Religião e a ciência universal

836 views
722 views

Published on

Unindo as principais Religiões do Mundo

Demonstrando a Ciência Universal que as une.

Uma Ponte de comprensão para o novo mundo.

Published in: Spiritual
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
836
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
46
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Continue to feel and see your energy centers running up the midline of the body
  • Religião e a ciência universal

    1. 1. ReligiãoDefinindo e compreendendo o termo
    2. 2. Religião Etimologia• ReligionemReligio- Relegere- Religare- Reeleger
    3. 3. ReligionemA palavra portuguesa religiãoderiva da palavra latinareligionem (religio nonominativo), mas desconhece-seAparentemente no mundo latinoanterior ao surgimento docristianismo, religionem referia-sea um estilo de comportamentomarcado pela rigidez e pelaprecisão.
    4. 4. ReligioHistoricamente foram propostasvárias etimologias para a origemde religio.- Relegere- Religare- Relileger
    5. 5. RelegereCícero, na sua obra De naturadeorum, (45 a.C.) afirma que otermo se refere a relegere, reler,sendo característico das pessoasreligiosas prestarem muita atençãoa tudo o que se relacionava comos deuses, relendo as escrituras.
    6. 6. ReligareMais tarde, Lactâncio (século III eIV d.C.) rejeita a interpretação deCícero e afirma que o termo vemde religare, religar, argumentandoque a religião é um laço depiedade que serve para religar osseres humanos a Deus.
    7. 7. ReligerNo livro "A Cidade de Deus"Agostinho de Hipona (século IVd.C.) afirma que religio deriva dereligere, "reeleger". Através dareligião a humanidade reelegia denovo a Deus, do qual se tinhaseparado. Mais tarde, na obra Devera religione Agostinho retoma ainterpretação de Lactâncio, quevia em religio uma relação com"religar"..
    8. 8. Religião« Religionem »« Religio »« Religare »«religião é um laço de piedadeque serve para religar os sereshumanos a Deus».
    9. 9. Conclusão
    10. 10. Religião– Definição– Origens– Religião organizada– Valor– Desenvolvimento
    11. 11. Definição• é uma coleção organizada de sistemas de crenças,de sistemas culturais e visões do mundo querelacionam a humanidade com a espiritualidade e,às vezes, a valores morais. Muitas religiões têmnarrativas, símbolos, tradições e histórias sagradasque se destinam a dar sentido à vida ou paraexplicar a origem da vida ou do Universo. A partirde suas ideias sobre o cosmos e a natureza humana,elas tendem a derivar a moralidade, a ética, as leisreligiosas ou um estilo de vida preferido. De acordocom algumas estimativas, existem cerca de 4.200religiões do mundo.
    12. 12. Origens- Os primeiros indícios de ideiasreligiosas remonta centenas demilhares de anos para o período doPaleolítico Médio e PaleolíticoInferior. Arqueólogos referem-se aaparentes enterros intencionais deHomo sapiens já a partir de 300 milanos atrás, como evidência de ideiasreligiosas.
    13. 13. Religião Organizada- A religião organizada traça as suasraízes para a revolução neolítica, quecomeçou 11.000 anos atrás noOriente Próximo, mas pode terocorrido independentemente emvários outros locais ao redor domundo. A invenção da agriculturatransformou muitas sociedadeshumanas a partir de um estilo de vidacaçador coletor para um estilo de vidasedentário.
    14. 14. Religião Organizada• A religião organizada surgiu comoum meio de proporcionar aestabilidade social e econômicapara grandes populações atravésdas seguintes formas:
    15. 15. Valor• A religião organizada serviu para justificar a autoridadecentral, que por sua vez possuía o direito de cobrarimpostos em troca de prestação de serviços sociais e desegurança para o estado. Os impérios do antigo Egito eda Mesopotâmia eram teocracias, com chefes, reis eimperadores de função dupla : líderes políticos eespirituais. Praticamente todas as sociedades estaduais echefias ao redor do mundo têm as mesmas estruturaspolíticas, onde a autoridade política é justificado pelasanção divina• A religião organizada, serviu também como forma demanter a paz entre indivíduos não aparentados.
    16. 16. DesenvolvimentoO desenvolvimento da religião assumiu diferentesformas em diferentes culturas. Algumas religiõescolocam uma ênfase na crença, enquanto outrasenfatizam a prática. Algumas religiões focam-se naexperiência subjetiva do indivíduo religioso, enquantooutras consideram as atividades da comunidade religiosamais importante. Algumas religiões afirmam seruniversais e acreditam que suas leis e cosmologia sãopara todos, enquanto outras se destinam a serempraticadas apenas por um grupo bem definido oulocalizado.
