Your SlideShare is downloading. ×
0
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Processadores de servidores apresentação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Processadores de servidores apresentação

2,187

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,187
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
40
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Módulo 9<br />Processadores de servidores<br />
  • 2. Processadores de servidores<br /> A economia faz com que os componentes usados nos servidores sejam cada vez mais parecidos com os usados nos desktops, o que naturalmente inclui os processadores. Embora existam processadores específicos para uso em servidores, como o Sun UltraSPARC T1 (Niagara), a grande maioria dos servidores são baseados em processadores "domésticos", como o Core 2 Duo e o Athlon X2, ou mesmo em processadores de baixo custo, como o Celeron e o Sempron.<br />
  • 3. Apesar disso, tanto a Intel quanto a AMD investem valores consideráveis nas suas linhas de processadores destinados a servidores: do lado da Intel temos a linha Xeon (pronuncia-se "zion") e do lado da AMD temos o Opteron. Ambas as plataformas são baseadas nas mesmas arquitecturas utilizadas nos processadores domésticos, mas oferecem algumas diferenças importantes no caso dos servidores, como o uso de maior memória cache, suporte a multiprocessamento e a presença de mais núcleos, recursos que podem ser implementados sem grandes mudanças no projecto do processador. Em geral, os novos projectos começam a sua carreira como chips para servidores (onde os fabricantes podem trabalhar com margens de lucro maiores) e só depois de algum tempo é que chegam ao mercado doméstico. Com isto, as linhas de processadores para servidores estão quase sempre um passo à frente.<br />
  • 4. Processadores para servidores: Xeon da Intel<br />Xeon consiste numa série de processadores da Intel para servidores. Os modelos mais velhos adicionaram o nome Xeon ao nome dos processadores mais conhecidos, os modelos mais recentes acabaram por usar o nome Xeon sozinho. Os processadores Xeongeralmente têm mais cache e suportam multiprocessamento, isto é, 2 ou mais processadores na mesma motherboard. Modelos mais antigos associam o nome Xeon como processadores relacionados a nomes de desktop , porém os mais recentes modelos usam o nome Xeon para estes fins. <br /> O primeiro processador Xeon de dois núcleos trabalha a uma velocidade de 2,8 GHz, tem um barramento de 800 MHz, 2 MB de cache de nível 2 e suporta o chipset E7520. Tem também o Xeonquad-core L5420 e L5410, são 25% mais eficientes e tem uma cache 50% maior que o antigo e trabalham em baixo consumo de energia em aplicações empresariais.<br />
  • 5. A Intel apresentou uma série de processadores de alto desempenho para desktops e servidores, levando o próximo nível de integração e inteligência aos computadores. A nova família de processadores Intel Core i5, Intel Core i7 e o processador Intel Xeon série 3400 trazem a mais nova micro arquitectura Nehalem da Intel para os mercados de desktop e servidores. Anteriormente conhecidos pelo nome de código “Lynnfield”, estes novos chips foram projectados para os consumidores que precisam do melhor desempenho possível para média digital, produtividade, jogos e outras aplicações mais pesadas. Os processadores Core i7 também oferecem suporte para a Tecnologia Intel Hyper-Threading que faz simular dois processadores tornando o sistema operativo mais rápido quando usa-se vários programas ao mesmo tempo. Combinadas, estas tecnologias dão aos utilizadores de computadores um desempenho inteligente quando necessário e a melhor eficiência no consumo de energia quando o computador é pouco usado.<br />
  • 6. Processadores Xeon<br />
  • 7. Processadores de servidores: Opteron da AMD<br /> O microprocessador Opteron da AMD, lançado em 21 de Abril de 2003, foi o primeiro a implementar a arquitectura AMD64 (também conhecida como x86-64). Com núcleo Sledgehammer (K8), destinava-se a competir nos mercados de servidores e desktops, particularmente no mesmo segmento dos processadores Intel Xeon.<br /> A arquitectura de 64 bits já existia para servidores (Itanium, UltraSparc) e para desktops de alto desempenho (PowerPC), mas o Opteron (assim como o Athlon 64) permite que sistemas operativos de 64 bits executem aplicações de 32 bits (arquitectura x86 ou IA32) sem recompilação.<br /> Em 21 de Abril de 2005 foi lançada a primeira versão com dois núcleos (dual core). Na época a AMD usava o termo multi-core, mas na prática era dual-core. Cada chip físico Opteron continha dois núcleos de processador. Isso efectivamente duplicou a performance de computação disponíveis para cada socket das motherboards.<br />
  • 8. Existem duas principais diferenças entre o Opteron e os demais processadores da AMD.<br />Primeiro, vários modelos do Opteron permitem o multiprocessamento simétrico (SMP), ou seja, permitem trabalhar com mais de um processador na placa-mãe, enquanto que os outros processadores não.<br />Segundo, os processadores Opteron são identificados através de um “número de modelo” e o primeiro dígito deste número indica qual é o grau de processamento simétrico que o processador aceita: os modelos do Opteron começando com “1” não permitem multiprocessamento simétrico, enquanto que os modelos começando com “2” permitem multiprocessamento simétrico com até 2 processadores (ou seja, podendo instalar até dois processadores na mesma motherboard) e os modelos começando com “8” permitem multiprocessamento simétrico com até 8 processadores (podendo instalar até oito processadores na mesma motherboard).<br />
  • 9. Processadores Opteron<br />
  • 10. FIM<br />Trabalho realizado por: <br />António Ferreira nº 1<br />Francisco Silva nº 8<br />Tiago Neto nº 19<br />12º Tgei<br />

×