Grande grupo licao04

  • 429 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Olá esta faltando a lição pequeno grupo lição03 e grande grupo lição02 do Curriculo Metamorfose, você não poderia posta-los ou enviar-me por emai? sueellenguimaraes@hotmail.com
    Desde já agradeço.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
429
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
36
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Metamorfose Lição 4 Transformação de vidas Episódio 2: Transformando seu Falar 2ª Parte: Controle no Falar Versículo Bíblico: E ENTÃO? (GG): As crianças aprende- “Quanto mais você fala, mais perto rão que suas vidas podem ser transforma- está de pecar; se você é sábio, das quando seguirem a Bíblia, sendo o ceit controle a sua língua.” cuidadosas com as palavras que falam.Con e ida é a, Provérbios 10:19 (BLH) E AGORA?(TM): As crianças participarão av v ad - de uma atividade que as ajudará a pensar ch ossa ormeguiria N sf s Objetivos an o do n- em situações nas quais elas podem ter tr uand abe rna o- O QUE? (GG): As crianças controle da língua. q a s , to ad s id e moblica cu o qu ouvirão que a Bíblia nos í nos m s. b - Formação espiritual o do os c amo ensina que é preciso ter s fal controle da nossa língua. Controlando a sua língua. Opção 1: Teatro de Narradores Também chamado de estilo de concerto, esse Material método envolve um grupo de atores que, com os G Cenário da estória e fantasias roteiros em sua frente, representam a estória sem G Roteiro da estória muitos movimentos. Isso requer no mínimo um G Cartaz do versículo bíblico ensaio, não necessita de memorização e precisa de G Cartaz e figuras do versículo de Roma- pouco cenário. nos 12:2 G Caixa da Metamorfose e palavras de Pessoal Necessário transformação Comunicador G CD Metamorfose 6 Atores/narradores G CD player 1 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 2. Prepare Antecipadamente partitura para colocar seus roteiros. VocêG Recrute seis voluntários para serem os pode pregar o nome de cada personagematores/narradores nas estantes de forma que as criançasG Junte os cenários da estória e as fantasi- consigam identificá-los. Brinquem comas. Você pode dar uma peça de fantasia isso e divirtam-se. Esse teatroque seja específica e fácil de reconhecer Shakespeariano não é “metido”; esse é umpara cada personagem: um chapéu de teatro Shakespeariano amigo das criançasponta e uma bengala para Barateu (o líder e livre para você adicionar diversão.do grupo), um bigode ou barbicha de Dicas Úteisbode para Potozão (o vilão), uma sombri- G Encoraje os atores ou narradores a senha para Voárdia (uma acrobata), um cabo comprometerem completamente compara Escórpio (um valente), uma peruca e seus papéis. “Teatro sem movimento” nãoum nariz de palhaço para Fanhoto (um significa “ficar parado como uma estátua,palhaço) e uma saia de bailarina para sem mover um músculo e ler a sua fala”.Mosqueta (uma dançarina). Eles devem sentir liberdade para gesticu-G Certifique-se de que todos os atores lar, para interpretar o papel fisicamentetenham uma cópia do roteiro da estória (embora, na verdade, eles não estejam seG Ensaie a lição movendo), e falarem uns com os outrosG Prepare o cartaz do versículo sem olhar para os roteiros. É umaG Pegue o cartaz e as figuras do versículo performance assim que faz o Teatrode Romanos 12:2 Narrado algumas vezes mais encantadorG Pegue a Caixa da Metamorfose que o teatro totalmente encenado.G Prepare as palavras de transformação G Configure os atores de uma maneiradessa semana: FOFOCA e CONTROLE que os ajudará a responder e a reagir unsNO FALAR. com os outros. Coloque-os em um semi-G Pegue o CD Metamorfose e o CD círculo para que eles possam ver uns aosPlayer. outros ou sintam-se livres para mudar de lugar enquanto falam com outros perso-Notas de Apresentação nagens. Contanto que os atores estejamGO método para essa aproximação é bem usando uma etiqueta que ajude a identifi-claro. A idéia é trazer a estória completa car quem é quem, eles devem sentir-separa a vida como se você estivesse execu- livres para fazer o que eles precisarem outando um drama. A única diferença é que quiserem para tornar esse momento maishá poucas fantasias e não precisa de efetivo.memorização. G Se você optar por usar voluntáriosG O roteiro tem