    17. 17. ReligiãoDados Globais
    18. 18. As principais religiões1. Cristãos – 2.1 biliões2. Muçulmanos – 1.5 biliões3. Ateus, agnósticos – 1.1 biliões4. Hindus – 1 bilião5. Taoistas – 394 milhões6. Budistas – 376 milões7. Judaicos – 14 milhões
    19. 19. Cristianismo32%Islamismo23%Sem religião17%Hinduismo15%Budismo7%Chinesas6%Judaismo0%Distribuição População mundial
    20. 20. Divisão Primária
    21. 21. Divisão Primáriadas 5 principais
    22. 22. • Religiões abraâmicas são asreligiões monoteístas cujaorigem comum é reconhecidaem Abraão ou o reconhecimentode uma tradição espiritualidentificada com ele
    23. 23. • JUDAÍSMO• CRISTIANISMO• ISLAMISMO
    24. 24. Cristianismo Islamismo JudaísmoFundação Data 33 d.C. 622 d.C. 1500-2000 a.C.Fundação Local Médio Oriente -PalestinaArábia Saudita Médio Oriente -PalestinaFundador Jesus Mohammad (Abraão) HebreusMoisés FundadorLinguagem original Aramaico Árabe HebreuEscrituras Sagradas Bíblia Velho e NovoTestamentoAlcorão Tanakh e ToraAutoridade Padres, Pastores , Bispos Imames RabisTemplos Igrejas , Catedrais ecapelas.Mesquitas SinagogasDia de veneração Domingo Sexta SábadoTrindade Sagrada Pai , Filho e EspiritoSantoNão aceite Não aceite ouNão esclarece
    25. 25. Cristianismo Islamismo JudaísmoTipo de teísmo Monoteísmo Monoteísmo MonoteísmoNome de Deus Jeová Eloim Alá Jeová EloimUltima Realidade Um Deus Um Deus Um DeusRelação com Deus Eu e Deus Eu e Deus Eu e DeusOutros seresSuperioresAnjos / Demónios Anjos/Demónios ejins.(Génios)Anjos /DemóniosHumanosReveneradosSantos , profetas Profetas e Imames ProfetasIdentidade de Jesus O Filho de Deus , Deusincarnado , e o salvadordo mundo.Verdadeiro profeta deDeus ,cuja mensagemfoi corrompidaFalso profetaNascimento de Jesus Nasceu de uma Virgem Nasceu de uma virgem NascimentonormalMorte de jesus Morreu na cruz Não morreu ,masascendeu ao céu e umdiscípulo tomou o seulugar na cruz.Morreu na cruz
    26. 26. Cristianismo Islamismo JudaísmoRessurreição Afirmada Negada Negada2ª vinda de jesus Afirmada Afirmada NegadaDivina revelação Por profetas e por jesus(encarnação de Deus)gravado na BíbliaPor Mohamed , gravadono Alcorão.Por profetas ,gravado na Tora.Situação / NaturezahumanaPecado Original , aqueda do paraísotendência para fazer omal .Igual habilidade parafazer o bem ou o mal.Dois impulsosiguais , um bomoutro mau.Propósito de vida doser humano.Redimir todos ospecados e procurar denovo a comunhão comDeusSeres humanos tem quese submeter a Deus ,deforma a obter o paraísona próxima vida.Obedecer oscomandos de Deus,viver eticamentefocado nesta vida enão na próxima .Salvação Crença correta , boasações , sacramentos e féem CristoCrença correta , boasações e os 5 pilaresCrença em Deus ,e boas açõesPapel de Deus naSalvaçãoPredestinação , e outrasvárias formas de obter aPredestinação Divina revelação epela misericórdia e
    27. 27. Cristianismo Islamismo JudaísmoDia do Julgamento Na 2º vinda de Cristoserão Julgados os vivos eos mortosTodos serãoindividualmentejulgados com base nassuas ações.O Messias Virá eos mortos serãoressuscitadosVida para além daMorteEterno céu ou eternoinferno --purgatóriotemporário--Paraíso ou Inferno Ou não há , ouserá eterno céu ouinferno .Karma Não explicito Não Explicito Não explicitoReincarnação Não existe Não existe Não ExistePráticas obrigatórias Páscoa/Liturgia/Oração Os 5 Pilares Shabath /
    28. 28. • Religiões Indianas são asreligiões politeístas, panteístas eateístas, que não tem uma claradefinição nem fundação.• Surgem de várias fontes etradições, e aglomeram váriosensinamentos.Cristianismo Islamismo JudaísmoPrincipais Divisões CatólicosOrtodoxos 1054 d.C.Protestantes 1500d.C:XiitasZunisConservadoresReformistasOrtodoxosVisão sobre asrestantes religiõesabraâmicasJudaísmo é uma religiãoverdadeira , mas comrevelação incompleta ,Islamismo é uma falsareligião.Judeus e Cristãos sãorespeitados como povode Deus , mas temcrenças erradas eapenas parte darevelação.Cristianismo eislamismo sãofalsasinterpretações eextensões dojudaísmo.
    29. 29. • Hinduísmo• Budismo
    30. 30. Hinduísmo BudismoFundação Data Antigo 6000 a. C.Moderno 1500 a.C.500 a.C.Fundação Local India IndiaFundador Não tem Buda (SiddharthaGautama)Linguagem original Sânscrito SânscritoEscrituras Sagradas Vedas Trypitaca tradição oralAutoridade Brâmanes , Sacerdotes MongesTemplos Templos MosteirosTrindade Sagrada Brahma ,Vishnu , Shiva Não esclareceTipo de teísmo Politeísmo PanteísmoNome de Deus Vários Deuses Não TemUltima Realidade Brahma O universo
    31. 31. Hinduísmo BudismoRelação com Deus Eu sou atman e nada éseparado de Deus.Nada é separado nouniverso .Outros seresSuperioresDevasAvatares BodhisattvasHumanosRevenerados Yogi’s Dali lamasDivina revelação Através de Avatares –tradição escritaBuda – tradição oralSituação / NaturezahumanaOs humanos estão presosá ignorância e ilusão ,mas podem escapar.Tudo é impermanente.A vida é Sofrimento .Propósito de vida doser humano.Libertar mo nos da rodade incarnações, ou obterum melhor nascimentona próxima vidaSuperar o sofrimento eobter iluminação.Escapar á roda deincarnações.(samsara)Salvação Não há , Implica o fimde samsara e karma .Não existe , apenas ofim de samsara e
    32. 32. Hinduísmo BudismoPapel de Deus naSalvaçãoAtman é o ser superiorque reconheceráBrahma.Deus é impessoal, enão tem influênciadireta no destino.Vida para além daMorteApós iluminação , vidaeterna .Após iluminação , vidaeterna , no estado deBuda .Karma Acção / consequênciaEstende-se por váriasvidasÉ a força que faz a rodagirar . (samsara)Reincarnação Ciclo de incarnações ,até obter iluminação.Ciclo de incarnaçõesaté obter iluminação .Práticas Yoga 4 verdades8 nobres leisPrincipais Divisões vixnuísmo, o xivaísmo, osmartismo e shaktismoEscola MahayanaEscola Theravada
    33. 33. • Bramânicas• Indianas
    34. 34. Bramânicas IndianasTempo Linear/ Singular Cíclico/ Repete-seDeus Mono Poli ou PanteístaRelação com Deus Dualidade – Eu e Deus. Unidade – Eu DeusUltima Realidade Um Deus Um Deus universalVida depois da Morte Uma vidaJulgamento; Céu ou infernoVárias vidasReincarnações; Eternocontentamento.A Condição Humana Queda , Pecado original;Separação de Deus , devidoa más açõesIgnorância e Karma ,impureza da alma, devido amás ações.Solução / Liberação Redenção de pecados ,Salvação.Eliminação de ignorância ekarma . Fim de Samsara
    35. 35. Bramânicas IndianasRevelação Deus manifesta-se nomundo em Milagres oufenómenos sob naturais,Deus manifesta-se nomundo por realidadesabstratas, realizadas namente por intermédio desabedoria.Forma de Veneração. Rituais /Cerimónias/cânticos e rezasPráticas holísticas , rotinas,treinamento , cânticos erezas.Máxima Obediência DisciplinaSistemas Dogmáticos e Burocráticos Comportamentais e Práticos
    36. 36. CristoDefinindo e compreendendo o termo
    37. 37. Cristo EtimologiaCristo é o termo usado emportuguês para traduzir a palavragrega (Khristós) que significa"Ungido".O termo grego, por sua vez, é umatradução do termo hebraico“Messias”.
