Anorexia e bulimia

9,942 views
9,731 views

Published on

Published in: Education, Health & Medicine
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
9,942
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
546
Actions
Shares
0
Downloads
263
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Anorexia e bulimia

  1. 1. Anorexia e Bulimia<br />Formação Cívica e Área de Projecto<br />2010/2011<br />
  2. 2. O que é Anorexia Nervosa?<br />É um transtorno alimentar em que a pessoa se priva de se alimentar, levando-a a um emagrecimento a níveis abaixo do peso mínimo normal. Essas pessoas, na maioria mulheres, têm plena convicção de que são gordas.<br />
  3. 3. O que é a Bulimia Nervosa?<br />É um transtorno alimentar em que o indivíduo tem episódios frequentes de ingestão alimentar compulsiva. Em pouco tempo o bulímico consome grande quantidade de alimentos e, de preferência, alimentos hipercalóricos. Existe um sentimento de falta de controlo sobre o comportamento de comer e o indivíduo sente-se incapaz de parar de alimentar-se.<br /> Em geral, come muito depressa e chega a passar mal, pois ingere grandes quantidades de comida num período de tempo determinado. Para compensar a ingestão alimentar exagerada, os bulímicos fazem longos períodos de jejum, induzem vómitos, usam laxantes, diuréticos e praticam exercício físico de forma obsessiva.<br />
  4. 4. Perguntas sobre Anorexia e Bulimia<br />
  5. 5. Como se trata a Anorexia Nervosa?<br />Em geral, a Anorexia Nervosa está associada à depressão e, por isso, é tratada com antidepressivos.<br />Em termos psicológicos, pode dizer-se que a necessidade de manter o corpo com caracteres assexuados e a própria suspensão da menstruação, caracteriza dificuldades em relação à sexualidade madura.<br />A psicoterapia actua sobre esses factos e ajuda o indivíduo a prevenir e identificar recaídas.<br />Outro papel importante da psicoterapia é o auxílio no desenvolvimento de uma identidade sexual madura, e a identificação de situações que favorecem a depressão e o retorno dos sintomas.<br />
  6. 6. Quais os sinais de Anorexia Nervosa?<br />Existe uma obsessão pela ideia do emagrecimento em pessoas com Anorexia Nervosa. <br />As mulheres têm o seu ciclo menstrual interrompido por no mínimo 3 semanas consecutivas, e o corpo perde os caracteres femininos devido ao emagrecimento exagerado. Mesmo assim, permanecem em constante dieta hipocalórica e estão sempre insatisfeitas com sua aparência física e com a crença de que estão gordas.<br />
  7. 7. Quais os sinais de Anorexia Nervosa? (continuação)<br />As anoréxicas desenvolvem rituais estranhos em torno da alimentação e muitas vezes comem às escondidas. Outra obsessão, é o exercício físico que chega a ser praticado em exagero para acelerar a perda de peso e compensar o mínimo de ingestão alimentar.<br />
  8. 8. Existem tipos diferentes de Anorexia Nervosa?<br />Sim. O DSM IV descreve dois tipos. Um em que o indivíduo apenas se recusa a manter o peso corporal no nível normal e priva-se de comer, sem no entanto se envolver em auto-indução de vómitos e abuso de diuréticos e laxantes.<br /> No outro tipo de Anorexia Nervosa, os jejuns prolongados alternam-se com episódios de comer compulsivo e, posterior purgação, através de vómitos e abuso de laxantes e diuréticos.<br />
  9. 9. Como é tratada a Bulimia Nervosa?<br />Como na Anorexia Nervosa, na Bulimia Nervosa há a presença de Depressão. Por isso, os antidepressivos são aconselhados.<br />No que concerne à psicoterapia, a questão gira em torno do controle, que surge excessivo nos jejuns e desaparece por completo nas compulsões. É quase regra que o bulímico padeça de sentimento de culpa após os seus rituais de comer compulsivo e tenha dificuldades nos relacionamentos interpessoais.<br />Há algo seu que sempre esconde (vómitos, comer, furtar), o que leva a supor que há algo subjectivo que também não se mantém em segredo.<br />
  10. 10. Que outros sinais indicam a Bulimia Nervosa?<br />Como na Anorexia Nervosa, há :<br /><ul><li>a interrupção da menstruação;
  11. 11. o interesse exclusivo por alimentos, calorias e rituais alimentares;
  12. 12. obsessão por exercício físico;
  13. 13. a presença de depressão grave;
  14. 14. o comer às escondidas como prática comum.</li></ul>O que diferencia a Bulimia Nervosa é:<br /><ul><li> a ingestão compulsiva e exagerada de alimentos;
  15. 15. a alimentação excessiva sem ganho de peso;
