A membrana plasmática(5o grupo)

3,078 views
2,706 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
3,078
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A membrana plasmática(5o grupo)

  1. 1. MEMBRANA PLASMÁTICA
  2. 2. É uma membrana lipoprotéica, semipermeável que envolve a célula, separando-a do meio exterior cujo a principal função da membrana celular é permitir, de uma forma selectiva a passagem de moléculas tão diversas como proteínas e pequenos solutos, no interior da célula. Características da Membrana É lipoprotéica é constituída quimicamente por lipídios e proteínas; É semipermeável funciona como um filtro, permitindo a passagem de substâncias pequenas (como água e iões) e impedindo ou dificultando a passagem de substâncias de grande porte (como proteínas);
  3. 3.  Apresenta permeabilidade selectiva, ou seja, controla a passagem de substâncias de acordo com a necessidade da célula (sais, glicose, aminoácidos, ácidos graxos, água, etc); Apresenta grande elasticidade devido à presença das proteínas; Possui finíssima espessura; Só é visualizada ao microscópio electrónico; É boa condutora de eletricidade devido a presença de lipídios; É responsável pelo movimento de algumas células (pseudópodes).
  4. 4. Modelo de Dawson e Danielli (1954)Dawson e Danielli propõe ser a membrana constituída por quatro camadas:duas camadas externas de proteínas, envolvendo duas camadas internas delipídos. (Modelo Sanduíche)Modelo de Singer e Nicolson (1972) ou Modelo do Mosaico FluidoTécnicas como a criogravação forneceram dados que vieram apoiar o modeloem mosaico.Em 1972, Singer e Nicholson, considerando que tanto lipídos como proteínasestariam no estado fluido, criaram o modelo em mosaico fluido, em tudoanálogo a modelo em mosaico, mas pressupondo, por exemplo, que os lipídosapresentariam mobilidade, pois estariam animados de movimentos intensos,mudando de posição com frequência elevada dentro de cada camada(movimentos laterais ou frequentes) e, mas raramente, de camada para camada(movimento flip - flop).
  5. 5. Mobilidade lateral -frequente. Movimentos transversais (flipflop) –pouco frequente.
  6. 6. De uma forma resumida Singer e Nicholson consideram a membranaplasmática constituída por duas camadas de lipídos, sendo as mesmasatravessadas por blocos de proteínas globulares.Os lipídos são do tipo “fosfolipídos” e “colesterol” enquanto as proteínassão do tipo “globulinas”.
  7. 7. MEMBRANA PLASMÁTICA Composição químicaPROTEÍNAS, LIPÍDOS E AÇÚCARES
  8. 8. ProteínasProteínas extrínsecas ou periféricas – são aquelas que estãolocalizadas à superfície com ligações fracas aos fosfolipídos.Proteínas intrínsecas ou integrais – são aquelas que penetram nabicamada fosfolipidica, podendo mesmo atravessar toda membrana.
  9. 9. LípidosSão moléculas anfipáticas, ou seja, com uma cabeça polar e umcauda hidrofóbica. Cabeça polar Cauda hidrofóbica Bicamada fosfolipidica
  10. 10. Na superfície externa da membrana plasmática, existem moléculas deglícidos ligadas às proteínas -formando glicoproteínas, e outras ligadasaos lípidos -formando glicolípidos.Estas moléculas formam o glicocálixe são responsáveis pela protecção elubrificacao da superficie celular e pelo reconhecimento de certassubstâncias por parte da célula.
  11. 11. Transporte De Substâncias Através Da Membrana Consiste no estudo das diferentes formas através das quais as substâncias atravessam a membrana plasmática. O transporte de substâncias pode ser dividido em três tipos:• Transporte passivo;• Transporte activo;• Transporte em bloco. Transporte Passivo• Consiste na passagem de substâncias através da membrana “sem gasto de energia”. (Ocorrem de duas diferentes formas, difusão e difusão facilitada).
  12. 12.  Difusão Entende-se por difusão quando ocorre a passagem do soluto e do solvente (água) através da membrana, favorável a um gradiente de concentração”(de onde tem mais para onde tem menos), visando igualar as concentrações nos meios intra e extracelular. Exemplo: água (solvente), sais, O2, CO2, etc.• Diálise é a difusão apenas do soluto através da membrana.