    38. 38. Cristo SignificadoA palavra geralmente é interpretadacomo o sobrenome de Jesus por causadas várias menções a "Jesus Cristo" naBíblia. A palavra é, na verdade, umtítulo, daí o seu uso tanto em ordemdireta "Jesus Cristo" como em ordeminversa "Cristo Jesus", significando nesteúltimo O Ungido, Jesus.
    39. 39. Cristo SignificadoOs seguidores de Jesus são chamados decristãos porque acreditam que Jesus é o Cristo,ou Messias, sobre quem falam as profecias daTanakh(Antigo Testamento). A maioria dosjudeus rejeitam essa reivindicação e aindaesperam a vinda do Cristo. A maioria doscristãos esperam pela Segunda vinda de Cristoquando acreditam que ele cumprirá o resto dasprofecias messiânicas.
    40. 40. GnosisDefinindo e compreendendo o termo
    41. 41. GnosisGnosis é o substantivo comum de origemgrega que significa “Conhecimento”.Mas Gnosis não é um conhecimentoracional, científico, filosófico, teórico eempírico(a "Episteme" dos gregos),é pois de caráter intuitivo e transcendental;Sabedoria.
    42. 42. GnosisÉ usada para designar um conhecimento profundoe superior do mundo e do homem, que dá sentido àvida humana, que a torna plena de significadoporque permite o encontro do homem com suaessência eterna, maravilhosa e Crística divindadepela via do coração É uma realidade viventesempre ativa, que apenas é compreendida quandoexperimentada e vivenciada. Assim sendo jamaispode ser assimilada de forma abstrata, intelectual ediscursiva.
    43. 43. Gnosis e ReligiãoA Gnosis como religião leva o homem á realizaçãointima do ser, que é a união completa com aonosso Deus interior. Também estuda a ciência dasreligiões de forma profunda, não se limitando asteorias, crenças e interpretações literais dos seussignificados simbólicos, a gnosis como religião vaiao real e prático, aquilo que realmente pode servivido por todos nós, em vez de ficar teorizando, eá espera de algo divino, a gnosis expilica comoconectar com a divindade.
    44. 44. Gnosis e ReligiãoA Gnosis não é Dogma ou Crença, mas simverdade transcendental que pode serexperimentada e comprovada por todos, pois fazparte da ciência universal, que é herança e divinodireito de todos.
    45. 45. CiênciaO outro lado da questão
    46. 46. CiênciaEm sentido amplo e diversificado, ciência(do latim scientia, traduzido por"conhecimento") refere-se a qualquerconhecimento ou prática sistemática. Emsentido estrito, ciência refere-se ao sistema deadquirir conhecimento baseado no métodocientífico bem como ao corpo organizado deconhecimento conseguido através de taispesquisas.
    47. 47. Ciência• A ciência é o esforço para descobrir e aumentar oconhecimento humano de como o Universo funciona.Refere-se á:• Investigação ou estudo racional do Universo, direcionadoà descoberta da verdade e/ou realidade universal. Talestudo ou investigação é metódico e compulsoriamenterealizado em acordo com o método científico – umprocesso de avaliar o conhecimento empírico;• corpo organizado de conhecimentos adquiridos por taisestudos e pesquisas.
    48. 48. ConhecimentoExotérico vs. Esotérico
    49. 49. • “ Man know thyselfe andyou will know the godsand the universe”Pythagoras
    50. 50. Exotérico• eksôterikos, (eksô =fora)• no exterior, destinadoaos leigos e massas emgeral.
    51. 51. Esotérico• esôterikos, (esô =dentro)• no interior, destinado erevelado aos discípulose iniciados.
    52. 52. Conhecimento EsotéricoFundamentosBíblicos
    53. 53. Escrituras• O cristianismo considera a Bíblia, a máximaautoridade enquanto palavra de Deus.A Bíblia inclui livros das escrituras judaicas, oTanakh, e outros livros adicionais,reorganizando-os em duas partes: os livros doAntigo Testamento, principalmente provenientesdo Tanakh (com algumas variações), e os 27livros do Novo Testamento, contendo livrosoriginalmente escritos em grego, principalmente.
