• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Influência da-cultura-africana-no-brasil
 

Influência da-cultura-africana-no-brasil

on

  • 45,093 views

 

Statistics

Views

Total Views
45,093
Views on SlideShare
43,787
Embed Views
1,306

Actions

Likes
10
Downloads
960
Comments
4

12 Embeds 1,306

http://arteetecnologianaescola.blogspot.com.br 791
http://reporteresemacaoemefboasaude.blogspot.com.br 307
http://arteetecnologianaescola.blogspot.com 161
http://arteetecnologianaescola.blogspot.pt 14
http://vestenem.com 14
http://arteetecnologianaescola.blogspot.ru 11
http://arteetecnologianaescola.blogspot.it 2
http://www.arteetecnologianaescola.blogspot.com.br 2
http://arteetecnologianaescola.blogspot.com.au 1
http://www.blogger.com 1
http://arteetecnologia 1
http://reporteresemacaoemefboasaude.blogspot.com 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

14 of 4 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Influência da-cultura-africana-no-brasil Influência da-cultura-africana-no-brasil Presentation Transcript

    • Cultura Afro-Brasileira Elaborado: by barattaxxx 2008 Adaptado por Nanci Gomes
    • África! De cores garridas, gentes atrevidas e franco sorriso, tens singelos costumes és luz, és negrumes, és amor altivo. Aberta, insondável, guerreira ou amável, distante ou presente. És o tudo ou nada, ora bruxa, ora fada, mas nunca indiferente. África! Mulher trigueira, negrita brejeira requebrada em sons, por mais que te veja minh’alma deseja reviver teus tons.
    • Por volta de 1500, portugueses e europeus chegaram ao continente africano; trouxeram milhões de pessoas para trabalhar como escravos nas novas terras que haviam conquistado: as Américas; uma dessas novas terras era o Brasil.
    • O Brasil é um dos países que mais possui população negra em todo o mundo. Isso, devido aos mais de 4 milhões de homens, mulheres e crianças que foram trazidas para cá com o comércio de escravos nos meados do ano 1500. Os escravos, conseguiram sua liberdade, porém continuaram sendo discriminados, humilhados e mal tratados. Muitos não possuíam bens e local para morar, o que gerou problemas, como as favelas que hoje encontramos no Rio de Janeiro, por exemplo. Hoje, os “afro – brasileiros” se destacam na música, no meio comercial, no teatro, em filmes, no meio empresarial e em muitos outros meios no Brasil, muitas vezes superando aqueles brancos que se diziam insuperáveis.
    • Os negros africanos partiam de diferentes portos na África; por isso haviam vários grupos étnicos, com línguas e religiões diferentes. Foram obrigados a deixar tudo para trás, sua família, pertences, etc. Mas jamais esqueceram o que aprenderam em sua terra .
    • Religiosidade Africana A prática das religiões africanas eram extremamente proibidas no Brasil,eram consideradas bruxaria, a igreja católica fazia questão de pregar apenas o culto cristão; Por isso cultuavam suas divindades secretamente; Identificavam suas divindades com nomes de santos católicos.
    • Candomblé e Umbanda O candomblé foi trazido pelos iorubas , originários da Nigéria e pelos jejes , da costa de Daomé; Os bantus , que vieram do sudoeste africano e correspondiam a maior população, também praticavam o candomblé, mas fizeram adaptações a sua cultura particular.
    • Quando rezavam em sua língua para Santa Bárbara, estavam na verdade cultuando Iansã , quando rezavam para Nossa Sra. da Conceição, cultuavam Iemanjá .
    • Candomblé Cerimônia realizada com batuques de atabaques, cantos em ioruba ou nagô que variam de acordo com o orixá; Realizadas em terreiros; Ritos dirigidos a um pai/mãe de santo (babalorixá ou iabalorixá); São feitas oferendas e consultas espirituais através do jogo de búzios;
    • O candomblé tem uma relação muito especial com a comida. Os devotos faziam muitas oferendas para os santos. Os africanos trouxeram também muitos sabores na culinária: O pirão, angu, a feijoada, incluindo ingredientes como azeite de dendê, o coco e o café. Todos são herança dos africanos.
    • Umbanda Incorpora práticas do candomblé, do catolicismo e do espiritismo; Consideram que o universo está povoado por entidades que se comunicam através de uma pessoa: o guia; Se apresentam como pomba-gira, caboclo e preto-velho.
    • Capoeira Estreitamente ligada a escravidão; Supostamente criada aqui no Brasil; Teria surgido a partir de danças africanas, acrescentada a um caráter marcial, a fim de auxiliar os escravos a defender-se e atacar; Para despistar a policia, utilizavam os cantos africanos;
    • Capoeira Manoel dos Reis Machado – o Mestre Bimba (1900,1974). Em 1932 fundou a primeira academia especializada em capoeira regional. Num tempo onde era ainda proibida e reprimida.
    • Danças O Jongo é uma dança trazida pelo povo bantu, do mesmo tronco do batuque, ambos ancestrais do samba. O Samba é a principal forma de música de raízes africanas surgida no Brasil, seu nome originou-se da palavra “semba” , que significa umbigo em quimbundo (língua de Angola).
    • Desde que eram escravos, os “afro brasileiros” já possuíam uma infinidade de aspectos próprios, como por exemplo, a cultura, a religião e a arte. Capoeira, Expressão Artística Afro Brasileira Arte Marcial Algumas Esculturas Africanas Arte Afro - Brasileira
    • Arte Afro - Brasileira
      • Baseada nas histórias, crenças, lendas e na filosofia africana.
      • Basicamente feito com elementos da Natureza.
      Máscara de Madeira Igbo-Ukwu: arte africana em bronze
    • Música
      • A música criada pelos afro-brasileiros é uma mistura da música portuguesa, indígena e africana, produzindo uma grande variedade de estilos.
      • Entre os estilos influenciados, temos: Samba, Maracatu, Ijexá, Maxixe, Lambada, Carimbó, entre outros.
      • A música afro – brasileira era altamente discriminada, sendo vista como “Música para marginais” até o século XX, onde só então começou a ser melhor aceita pela população.
      • Dois instrumentos clássicos usados nas músicas afro – brasileiras, são os tambores e o Berimbau.
    • Da Esquerda para direita: Viola, Médio e Gunga (ou Berra-Boi). Tambores Arte Afro - Brasileira
    • Cozinha
      • A cozinha brasileira deriva em grande parte da cozinha africana, mesclada com elementos da cozinha indígena e portuguesa.
      • Na Bahia, principalmente, pratos como vatapá e moqueca são típicos da culinária afro-brasileira.
      • A feijoada é o prato nacional do Brasil. É basicamente a mistura de feijões pretos, carne de porco e farofa. Começou como um prato português que os escravos negros modificaram:os donos de escravos davam as partes pobres do porco aos escravos e estes misturavam estas partes com feijão e farinha.
    • Moqueca Vatapá Feijoada
    • Alguns Afro – Brasileiros Conhecidos
      • Entre os mais famosos estão: Pelé, Daiane dos Santos, Agnaldo Timóteo, Vanessa da Mata, Marcelo D2, Gilberto Gil, Tobias Barreto, Cafu, entre muitos outros.
      Pelé Vanessa da Mata Gilberto Gil
    • Lei 10.609/2003 No dia 9 de janeiro de 2003 foi decretada pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Lei 10.639 que torna obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-Brasileiras nas escolas brasileiras, tem como um dos objetivos o combate ao racismo e a discriminação.
        • Dentro da mesma Lei, o calendário escolar incluiu o dia 20 de novembro como o “Dia Nacional da Consciência Negra”
    • FIM.