Resultado da seleção dos trabalhos para II EXPOGEP

2,032 views

Published on

Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (SGEP/MS) divulga resultado da seleção dos trabalhos participantes da II Mostra Nacional de Experiências em Gestão Estratégica e Participativa no SUS, a II EXPOGEP. Um total de 580 inscrições foram feitas para apresentar trabalhos. Destas, foram selecionadas 333 experiências, das quais 164 para apresentação oral e 169 para apresentação em pôster.

Published in: Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,032
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Resultado da seleção dos trabalhos para II EXPOGEP

  1. 1. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA DIVULGAÇÃO DOS TRABALHOS SELECIONADOS PARA A II EXPOGEP A Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa –SGEP/MS torna pública a Lista de Trabalhos Selecionados que comporão “Segunda Mostra Nacional de Experiências em Gestão Estratégica e Participativa no Sistema Único de Saúde - II EXPOGEP” regida pelo Edital 01/2013 – Edital de Seleção Pública de Experiências e Estudos em Gestão Estratégica e Participativa em Saúde. A Comissão de Avaliação reuniu-se em Brasília-DF no período de 02 a 06 de dezembro de 2013, avaliando o total de 580 trabalhos inscritos no sistema de inscrição de trabalhos da II EXPOGEP. Reitera-se que conforme o item 11.3 do edital, em caso de aprovação para o formato de apresentação oral, a SGEP custeará passagem, hospedagem e alimentação de somente 01 um (a) autor(a) da experiência e conforme item 11.4 em caso de aprovação da experiência para apresentação no formato Pôster, a SGEP custeará somente hospedagem e alimentação de 01 um (a) autor(a) da experiência. Ressalta-se que conforme item 8.5 do edital, os trabalhos inscritos para Apresentação Oral e não selecionados nesta modalidade, poderão ser convidados a realizar Apresentação em Pôster, após a seleção realizada pela Comissão Avaliadora. Informamos que os trabalhos não listados no presente documento não foram classificados para participação na II EXPOGEP, segundo avaliação e critérios estabelecidos no item 8.2 do referido edital. Diante do exposto segue abaixo a lista de trabalhos selecionados. EIXO - E-SAÚDE E INFORMAÇÃO TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO ORAL TÍTULO DO TRABALHO CONTRIBUIÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA AUDITORIA PARA EMISSÃO DE AUTORIZAÇÃO DE INTERNAÇÕES HOSPITALARES (AIH) NO MUNICÍPIO DE CURITIBA CPF (AUTOR) MODALIDADE 327.212.180-34 ORAL AS CONTRIBUIÇÕES DO PROJETO TERMINOLOGIA DA SAÚDE PARA A SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA 389.577.441-34 ORAL IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTO DE ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES DO PMAQ- 354.432.004-53 ORAL
  2. 2. AB NO DISTRITO SANITÁRIO II DO MUNICÍPIO DO RECIFE-PE A CONSTRUÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO EM SAÚDE 049.229.799-13 ORAL USO DA CIF NO SUS: A EXPERIÊNCIA DE BARUERI(SP) 282.647.238-02 ORAL INFORMAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO: O SISPRENATAL, COMO EXEMPLO 668.493.653-04 ORAL PROJETO DE INSERÇÃO DE DADOS DE FUNCIONALIDADE NO SISTEMA DE COLETA SIMPLIFICADA (CDS) DO E-SUS 115.798.498-30 ORAL O REGISTRO ELETRÔNICO EM SAÚDE EM MINAS GERAIS: RELATO DE CASO 014.604.316-26 ORAL O QUE DEVE SER OBSERVADO NUM SISTEMA DE SAÚDE? DESENVOLVIMENTO DE MATRIZ ANALÍTICA PARA ACOMPANHAMENTO DOS SISTEMAS DE SAÚDE DE PAÍSES IBEROAMERICANOS 183.963.050-72 ORAL SISTEMA HIPERDIA: ESTUDO LONGITUDINAL EM UM DISTRITO SANITÁRIO 047.021.554-23 ORAL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COMO ESTRATÉGIA PARA O FORTALECIMENTO E CONTROLE DAS AÇÕES DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA NO MUNICÍPIO DE SALVADOR-BA 016.646.845-22 ORAL A INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA O CONTROLE E PREVENÇÃO DA DENGUE EM SALVADOR-BA - DUPLICADO 534.365.805-97 ORAL O USO DO WEBLOG E DAS REDES SOCIAIS NA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA IMPARCIAL COMO FERRAMENTA PARA PROMOÇÃO DO USO CORRETO E SEGURO DE MEDICAMENTOS 082.896.166-27 ORAL DESAFIOS E SUPERAÇÕES NA IMPLANTAÇÃO DO ESUS-AB NO MUNICÍPIO DE OUVIDOR: RELATO DE EXPERIÊNCIA 884.617.771-15 ORAL O SISAUD COMO INSTRUMENTO DE QUALIFICAÇÃO DOS RELATÓRIOS DA AUDITORIA ASSISTENCIAL SUS RECIFE 431.165.584-34 ORAL 942.510.885-49 ORAL 012.174.395-01 ORAL 220.412.408-73 ORAL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COMO ESTRATÉGIA PARA O FORTALECIMENTO DA REGULAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE NA REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COMO ESTRATÉGIA PARA A OFERTA DE UM ATENDIMENTO HUMANIZADO À POPULAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE E MORTALIDADE FEMININA: UMA ANÁLISE NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA (PB DE 1988 A 2011)
  3. 3. O MÓDULO CARTÃO SUS É UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA FORTALECER O CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE (CNS) NO MUNICÍPIO DE SALVADOR-BA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DOS HOSPITAIS ENVOLVIDOS NA ASSISTÊNCIA ONCOLÓGICA AO PACIENTE INFANTO JUVENIL NO RIO DE JANEIRO RJ 020.524.335-54 ORAL 035.968.811-02 ORAL A EXPERIÊNCIA DA SALA DE SITUAÇÃO EM SAÚDE DE OLINDA:AUXILIANDO O FORTALECIMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL 041.502.664-41 ORAL SISTEMA DE APOIO ÀS CONFERÊNCIAS 305.189.891-00 ORAL A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA DE TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL NO FUNDO NACIONAL DE SAÚDE 586.997.672-34 ORAL INFORMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA E IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA HORUS 059.074.864-57 ORAL SISTEMA INSTRUMENTAL, GERENCIAL E ANALÍTICO PARA CONTROLE DO FLUXO DE REFERÊNCIAS NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE-CE 927.076.373-00 ORAL EIXO - E-SAÚDE E INFORMAÇÃO TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO EM POSTER TÍTULO DO TRABALHO CPF (AUTOR) MODALIDADE TELESSAÚDE BRASIL REDES: AURORA-CE CONECTADA NESSA IDEIA 822.454.873-20 PÔSTER PROJETO PILOTO E IMPLANTAÇÃO DO SISCAM EM SÃO BERNARDO DO CAMPO 293.228.538-67 PÔSTER IDSUS-ÍNDICE DE DESEMPENHO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE COMO FERRAMENTA DE AVALIAÇÃO DA SAÚDE PÚBLICA 053.961.834-97 PÔSTER SISTEMA DE INFORMAÇÕES DOS CONSELHOS GESTORES - INSTRUMENTO DE EFETIVAÇÃO DO CONTROLE SOCIAL 382.140.888-01 PÔSTER IMPACTO DA CAPACITAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO RASTREAMENTO DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO EM UBS 024.789.741-85 PÔSTER INCORPORANDO A TECNOLOGIA WEB NAS PRÁTICAS DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO A PARTIR DOS INSTRUMENTOS BÁSICOS DE PLANEJAMENTO DO SUS E DOS COMPROMISSOS ASSUMIDOS COM O COAP 485.535.149-00 PÔSTER