  16. 16. a auto-indução de vómitos;
  17. 17. abuso de laxantes e diuréticos.</li></ul>Alguns bulímicos têm problemas de dependência de drogas e álcool e de furto compulsivo (cleptomania).<br />
  18. 18. O Bulímico é aquele indivíduo gordo que come muito?<br />Não. Em geral, os bulímicos mantêm o seu peso no nível normal ou pouco acima do normal e, por isso, o seu problema passa despercebido. Em geral, alimentam-se pouco à frente dos outros e, quando estão sós, comem compulsivamente.<br />Depois "desintoxicam-se”, passando longos períodos dentro da casa de banho, para induzirem vómitos ou fazendo jejuns prolongados.<br />
  19. 19. Todo o bulímico induz o vómito?<br />Não. Existe a bulimia sem purgação. Neste caso, o peso é mantido devido aos jejuns e exercício físico praticado obsessivamente.<br />
  20. 20. Histórias de pessoas com Anorexia ou Bulimia<br />“Tenho 22 anos e sofro de Distúrbio Alimentar desde os 17 anos. Eu provoco o vómito. Cheguei a pesar 28 kg, achei que estava linda ate começar a ter vários problemas, parei de menstruar durante 3 meses, fui várias vezes ao hospital sem ter consciência nenhuma...mas não conseguia perceber que tinha algo errado comigo. Até que um dia, comprei uma revista que tinha uma matéria da XUXA, lendo a revista tinha uma parte que falava sobre a anorexia e bulimia... li mas não achei que tinha isso, que tudo ia passar, mas não passou. Comecei a vestir 2 calças para ninguém perceber como estava magra, mas ninguém percebeu mesmo...Até que conheci uma pessoa quando tinha acabado de completar 22 anos, ele ajudou-me muito, descobriu o que tinha e ligava-me sempre depois que almoçava e ficava a conversar comigo. Até que Deus o levou...e voltou tudo de outra vez, só que pior, pois olho as calorias, calculo para comer 500 calorias no máximo. Já cheguei a ficar sem comer durante 3 dias...só comia "gelatina"...não estava a aguentar mais, pois tinha-lhe prometido que ia parar com isso. Resolvi procurar ajuda e contei tudo à minha irmã...pois não aguentava mais as dores nos ossos, muita dor de cabeça, tonturas e vomitava tudo o que comia.Procurei ajuda a uma psicóloga, que me ajuda muito, ela é um "anjo”. Conto-lhe tudo ,pois quero melhorar, não quero morrer e mostrar ao meu namorado ,esteja onde ele estiver, que eu venci. Às vezes, penso em desistir, pois, para mim é muito mau ter que comer, é um sacrifício...Hoje não tenho consciência de tudo e acho-me gorda, e tenho pavor de engordar, só de pensar dá-me vontade de vomitar... Espero um dia voltar aqui e escrever que estou curada...Mas hoje, estou em tratamento com um psicólogo, uma psiquiatra e uma nutricionista, e sei que tudo depende de mim, mas é tão difícil! Tenho fé que vou melhorar. “<br />
  21. 21. Histórias de pessoas com Anorexia ou Bulimia. (continuação)<br />“Tenho 18 anos, e há alguns meses que vomito com frequência, não sei o que me está a acontecer, pois não consigo ficar com a comida na minha barriga, dá-me um arrependimento de ter comido, e aí corro para a casa de banho e vomito. Não digo a ninguém, tenho medo que me desprezem, mas às vezes, fico muito tempo sem comer nada, e a minha mãe pergunta-me o que eu tenho, mas eu não conto nada. Preciso que me ajudem, estou quase enlouquecendo, não aguento mais vomitar, mas também não consigo ficar sem vomitar, respondam-me o mais rápido possível se puderem, eu preciso de ajuda, preciso de saber se estou com bulimia, apesar de achar de que não tem nada a ver…”<br />
  22. 22. Histórias de pessoas com Anorexia ou Bulimia. (continuação)<br />“Olá !Tenho 16 anos e já me foi diagnosticada uma doença... anorexia, tenho passado por maus momentos onde desmaio...não me sinto bem...vomito...enfim, várias coisas, isto já lá vai um ano que tudo me foi diagnosticado, mas agora que toda a gente pensa que já não quero emagrecer nem a minha psicóloga o pensa, ou se o pensa não o diz. Eu quero emagrecer porque me acho gordíssima, sempre que tomo banho ou que me vejo ao espelho vejo-me gorda, vejo banhas em todo o lado, só quero emagrecer, tento provocar o vómito, mas tenho tanto medo, que acabo por não executá-lo...Isto está aqui na minha cabeça tenho a cabeça à roda, adorava que me pudessem ajudar...! Não quero que ninguém saiba quem sou.”<br />
  23. 23. Fonte<br />http://www.gastronet.com.br/anorexia.htm<br />
  24. 24. Trabalho realizado por:<br />Bruno Miguel nº 5<br />José Carlos nº18<br />Vera Macedo nº26<br />8ºE<br />

×