    54. 54. • Na antiguidade, duas escolas de exegesedesenvolveram-se na Alexandria e na Antioquia.A interpretação alexandrina, exemplificada porOrigen, tende a ler as escrituras alegoricamente,enquanto a interpretação antioquiana aderiu aosentido literal, sustentando que outrossignificados (chamados teoria) só poderiam seraceites se baseados no significado literal.A teologia católica romana distingue doissentidos da Escritura: o literal e o espiritual.
    55. 55. Esoterismo• Esoterismo: é o nome genérico quedesigna um conjunto de tradições einterpretações filosóficas dasdoutrinas e religiões que buscamdesvendar seu sentido oculto.
    56. 56. O Conhecimento EsotéricoRespondendo, disse-lhes:«A vós é dado a conheceros mistérios do Reino doCéu, mas a eles não lhes édado. (Mateus 13:11)
    57. 57. O Conhecimento EsotéricoDisse-lhes: «A vós foi dado aconhecer os mistérios do Reinode Deus; mas aos outros fala-se-lhes em parábolas, a fim deque, vendo, não vejam e,ouvindo, não entendam.»(Lucas 8:10)
    58. 58. Visão de vida:• Independente de opção religiosaou de visão de mundo filosófica,qualquer um que eleve seupensamento ao amor infinito deDeus, agradecendo sua sagradapresença, estará no caminhocerto para enfrentar asdificuldades e se projetar paraum nível de energia maisaprimorado, melhorando assim
    59. 59. O Caminho:Jesus respondeu-lhe:«Eu sou o Caminho, a Verdadee a Vida. Ninguém pode ir atéao Pai senão por mim».(João14:6)
    60. 60. Vivência Mística(disciplina)• Os que querem ascender ao divino, osdiscípulos e iniciados, tem que renunciarao ego (o seu eu inferior), e prestarserviço a Deus (o seu eu superior).
    61. 61. A Vivência Mística(o coração)Jesus disse, então, aosdiscípulos: «Se alguém quiservir comigo, renuncie a simesmo, tome a sua cruz e siga-me.(Mateus 16:24)
    62. 62. A Vivência Mística(o coração)Depois, dirigindo-se a todos,disse: «Se alguém quer virapós mim, negue-se a simesmo, tome a sua cruz, diaapós dia, e siga-me.(Lucas 9:23)
    63. 63. Ideia Central• Pesquisar o conhecimentoperdido e utilizar todas astécnicas possíveis para que cadahomem consiga transmutar ovelho em novo, as trevas emluz, o mal em bem. Enfim, paraque o esotérico consiga fazer aalquimia da sua própria almae ascender rumo ao Criador.
    64. 64. O Estudo esotérico(a mente)Em verdade vos digo: quemnão receber o Reino de Deuscomo um pequenino, nãoentrará nele.» (Marcos 10:15)
    65. 65. O Estudo esotérico(a mente)e disse: «Em Verdade vosdigo: Se não voltardes a sercomo as criancinhas, nãopodereis entrar no Reino doCéu. (Mateus 18:3)
    66. 66. AlquimiaExotérico vs. Esotérico
    67. 67. Alquimia Etimologia :• Do Latim ALCHIMICUS,• Do Árabe AL-KIMIYA,• Do Grego KHEMEIOA,Khymeia.
    68. 68. Alquimia o que era? :• Método experimental da idade médiaque através da mistura química devárias matérias e materiais procuravaobter ouro.• O praticante de tal método chamava-sede Alquimista.
    69. 69. Ponto de vista exotéricoObjetivos do Alquimista:• Descobrir a pedra filosofal.• Transformação de metaisinferiores em ouro.• Produzir o elixir da juventude.
    70. 70. Ponto de vista esotéricoObjetivos do Alquimista:• Manipular a energia vital ousexual.• Transmutação espiritual.• Obtenção de alma eternamentejovem.
    71. 71. Ser SuperiorCorpo e anatomia do Ser superior
    72. 72. Distinção• Corpo Fisico• Órgãos• Colunavertebral• S.circulatório/Veias• Sémen• Sangue• Corpossuperiores• Chacras• Sushumna• Meridianos(Nadis)• Energia vital(chi ,ou Prana)• Kundalini
    73. 73. Fohatou EletricidadeCósmica3 2 1Prânaou VitalidadeAspectos do LogosKundaliniou FogoSerpentinoAs Forças Solares
    74. 74. FÍSICO DENSO (STHÛLA)DUPLO ETÉRICO (PRÂNAMAYA)ASTRAL-MENTAL (KÂMA)CAUSAL (KÂRANA)EU (ÂTMA -- BUDDHI -- MANAS)APERSONALIDADEA Constituiçãodo Ser HumanoMÔNADA (TURIYÂTMA)
    75. 75. 1. Duplo Etérico2- Emocional3. Mental4. Astral5. Mental Superior6. Búdico7. Atmico
    76. 76. Chacras o quesão?
    77. 77. O que são?Do sânscrito, chakra significa roda, disco,centro, plexo. São vórtices (redemoinhos) deenergia vital, espirais girando em altavelocidade, vibrando em pontos vitais de nossocorpo.São centros energéticos existentes no corpoetérico de um ser vivo.
    78. 78. Para queServem ?
    79. 79. Função: para que servem?Transportam e manipulam correntes eletromagnéticas ou etéricas(energia vital – Prana) que se manifestam no plano etérico.Funcionam como captadores, acumuladores, e distribuidores deenergia vital que nutrem nossos órgãos internos;Controlam o metabolismo;Cada um destes centros está associado com uma das sete glândulasendócrinas, e também com um grupo de nervos chamados plexos;É através do desequilíbrio destes chakras que as pessoas adoeceme perdem a ligação com o divino;
    80. 80. Onde SeEncontram?