  4. 4. RELATO DE EXPERIÊNCIA NA IMPLANTAÇÃO DO MÓDULO SIOPS/2013 NO MUNICÍPIO DE BEBERIBE-PE 003.207.398-48 PÔSTER O ATENDESUS - SISTEMA DE GESTÃO DE ATENDIMENTO 694.167.291-91 PÔSTER EIXO – MOBILIZAÇÃO SOCIAL : DIREITO À SAÚDE E DIVERSIDADE TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO ORAL TÍTULO DO TRABALHO CONSULTÓRIO NA RUA: VIVENCIANDO UMA GESTÃO PARTICIPATIVA E SIGNIFICATIVA PARA O CUIDADO DE PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA. RELATO DE EXPERIÊNCIA DE AULA PRÁTICA DA DISCIPLINA SAÚDE COLETIVA SOBRE ATENDIMENTO EM UMA UNIDADE BÁSICA A HAITIANOS RESIDENTES EM MANAUS: APLICABILIDADE DA UNIVERSALIDADE GARANTIDA PELO SUS DIREITO À SAÚDE E DIVERSIDADE UNIVERSALIDADE MENOS EQUIDADE = DESIGUALDADE INSERÇÃO DAS RELIGIÕES DE MATRIZ AFRICANA NO GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO UM CUIDAR PARA QUEM CUIDA DAS PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA POPULAÇÃO DE RUA NO EMPODERAMENTO DO ACESSO À SAÚDE. A SAÚDE VAI AO CAMPO: DESAFIOS E AVANÇOS NO MUNICÍPIO DA CIDADE DE GO PROJETO SOMOS SAÚDE SAÚDE E DIVERSIDADE: ETNIA, GÊNERO E LIVRE EXPRESSÃO SOCIAL O PROCESSO DE GESTÃO E IMPLANTAÇÃO DE UM SERVIÇO RESIDENCIAL TERAPÊUTICO I SEMINÁRIO ESTADUAL DE SAÚDE INTEGRAL DA POPULAÇÃO LGBT NO CONTROLE SOCIAL CÂMARA TÉCNICA ESTADUAL DE SAÚDE LGBT ANÁLISE ESPACIAL E ESPAÇO TEMPORAL DA AIDS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO ENTRE 2001 E 2010 A IMPORTÂNCIA DO OLHAR RESILIENTE PARA A PESSOA EM SITUAÇÃO DE RUA CONSELHO LOCAL DE SAÚDE, EMPODERAMENTO, FORTALECIMENTO: A PARTICIPAÇÃO SOCIAL IMPLEMENTANDO O SUS QUE QUEREMOS DO DIREITO AO ACESSO AOS CUIDADOS PALIATIVOS AO DIREITO À MORTE DIGNA NA PAUTA DAS INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE: UM CANAL PARA ORGANIZAR E MELHORAR O SUS CPF (AUTOR) 725.577.293-53 MODALIDADE ORAL 948.919.662-20 ORAL 691.143.824-15 612.264.756-04 ORAL ORAL 509.221.900-97 ORAL 315.079.088-30 ORAL 125.111.498-93 ORAL 942.378.911-00 ORAL 111.205.078-71 524.176.709-68 ORAL ORAL 033.879.363-11 ORAL 129.393.898-02 ORAL 620.234.547-00 092.578.347-19 ORAL ORAL 125.111.498-93 ORAL 474.442.760-44 ORAL 090.276.974-00 ORAL 956.762.288-49 ORAL
  5. 5. A EXPERIÊNCIA DA CONSTRUÇÃO PARTICIPATIVA DE UM PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE II CURSO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA CONSELHOS LOCAIS DE SAÚDE E INSTITUIÇÕES PARCEIRAS DE GOIÂNIA ANÁLISE INSTITUCIONAL DOS CONSELHOS DE SAÚDE DE JOINVILLE - SC O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL NO CONTROLE SOCIAL EM DEFESA DO DIREITO À SAÚDE DOS MORADORES DA ZONA RURAL DE MG CONSTRUINDO UMA REDE DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL EM MG. O CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE, A EXPERIÊNCIA DOS COLEGIADOS REGIONAIS E O DIAGNÓSTICO PARA O FORTALECIMENTO DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE SAÚDE CONSTRUÇÃO E COTIDIANO NA GESTÃO PÚBLICA: A EXPERIÊNCIA DA GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA NO RJ GT/PID – PA COMO ESTRATÉGIA PARA O ACOMPANHAMENTO, MONITORAMENTO E FORTALECIMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE INCLUSÃO DIGITAL NO ÂMBITO DO ESTADO DO PA COMUNICAÇÃO, INFORMAÇÃO E CONTROLE SOCIAL NO SUS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA SOBRE O TEMA GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA NO SUS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DOS CONSELHOS DISTRITAIS E LOCAIS DE SAÚDE EM JOÃO PESSOA - PB REDE DE COMUNICAÇÃO DO CONTROLE SOCIAL: NÚCLEOS DE COMUNICAÇÃO DOS CONSELHOS DE SAÚDE PROJETO CONSELHO DE SAÚDE ITINERANTE: UM DESAFIO PARA O CONSELHO DE SAÚDE ARACATI - CE CONSELHO LOCAL DE SAÚDE DE ARAÇATUBA: UM ESPAÇO PARA TRANSFORMAÇÃO SOCIAIS NA ZONA RURAL CEARENSE CAPACITAÇÃO: FORTALECIMENTO DO CONTROLE SOCIAL POR MEIO DA INCLUSÃO DOS CONSELHEIROS DE SAÚDE DO ESTADO DO MS MOBILIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO NA POLÍTICA DE SAÚDE: O CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DE MATO GROSSO SUS: DIREITOS DOS USUÁRIOS E PARTICIPAÇÃO SOCIAL O DIÁLOGO COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO NO SUS DE DIAS D’ÁVILA, BA A INSERÇÃO E CONTRIBUIÇÃO DO SUS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DO GURUJI NA PARAÍBA. BUMBA-MEU-BOI NAS USF’S – CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA MELHORAR ADESÃO DAS GESTANTES AO PRÉ-NATAL CULTURA E SAÚDE NA ESCOLA POPULAR DE 089.072.734-13 ORAL 566.860.991-04 ORAL 347.265.718-93 ORAL 658.561.636-72 ORAL 048.991.366-09 ORAL 077.077.357-57 ORAL 247.853.772-91 ORAL 005.469.886-36 ORAL 055.426.894-93 ORAL 813.367.303-82 ORAL 426.654.933-49 ORAL 006.042.643-80 ORAL 592.388.521-20 ORAL 595.052.221-49 ORAL 040.457.073-95 ORAL 647.589.079-00 ORAL 800.051.103-78 ORAL 896.021.534-15 ORAL 759.995.367-15 ORAL