o estilo Shakespeariano. chamados da “platéia”, no lugar deUma das coisas mais difíceis sobre assistir atores/narradores ensaiados, você podea Shakespeare pode ser seguir a linha de querer se reunir com eles antes da lição.cada personagem, então esteja certo de Use esse tempo para dar sugestões paraajudar suas crianças quanto a isso. Sinta-se seus voluntários, encoraje-os a ler comlivre para fazer com que cada personagem uma ótima expressão e dê a eles umuse uma etiqueta com seu nome para que pequeno resumo da estória e de seusas crianças tenham a certeza de quem é personagens.quem. Os atores poderão usar estantes de 2 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 3. Opção 2: Mímica NarradaApresentada com narra- G Ensaie a lição.ção gravada antecipada- G Prepare o cartaz do versículo bíblicomente G Pegue o cartaz e as figuras do versículoEsse método envolve atores voluntários de Romanos 12:2encenando a estória com a narração G Pegue a Caixa da Metamorfosegravada. Requer algum ensaio, não neces- G Prepare as palavras da transformaçãosita de memorização, precisa de cenário e dessa semana: FOFOCA e CONTROLEfantasias para 6 pessoas. NO FALAR. G Pegue o CD Metamorfose e o CDPessoal Necessário Player.Comunicador6 voluntários para fazer a mímica das Notas de Apresentaçãoações das personagens G Como os atores não irão falar seráOpcional: Assistente de som melhor se eles exagerarem nos movimen- tos. Você pode sugerir que eles ajam comoMaterial se estivessem apresentando um cinemaG Cenários da estória e fantasias mudo. Se eles apresentarem as ações comG Roteiro da estória realidade (e não com muito exagero), aG Cartaz do versículo bíblico peça irá rapidamente perder energia já queG Cartaz e figuras do versículo de Roma- a pessoa que está narrando não pode sernos 12:2 vista.G Caixa da Metamorfose e palavras da G Ensaie com os “atores silenciosos”,transformação praticando os movimentos em sintoniaG CD Metamorfose e CD player com a gravação do roteiro. É importanteG Gravação da narração que eles saibam quando quem está falando,Prepare Antecipadamente para que eles saibam quando reagir e seG Recrute seis voluntários para interpreta- mover.rem os “atores silenciosos”. G Ter um‘“diretor” de ensaio para osG Junte os cenários da estória e as fantasias. atores silenciosos pode ser uma grandeVocê pode dar uma peça de fantasia que ajuda. Ele ou ela pode dar idéias e dar umseja específica e fácil de reconhecer para feedback construtivo para preparar oscada personagem: um chapéu de ponta e atores para a apresentação.uma bengala para Barateu (o líder do Dicas Úteisgrupo), um bigode ou barbicha de bode G Não tenha medo pelo número de voluntá-para Potozão (o vilão), uma sombrinha para rios que esse método exige. Os atoresVoárdia (uma acrobata), um cabo para silenciosos não precisam ser atores experien-Escórpio (um valente), uma peruca e um tes – eles simplesmente precisam ter vonta-nariz de palhaço para Fanhoto (um palhaço) de de se divertir e fazer isso na frente dase uma saia de bailarina para Mosqueta (uma crianças. Se você tem alguns atores jovens,dançarina). ou que não conseguem memorizar bem,G Certifique-se de que todos os atores esse método pode ser ideal para eles.tenham uma cópia do roteiro da estória. 3 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 4. Opção 3: teatroMais complexo que os outros, este méto- G Ensaie a lição.do requer pelo menos dois ensaios, muitas G Prepare o cartaz do versículo biblicomemorizações, cenários e fantasias para G Separe o cartaz e as figuras do versículoseis atores. de Romanos 12:2. G Pegue a Caixa da MetamorfosePessoal Necessário G Prepare as palavras da transformaçãoComunicador dessa semana: FOFOCA e CONTROLEBarateu (o líder do grupo) NO FALARPotozão (o vilão) G Pegue o Cd Metamorfose e o CDVoárdia (uma acrobata) Player.Escórpio (um valente)Fanhoto (um palhaço) Notas de ApresentaçãoMosqueta (uma dançarina) G Esse roteiro inclui uma grande interação entre diferentes pares de personagensMaterial durante o drama. Enquanto você ensaia,Fantasias de insetos para Barateu, lembre-se de que quando os atores nãoPotozão, Voárdia, Escórpio, Fanhoto, estão envolvidos na conversa, eles aindaMosqueta assim precisam estar fazendo algumaG Cenário coisa. Eles podem estar conversando (emG Roteiro da estória silêncio) entre