  13. 13. Antes lembrar que:Solução: é uma mistura homogénea de duas ou mais substâncias, quepodem ser separadas e não perdem suas características. Exemplo: água +sal.As soluções podem ser divididas em duas partes:• Solvente é a parte da solução que dissolve o soluto (ex. á água)• Soluto é a parte da solução que é dissolvida pelo solvente (ex: o sal, oaçúcar, O2, CO2, etc.).Tipos de Soluções:• Soluções Isotónicas são soluções que apresentam uma mesmaconcentração (mesma quantidade de soluto por volume da solução).• Solução hipertónica é uma solução que apresenta maior concentraçãode soluto.• Solução Hipotónica é uma solução que apresenta menor concentraçãode soluto.
  14. 14. Osmose É a difusão apenas da água através da membrana plasmática, do ladocom maior concentração de água (lado Hipotónico) para o lado commenor concentração de água (lado Hipertónico).Osmose em Célula AnimalAo colocarmos uma hemácia em um meio:
  15. 15. Isotónico a hemácia não sofrerá alterações na sua forma, pois, nemganhará nem perderá água para o meio.Hipertónico a hemácia perderá água para o meio, tornando-se murchaou crenada.Hipotónico a hemácia ganhará água tornando-se “cheia”, se o meiocontinuar Hipotónico, a membrana da hemácia acaba por romper-se. Estefenómeno denomina-se “hemólise”.
  16. 16. Osmose Em Célula VegetalAo colocarmos uma célula vegetal em um meio:
  17. 17. IsotónicoA célula não sofrerá alteração na sua forma, pois nem ganhará nem,perderá água.HipertónicoA célula perderá água para o meio e a membrana plasmática se desligaráda parede celular ou membrana celulósica e se retrairá para o interior.Este fenómeno chama-se “plasmólise” e desta forma dizemos que acélula encontra-se “plasmólisada”.HipotónicoA célula ganhará água tornando-se “túrgida”. Este fenómeno édenominado “deplasmólise”.
  18. 18. Osmose Representação da processo da osmose na célula animal e vegetal Meio Meio Meio Hipertónico Isotónico HipotónicoCélulaAnimalCélulaVegetal Estado de plasmólise Estado Normal Estado de turgência Feito pelo Técnico de Farmácia: Moisés
  19. 19. Difusão FacilitadaAlgumas substâncias atravessam a membrana com ajuda de outrassubstâncias denominadas “carregadores” (ou transportadores). Estassubstâncias se combinam com aquelas a serem transportadas, formandoum complexo solúvel em lipídos e desta forma atravessam a membranaplasmática.
  20. 20. Transporte ActivoOcorre contra o gradiente de concentração. Envolve a intervenção deproteínas transportadoras da membrana - bombas do tipo ATPases(transporte mediado). Isto é, as substâncias (soluto) atravessam amembrana contrariando um gradiente de concentração (de onde temmenos para onde tem mais), “com gasto de energia” pela célula.
  21. 21. EXEMPLO DE TRANSPORTE ATIVO:A bomba de sódio e potássioÉ um mecanismo onde durante a passagem do impulso nervoso noneurónio (célula nervosa), iões sódio (Na+) são transportados para ointerior celular e iões potássio (K+) são retirados para o exterior dacélula por carregadores especiais, com gasto de energia. Na+ K+ K+ Na+
  22. 22. Transporte em BlocoConsiste no englobamento de partículas relativamente tipos: endocitose eexocitose.Pinocitose ExocitoseFagocitose
  23. 23. EndocitoseÉ o englobamento de partículas sólidas para dentro da célula. Divide-seem dois tipos: fagocitose e pinocitose.•Fagocitose é o englobamento de partículas sólidas. É observada naacção dos leucócitos ou glóbulos brancos fagocitando corpos estranhos ena acção de certos protozoários, como as amebas durante a alimentaçãoatravés da emissão de pseudópodes.•Pinocitose é o englobamento de partículas líquidas (gotículas delipídios) pela membrana.
  24. 24. ExocitoseAs secreções são eliminadas do interior celular para o meio exterior.Exemplo: eliminação das secreções digestivas pelas glândulas da boca,do estômago, do pâncreas, intestino, etc.•Clasmocitose é o processo de defecação celular, onde a célula eliminaos resíduos da digestão intracelular (é um tipo de exocitose).

×