  6. 6. SAÚDE DO MORRO AZUL COMITÊ ESTADUAL DE EQUIDADE E EDUCAÇÃO POPULAR: AS TRILHAS EM SERGIPE ARTICULAÇÃO ENTRE SABER POPULAR E O SABER CIENTÍFICO: FORMAÇÃO DA TERAPIA COMUNITÁRIA NA RESIDÊNCIA INTEGRADA EM SAÚDE. EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO CONTEXTO DO BOLSA FAMÍLIA: RELATO DA CONSTRUÇÃO DE UM GRUPO DE ENCONTRO COMUNITÁRIO EM SAÚDE E PARTICIPAÇÃO POPULAR COMO AS PRÁTICAS POPULARES UTILIZADAS PELOS REZADORES INFLUENCIAM NO PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS) CORDEL: PARTICIPAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB PROJETO ALEGRIA PALHAÇO TERAPIA : PROJETO DE ENCONTRO E RISOS TERAPÊUTICOS 278.458.775-49 ORAL 713.445.947-00 ORAL 030.996.154-80 ORAL 018.927.233-36 ORAL 055.426.894-93 ORAL 490.438.620-53 ORAL EIXO – MOBILIZAÇÃO SOCIAL : DIREITO À SAÚDE E DIVERSIDADE TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO EM POSTER TÍTULO DO TRABALHO CONSTRUINDO AS BASES PARA A ATUAÇÃO EM REDE NOS TERRITÓRIOS: UM RELATO DA EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO DO PROGRAMA PRÓ-SAÚDE DA UNB A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA AS EQUIPES DE CONSULTÓRIO DE RUA DE SÃO PAULO FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS PARA A GESTÃO PARTICIPATIVA DA POLÍTICA DE SAÚDE DA POPULAÇÃO DO CAMPO E FLORESTA: A ESPECIFICIDADE DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA OBSERVATÓRIO EM SAÚDE, AMBIENTE E TRABALHO NA REFORMA AGRÁRIA-MST A EXPERIÊNCIA DE TRABALHO DO COMITÊ TÉCNICO DE SAÚDE INTEGRAL DA POPULAÇÃO LGBT DE PERNAMBUCO. REPENSANDO A SAÚDE DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA, VISÕES MULTIDISCIPLINAR DE PROFISSIONAIS, UMA NOVA PERSPECTIVA DE SAÚDE. FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS DO MOVIMENTO DE MULHERES CAMPONESAS-MMC- MULHER CAMPONESA, PROMOVENDO SAÚDE, PRODUZINDO ALIMENTOS SAUDÁVEIS. ESTRATÉGIAS DE AÇÃO PARA MINIMIZAR AS VULNERABILIDADES DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE DAS PESSOAS QUE VIVEM EM SITUAÇÃO DE RUA HORTO ECOLÓGICO: CULTIVANDO REDES EM SAÚDE NA ESF CPF (AUTOR) 691.205.011-53 MODALIDADE PÔSTER 315.079.088-30 PÔSTER 008.612.310-66 PÔSTER 620.863.401-68 PÔSTER 033.397.104-30 PÔSTER 033.706.971-90 PÔSTER 620.863.401-68 PÔSTER 029.632.744-16 PÔSTER 326.208.428-08 PÔSTER
  7. 7. PROMOÇÃO DA EQUIDADE EM SAÚDE NO ESTADO DO RN: UMA POLÍTICA E UM DESAFIO PARA A GESTÃO IMPLEMENTAÇÃO DO COMITÊ TÉCNICO DE SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA NO DISTRITO FEDERAL POPULAÇÃO DE RUA NO EMPODERAMENTO DO ACESSO À SAÚDE DESENVOLVIMENTO DO CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EM UMA INSTITUIÇÃO 100% SUS O DIREITO À SAÚDE, PLANEJAMENTO FAMILIAR E REPRODUÇÃO HUMANA ASSISTIDA – UM DEBATE NECESSÁRIO PRÁTICAS INTEGRAIS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E NUTRIÇÃO NA ATENÇÃO BÁSICA: REFLEXÃO SOBRE OS NOVOS CAMINHOS DE UM PROJETO DE EXTENSÃO E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO POPULAR E AUTONOMIA DOS SUJEITOS REFLEXÕES SOBRE A JUDICIALIZAÇÃO COMO INSTRUMENTO PARA A GARANTIA DO ACESSO E EFETIVAÇÃO DO DIREITO À SAÚDE POLÍTICA DO PARTICIPASUS: RELATO DE SUA IMPLANTAÇÃO NO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DO GUARAR TERAPIA COMUNITÁRIA COMO ESTRATÉGIA DE SAÚDE MENTAL NO PSE NA DIMINUIÇÃO DA VIOLÊNCIA ESCOLAR ANÁLISE DA INCLUSÃO DIGITAL DOS CONSELHOS DE SAÚDE NA BAHIA CONSELHO DE SAÚDE: VIVÊNCIA DE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM OS AVANÇOS DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MACAÚ RESISTÊNCIA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL INDÍGENA FRENTE AOS CONFLITOS SÓCIO-AMBIENTAIS CONTROLE SOCIAL NO ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE DO JABOATÃO DOS GUARARAPES - PE A PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE NA GESTÃO PARTICIPATIVA E CONTROLE SOCIAL CUIDADOS PALIATIVOS: UM DIREITO À MORTE DIGNA ORGANIZAÇÃO DO MODELO DE GESTÃO ATRAVÉS DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A MULTIDISCIPLINARIDADE COMO FACILITADORA DE ATIVIDADES EDUCATIVAS EM UM GRUPO DE IDOSOS O ORÇAMENTO PARTICIPATIVO COM EXPERIÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO E AS DEMANDAS PARA AS POLÍTICAS DE SAÚDE EM JOÃO PESSOA PB A POLÍTICA DE SAÚDE COMO PARTICIPE DO SISTEMA DE SEGURIDADE SOCIAL BRASILEIRO: DIREITOS E DESAFIOS A PARTICIPAÇÃO DA REDE NO ATENDIMENTO ÀS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SOCIAL 029.632.744-16 PÔSTER 553.939.00-163 PÔSTER 125.111.498-93 PÔSTER 491.634.420-00 PÔSTER 009.924.854-95 PÔSTER 030.996.154-80 PÔSTER 584.880.654-34 PÔSTER 049.492.554-01 PÔSTER 886.781.215-72 PÔSTER 163.585.035-53 PÔSTER 093.459.864-99 PÔSTER 049.884.464-17 PÔSTER 221.806.130-91 PÔSTER 052.898.584-15 PÔSTER 590.410.566-53 PÔSTER 094.629.004-00 PÔSTER 055.447.904-42 PÔSTER 030.996.154-80 PÔSTER 095.582.444-30 PÔSTER 028.644.333-38 PÔSTER 216.293.838-30 PÔSTER
  8. 8. RELATO DE EXPERIÊNCIAS DA TERAPIA COMUNITÁRIA APRENDER FALANDO NO PROCESSO DE SAÚDE MENTAL EM IDOSOS PROJETO “COMUNIDADE EM MOVIMENTO. “PERCEPÇÃO DOS PARTICIPANTES DA USF DO BAIRRO RESIDENCIAL COXIPÓ – CUIABÁ - MT CUIDANDO PARA AUTONOMIA PARTICIPATIVA ASPECTOS GERAIS DA EUTANÁSIA E ORTOTANÁSIA O CONHECIMENTO DOS REPRESENTANTES DO CONTROLE SOCIAL DO AMAZONAS QUANTO AO SIOPS ENCONTROS DE ESTUDOS E CONHECIMENTOS DO OBSERVATÓRIO DE CUSTOS EM SAÚDE DA SECRETARIA DO ESTADO DE MG COMO EXPERIÊNCIA INOVADORA DE SUCESSO DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA A EPIDEMIOLOGIA COMO CRITÉRIO OBJETIVO DO CONTROLE JURISDICIONAL DAS ESCOLHAS ADMINISTRATIVAS NA SAÚDE PÚBLICA BLITZ DA PREVENÇÃO CAPACITAÇÃO DOS CONSELHEIROS DE SAÚDE: O DESENHO DO TERRITÓRIO ENVOLVENDO TODA A COMUNIDADE DO DIREITO AO ACESSO AOS CUIDADOS PALIATIVOS AO DIREITO À MORTE DIGNA NA PAUTA DAS INSTÂNCIAS DO CONTROLE SOCIAL PROJETO SOMOS SAÚDE PROJETO UNINDO FORÇAS EM BOQUIM O CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BORBA E SUA RELAÇÃO COM OS CONSELHOS LOCAIS PARTICIPAÇÃO POPULAR EM SAÚDE COMO INSTRUMENTO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL EM ESCOLARES: REFLEXÕES COM BASE EM UMA EXPERIÊNCIA DE EXTENSÃO A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE SOCIAL NOS CONSELHOS DE SAÚDE EM FORTALEZA GESTÃO PARTICIPATIVA PROPOSTA DE INTRODUÇÃO EM UMA COLÔNIA DE HANSENÍASE A EFETIVAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO POPULAR E O CONTROLE SOCIAL COMO DIRETRIZ DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE – SUS. DIAGNÓSTICO E ANÁLISE SITUACIONAL DOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DA 3ª REGIÃO DE SAÚDE DO CE MARACANAÚ INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO POPULAR: UM CAMINHO A CONSTRUIR NOS SERVIÇOS DE SAÚDE E ESCOLA AS EXPERIÊNCIAS DAS OFICINAS DE FORMAÇÃO PARA CONSELHEIROS DE SAÚDE MUNICÍPIO DE BETIM – MG, PELO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO – PET. OBSERVATÓRIO DO CONTROLE SOCIAL DO SUS BETIM. CURSO DE EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA, TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL NO SUS: CAPACITAÇÃO DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE SAÚDE E MOBILIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS DO CONTROLE SOCIAL 651.473.675-00 PÔSTER 033.991.041-03 PÔSTER 023.386.214-50 076.812.984-28 PÔSTER PÔSTER 669.873.932-49 PÔSTER 426.513.366-53 PÔSTER 400.305.635-34 PÔSTER 989.706.665-91 703.828.247-68 PÔSTER PÔSTER 090.276.974-00 PÔSTER 111.205.078-71 819.865.995-15 888.800.012-72 PÔSTER PÔSTER PÔSTER 031.272.115-38 PÔSTER 472.072.303-97 PÔSTER 968.460.467-04 PÔSTER 409.966.463-53 PÔSTER 037.117.341-89 PÔSTER 741.944.456-00 PÔSTER 772.242.050-87 PÔSTER
  9. 9. CONTROLE SOCIAL NO SUS: CONTRIBUIÇÕES PARA EFETIVAÇÃO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO SISTEMA DE SAÚDE CONSELHOS DE SAÚDE EM BUSCA DA PARIDADE PARA CONQUISTA DE SUA LEGITIMIDADE PLENÁRIAS DA SAÚDE PARTICIPATIVA DE GUARULHOS A REDE DE USUÁRIOS DO SUS E CONTROLE SOCIAL ESTRADEIRO DO SUS – SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: MUITO PRAZER A MOBILIZAÇÃO SOCIAL COMO FERRAMENTA DE FORTALECIMENTO DOS CONSELHOS LOCAIS DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE SOBRAL - CE ESTRATÉGIAS PARA AMPLIAÇÃO DO CUIDADO AO USUÁRIO EM SOFRIMENTO PSÍQUICO NA ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE VIÇOSA DO CEARÁ ESTAÇÃO SAÚDE: UMA PROPOSTA DE SAÚDE NO AR ATUAÇÃO E PERCEPÇÃO DE REPRESENTANTES DOS USUÁRIOS DO SUS NO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE NO RIO DE JANEIRO – (CES/RJ) MAMÃE PINTA E BORDA: INCLUINDO COM ARTE GESTÃO PARTICIPATIVA NO COLEGIADO DE GESTÃO NAS UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DA ÁREA DE PLANEJAMENTO 5.3 DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE E MOBILIZAÇÃO SOCIAL PARA PREVENÇÃO E CONTROLE DA DENGUE EM PORTO SEGURO- BA EDUCAÇÃO POPULAR, SAÚDE E PARTICIPAÇÃO POPULAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE PROJETO DE INTERVENÇÃO DE ESTUDANTES DE MEDICINA EM UMA COMUNIDADE RODA DE CONVERSA COM OS ADOLESCENTES SEMEANDO SAÚDE CORUJÃO DAS DEZESSEIS OFICINA EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE MENTAL PARA POPULAÇÕES ASSENTADAS E ACAMPADAS EM PROJETOS DE REFORMA AGRÁRIA DE MG: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA BLOG DO NCC AUTOMASSAGEM ALIVIA AS DORES TAI CHI BEING TAO, PRÁTICAS INTEGRATIVAS CORPORAIS DE AUTO CUIDADO, NA PRAÇA DA HARMONIA UNIVERSAL E NOS POSTOS DE SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL ADOLESCENTES E SUAS ESCOLHAS PROFISSIONAIS: PROGRAMA SAÚDE DO ADOLESCENTE (PROSAD) NATAL-RN A TERAPIA COMUNITÁRIA NO SUS: UMA EXPERIÊNCIA EXITOSA NA INTERMEDIAÇÃO DE CONFLITOS E NO PROCESSO DE GESTÃO VIVENCIANDO O SUS NO VALE DO SÃO FRANSCISCO: IMPORTÂNCIA DO PROTAGONISMO ESTUDANTIL E DA MILITÂNCIA NA CONSTRUÇÃO DAS POLÍTICAS DE SAÚDE 504.302.544-15 PÔSTER 772.242.050-87 PÔSTER 057.826.138-31 PÔSTER 297.553.364-00 PÔSTER 982.136.831-53 PÔSTER 623.869.053-49 PÔSTER 014.438.973-88 PÔSTER 645.576.346-72 PÔSTER 732.137.051-87 PÔSTER 509.221.900-97 018.166.847-59 PÔSTER PÔSTER 659.582.335-72 PÔSTER 249.756.928-21 PÔSTER 714.883.756-15 022.020.637-65 018.129.673-06 095.005.627-82 PÔSTER PÔSTER PÔSTER PÔSTER 051.746.567-12 280.093.121-34 866.199.508-68 PÔSTER PÔSTER PÔSTER 056.609.044-91 PÔSTER 973.381.685-04 PÔSTER 036.819.865-09 PÔSTER
  10. 10. AÇÃO DA ALOE VERA (BABOSA) NO PROCESSO INFLAMATÓRIO: ESTUDO BIBLIOGRÁFICO EDUCAÇÃO POPULAR E CONTROLE SOCIAL NA ESF: ESTUDO SOBRE ALCANCES E LIMITES COM BASE EM UMA EXPERIÊNCIA DE CONSELHO LOCAL DE SAÚDE PROJETO PRIMEIROS SOCORROS NA ESCOLA 635.980.003-91 PÔSTER 076.032.874-99 PÔSTER 936.667.485-20 PÔSTER EIXO – GOVERNANÇA E REGIONALIZAÇÃO EM SAÚDE TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO ORAL TÍTULO DO TRABALHO ESTRATÉGIA DE FORTALECIMENTO DA GESTÃO REGIONALIZADA EM SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EM PERNAMBUCO. RESPONSABILIDADES DE GESTÃO: ANÁLISE DO PACTO PELA SAÚDE DE PERNAMBUCO COMISSÕES INTERGESTORES REGIONAL: PROCESSO DE ESTRUTURAÇÃO E ORGANIZAÇÃO À LUZ DO DECRETO 7.508/11 NO ESTADO DO TOCANTINS, NO PERÍODO DE 2012 A 2013. SOCIALIZAÇÃO DAS EXPERIÊNCIAS BEM SUCEDIDAS POR MEIO DAS COMISSÕES INTERGESTORES REGIONAIS NO TOCANTINS EM 2013. GOVERNANÇA E GESTÃO NO CGR. GESTÃO E REGIONALIZAÇÃO DA DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE MAMA: AVANÇOS E DESAFIOS NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE DO CEARÁ. AÇÃO CONJUNTA SES/COSEMS-MG PARA IMPLANTAÇÃO DO “FACILITADOR MUNICIPAL PARA IMPLEMENTAÇÃO DE PROTOCOLOS CLÍNICOS” À LUZ DA IMPLANTAÇÃO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA NO ESTADO DE MINAS GERAIS. A ATENÇÃO PSICOSSOCIAL EM RORAIMA: SABERES E PRÁTICAS PARA AMPLIAÇÃO DO ACESSO E CONSOLIDAÇÃO DAS REDES O PROCESSO DE REGIONALIZAÇÃO DOS EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO NOS ANOS DE 2008 E 2012. PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO RELATÓRIO QUADRIMESTRAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO. PRÁTICAS INTEGRADAS: A EXPERIÊNCIA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DO MONITORAMENTO DA GESTÃO EM UMA REGIÃO DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO. INOVAÇÃO DA GESTÃO REGIONAL DO SUS: O PROCESSO DE REESTRUTURAÇÃO DOS NÚCLEOS DE GESTÃO REGIONAIS E A CONSTRUÇÃO DOS PLANOS DE FORTALECIMENTO. CPF (AUTOR) 194.262.848-00 MODALIDADE ORAL 038.907.154-43 ORAL 299.794.201-20 ORAL 960.414.121-04 ORAL 420.162.151-00 847.433.283-49 ORAL ORAL 477.676.425-34 ORAL 024.187.944-23 ORAL 064.132.034-55 ORAL 670.428.724-87 ORAL 034.908.134-48 ORAL 063.952.866-09 ORAL