eles ou ensaiando os atosG Cartaz do versículo bíblico do circo, mas não devem distrair osG Pegue o cartaz e as figuras do versículo personagens que estiverem falando.de Romanos 12:2 G Ter um “diretor” de ensaio para osG Caixa da Metamorfose e palavras da atores pode ser uma grande ajuda. Ele outransformação ela pode dar idéias e dar um feedbackG CD Metamorfose construtivo para preparar os atores para aG CD player apresentação.Prepare Antecipadamente Dicas ÚteisG Escolha atores voluntários para fazerem Aproveite a linguagem do roteiro e evite aos papéis de Barateu, Potozão, Voárdia, tendência de correr pelo roteiro. Conside-Escórpio, Fanhoto, Mosqueta re encontrar alguém com experiência emG Consiga as fantasias de insetos para os Shakespeare, como um diretor de teatroatores. escolar ou um professor de literatura queG Decida no seu cenário – como você vai deve ser capaz de fornecer algumasrepresentar o Circo dos Insetos. Ele pode percepções adicionais e sugestões para aser simples ou elaborado, como você apresentação.quiser.G Certifique-se de que todos os atorestenham uma cópia do roteiro da estória. 4 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 5. Pré-ensino (5 Minutos)[Toque música enquanto as crianças estão Deus sabe tudo sobre isso. Por isso Elechegando.] quer que nós pensemos bem se devemosComunicador: Olá turma! Sejam bem- ou não deixar que a fofoca se torne umvindos a nossa série Metamorfose! Nós hábito em nossas vidas (use a Caixa datemos falado de como Deus deseja nos Metamorfose - para transformar “Fofoca” emtransformar através da maneira que “Controle no falar”).Ele deseja transformarpensamos. Há poucas semanas, nós a fofoca em controle no falar. Ser contro-vimos algumas atitudes que precisavam lado no falar, significa que quandoser repensadas, e na semana passada nós ouvimos alguma coisa não muito boacomeçamos a repensar sobre o nosso sobre alguém, devemos controlar nossamodo de falar. Deus quer que transfor- boca. Você não diz o que ouviu paramemos os nossos modos rudes de falar, outra pessoa. Fofoca não agrada a Deus. Nos conduz àque machuca as pessoas, para falar dificuldade. Na estória de hoje, vamospalavras que vão encorajá-las. explorar as dificuldades que a fofoca nos(Mostre o cartaz do versículo bíblico) Vamos traz, então você vai ver como Deus estácontinuar transformando nosso falar. certo em querer controlar nossa língua.Nosso versículo bíblico de hoje é: “Quan- Enquanto você vê a estória de hoje,to mais você fala, mais perto está de quero que olhe para pelo menos trêspecar; se você é sábio, controle a sua coisas ruins que aconteceram porque oslíngua.” Provérbios 10:19 insetos falaram o que não deviam. EMuitos de nós nunca pensamos no depois da peça, vou lhes perguntar sobreperigo que há em se falar muito. Bem, essas três coisas.este versículo em Provérbios não está (Toque a faixa 4 do CD Metamorfose)falando sobre pessoas que conversam ousão faladoras. Ele está endereçado para Lição 4 – Boas-Vindasaqueles que gostam de ouvir coisas sobre - Ai, ela já terminou, onde será que andaos outros, especialmente coisas que não aquele inseto? - To chegando, to chegando, to chegan-são muito agradáveis e aí falam o que do... cheguei.ouviram para outra pessoa. Quem sabe - Você está atrasado!como chamamos isso, ouvir coisas dos - Não me diga, se você não me dissesse,outros e contar o que ouvimos para eu nunca iria saber.outras pessoas? (Obtenha algumas respostas - Engraçadinho!!!das crianças) Certo. A palavra é fofoca. - É pra começar agora?Como veremos na estória de hoje, esta - Claro, as crianças estão esperando... olhacoisa de falar muito, espalhar informa- só... elas não estão entendendo a razão deções ou fofocar dos outros, pode ser tanta demora.realmente ruim. - Estão sim... elas sabem que eu me atrasei. 5 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 6. - Como elas sabem? Elas não estão nos nhia de Teatro Geração de Insetos tem oescutando, seu bobinho!! prazer de convidá-los para uma novíssima- Você é que pensa... seção de “Metamorfose”. E Agora, a- Engraçadinho!! apresentação que você estava esperando.