    81. 81. Onde se encontram?Corpo Duplo EtéricoVeículo pelo qual fluem as correntes vitais que mantêmvivo o corpo material. A função mais importante do corpoetérico é a transferência de energia vital ou de vitalidade docampo universal para o campo individual (macro para o micro).Estão dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto dacabeça e individualmente posicionados conforme a função quedesempenham.
    82. 82. Comofuncionam?
    83. 83. Imagem dos ChakrasVortice de rotação rápida, de 2 a6 polegadas, aberto na superficiedo Duplo EtéricoTalo conectado a seucentro correspondentena Coluna
    84. 84. A estrutura do ChakraA Força Vital doLogos Solar, asuga à partir deoutra dimensãoA Força Primáriamove seus raiospara foraA ForçaSecundária érotativa
    85. 85. Como funcionam?Todas as rodas ou chakras giram incessantemente, e pelo cubo ouboca aberta de cada uma delas, flui continuamente a energia domundo superior, como se fossem pequenos redemoinhos ou ciclonesem miniatura, que fazem circular as energias numa determinadavibração. Eles atuam em todo ser humano, ainda que nas pessoaspouco evoluídas seu movimento seja mais lento (o estritamentenecessário para formar o vórtice adequado ao influxo de energia). Noser humano bastante evoluído, entretanto, os chakras refulgem epalpitam com vívida luz, de maneira que por eles passa umaquantidade muitíssimo maior de energia, e o indivíduo obtem comoresultado o acréscimo de suas potências e faculdades.
    86. 86. Nomesefunções
    87. 87. Chakra Raíz(Mûlâdhâra)Pétalas: 4.Localização: Baseda Espinha.Cor: Vermelho.Elemento: Terra.
    88. 88. Chakra Base/RaizMûlâdhâra - ("Base e fundamento"; "Suporte”Localização e relação:Localizado nos órgãos genitais e na pélvis,relacionado com as gônadas (glândulas sexuais), governa o sistemareprodutorFunções :Governa o sistema reprodutor, anima a substância do corpo físico,lida com o poder e o instinto de sobrevivência. É a ligação com aterra. Concentra as energias da Kundaliní, que uma vez despertasprogridem coluna acima, seguindo um padrão geométrico similar aoapresentado na dupla hélice das moléculas de DNA que contém ocódigo da vida.
    89. 89. Chakra Base/RaizAspectos : Sobrevivência, alimento, conhecimento, auto-realização,valores (segurança financeira), sexo (procriação), longevidade eprazer.Forma geométrica: quadrado, possuindo grande relação aoconhecimento ligado à terra, às quatro dimensões e às quatrodireções.
    90. 90. Chakra EsplênicoSvâdhishthânaPétalas: 6.Localização:Abaixo do umbigo.Cor: Laranja.Elemento: Água
    91. 91. Chakra Sexual/EsplênicoSvâdhishthâna - Lugar-Morada do Ser ou o "Fundamento de sipróprio".Localização e Relação: Localizado na lombar e abaixo do umbigo,está relacionado com as glândulas supra-renais.Funções: Rege a coluna vertebral e os rins. Rege também, o sistemareprodutor, circulatório e bexiga. As energias como a paixão,sensualidade e a criatividade são manifestadas através deste chakra.Aspectos: Poder de seduzir criatividade e relacionamento.Forma Geométrica: Círculo. Representa a forma crescente da lua.
    92. 92. Chakra Umbilical(Manipûra)Pétalas: 10.Localização:Abaixo da barriga.Cor: Amarelo.Elemento: Fogo
    93. 93. Manipura - ”Cidade das Gemas” ou “Cidade das pedraspreciosas”.Localização e relação: Localizado um pouco acima do umbigoestá relacionado com o pâncreas.Funções : A área de influência deste chakra é o sistemadigestivo: estômago, fígado e a vesícula biliar, além do sistemanervoso.Aspetos: Aquilo que você quer. Individualidade e poder pessoal(como você se vê), a sua identidade no mundo.Forma Geométrica: Triângulo invertido, sugerindo o movimentodescendente da energia..Chakra Plexo Solar/Umbilical
    94. 94. Chakra Cardiaco(Anâhata)Pétalas: 12Localização:CoraçãoCor: VerdeElemento: Ar
    95. 95. Anahata: "Intocado" ou "O Som não produzido" (batidas docoração).Localização e relação: Situa-se na região do tórax e estáconectado com a glândula timo,Funções: Responsável pelo funcionamento do sistemaimunológico. É o chakra do coração, centro energético do amor.A elevação das energias do chakra do plexo solar até o coraçãoacontece em indivíduos que estão desenvolvendo a capacidade depensar e atuar em termos de coletividade. As doenças do coração,sistema circulatório e sangue podem ser tratadas através destechakra.Chakra Coração/Cardiaco
    96. 96. Aspectos: Amor incondicional, compaixão, perdão, verdade egratidão.Forma Geométrica: Hexagrama - dois triângulossobrepostos, um voltado para cima, simboliza Shiva, o princípiomasculino. O outro triângulo, voltado para baixo, simbolizaShakti, o princípio feminino. Atinge-se o equilíbrio quando estasduas forças estão unidas em harmonia.Funções especiais: Intermedia os chakras superiores e inferiores;impulso de se abraçar a sua Verdade, ao Amor; reequilíbrio;altruísmo; compaixão. Este chakra se expande em todas asdireções e dimensões, como uma estrela de seis pontasChakra Coração/Cardiaco
    97. 97. Chakra Laringeo(Vishuddha)Pétalas: 16Localização:GargantaCor: AzulElemento: Éter
    98. 98. Chakra Garganta/LaringeoVishuddha: Puro ou "Centro da Pureza".Localização e relação: Localizado sobre a garganta, se comunicacom a glândula tireóide.Funções: Responsável pela irrigação energética da boca, gargantae órgãos respiratórios. Serve de bloqueio para que as energiasemocionais não cheguem ao chakras frontal e coronário..