  11. 11. O RELATÓRIO ANUAL DE GESTÃO (RAG) E A SUA RELAÇÃO COM OS PLANOS DE SAÚDE: ANÁLISE DE UMA REGIÃO DE SAÚDE. PROCESSO DE UNIFICAÇÃO DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA GESTÃO EM SAÚDE NO TOCANTINS EXPERIÊNCIA DO TOCANTINS NA COMPATIBILIZAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE SAÚDE 2012/2015 (PES 2012/2015) COM O PLANO PLURIANUAL (PPA 2012/2015). METODOLOGIA DE CONSTRUÇÃO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA DE SAÚDE (COAP) EM PERNAMBUCO- PE, NO PERÍODO DE 2012 A 2013: FORTALECENDO O PLANEJAMENTO INTEGRADO REGIONAL. PLANO ESTRATÉGICO DA SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL. PROGRAMAÇÃO GERAL DE AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE (PGASS): EXPERIÊNCIA DE CONSTRUÇÃO COLETIVA NO ESTADO DE PERNAMBUCO. POLICLÍNICA DE ARACATI: NOVO CONCEITO DE SERVIÇOS NO SUS COM A FORMAÇÃO DE REDES NOS CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE SAÚDE DO CEARÁ. INOVAÇÕES NO PROCESSO DE ACOMPANHAMENTO DOS RECURSOS TRANSFERIDOS FUNDO A FUNDO NO ÂMBITO DO SUS EM MINAS GERAIS: TRANSPARÊNCIA E ACCOUNTABILITY ATRAVÉS DO SISTEMA GEICOM. CONTRATUALIZAÇÃO DE RESULTADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. REGIONALIZAÇÃO E CONTRATO ORGANIZATIVO DA AÇÃO PÚBLICA DE SAÚDE – O QUE VEM AVANÇANDO NA REGIÃO DE BATURITÉ/CE. PACTUAÇÃO DE INDICADORES DE TRANSIÇÃO PACTO PELA SAÚDE E COAP NO ESPAÇO DAS CIR, NO ESTADO DO TOCANTINS, NO ANO DE 2012. PROCESSO DE QUALIFICAÇÃO DE APOIO TÉCNICO AO PLANEJAMENTO MUNICIPAL PARA IMPLEMENTAÇÃO DO COAP NO ESTADO DO PARÁ. AS OFICINAS DE PLANEJAMENTO E MONITORAMENTO: A CONSOLIDAÇÃO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE OLINDA. CURSO: DE REPENTE...GESTOR! EMPODERAMENTO COMO PRÁTICA EDUCATIVA: VIVENCIANDO POTÊNCIAS DE PROTAGONISMO SOCIAL NO MESTRADO PROFISSIONAL. DESAFIOS DA GESTÃO ARTICULAÇÃO .DA EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE A EXPERIÊNCIA DA SALA DE SITUAÇÃO EM SAÚDE DE OLINDA: AUXILIANDO O FORTALECIMENTO DA GESTÃO MUNICIPAL. SENSIBILIZAÇÃO DE GESTORES EM CONTROLE SOCIAL PARA IMPLEMENTAÇÃO PNPST-SUS NA REGIÃO DE SAÚDE DO CEREST REGISTRO/SP. 713.835.304-91 ORAL 928.629.771-87 ORAL 989.914.267-00 ORAL 349.985.194-68 ORAL 666.351.791-00 ORAL 349.985.194-68 ORAL 544.572.203-10 ORAL 048.991.366-09 ORAL 014.229.646-55 ORAL 104.639.683-87 ORAL 400.536.361-04 ORAL 116.328.792-04 ORAL 047.203.154-61 ORAL 079.505.816-03 061.024.159-14 ORAL ORAL 432.768.909-25 ORAL 041.502.664-41 ORAL 433.973.449-72 ORAL
  12. 12. MECANISMOS DE FINANCIAMENTO E MODALIDADES DE GESTÃO PARA OFERTA DE SERVIÇOS DE SAÚDE EM REGIÃO DE SAÚDE: SUBFINANCIAMENTO PÚBLICO E CENTRALIDADE NO PROCEDIMENTO MÉDICO COM RESTRIÇÃO NA OFERTA PÚBLICA DE VAGAS. A ANÁLISE QUALITATIVA DOS INSTRUMENTOS DE GESTÃO DO SUS DOS MUNICÍPIOS TOCANTINENSES. (DES)MOBILIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO POPULAR NA POLÍTICA DE SAÚDE: O CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE DO ESTADO DE MATO GROSSO. 687.588.555-72 ORAL 642.746.911-87 ORAL 595.052.221-49 ORAL EIXO – GOVERNANÇA E REGIONALIZAÇÃO EM SAÚDE TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO PÔSTER TÍTULO DO TRABALHO IMPLANTAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL NA REGIÃO DE SAÚDE DE SOBRAL/CE: TECENDO CONCEITOS, CUIDADO E SOLIDARIEDADE EM SAÚDE MENTAL. FORMAÇÃO DE GESTORES E O PROCESSO DE REGIONALIZAÇÃO, UMA EXPERIÊNCIA NO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NA GESTÃO REGIONALIZADA DO SUS NO AMAZONAS. IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA: UMA PROPOSTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA DO DEPARTAMENTO DE AÇÕES DE SAÚDE DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO RIO GRANDE DO SUL. IMPLANTAÇÃO DOS COLEGIADOS GESTORES NAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JUATUBA/MG COMO ESTRATÉGIA DE REDEMOCRATIZAÇÃO DA GESTÃO. IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO DO CORPO CLÍNICO COMO MELHORIA DA GOVERNANÇA INSTITUCIONAL: EXPERIÊNCIA DO AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES (AME) DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. COLEGIADO DE GESTÃO REGIONAL DO TOCANTINS – UMA DESCRIÇÃO HISTÓRICA, À LUZ DO PACTO PELA SAÚDE, 2007/2011. O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO PLANEJAMENTO EM UMA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE CURITIBA. CPF (AUTOR) 525.473.883-91 MODALIDADE PÔSTER 456.600.182-20 PÔSTER 254.752.660-34 PÔSTER 005.962.296-23 PÔSTER 696.926.966-34 PÔSTER 400.536.610-04 PÔSTER 003.073.773-77 PÔSTER A PACTUAÇÃO DAS METAS E INDICADORES 2013/2015 NO ESTADO DA BAHIA. 794.977.995-00 PÔSTER O CENÁRIO DO PLANEJAMENTO NA SECRETARIA DE ESTADO E SAÚDE PÚBLICA – SESPA/PA 20122015 437.537.600-72 PÔSTER
  13. 13. PLANEJAMENTO INTRASETORIAL NA MELHORA E QUALIDADE DA GESTÃO DO SUS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NA CENTRAL DE REGULAÇÃO DO SUS NO MUNICÍPIO DE TIANGUÁ/CE. ELABORAÇÃO PARTICIPATIVA DO PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JARAGUÁ DO SUL/ SC. IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO SETOR DE PLANEJAMENTO EM SAÚDE – SÃO BENEDITO/CE . REGIONALIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DOS GUARARAPES/PE A REGIONALIZAÇÃO DA SAÚDE NO ESTADO DO TOCANTINS: UMA DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO NO PERÍODO DE 1988 A 2012. PLANEJAMENTO REGIONAL - A EXPERIÊNCIA DE TOCANTINS DE UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA. RESPONSABILIDADES DE GESTÃO: ANÁLISE DO PACTO PELA SAÚDE NO ESTADO DE PERNAMBUCO. ANÁLISE DAS PRINCIPAIS POTENCIALIDADES DE ATUAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE GOIANINHA/RN EM RELAÇÃO AO CONTROLE SOCIAL NA GESTÃO DA POLÍTICA PÚBLICA DE SAÚDE LOCAL. ESTRATÉGIAS DE REGIONALIZAÇÃO PARA GARANTIA DOS CUIDADOS COORDENADOS PELA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: O CASO DE UMA COMISSÃO INTERGESTORES REGIONAIS DO ESTADO DA BAHIA. LINHAS DE CUIDADO DE ALTA RESOLUBILIDADE E A SEGURANÇA DE PACIENTES. 