- Então? Viemos aqui pra papear ou pra O clássico Conto de tragédia e tristeza, deapresentar o show? traição e fofoca. A Companhia de Teatro- Ah sim, claro, vamos lá! Geração de Insetos orgulhosamenteBem-vindos damas e gentis insetos, apresenta: “O Fofoqueiro”.voadores de todos os estágios. A Compa- 6 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 7. Ensino (15 Minutos)O Fofoqueiro Mosqueta é meu nome. Eu sou culpada,Personagens em parte, pelos próximos acontecimentos.Barateu A maioria deles foi causado pelo vilãoPotozão Potozão. E também pelas bocas falantesVoárdia dos outros que, como eu, falam muito,Fanhoto muito mais do que convém.Escórpio CENA 1Mosqueta Barateu: Escórpio, não tenha medo, seu tempo virá.INTRODUÇÃO Escórpio: Eu sei, Barateu. Mas, eu sóMosqueta: No palco da nossa estória, desejo dar um golpe de defesa mortalestá o ‘Circo dos Insetos’. O grupo de como o Fanhoto.insetos mais talentoso que já foi visto. Mas Barateu: Quem sabe seu tempo dehoje não falaremos sobre uma estória feliz transformação está chegando, de umdeste circo, pois na verdade, ele está palhaço para um valente, nervos de aço.seguindo na direção contrária da felicida- Escórpio: É mesmo!de. Para que a nossa estória comece, Barateu: Tenha paciência, meu bomprecisaremos dos personagens. E gostaria amigo e enquanto espera, seja o melhorde lhes apresentar cada um deles, pelos palhaço que puder.seus nomes. Escórpio: Como sempre você está certo,(Cada personagem vem para frente e faz uma e tão gentil. Muito obrigado Barateu.pose de ataque quando é apresentado) Barateu: Agora vá e pratique. Falta poucoBarateu é o líder desta trupe, uma Barata. tempo para nossa apresentação de amanhãEle é bom e gentil e amado por todo o (Escórpio sai)grupo. Barateu: Eu preciso encontrar umaPotozão além de ser um inseto fedido e oportunidade para ele trabalhar com otrazer o cheiro de morte, é o vilão. Então Fanhoto. (dar umas aspiradas – sniff, ele sentefique à vontade para prender sua respira- um cheiro ruim) Escute, algo fedido está seção. aproximando.Voárdia é uma borboleta acrobata, que (Entra Potozão)voa alto e acredita nas estórias que escuta, Barateu: Ah! É você Potozão.ainda que seja uma mentira dita neste Potozão: É isso aí, Barateu, sou eupalco. mesmo.Fanhoto com habilidade e nervos de aço Barateu: Eu estava falando com o jovemé um valente que fala mais do que devia - Escórpio. Ele deseja tanto lutar comodistribuindo zumbidos para a gente. Fanhoto. Potozão: Ele está sonhando!Há também o Escórpio, no circo é o Barateu: De modo nenhum Potozão!palhaço, porém não é feliz assim, pois Vamos ver... Ele dá o seu melhor em tudodaria qualquer coisa para ser o Fanhoto, o que faz.nervos de aço. Potozão: Como sempre, você vê oE finalmente meus amigos, aqui estou eu, melhor em cada inseto. 7 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 8. Barateu: Como está indo sua nova circo.... o circo se chamaria: Circoatração “atirador de facas”? Potozão.Potozão: Afiada como um fio de navalha. (fala como se estivesse apresentando uma atraçãoBarateu: Estará pronto para nossa de forma bem empolgante)apresentação de amanhã? “...e no centro do círculo, Potozão, líderVoárdia: (Entrando com Mosqueta) Barateu! do circo, mestre do circo, Dono do circo!”Barateu: Olá, Voárdia. (cai em si e com cara de triste fala)Mosqueta: Bom dia para você, Barateu É impossível. Todos amam o pequenoBarateu: Oh! Olá, Mosqueta. precioso Barateu. A menos que... EuMosqueta: Conte pra ele, Voárdia! poderia criar um plano para deixar todosVoárdia: Bem, sabe que estou querendo contra ele. É isso ai! Com umas boastentar uma nova atração? mentiras, eu consigo que o resto dessesBarateu: Sim, e o que é? palhaços faça o trabalho pra mim. SeráMosqueta: A Teia do Espanto! perfeito!Voárdia: A Teia do Espanto! Você Mas que tipo de mentira seria um caldopromete que se eu praticar, e vou fazer perfeito para eles espalharem por ai, o queisto agora mesmo, poderia incluí-la na poderia ferir o Barateu?minha apresentação? (Escórpio entra)Mosqueta: Parece muito legal! Potozão: Oh! Aí vem o Escórpio, éVoárdia: Eu gostaria de tentar na nossa agora. Espere! Eis o Escórpio, que desejapróxima apresentação. nada mais do que o trabalho do Fanhoto.Mosqueta: Que legal! O que acontece se eu falar para oBarateu: Bem, se você está dizendo que Escórpio que o Barateu, tem planos deestá pronta, eu confio em você, e lembre- substituir o Fanhoto por ele? Do jeitose: uma promessa é uma promessa. Nós que esses insetos falam, esta notíciaadicionaremos depois da rotina do “Ca- chegará em pouco tempo para onhão Inseto” do Fanhoto. “Voárdia e A Fanhoto. É um bom começo Potozão,Teia do Espanto” um bom começo. Vamos lá!Voárdia: Oh! Barateu, você é o melhor! Potozão: Ah!, Escórpio!