    99. 99. Chakra Garganta/LaringeoAspectos: Comunicação interna e externa - esclarecimento queconduz a um estado elevado de consciência. Está ligado àinspiração, a comunicação e a expressão com o mundo. Autoconhecimento; felicidade; O indivíduo se eleva e se purifica detodos os carmas; morre-se para o passado e nasce-se novamentepara a realização da unidadeForma Geométrica: Lua crescente.
    100. 100. Chakra Frontal(Âjnâ)Pétalas: 2Localização: Entreas sobrancelhasCor: ÍndigoElemento:Todos os 5elementos
    101. 101. Chakra do 3º olho/FrontalAjná - Autoridade, poder, comando intuitivo.Localização e relação: Localizado entre as sobrancelhas,relaciona-se com a glândula pituária (hipófise).Funções: Revitaliza sistema nervoso e a visão. É o chakrasede das Faculdades do Conhecimento Buddhi:(conhecimento intuicional), Ahankara (eu), Indriyas(sentidos) e Manas (a mente).
    102. 102. Chakra do 3º olho/FrontalAspectos: Intuição (fenômenos paranormais) e aconsciência. Capacidade de se observar sem julgamento.Forma Geométrica: Círculo (bindo)
    103. 103. Chakra Coronário(Sahasrâra)Pétalas: 1000Localização:No topo dacabeça, centroCor: VioletaElemento:Todos os 5elementos
    104. 104. Chakra CoronárioSahasrÂra: Chakra das Mil Pétalas.Localização e relação: Localizado no topo da cabeça. E oportal da espiritualidade, do reconhecimento de Deus/Deusaem nós e no outro , relaciona-se com glãndula pineal(Épifese).Aspectos : O indivíduo que atinge a consciência do sétimochakra realiza os planos da irradiação (torna-se iluminadocomo o sol), das vibrações primordiais, da supremacia sobreo prana, do intelecto positivo, da felicidade, da indolência".Forma Geométrica: Círculo como a lua cheia.
    105. 105. Uma glândula endócrina secreta substâncias que são lançadasdiretamente na corrente sanguínea, ao contrário das glândulasexócrinas. Os hormônios são o produto de secreção destasglândulas. Têm como característica principal estarem presentesem toda a circulação, desta maneira banhando todas as células, eexercerem sua ação distantes de sua origem. A palavra"endócrino" significa "secretar diretamente em", e descrevebem estas glândulas, visto que elas secretam hormônios direto nacorrente sanguínea. À medida que o coração bombeia o sanguepelo corpo, os hormônios vão a grande velocidade para váriosdestinos, onde realizam seu trabalho.Glandulas Endócrinas
    106. 106. Chakras Glândulas Endócrinas Efeitos terapêuticos7 - Coronário - Coroa dacabeçaPineal - Parte posterior einterna do cérebro.Purificação dos corpos inferiores:físico, etérico, emocional emental.6 - Frontal – Entre assobrancelhasPituitária - Abaixo e à frentedo cérebro, no ossoesfenóide.Desenvolvimento das intuições.Interação com o Eu Superior.5 - Laríngeo – Garganta Tireóide - Região dagarganta.Melhoria nos julgamentos ecomunicações.4 - Cardíaco - Região docoraçãoTimo - Tórax - osso esterno. Amor no sentido amplo.Vínculomicrocosmo como macrocosmo.3 - Solar - Região dodiafragmaPâncreas - No abdômen. Eliminação de comportamentosnegativos, valorização da forçade vontade.2 – Sexual – Abaixo doumumbigoSupra-renais - Sobre os rins. Eliminação de conflitos,preocupações sexuais,valorização do prazer.1 – Raiz - Base da colunavertebralGônadas - Ovários (mulher) etes Testículo (homem).Eliminação de comportamentosnegativos, valorização dosinstintos físicos e ligação com anatureza e com o planeta.
    107. 107. Conectandoos pontos…
    108. 108. Susumna NadiPath of PranaShakti
    109. 109. SahasraraAjnaVishuddhaAnahataManipuraSvadhisthanaMuladharaIdaPingalaSushumna Nadi
    110. 110. SushumnaSushumna Nadi liga o chakra básico para o chakra da coroa. Émuito importante no Yoga e Tantra em geral. A medicinaalternativa também se refere a Sushumna às vezes. Em Raja Yogaou Yoga de Patanjali, quando a mente é acalmada por Yama,Niyama Asana, e Pranayama, o estado de Pratyahara começa.Uma pessoa que entra neste estado está completamente focado.Esta é caracterizada pela observação dos movimentos /empurrões em Sushumna, o canal central do corpo sutil. Osmovimentos indicam o fluxo de Prana através do canal central e,no processo, o sushumna faz o caminho para a ascensão daKundalini
    111. 111. Ida está associada com a energia lunar.A palavr ida a significa "conforto" em sânscrito.Ida tem uma natureza lunar é energia femininacom um efeito de resfriamento. Ele gere os cursosdo testículo direito até a narina esquerda ecorresponde ao rio Ganges. Ida nadi controlatodos os processos mentais enquanto Pingala nadicontrola todos os processos vitais.Ida Nadi
    112. 112. Pingala NadiPingala tem uma natureza como o sol é a energiamasculina. O seu efeito é de aquecimento e gere oscursos do testículo esquerdo até a narina direita.Ela corresponde ao rio Yamuna. Ida e Pingalanadis são muitas vezes vistos como uma referênciapara os dois hemisférios do cérebro. Pingala é onadi, extrovertido solar, e corresponde ao ladoesquerdo do cérebro. Ida é a nadi, introvertidolunar, e refere-se ao lado direito do cérebro.