220.191.973-91 PÔSTER 920.372.839-20 PÔSTER 783.484.393-15 PÔSTER 049.492.554-01 PÔSTER 989.914.267-00 PÔSTER 400.536.361-04 PÔSTER 038.907.154-43 PÔSTER 055.637.584-00 PÔSTER 032.321.966-75 PÔSTER 040.884.378-02 PÔSTER EIXO – TRANSPARÊNCIA E CONTROLE NA GESTÃO PÚBLICA TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO ORAL TÍTULO DO TRABALHO FORTALECIMENTO DA AUDITORIA NO SUS: INSTRUMENTO DE APOIO A GESTÃO DO SUS, EQUIDADE, PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADANIA DEVOLUÇÃO DE RECURSOS EM AUDITORIA DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS. PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE AUDITORIA ASSISTENCIAL: A ESTRATÉGIA DE MINAS GERAIS. AUDITORIA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO SUS: UMA ANÁLISE DO CUMPRIMENTO DO ARTIGO 4º DA LEI 8.142/90 NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. AUDITORIA CÍVICA NA SAÚDE. A CONSOLIDAÇÃO DA LINHA DE CUIDADO DA TERAPIA RENAL SUBSTITUTIVA, BASEADA NO PROCESSO DE TRABALHO DA AUDITORIA. RELATO DE EXPERIÊNCIA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE CURITIBA. OS CUSTOS E INVESTIMENTOS NOS SERVIÇOS DE AUDITORIA NO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE AUDITORIA EM SAÚDE NO PARÁ: UM DESAFIO PARA A GESTÃO PÚBLICA. CPF (AUTOR) 222.557.610-68 MODALIDADE ORAL 561.601.788-49 ORAL 077.046.476-95 ORAL 470.151.529-91 ORAL 179.173.601-72 491.083.799-04 ORAL ORAL 227.488.492-72 ORAL
  14. 14. CONSTRUÇÃO DE UMA FERRAMENTA PARA SISTEMATIZAÇÃO E RACIONALIZAÇÃO DO PROCESSO DE AUDITORIA NO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL – PFPB: UMA EXPERIÊNCIA INOVADORA PROCESSO DE AUDITORIA DO SUS COMO FERRAMENTA PARA O MONITORAMENTO, AVALIAÇÃO E CONTROLE DA GESTÃO EM ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA BÁSICA EM MUNICÍPIOS AUDITADOS PELO DENASUS NO ESTADO DO PARÁ EM 2013. O SISAUD COMO INSTRUMENTO DE QUALIFICAÇÃO DOS RELATÓRIOS DA AUDITORIA ASSISTÊNCIA SUS RECIFE. ANÁLISE DOS RELATÓRIOS DE GESTÃO DOS MUNICÍPIOS DO TOCANTINS – EXERCÍCIO DE 2011: ÊNFASE NA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DAS AÇÕES ANUAIS. CONTROLE INTERNO REALIZADO NA GESTÃO DA HANSENÍASE PELO DENASUS EM 32 MUNICÍPIOS BRASILEIROS. AUDITORIA EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE – CE. A IMPORTÂNCIA DAS AÇÕES DE AUDITORIA NO FORTALECIMENTO DA GESTÃO DO SUS RECIFE- PE. AUDITORIA DA QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA AO PARTO E NASCIMENTO EM MATERNIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: A PERCEPÇÃO DAS MÃES A FORÇA TAREFA NOS LABORATÓRIOS DE CITOPATOLOGIA DO SUS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: ARTICULAÇÃO COM A GESTÃO ESTADUAL E IMPACTO NA REESTRUTURAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA OFERTA DOS EXAMES CITOPATOLÓGICOS NO ESTADO. AUDITORIA SUS/BA: INSTRUMENTO ESTRATÉGICO DE GESTÃO A SERVIÇO DA SOCIEDADE. COOPERAÇÃO INTERFEDERATIVA: UMA FERRAMENTA IMPORTANTE PARA O FORTALECIMENTO DO SNA – COMPONENTE MUNICIPAL NOS MUNICÍPIOS DA 13ª CRES/TIANGUÁ-CE FORTALECIMENTO DOS COMPONENTES MUNICIPAIS DE AUDITORIA: UMA EXPERIÊNCIA NO ESTADO DO CEARÁ ESPAÇO INTERFEDERATIVO DE CONSTRUÇÃO COLETIVA DE NOVAS PRÁTICAS DE AUDITORIA DO SUS NO CEARÁ O FORTALECIMENTO DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA (SNA): CONTRIBUIÇÃO DO COMPONENTE ESTADUAL DE AUDITORIA DO ESTADO DE PERNAMBUCO 806.993.327-53 ORAL 756.282.872-53 ORAL 508.096.794-34 ORAL 027.692.336-70 ORAL 347.443.217-15 ORAL 006.984.323-63 ORAL 975.845.334-34 ORAL 550.438.877-53 ORAL 293.027.304-68 ORAL 543.205.245-49 ORAL 726.378.203-06 ORAL 153.611.013-20 ORAL 057.417.343-91 ORAL 773.389.014-49 ORAL
  15. 15. EIXO – TRANSPARÊNCIA E CONTROLE NA GESTÃO PÚBLICA TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO PÔSTER TÍTULO DO TRABALHO AVALIAÇÃO DO PLANO DE METAS HOSPITALARES. BASE NORMATIVA DA AUDITORIA DE ASSISTÊNCIA NO SUS. ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS TRABALHADORES PARA O CONSELHO CURADOR – FESF. PAPEL, CANETA E CIDADANIA PROJETO ADOTE UM PARLAMENTAR RELATO DE EXPERIÊNCIA NA IMPLANTAÇÃO DO MÓDULO SIOPS/2013 NO MUNICÍPIO DE BEBERIBE/CE AUDITORIA COMO PRÁTICA DE APOIO A GESTÃO – AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO DIAUD-RJ NO ACOMPANHAMENTO DO PROJETO ATUALIZAÇÃO DA LISTA DE PACIENTES EM ESPERA PARA REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTO CIRÚRGICO DO INSTITUTO NACIONAL DE TRAUMATOLOGIA E ORTOPEDIA JAMIL HADDAD (INTO) AUDITORIA INTERNA SUS: ESTRATÉGIA DE GESTÃO EFICAZ NO CONTROLE E TRANSPARÊNCIA DO FATURAMENTO E PROCESSOS EM HOSPITAL DA REDE PÚBLICA PROCESSO DE CONSTRUÇÃO COLETIVA DO PROTOCOLO DE AUDITORIA NO COAP – CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA DA SAÚDE AUDITORES PARA O SUS: O CAMINHO NA BUSCA DA GOVERNANÇA E GARANTIA DA REGIONALIZAÇÃO EM SAÚDE O TRABALHO DO ASSISTENTE SOCIAL NAS AUDITORIAS PÚBLICAS DE SAÚDE A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO AUDITOR NO MONITORAMENTO DA REDE DE ALTA COMPLEXIDADE EM SANTA CATARINA AUDITORIA DO SUS NA AÇÃO MAMÓGRAFO: UMA AVALIAÇÃO MÓDULO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL DA CIDADE DO RECIFE – AUDITORIA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA MÓVEL DE URGÊNCIA: ANÁLISE DOS RELATÓRIOS DE AUDITORIA UM ESTUDO SOBRE A AUDITORIA OPERACIONAL COMO FERRAMENTA DE GESTÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: O CASO DA SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO NA ÁREA DE NEFROLOGIA AÇÕES DE CONTROLE NAS MARCAS DE GOVERNO PELO SEAUD/CE: FORTALECENDO A EFETIVAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE ATIVIDADE DE CONTROLE DOS HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS NO ÂMBITO DO SUS COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO: UM EXEMPLO DE AÇÃO NACIONAL CPF (AUTOR) 717.989.270-04 401.666.434-91 MODALIDADE PÔSTER PÔSTER 014.166.225-51 PÔSTER 025.892.796-80 221.148.581-20 003.207.398-48 PÔSTER PÔSTER PÔSTER 458.145.977-04 PÔSTER 012.464.655-74 PÔSTER 058.455.133-91 PÔSTER 703.764.338-68 PÔSTER 026.903.614-85 PÔSTER 028.216.389-14 PÔSTER 095.399.215-20 PÔSTER 045.712.584-53 PÔSTER 163.489.585-15 PÔSTER 353.832.084-53 PÔSTER 136.563.333-00 PÔSTER 598.374.387-20 PÔSTER