(Voárdia sai com Mosqueta) Escórpio: Olá, Potozão.Barateu: Bem, estou saindo. Ah! Então Potozão: (inocentemente) Bem... o Barateu,Potozão, será um excelente trabalho, comentou algo com você? Ai, ai, ai, achoacrescentar seu novo número de lança- que falei demais.mento de facas. Sei que sempre posso Escórpio: Falou demais sobre o quê?contar com você, meu amigo. Vejo você Potozão: Sobre os planos do Barateu deno ensaio. substituir o Fanhoto por você.Potozão: Mal posso esperar. Escórpio: O quê!?(Barateu sai) Potozão: Ai, ai, lá vou eu de novo. VocêPotozão: (zombando) “Excelente trabalho, tem que prometer não contar a ninguém –Potozão...” “Uma promessa é uma pro- especialmente ao Barateu. Pois se elemessa”. Ai, como eu odeio ele. O ar fede descobrir que deixei escapar seu pequenocom a docilidade e bondade dele. (aspira, segredo, ele ficará, oh! Muito irado comigo.sniff,sniff). Não, espere só, aqui estou eu. Escórpio: Tudo bem, eu prometo, vamosVeja, se eu fosse o líder... o dono do conte-me logo. 8 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 9. Potozão: Bem, Barateu contou-me que se Mosqueta: Isto não pode ficar assim.você se provar – você sabe, superar Mas, ele prometeu. Este não é o jeito delealguma valentia do número do Fanhoto – fazer as coisas.então você substituirá o Fanhoto. Potozão: Está chocada, não é? Eu achoEscórpio: Verdade? que este é um lado dele que nunca tínha-Potozão: Bem, você só precisa melhorar mos visto antes. Agora você não devesua corrida e praticar, seu malandrinho. E compartilhar esta informação com nin-lembre-se, boca fechada, nenhuma pala- guém.vra. Mosqueta: Tá certo, tudo bem. ObrigadaEscórpio: Certo! Calado. (ele sai) Potozão.Potozão: Está feito, Potozão. Meus (ela sai)planos começaram. Espere, ai vem Potozão: Não mencione isto. (à distância)Mosqueta. Oh, Potozão, você é um fedido. Eu mal(Mosqueta entra) posso esperar para a hora do ensaio estaPotozão: (fala para si mesmo, para que noite. (Ele sai)Mosqueta queira ouvir) Oh! fico com tanta CENA 2raiva vendo o Barateu mentindo descara- Barateu: Atenção todos os insetos, é horadamente para a pobre Voárdia! do ensaio! Vejam, ainda tenho algunsMosqueta: Potozão, do que você está detalhes para trabalhar antes da apresenta-falando? ção de amanhã, então sugiro que vocêsPotozão: Nada não! pratiquem seus números por si próprio.Mosqueta: Era alguma coisa sobre o Escórpio: Boa idéia, Barateu!Barateu mentindo para Voárdia? Barateu: E então se unam e dirijam todoPotozão: Ah! Meu coração está partido o show.em pensar na decepção que Voárdia (Todos os personagens devem ensaiar seussentirá quando não conseguir apresentar números, mas o que acontece, principalmente, ésua “Teia do Espanto” uma reunião de fofoca. Mosqueta, puxa VoárdiaMosqueta: O quê?! de lado)Potozão: Ai, esta minha boca, por que Mosqueta: Voárdia, eu preciso falar comnunca pára de falar? Bem que eu gostaria você.de poder lhe dizer tudo. O Barateu não vai Voárdia: Agora não, Mosqueta. Eudeixar a Voárdia apresentar sua nova preciso aprimorar minha “Teia do Espan-atração amanhã à noite, “A Teia do to”. Não pretendo desapontar Barateu.Espanto”. Mosqueta: Ao que parece, você já oMosqueta: Mas ele prometeu! desapontou.Potozão: Ele fez, não ele não fez isso! Voárdia: Do que você está falando?Quer dizer que ele . . . Mosqueta: Ah! Voárdia, eu não deviaMosqueta: ...Quebrou sua promessa? estar falando isso para você, mas aconteceMas por quê? que você está me forçando a colocar paraPotozão: Bem, eu o ouvi dizendo que fora. Barateu não vai deixar você apresen-nunca gostou deste ato “A Teia do espan- tar seu número da “Teia do Espanto”to”. Ele pretende se fingir de esgotado na amanhã.hora da apresentação, assim Voárdia não Voárdia: Mas ... ele prometeu.poderá se apresentar. Mosqueta: Ele mentiu para você. Ele vai 9 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 10. dar uma desculpa para impedi-la de se do vôo de “Inseto-Canhão” – O que éapresentar amanhã. isso? Por que o Escórpio está treinandoVoárdia: Ele não é assim. meu número?Mosqueta: Eu sei Voárdia, se não tivesse