Your SlideShare is downloading. ×
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Precisamos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,608
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Precisamos parecer um pouco com os outros para compreendê-los, mas precisamos ser um pouco diferentes para amá-los. Paul Géraldy(Poeta e dramaturgo francês) 1885-1983
  • 2. O perdão é uma ferramentaindispensável para nossa libertação
  • 3. Se me perguntarem qual o sentimento mais libertador,eu direi, sem pensar muito, que é o ato de perdoar.
  • 4. O perdão, através doverdadeiro acolhimentoe da real compreensão da situação que nos magoou,
  • 5. consegue nos encaminhar para a alforria de qualquer dor, cisão,e nos abre o caminho para a verdadeira inteireza.
  • 6. Quando me refiro aoato de perdoar, não é sobre o perdão eclesiástico, por medo de arder no fogo do inferno.
  • 7. Muito menos referente à submissão de outrem ànossa própria altivez, nos delegando algum poderou superioridade, como setivéssemos o poder divino de decisão.
  • 8. Não estou falando também de empurraremoções para debaixo do tapete,motivado(a) pela ilusão de que sentimentos reprimidos nãorepresentam ameaças.
  • 9. Não. Falo sobre a compreensãogenuína das nossas mágoas, ressentimentos,medos e melindres, para que possamos acolhê-los,compreendê-los e perdoar a nós mesmos e aos outros.
  • 10. Viver, conviver, compartilharsignificam ganhos e perdas nas relações.
  • 11. As pessoas são diferentes, têm suas dificuldades, suas inseguranças,suas carências, e quando isso é colocado em xeque ou em confronto com o outro, o cálice transborda.
  • 12. Na maioria das vezessobram ressentimentos,amarguras e uma terrívelsensação de decepção e desamparo.
  • 13. Quem nunca se sentiu assim?
  • 14. Pois é, mas a vida continua e precisamos estar inteiros e disponíveis para sermos quem em verdade somos. Não podemos carregar umabagagem pesada e estarmos, ao mesmo tempo, livres e íntegros.
  • 15. Quando um copoestá cheio, uma gota o faz transbordar.
  • 16. as pessoas são humanas,como nós; erram, acertam;não se pode esquecer que ninguém é igual sempre. O que eu fui ontem, certamente não é mais o que sou hoje.
  • 17. Os sentimentos mudam, os valores também. Ficarmos atrelados ao passado,seja nosso ou do outro, éestúpido, improdutivo e, o pior, involutivo.
  • 18. Ser tomado pela fúria e por mágoas demanda muita adrenalina, desgaste físico, emocional, mental e energético.
  • 19. Perdemos muito, em todos os sentidos, com essas emoções.
  • 20. Precisamos exonerarpensamentos obsessivos que insistem em nos perseguir e se instalar em nosso emocional.
  • 21. Se estamos lotados de raiva, rancor e anseios de retaliação, contaminamos nosso ambiente, as pessoas, nossos projetos,nossos desejos, e perdemos essa energia fecunda que nos faz prósperos, bem-sucedidos, amados, criativos, generosos econsequentemente inteiros e mais felizes.
  • 22. “Uma certa vez um velho índio disse: dentro de mim, existem dois cachorros: um deles é cruel e perverso, o outro, generoso e magnânimo. Os dois estão sempre brigando! Quando perguntaram qual dos dois cães ganharia a briga, o sábio índio parou, refletiu e respondeu:
  • 23. Aqueleque eu alimento!”
  • 24. Para todos nós muita Luz, sempre!
  • 25. Criação e Formatação: LAILA SALOMÃO DE OLIVEIRAMúsica: Secret Garden - White Stone Texto extraido do Livro: ENERGIA EM AÇÃO Autora: WANDA ALVES Editora: MAGIA DAS LETRAS Quer conhecer mais da autora? www.wandaalves.com Mensagem para a autora: wanda@wandaalves.com Mais poemas e textos? só clicar: www.blog.wandaalves.com Vídeos: www.youtube.com.br/wanilla100 Vendas: endereços no site www.mensagensvirtuais.com.br

×