    113. 113. Juntos, o Ida e Pingala nadis formam ascobras do caduceu, enquanto o Sushumnaforma o staff pessoal. As cobras se cruzamnos chacras, como fazem os nadis descritosacima.No chacra Ajna, entre as sobrancelhas,existem duas pétalas, uma de cada lado,assim como existem duas alas, na partesuperior da caduceusCaduceu
    114. 114. MeridianosMeridiano é um dos nomes pelos quais são conhecidos os"canais de energia" utilizados na acupuntura e outros métodosterapêuticos da medicina tradicional chinesa.Segundo esta literatura, existem vários tipos de energias quepercorrem o corpo. A energia que recebemos de nossosancestrais, a energia que adquirimos pelo ar e alimentos, quecircula internamente, e a energia protetora, que circula maisexternamente.Os meridianos são os canais por onde estas energias percorremo corpo. Através de estímulos em determinados pontos domeridiano, pode-se reequilibrar as energias do corpo e de órgãos
    115. 115. KUNDALA• O QUE É KUNDALINI? A palavra sânscrita (língua daíndia) tem sido traduzida de várias maneiras:• KUND – Que significa "Queimar" este é o significadoessencial pois a Kundalini é fogo em seu sentido deabrasamento.• KUNDA – Que significa "Orifício ou Cavidade" Isso nos dáuma idéia do recipiente onde o fogo arde.• KUNDALA – Que significa "Bobina Espiral ou Anel"Temos aqui uma noção do modo pelo qual o fogo atua e sedesenvolve.
    116. 116. Kundalini• Kundalini deriva de uma palavra em sânscrito quesignifica, literalmente, enroscar-se como umacobra. O símbolo do caduceu é considerado comouma antiga representação simbólica da fisiologia dakundalini. O conceito de kundalini é originário dafilosofia ioga e refere-se à aparição da inteligênciadivina, possível de ocorrer por meio do "despertar"ioga e pelo amadurecimento espiritual (Sovatsky,1998). ...i
    117. 117. Conclusão• Esta "serpente do poder“, é a energiaespiritual que permanece adormecida na baseda coluna vertebral de todos os seres humanos.Que quando desperta no aspirante espiritual,passa através dos centros de consciência(chakras) no canal central da espinha(sushmna), até chegar ao cimo da cabeça ondetem por objectivo estimular e re-ativar aglándula pineal .
    118. 118. Iluminandoos Mitos
    119. 119. Este é MoiséseMoisés anda sempresempre…sempre….SEMPRE!!!com o seu cajado ….
    120. 120. E disse o SENHOR a Moisés: “Faze-te uma serpente ardente, e põe-nasobre uma haste; e será que viverátodo o que, tendo sido picado, olharpara ela.NM 21:8Sushmna &Kundalini
    121. 121. “E, como Moisés levantou a serpenteno deserto, assim importa que o Filhodo homem seja levantado; Para quetodo aquele que nele crê não pereça,mas tenha a vida eterna…”JO 3:14 - 17Sushmna & Kundalini
    122. 122. Trazendo novaLuz ... A velhos assuntos
    123. 123. A vida pode ser…Céu ou Inferno
    124. 124. O Inferno é simplesmente onível mais baixo de consciência.A consciência presa no mundomaterial de ilusão, aqui está o homemde instinto animal (A “Besta”!!!)È governado por energias da maisbaixa vibração, vive na dualidade eseparação, escravizado pela ignorânciano “inferno” da vida.Inferno
    125. 125. As Bestas, os Escravos, os Miseráveis,,os Malvadosos os Anjos Caídos, osDemónios, todos estão neste nível deConsciência.Presos á ignorância…Prestam serviço ao Anti-Cristo.
    126. 126. O Céu é o nível mais alto deconsciência dos primeiros 7apresentados . A consciênciaem poder sobre os vários planosde existência….A iluminação, o Ser Humano angélico.Livre de toda a ilusão!!!È Governado por energias de altavibração, é uno em si e com o universo,tem acesso ao“Céu” ao paraísoda vida.Céu
    127. 127. “Quando o Cordeiro abriu o sétimoselo, houve silêncio no céu cerca demeia hora. Então, vi os sete anjosque se acham em pé diante de Deus,e lhes foram dadas sete trombetas”Apocalipse 8.1-6O 7º SELO
    128. 128. Os Sábios. os Virtuosos, osgentis que se iluminaramos Magos, os Budas osAvatares , e os Anjos …Vivem em liberdadePrestam serviço a Cristoá Lei de um..
    129. 129. Desculpe pode me indicar a direçãopara o….?
    130. 130. Ascensão e SalvaçãoA direção para o céu?
    131. 131. A Espinha Dorsal ou Coluna Vertebral (Sushmna) é a escadapara o Céu, tem 33 Degraus (33 Vertebras).A energia crística (kundalini) ascende pela prática consistentede meditação e/ou outros exercícios, segundo os méritos docoração de cada praticante.Ela parte do Coxis, onde está situado o chacra base ou raiz (oinferno) ; até chegar ao chacra Coronário no topo da cabeça(o Céu), onde após ativar a glândula pineal ilumina todo océrebro. A consciência acorda e se liberta do ego, o ser torna-se um iluminado , chama-se a este processo ascensão.A Escada para o Céu
    132. 132. Ascensão ou SalvaçãoA ascensão acontece individualmente, e emharmonia com as leis divinas e imutáveis douniverso, quem se ilumina totalmente, não mais éobrigado a voltar ao mundo físico da 3º dimensão ,nem a encarnar.Retêm o total conhecimento de todas as vidas poronde passou e possui todos os níveis de sabedoriaem todos aspetos energéticos da vida terrestre, a istose chama “Salvação”, ou seja a alma está salva epurificada, pronta para ser cristificada.