Mosqueta: Tudo bem, tudo bem, eu nãoescutado o Barateu dizer isso com os deveria lhe contar, mas você está memeus próprios ouvidos, eu também não forçando a colocar para fora. Barateu vaiacreditaria. substituir você pelo Escórpio.Voárdia: Barateu mentiu para mim? Fanhoto: (rindo) O quê?Mosqueta: Você é minha amiga, me senti Mosqueta: Começa amanhã à noite. Vocêna obrigação de lhe contar. vai ficar de fora, e ele no seu lugar.Voárdia: (Atordoada) Obrigada, Mosqueta. Fanhoto: Eu não acredito nisso!Mosqueta: estou feliz que pude ajudar. Mosqueta: Eu sei, se não tivesse escutado(Mosqueta sai para o ensaio e é interrompida pelo o Barateu dizer isso com os meus própri-Escórpio) os ouvidos, eu também não acreditaria.Escórpio: Mosqueta, olha só para mim? Fanhoto: Eu acho que este é um lado doEstou trabalhando meu número para voar Barateu que nunca vimos antes.como ‘Inseto-Canhão’ e eu... Mosqueta: Você é meu amigo, Fanhoto.Mosqueta: ... Por que você está treinando Eu senti que deveria lhe contar.no vôo do ‘Inseto-Canhão’? Este é o Fanhoto: Obrigado, Mosqueta.número do Fanhoto. Mosqueta: Estou feliz que pude ajudar.Escórpio: Bem, eu não deveria contar (Mosqueta começa a ensaiar seu número.para ninguém, mas você está me forçando Escórpio trabalha no dele. Potozão assiste todosa colocar para fora, Barateu vai substituir praticando. Fanhoto, vai até Voárdia e Voárdiao Fanhoto por mim! vai na direção dele também)Mosqueta: O quê? Fanhoto e Voárdia: (um para o outro) VocêEscórpio: Começo na apresentação de ouviu algo sobre - Eu ouvi - Barateu.amanhã à noite. Voárdia: Fale você primeiro.Mosqueta: O Fanhoto já sabe disso? Fanhoto: Bem, eu acabei de ouvir queEscórpio: Eu acho que não. Barateu tem planos de me substituir.Mosqueta: Potozão estava certo. Há um Voárdia: Não!lado do Barateu que nunca tínhamos visto Fanhoto: Pelo Escórpio.antes. Voárdia: Se isto for verdade, então éEscórpio: Então fique me olhando! mesmo verdade que ele também mentiuMosqueta: Agora não, Escórpio. para mim, sobre usar meu número da(Mosqueta vai na direção do Fanhoto) Fanhoto, “Teia do Espanto” na apresentação deeu preciso falar com você. amanhã à noite.Fanhoto: Agora não posso, estou traba- Fanhoto: Ele mentiu para você?lhando no meu vôo de “Inseto-Canhão” Voárdia: Ele vai substituir você?Mosqueta: Não se preocupe com isso. Ambos: Há um lado do Barateu queFanhoto: O quê? nunca vimos antes.Mosqueta: Olhe ali. (Aponta para o Voárdia: Ele não pode continuar comEscórpio.) Tem algo familiar? isto.Fanhoto: Hei! Está parecendo meu treino Fanhoto: Vamos lá! 10 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 11. (Voárdia e Fanhoto vão na direção do Barateu. (Escórpio, só agora se inteira da gritaria e seMosqueta fica olhando e permanece perto deles. junta ao grupo.)Potozão, também vai para perto deles. Apenas Escórpio: Para onde Barateu está indo?Escórpio continua concentrado) Potozão: (Cada vez mais se sentindo o vilão)Voárdia: Barateu, nós já sabemos o que Barateu, o vil traidor, está nos deixando,você vai fazer. para nunca mais voltar. E agora é tempoBarateu: O quê? de termos uma nova liderança no “CircoFanhoto: Se você pensa que vamos deixá- dos Insetos”. Juntem-se a mim, meuslo fazer isto conosco... está louco! súditos, e deixem-me liderá-los para umBarateu: Do que vocês estão falando? novo dia! Por que o “Circo dos Insetos” éMosqueta: Como você pôde, Barateu? agora, meu, meu, meu! Há,há,há !Potozão: Isso mesmo, Barateu, como (Dê um tempo para que os outros insetos, olhemvocê foi capaz disso? para o Potozão com horror, considerando nãoVoárdia: Nunca pensei que fosse possível. seguí-lo)Potozão: Nós confiavamos em você Fanhoto: Eu estou fora.Barateu! Voárdia: Eu saio.Fanhoto: É verdade, nós confiavamos em Mosqueta: Eu tenho o hábito de nuncavocê, e você nos traiu! trabalhar com um psicótico, fedido,Potozão: Está claro que há um lado em atirador de facas. Tchau!você que nunca tínhamos visto antes. (Fanhoto, Voárdia e Mosqueta saem rapidamen-Barateu: Hei! espere um minuto, eu sou o te)líder deste circo. Escórpio: Eu perdi alguma coisa? (Ele sai)Mosqueta: Não, se nós não lhe seguir- Potozão: Oh! Golpe. (Ele sai)mos, você não é mais. CONCLUSÃOVoárdia: Como podemos continuar lhe Mosqueta: Sei que gostariam de um finalseguindo? feliz, ai de mim, eu também. Seria umaFanhoto: Como