  16. 16. AVALIAÇÃO DOS HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS NO CEARÁ: ESTRATÉGIA DE CONTROLE INTERNO PARA DECISÃO DA GESTÃO O DENASUS NO CONTROLE INTERNO DOS LABORATÓRIOS DE CITOPATOLOGIA NO ÂMBITO DO SUS, BRASIL, 2011 E A EFETIVIDADE DESTA AÇÃO AUDITORIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE COMO INSTRUMENTO ESTRATÉGICO NO PROCESSO DE GESTÃO NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE ANÁLISE E MELHORIA DO PROCESSO ESCALA DE SERVIÇO DA SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO DF UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO COMPONENTE MUNICIPAL DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA: UMA FERRAMENTA DE GESTÃO E MONITORAMENTO AUDITORIAS VIA SISAUD/SUS NO COMPONENTE ESTADUAL DE PERNAMBUCO DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA REQUISITOS PARA ESTRUTURAR COMPONENTES DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA - SNA O PAPEL DO SNA PARA A PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA INSTITUCIONAL DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DA COORDENAÇÃO TÉCNICA DE AUDITORIA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANTO ANTÔNIO DE JESUS (BA) PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO DO SNA – COMPONENTE MUNICIPAL EM UBAJARA – CE EXPERIÊNCIA BEM SUCEDIDA COM A IMPLANTAÇÃO DA AUDITORIA NO MUNICÍPIO DE CAUCAIA – CE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 218.073.964-87 PÔSTER 199.650.871-72 PÔSTER 045.445.012-53 PÔSTER 185.754.041-72 PÔSTER 739.365.613-20 PÔSTER 463.323.834-53 PÔSTER 350.832.715-91 PÔSTER 930.269.865-34 PÔSTER 992.621.343-04 PÔSTER 464.158.073-15 PÔSTER EIXO – ESCUTA E PARTICIPAÇÃO TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO ORAL TÍTULO DO TRABALHO O DIÁLOGO COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO NO SUS DE D’ÁVILA,BAHIA OUVIDORIA COMO MECANISMO DE DIÁLOGO ENTRE A POPULAÇÃO E A GESTÃO: ANALISANDO A CONSTRUÇÃO DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NO SUS EM SÃO DOMINGOS DO PRATA/MG. COMUNICAÇÃO EM SAÚDE: EXPERIÊNCIAS DA RÁDIO WEB SAÚDE COM JOVENS LATINOAMERICANOS OUVIDORIA SESPA: UM DIÁLOGO ABERTO COM O GRUPO DE MULHERES “ MÃE PRETA”. AS CONTRIBUIÇÕES DA INTEGRAÇÃO E DO CONVÍVIO SOCIAL PARA A SAÚDE DO IDOSO: PESQUISA AÇÃO COM IDOSAS NO CENTRO DE ORIIENTAÇÃO SÓCIO EDUCATIIVA (COSE) CPF (AUTOR) 647.589.079-00 MODALIDADE ORAL 024.850.056-21 ORAL 019.736.291-51 ORAL 603.595.362-04 ORAL 037.954.761-94 ORAL
  17. 17. A PESQUISA DE SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS SUS EM HORTOLÂNDIA ; O FORTALECIMENTO DA PARTICIPAÇÃO POPULAR. OUVIDORIA : AVALIANDO O ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE A OUVIDORIA EM SAÚDE CONSTRUINDO CAMINHOS RUMO À GESTÃO PARA A CIDADANIA: PROCESSO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO, PERFIL E DEMANDAS DOS CIDADÃOS MINEIROS OUVIDORIA DO SUS NA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE EE FORTALEZA: UMA EXPERIÊNCIA PIONEIRA E APAIXONANTE. SERVIÇO ALÔ CAXIAS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COMO ESTRATÉGIAS PARA A OFERTA DE UM ATENDIMENTO HUMANIZADO À POPULAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) OUVIDORIA DO SUS: PARTICIPAÇÃO DE CIDADÃOS RESIDENTES EM MUNICÍPIOS DE PEQUENO PORE DO ESTADO DE GOIÁS NA OUVIDORIA DO SUS NO ANO DE 2013. ACOLHENDO A POPULAÇÃO PARA MOLHORIA DO ACESSO E QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA A SAÚDE VIVÊNCIAS NA REALIDADE DO SUS A EVOLUÇÃO DA OUVIDORIA DO SUS EM SÃO BERNARDO DO CAMPO O INSTITUTO DA OUVIDORIA PARA O FORTALECIMENTO DA CIDADANIA E DO DIREITO À SAÚDE: INSTITUCIONALIZAÇÃO, ESTRATÉGIAS PARA SUPERAÇÃO DE OBSTÁCULOS E DESAFIOS E CAMINHOS FUTUROS. O FORTALECIMENTO DAS OUVIDORIAS DO SUS DO CEARÁ COM OS CONTRATOS ORGANIZATIVOS DE AÇÃO PÚBLICA – COAP’S 2012/2013. O PAPEL DA OUVIDORIA: UM ESPEÇO DINÂMICO E DEMOCRÁTICO: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM OUVIDORSUS PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DE OUVIDORIA DO SUS: INCENTIVANDO A PARTICIPAÇÃO POPULAR NO MUNICÍPIO DE SÃO FÉLIX-BAHIA. AMPLIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA REDE DE OUVIDORIA DA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ: DEMOCRATIZANDO O ACESSO DO CIDADÃO À GESTÃO PÚBLICA. OUVIDORIAS COM FUNÇÃO REGIONAL DE SAÚDE: UM MECANISMO PARA AMPLIAR A PARTICIPAÇÃO SOCIAL NO ESTADO DE MINAS GERAIS. CONSTRUINDO AS BASES PARA ATUAÇÃO EM REDE NOS TERRITÓRIOS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO DO PROGRAMA PRÓSAÚDE DA UNB. O SERVIÇO DE OUVIDORIA EM UMA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE OUVIDORIA DO SUS/SES-MT AOS MUNICÍPIOS RELATO SOBRE O PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO E/OU IMPLEMENTAÇÃO DAS OUVIDORIA MUNICIPAIS DO SUS NO ÂMBITO DA TERCEIRA REGIÃO DE SAÚDE DO CEARÁ MARACANAÚ NO PERÍODO DE 2012/2013 223.282.558-25 ORAL 287.854.698-90 ORAL 014.229.646-55 ORAL 170.514.363-68 ORAL 277.106.960-15 012.174.395-01 ORAL ORAL 013.530.231-50 ORAL 869.263.574-04 ORAL 000.988.902-71 088.450.876-54 ORAL ORAL 014.229.646-55 ORAL 004.294.983-14 ORAL 069.972.034-69 ORAL 925.568.095-15 ORAL 973.515.553-20 ORAL 063.952.866-09 ORAL 691.205.011-53 ORAL 274.610.769-49 ORAL 851.513.511-68 ORAL 409.966.463-53 ORAL