    133. 133. O Selo de Deus
    134. 134. A Glandula PinealA epífise neural, glândula pineal ou simplesmente pineal éuma pequena glândula endócrina localizada perto do centro docérebro, entre os dois hemisférios, acima do aqueduto d Sylviuse abaixo do bordelete do corpo caloso, na parte anterior esuperior dos tubérculos quadrigêmeos e na parte posterior doventrículo médio.Está presa por diversos pedúnculos. Apesar das funções destaglândula serem muito discutidas, parece não haver dúvidasquanto ao importante papel que ela exerce na regulação doschamados ciclos circadianos, que são os ciclos vitais(principalmente o sono) e no controle das atividades sexuais ede reprodução
    135. 135. Glândula PinealA glândula Pineal quando ativa é a marca e o Selo de Deusfalado na Bíblia.As tradições místicas e esotéricas sabem há muito tempo queesta área no meio do cérebro é o elo de ligação entre o mundofísico e espiritual. Considerada a mais poderosa fonte deenergia etérica no corpo do ser humano.Permite acesso á consciência superior do Ser, acesso ailimitada energia cósmica ou etérica, acesso a outrasdimensões, o inicio de Auto programação e recuperação daessência original , tudo isto faz com que o Ser se torne umSuper –homem.
    136. 136. O Selo de Deuslhe disse: «Passa pelo meio dacidade, pelo meio de Jerusalém, emarca com um sinal a testa doshomens que suspiram e gemem porcausa de todas as abominações quese cometem no meio dela».
    137. 137. Glândula pituitáriaA glândula pituitária é aproximadamente do tamanho de umaervilha e está localizado atrás do centro de nossa testa, entre osolhos. Portanto, o sexto chacra é muitas vezes chamado de ChacraFrontal. A glândula pituitária é conhecida como a glândula mestraporque atua como um centro de controle principal, que enviamensagens para todas as outras glândulas de seus dois lobos, oposterior e o anterior. A glândula pituitária pede o bomcrescimento das glândulas e órgãos e regula o desenvolvimentosexual. A glândula pituitária é chamado de "sede da mente" com olobo frontal regula pensamentos emocionais, tais como poesia emúsica, e do lobo anterior regulação pensamento concreto econceitos intelectuais. Por outro lado, a glândula pineal éconhecido como o "banco de consciência intuição, iluminaçãocósmica".
    138. 138. "O olho é a lâmpada do corpo Então,se o seu olho é saudável, todo o seucorpo será cheio de luz,., Mas se oseu olho não é saudável, todo o seucorpo será cheio de escuridão Se,então, a luz em ti é de escuridão,quão grande será tal escuridão! “Mateus6:22:23Chacra Frontal / 3º olho
    139. 139. Os Escolhidos
    140. 140. Os principaisCentros (ou Chacras)são sete.Cada centro sesimboliza como uma “Flor de Lotus”por ter pétalas distribuidas simétricamenteQue partem de um ponto central.
    141. 141. Cada Chacratem um númeroespecífico de pétalas(cada pétala é um atributo)48A soma das pétalalasdestes primeros cincoChacras nos dao umtotal deLaríngeoCardíacoSolarSacroBase 46101216
    142. 142. FrontalLaríngeoCardíacoSolarSacroBase 4610121648Quando a pessoa abre eactiva o 6º centro deconsciência :O Chacra Frontal de 2pétalas.Este duplica a actividadedos primeiros 5 chacras.Que somam 48 pétalas(2 x 48 … 96 pétalas no total)96144A soma agoraé de 144
    143. 143. CoronarioFrontalLaríngeoCardíacoSolarSacroBase 46101216Se a este número144, multiplicarmoso número de pétalasdo 7º centro de consciência:O Centro coronario de ?Pétalas.961441000
    144. 144. CoronarioFrontalLaríngeoCardíacoSolarSacroBase 4610121696144 0001000Obtemos o número exacto dos queserão salvos segundo o livro da Biblia“Revelacões”OS ESCOLHIDOS!!!!!!!144,000
    145. 145. “E ouvi o número dos assinalados, eeram cento e quarenta e quatro milassinalados, de todas as tribos dosfilhos de Israel”Apocalipse 7:4OS ESCOLHIDOS
    146. 146. Cristo
    147. 147. O Ser Humano no seu estado original deperfeição pura, é um Ser Crístico, possuiconsciência multidimensional com poderesigualáveis a aquilo que imaginamos echamamos de Deus.Atingir essa perfeição e voltar a um estado degraça permanente, é o objetivo principal davida como a conhecemos.No entanto poucos o conseguiram naplenitude, e por isso seus nomes são bastanteconhecidos:Cristo ou Cristos?
    148. 148. Hórus ; Krishna; Príncipe Siddártha(Buda);Jesus; Moisés; Maomé; Lao Tzu; Confúcio; eoutros ….São todos exemplos de seres que encarnaramCristo após terem vencido os desafios da vidaterrestre.Por isso mereceram o titulo de Cristo, quemais não é que o modelo do ser humano nasua forma original e plenitudepotencial, pronto a ser integrado na enormefamília cósmica.
    149. 149. Egipto3000 a.C.
    150. 150. KRISHNAIndia3228 a.C.
    151. 151. BUDANepal563 a.C.
    152. 152. China551 a.C.Confúcio
    153. 153. China600 a.C:LAO TZU
    154. 154. Em algum momento, enquanto buscas o teu eu interior,o teu ser espiritual ...uma corrente de eletricidade irá cobrir o teu sistemanervoso, todo o teu corpo queimará no calor ...renascerás e serás de novo batizado no fogo…."Batismo do Fogo"Terás um corpo de luz, e ai estarás próximo de descobriro que é estar diante de Deus.
    155. 155. pois….só a perfeicão pode existir perto daperfeicão….E… “A luz” que existe no homem…já nao será máis “de Escuridão… “
    156. 156. «Eu sou o Caminho, aVerdade e a Vida.Ninguém pode ir até aoPai senão por mim».FIM

    ×