podemos confiar em beleza, mas terminamos em desgraça evocê novamente? numa trágica tristeza.Potozão: Barateu, eu acho melhor você A ruína de um circo, amizades quebradas,partir. confiança frustrada, a reputação doBarateu: Eu não vou a lugar algum, até Barateu na poeira, foi esmagada.que cada inseto me diga o que está aconte- A culpa desta triste estória pode sercendo, o que desejam. atribuída ao vilão, mas também a insetosPotozão: É hora de um novo líder para que, como eu, falam além do que convémeste circo! (olhando para os outros insetos ao e falam de montão.redor) Vocês não concordam? Esta é uma lição para todos os insetos,Todos: Sim! sejam eles jovens ou velhos.Potozão: Vá, Barateu! Quando escutar um rumor, feche suaFanhoto: É isso aí, você não é um bom boca e amarre sua língua, antes do horror.golpeador.Voárdia: E você é uma barata mentirosa.Potozão: Vá Barateu, vá e nunca maisvolte!Barateu: Está bem, se este é o desejo detodos, então eu vou! 11 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 12. Pós-ensino (10 Minutos)Nota do Líder G A amizade foi quebrada.Esta semana o Pós-Ensino inclui dois pequenos G Barateu, era um bom e gentil líder dopapéis de representação. Você pode usar alguns circo, perdeu a direção da trupe.dos voluntários do Grande Grupo, ou um líder de G No fim, o grupo se desfez.PG ou até uma das crianças mais velhas para Tudo isso aconteceu porque os insetosdesempenhar estes papéis. Se as apresentações são falaram sobre coisas que não deveriam terum desafio muito grande para você e seu grupo, falado. Ouvir coisas de outras pessoas,poderá fazer então uma adaptação no pós-ensino, pode ser perigoso. Como o nossoapresentando as situações para as crianças e versículo bíblico diz: “Quanto mais vocêperguntando como elas poderiam responder em fala, mais perto está de pecar; se você écada uma delas. sábio, controle a sua língua.”Comunicador: Ficou claro que fofoca é Se quisermos que Deus nos transforme,uma coisa muito perigosa, mais perigosa então precisamos mudar o nosso jeito dedo que podemos imaginar. Deus nosadverte sobre a fofoca na Bíblia no livro pensar sobre fofoca. Deus quer quede Provérbios. “Quanto mais você fala, controlemos nossa língua, quando somosmais perto está de pecar; se você é sábio, tentados a falar coisas que ouvimos sobrecontrole a sua língua.” Provérbios 10:19 outras pessoas. Devemos querer a fofocaO “Circo dos Insetos” foi contaminado pela bem longe das nossas vidas. Mas comofofoca. Tudo começou com o vilão Potozão. podemos fazer isso?Mas vamos deixá-lo fora por um minuto. Há duas boas maneiras para responder,Certamente ele é mais um vilão. Esperamos quando ouvir algo ruim sobre outrao mal de um vilão. Porém, o jeito que cada pessoa.um falou a respeito do que ouviu, trouxe um Eu tenho dois ajudantes que vão mostrargrande problema. Se os insetos não tivessem à vocês: “Como evitar a fofoca?”espalhado a informação falsa dada por (Os voluntários vêm à frente, apresente-os comoPotozão, poderiam ter evitado o mal e o personagens que farão a pequena apresentação)resultado tão ruim. Mas, preste atenção: Situação nº 1tudo isso aconteceu por causa da maneira (Prepare os voluntários para começar.)com que falaram e fizeram a fofoca. Eu Carlos: Ei Beto, você viu o que a Kátiahavia pedido que prestassem atenção pelo fez? Ela colou no teste de Matemática emenos em três resultados ruins ocasionados mentiu para a professora Maria.pela fofoca, durante a peça. Você é capaz de Beto: Kátia trapaceou, colou!! Eu estudeilembrar de algum que viu? (Obtenha respostas duro para fazer este teste e ela trapaceou?das crianças, assegure-se em discuti-las nos pontosseguintes.) Eu deveria contar para a professora Maria.G A reputação de Barateu foi arruinada, (os personagens ficam estátuas)mesmo que as coisas que as pessoas Comunicador: Tudo bem, Pare! Este é oestavam pensando e dizendo sobre ele primeiro passo. Quando você ouve rumo-fossem mentiras. res sobre outra pessoa, seu instinto é quererG Cada um começou a pensar coisas ruins falar para alguém sobre o que ouviu, emuns dos outros, dentro do grupo. vez disso: PARE. Este é o primeiro passoG Os insetos perderam a confiança um que precisamos tomar para evitar umano outro. resposta à fofoca. Simplesmente PARE e 12 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.
