoras de bebidas e via internet.• Política da empresaPresa-se pela qualidade dos produtos, vendidos sempre com informações ao consumidor e comindicação de venda a maiores de 18 anos. 17
  • 18. Comunicação• Apresentação em canais de distribuiçãoA empresa que fabricará o produto já possui um site com venda de suas bebidas, a recente linhaque será lançada também será vendida neste espaço, com uma página acerca de sua produção,curiosidades e receitas que a levam como ingrediente. Aparecerá também em comerciais de tv,materiais promocionais distribuídos em locais de venda do produto e em eventos.• Aparência e imagem esperadas do produtoEspera-se que o produto lance uma imagem de algo regional, típico do estado de Goiás, fabricadaa partir de uma receita tradicional, mas com potencial para comercialização em outras regiões doBrasil.Por se tratar de uma bebida de sabor suave e adocicado, pretende-se lançá-la como um produtoassociado à culinária.• Material promocionalSerão produzidos kits com produtos como dosadores, porta garrafas, saca rolhas, etc. agregados àaguardente, kits de miniaturas para colecionadores, flyers e folders contendo dicas de como melhorsaborear o produto e receitas tradicionais que levam a aguardente como ingrediente. 18
  • 19. • Imagem interna da empresaAos funcionários será passada a imagem de uma empresa que valoriza a matéria-prima local, eque fabrica algo relacionado ao lazer, porém consumido com responsabilidade.As pessoas que fazem parte da equipe estão em primeiro lugar, pois sem elas nada seria possível.Os clientes são o maior patrimônio da empresa, aqueles que dão sustentação aos negócios edireção à empresa.Presa-se pelo respeito mútuo interno e externo para o bom ambiente de trabalho e negociações.Nível de preços• Posição do preço em relação à concorrênciaSerá cobrado um preço abaixo da sua concorrente principal (Musa): entre R$ 30,00 a garrafa.Os produtos da marca Musa, por exemplo, possuem preços que variam entre R$ 34, 90a R$ 84,90.• Posição qualitativa em relação à concorrênciaA empresa presa pela boa qualidade do produto, assim como quando produzido artesanalmente.• Embalagem e manuseamentoEmbalagem de acondicionamento de vidro de 500 ml. Embalagem frágil. 19
  • 20. 6. ESPECIFICAÇÕES Funções que o produto deve satisfazer • Função principal Ser uma bebida diferente das cachaças produzidas com cana-de-açúcar, com sabor mais suave, adocicado, apropriado para degustação, servida acompanhada de refeições ou como ingrediente em alguma receita. • Funções secundárias Produto passível de envelhecimento, assim como ocorre como outras bebidas alcoólicas, como vinho, por isso pode ser guardado para um período de ‘maturação’. • Requisitos de design Elaborar um projeto gráfico para a linha de aguardente de mutamba, levando em conta o rótulo e a embalagem externa, visando a funcionalidade, economia de espaço e um transporte seguro, já que a embalagem de acondicionamento é uma garrafa de vidro. • Partes e componentes do produto Frasco de vidro para acondicionamento da bebida, embalagem externa para venda unitária e embalagem para transporte. 20
  • 21. • Restrições e sugestõesO produto terá que ser acondicionado em uma garrafa de vidro transparente de 500 ml, tampagiratória e rótulo adesivado.A identidade visual do produto deve se basear em uma linguagem regional, partindo daiconografia da Cidade de Goiás. O designer tem liberdade de criação de formato de embalagemexterna e de acondicionamento, de acordo com a otimização de seu uso e relação com a propostado produto.• Ciclo de vida e Vida útilComo de costume, bebidas destiladas possuem uma vida útil estendida, pois considera-se o fatorenvelhecimento como sinônimo de qualidade.Após ser consumida a bebida, a embalagem de vidro pode ser reciclada.• Aspectos técnicos de produção- Embalagem externa de papel cartão ou papelão.- Garrafa de vidro de 500 ml.• Efeitos ambientaisO descarte das embalagens de vidro e a de papel no meio ambiente. 21
  • 22. 7. PROCESSO PRODUTIVO DA EMPRESA • Meios produtivos disponíveis E empresa que produzirá o produto já possui uma fábrica com alguns equipamentos que serão usados para sua produção. Serão adquiridos outros. • Subcontratações Pessoal para produção industrial, controle de qualidade e gerenciamento de vendas. • Novos investimentos Haverão investimentos em novos equipamentos de produção. Objetivos de custos diretos do produto • Unidades que produzirá e o processo de transformação que utilizar O produto será feito de modo industrial. A partir das seguintes etapas: instalações para o processamento, aplicação do processo de higienização, colheita dos frutose cuidados especiais, lavagem, extração da polpa, infusão, filtração, engarrafamento, armazenamento e envelhecimento. • Possibilidades de automatização de partes do processo Lavagem, infusão, filtração, engarrafamento. 22
  • 23. 8. CUSTOS • Infraestrutura Construção de uma galpão com telha de cerâmica, parede azulejada de no mínimo dois metros de altura, piso de cerâmica, sala de produção e engarrafamento, sala para armazenamento, sanitários fora da área de produção, local com portas e janelas de fácil abertura colocadas em posição que facilita a circulação do ar, com telas para evitar a presença de insetos (abelhas, formigas, baratas etc.), roedores e outros animais silvestres. • Equipamentos Máquina de lavagem da matéria-prima, engarrafamento, despolpadeira, peneira, esteira e engarrafadeira. • Pessoal - 1 líder de produção: salário R$ 3.292 - 6 auxiliares de produção: salário R$931 - 5 auxiliares de embalagem: salário R$ 931 -3 auxiliares de limpeza: salário R$ 622 -1 engenheiro de alimentos: salário R$ 5.561 - 2 controladores de produção: salário R $ 2.836 23
  • 24. 9. Anexos Determinação do prazo de execução de cada etapa do Projeto Adequação da fábrica para produção 1 mês a 1 mês e meio Contratações e treinamentos 1 mês (funcionários para produção e pós produção) Projeto gráfico 1 mês e meio Produção gráfica 1 mês Produção industrial 2 semanas Distribuição em meios comerciais 1 semana 24
  • 25. ReferênciasDORMER, Peter. Manual de Gestão em Design. Edição 1, Porto: DZ Centro de Diseño,1997.____________________. Contribuição ao Estudo Farmacognóstico da mutamba. UNESP.Disponível em < http://www.latamjpharm.org/trabajos/24/2/LAJOP_24_2_1_9_15EXCN7O04.pdf>. Acesso em: 14 abr.2012b.____________________. Floresta Ombrófila. Infoescola. Disponível em < http://www.infoescola.com/biomas/floresta-ombrofila/>. Acesso em: 14 abr.2012b. 25

×