  18. 18. OUVIDORIA ITINERANTE NO MUNÍCIPIO DE OEIRAS DO PARÁ OUVIDORIA ITINERANTE CONHECENDO A REALIDADE DE SAÚDE DE TRABALHADORES NA AGRICULTURA POR MEIO DE ESCUTAS ITINERANTES A PARTICIPAÇÃO SOCIAL NA ESTRATÉGIA DA OUVIDORIA ITINERANTE NO MUNICÍPIO DE RUSSAS/CE OUVIDORIA ITINERANTE: UM DISPOSITIVO DE CIDADANIA QUE PROMOVE A INTERSETORIALIDADE E AMPLIA O ESPAÇO DE ATUAÇÃO FAVORECENDO A DEMOCRATIZAÇÃO. OUVIDORIA DIÁLETICA PROATIVA-RELATOS DE EXPERIÊNCIA NO HOSPITAL DE SAÚDE MENTAL OUVIDORIA DO SUS: ESPAÇO DE PARTICIPAÇÃO NA GESTÃO INSTITUCIONAL DO HOSPITAL MUNICIPAL X - BA IMPORTÂNCIA E DIFICULDADES DA OUVIDORIA HOSPITALAR NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO COMPROVANTE DE PROCEDIMENTO ASSISTENCIAL PARA USUÁRIOS DO SUS A VOZ DO USUÁRIO NO HOSPITAL OPHIR LOYOLA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NO CAMPO DA SAÚDE MENTAL DO PRÉ-NATAL AO PARTO: DESVELANDO A VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL NAS TRAJETÓRIAS ASSISTENCIAS NO SUS EM JUAZEIRO-BA A IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA DE HUMANIZAÇÃO COMO PROCESSO DE TRABALHO NO ACOLHIMENTO E NA SATISFAÇÃO DOS DOADORES REUNINDO PESQUISADORES, TRABALHADORES, GESTORES E A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE/RJ – UMA EXPERIÊNCIA DE CONSTRUÇÃO COLETIVA EM SAÚDE DO TRABALHADOR OUVIDORIA E COORDENAÇÃO DA QUALIDADE E BIOSSEGURANÇA:UMA PARCERIA PARA A EXCELÊNCIA DA GESTÃO PÚBLICA. OFICINAS DE PROMOTORES POPULARES EM SAÚDE: ESTRATÉGIAS PARA O FORTALECIMENTO DO CONTROLE SOCIAL DO SUS. AS PROPOSIÇÕES DAS CONFERÊNCIAS DE SAÚDE E OS PLANOS MUUNICIPAIS DE SAÚDE: UM ESTUDO EM MUNICÍPIOS DE SANTA CATARINA. 673.324.472-15 ORAL 154.317.768-94 008.612.310-66 ORAL ORAL 244.771.173-53 ORAL 010.116.497-13 ORAL 107.642.593-34 ORAL 925.568.095-15 ORAL 766.520.254-34 ORAL 470.151.529-91 ORAL 087.925.932-91 245.644.783-20 ORAL ORAL 067.586.194-27 ORAL 167.348.823-49 ORAL 080.514.527-39 ORAL 122.399.413-91 ORAL 010.692.300-57 ORAL 573.373.149-49 ORAL EIXO – ESCUTA E PARTICIPAÇÃO TRABALHOS SELECIONADOS PARA APRESENTAÇÃO PÔSTER TÍTULO DO TRABALHO O OLHAR DA OUVIDORIA ESTADUAL DO SUS NA PERCEPÇÃO DAS DIFICULDADES DOS USUÁRIOS DO SUS PARA AQUISIÇÃO DOS MEDICAMENTOS ESSENCIAIS DO PARÁ. SÍNTESE DE PESQUISA DE SATISFAÇÃO REALIZADA COM USUÁRIOS DO GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO, NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013. CPF (AUTOR) 453.213.292-49 MODALIDADE PÔSTER 476.757.800-00 PÔSTER
  19. 19. O PROCESSO DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL E ESCUTA AMPLIADO ATRAVÉS DE ESTUDANTES DE MEDICINA NUMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DA PARAÍBA. AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS DO SUS – GUARULHOS PROJETO RASTREANDO ACOLHIMENTO NOS CENTROS DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE SOBRAL/CE: UM ESTUDO DE CASO. ESCUTA DO CIDADÃO: RESPEITO E VALORIZAÇÃO DO OUTRO. CONVERSANDO SOBRE SAÚDE COM A POPULAÇÃO O EMPREGO DA PARTICIPAÇÃO SOCIAL NAS AÇÕES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PARAMONTI/CE – COMO ESTRATÉGIA EFICAZ DE GESTÃO PÚBLICA E MELHORIA DA QUALIDADE DO SERVIÇO: USUÁRIO E A COLETIVIDADE EM PERSPECTIVA. DESTAQUES DE ATUAÇÃO E PROGRESSO DA OUVIDORIA OUVIDORIA E URNAS DE SUGESTÃO: EXPERIÊNCIA DE APROXIMAÇÃO COM USUÁRIOS PARA A MELHORIA DA GESTÃO DO SUS EM MARACANAÚ/CE O ORÇAMENTO PARTICIPATIVO COMO EXPERIÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO E AS DEMANDAS PARA A POLÍTICA DE SAÚDE EM JOÃO PESSOA/PB A ARTE DE OUVIR A OUVIDORIA COMO MEDIADORA DA PESSOA A SER OUVIDA. ANÁLISE DAS AÇÕES DE REESTRUTURAÇÃO DA OUVIDORIA MUNICIPAL DO SUS, DA CIDADE DE MANAUS GESTÃO PARTICIPATIVA – PROJETO EM CONSTRUÇÃO IMPLANTAÇÃO DAS OUVIDORIAS MUNICIPAIS DO SUS 2013 – RELATO DE EXPERIÊNCIA DA 7ª REGIÃO DE SAÚDE RELATO DE EXPERIÊNCIA DE IMPLANTAÇÃO DA OUVIDORIA EM AURORA/CE: UMA GRANDE CONQUISTA. IMPLANTAÇÃO DAS OUVIDORIAS ESPECIALIZADAS SES-MT OUVIDORIA SUS ATIBAIA – MAIS RESOLUTIVO A OUVIDORIA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO NO SUS O DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE OUVIDORIA ATIVA NA SECRETARIA DE SAÚDE DO JOBOATÃO DOS GUARARAPES COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARTICIPATIVA. OUVIDORIA DO SUS COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO EM SÃO BERNARDO DO CAMPO. ESCUTA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL: A OUVIDORIA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO CÂMARA TÉCNICA: INSTRUMENTO RENOVADOR PARA DESCENTRALIZAÇÃO DAS OUVIDORIAS NA REGIÃO DE SAÚDE DE ITAPIPOCA. RELATO DA EXPERIÊNCIA DE CONSTRUÇÃO DA CÂMARA TÉCNICA DE OUVIDORES MUNICIPAIS DO SUS. 039.729.903-67 PÔSTER 057.826.138-31 PÔSTER 945.300.418-91 717.576.193-72 PÔSTER PÔSTER 252.167.164-91 PÔSTER 232.413.495-00 770.786.833-15 PÔSTER PÔSTER 330.946.084-34 PÔSTER 377.623.543-87 PÔSTER 095.582.444-30 PÔSTER 223.968.228-02 669.893.028-87 PÔSTER PÔSTER 704.639.212-91 PÔSTER 001.855.758-97 PÔSTER 284.369.703-49 PÔSTER 822.454.873-20 PÔSTER 851.513.511-68 PÔSTER 931.877.938-00 296.250.413-20 PÔSTER PÔSTER 007.430.874-29 PÔSTER 088.450.876-54 PÔSTER 265.733.773-20 PÔSTER 193.050.603-15 PÔSTER 409.966.463-53 PÔSTER
  20. 20. REESTRUTURAÇÃO DA OUVIDORIA SES/SP IMPLANTAÇÃO DAS OUVIDORIAS MUNICIPAIS DO SUS -RELATO DE EXPERIÊNCIAS DA 7 SETIMA REGIÃO DE SAÚDE DE ARACATI A OUVIDORIA DO SUS: IMPACTO E DESENVOLVIMENTO, EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO 13 º CRSSESPA OUVIDORIA ITINERANTE E PARTICIPATIVA A AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA PRESTADA NO HOSPITAL SOFIA FELDMAN NA PERSPECTIVA DO USUÁRIO OUVIDORIA GHC – ESPAÇO DE ESCUTA E PARTICIPAÇÃO POPULAR A UNIVERSALIDADE DO ACESSO AO SERVIÇO DE OUVIDORIA DO HEMOCENTRO DO PARÁ: RELATO DE EXPERIÊNCIAS EXITOSAS AVANÇOS E DESAFIOS DA OUVIDORIA COMO DISPOSITIVO DE CONTROLE SOCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ATENÇÃO ONCOLÓGICA NO ESTADO DO PARÁ. INTEGRAÇÃO, ATUALIZAÇÃO E PRÁTICA CLÍNICA COMPETENTE: JORNADAS DE ENFERMAGEM E ODONTOLOGIA EM SÃO GONÇALO DO AMARANTECE PROJETO OUVICONSELHOS A CONQUISTA É RESULTADO DA PARTIICIPAÇÃO SOCIAL NOS ESPAÇOS DEMOCRÁTICOS A INTEGRAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE NAS AÇÕES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DOS GUARARAPES RODA DE GESTÃO: INSTRUMENTO TRANSFORMADOR DO MODELO DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. 154.317.768-94 284.369.703.49 PÔSTER PÔSTER 673.324.472-15 PÔSTER 097.688.258-20 732.782.546-00 PÔSTER PÔSTER 222.122.130-34 PÔSTER 429.304.642-91 PÔSTER 252.492.215-20 PÔSTER 927.076.373-00 PÔSTER 299.174.708-08 169.018.603-82 PÔSTER PÔSTER 057.315.724-37 PÔSTER 230.102.903-49 PÔSTER ATENCIOSAMENTE, ______________________________ LUIZ ODORICO MONTEIRO DE ANDRADE SECRETÁRIO DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA

×