  • 13. esqueça o que ouviu. Isto é bem simples. sua língua. Foi direto à sua amiga e lhe(deixe os voluntários continuarem) perguntou sobre o que ouviu.Beto: Quer saber? Eu não sei se isto Parar e Esquecer. Ir direto a pessoa esobre a Kátia é verdade, se ela fez ou não. perguntar. Enfrentamos fofocas diariamen-Então vou esquecer tudo o que ouvi. te e é difícil não espalhar coisas negativas(os personagens ficam estátuas) sobre os outros. Mas, essas são duasComunicador: É assim que se faz. Pare maneiras pelas quais podemos controlarde ouvir e esqueça. Muito bem! Esta é a nossa língua, parando a fofoca cada dia emprimeira maneira para agir. nossa vida. Então é assim que se faz isso!E agora, o que fazer? Você está parado na (Agradeça aos voluntários e deixe que voltemfila do almoço, e chega alguém com uma novamente aos seus lugares)pequena e suculenta informação. Espero que hoje tenhamos entendido o(Prepare os voluntários para começarem a perigo de falar muito. Mas melhor que isso,segunda situação) espero que você encontre nas duas manei-Situação nº 2 ras ensinadas de se evitar fofoca uma ajudaBreno: Oi Jéssica! Sabe o que acabo de para controlar seu falar na vida real. Essasouvir? duas maneiras vem da sabedoria de Deus,Jéssica: O quê? através da Bíblia para transformar esta áreaBreno: A Janaina estava no Shopping e da nossa vida. Lembre-se: NOSSA VIDAroubou uma camiseta de marca. É TRANSFORMADA, QUANDOJéssica: Ela fez isso? Não posso acreditar! SEGUIMOS A SABEDORIA BÍBLI-Breno: Bem, preciso ir! Vejo você depois CA, TORNADO-NOS CUIDADOSOSdo almoço. COM O QUE FALAMOS. Deus querComunicador: O que Jéssica vai fazer nos transformar. Ele sabe que fofoca sócom o que ouviu sobre Janaina? Ela não traz dificuldades. Ele diz isso na Bíblia.sabe se isso é verdadeiro. Nosso primeiro Nesta semana, pegue a sabedoria de Deusimpulso é acreditar e sair falando para que vem da Bíblia, e peça a Ele para lheoutras pessoas. Mas o que podemos ajudar a transformar seu falar.perguntar para a pessoa a respeito disso?Este é o segundo passo. Oração(Prepare os voluntários para continuar) Querido Deus,Jéssica: Janaina, eu ouvi algo sobre você Obrigado por nos dar a Bíblia para nosque não acreditei ser verdadeiro, então ajudar a compreender como transformarquero lhe perguntar a respeito disso. nosso falar. Ajude-nos a aprender atravésJanaina: O que é? dela, a fim de vivermos como o SenhorJéssica: Alguém me contou que você deseja, pois só o Senhor sabe o melhorroubou uma camiseta no shopping. para nós. Nós já sabemos qual é suaJanaina: Eu não fiz isso! Como esses vontade a respeito disso. Nos ajude arumores se espalharam? Olha só o que parar, quando queremos espalhar umaaconteceu... fofoca, e então controlar e sermos cuida-Comunicador: Então a Janaina tem agora dosos com o que falamos. Amém.a oportunidade de esclarecer os fatos, (Despeça as crianças para os Times. Toquemostrando o outro lado da estória. música enquanto as crianças saem).“Jéssica, eu não fiz esta coisa terrível”. Elanão espalhou ou começou uma fofocasobre sua amiga. Ao contrário, controlou 13 Grande Grupo - Lição 4 - É permitida a reprodução para uso em sua igreja. Todos os direitos reservados à Associação Willow Creek.